Assistente Google não responde à pergunta 'Deus existe?'


 Inteligência 
artificial evita
criar polêmica

A versão em português no Android do Assistente Google conta até piada, mas não responde à pergunta “Deus existe?”.

“Não sei muito sobre religião”, responde o programa alimentado por inteligência artificial, revelando, assim, que o Google o configurou para não emitir opinião sobre crenças, de modo a evitar polêmicas.

O Assistente sai pela tangente nessa questão, mas não perde o bom humor.

À pergunta “Quem foi Deus?”, ele responde: “Ah, se eu soubesse...”.


Em ambas as perguntas, o programa oferece a opção “pesquisar”, que remete o usuário a resultados de busca por “Deus” no Google.

O Assistente, em sua versão em inglês, está sendo acusado de ser anticristão por Davi Sams, entre outros.

Ele perguntou quem foi “Jesus ou Deus?”, e o programa respondeu: “Desculpas, ainda não posso lhe ajudar com isso.”

Sams ficou enfurecido porque o programa sabe quem é Maomé e Buda, lendo texto do Wikipédia.

Esse internauta — como outros, certamente — gostaria que o Assistente Google fosse... cristão.

Com informação do Google Assistente e do Slash Gear.


Inteligência artificial usa teoria de Darwin para se desenvolver

Onipresentes, algoritmos começam a substituir Deus

Religião é jogo de realidade virtual, diz autor de best-seller




Religião é jogo de realidade virtual, diz autor de best-seller

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site