Pular para o conteúdo principal

Grã-Bretanha bane homeopatia do serviço público de saúde


É placebo, na
melhor hipótese

O NHS, que é a sigla em inglês do Serviço Nacional de Saúde da Grã-Bretanha, baniu a homeopatia e outras alternativas a base de erva de seu atendimento.

O órgão explicou que se trata de uma medida para acabar com o mau uso do dinheiro dos impostos.

“A homeopatia é, na melhor das hipóteses, um placebo, e os escassos recursos públicos precisam ser aplicados em tratamentos médicos que funcionam”, disse o NHS.


Assim, a partir de agora, os adeptos da homeopatia, como o príncipe Charles, vão ter de pagar os tratamentos com o dinheiro do próprio bolso.

Enquanto isso, no Brasil o SUS (Serviço Único de Saúde) continua gastando dinheiro com médicos homeopatas, embora lhe falte recurso para compra de equipamentos essenciais, como o de mamografia, detector de câncer.

Na Grã-Bretanha, o lobby da homeopatia também é forte, como no Brasil.

Mas lá a ciência é levada a sério e não há tanta mamata com o dinheiro público, como aqui.

Com informação do The Telegraph.



Estudo comprova que poder de cura da homeopatia é nulo

Comentários

Anônimo disse…
A rainha Elisabeth se trata com...homeopatia!
'drogas caras pra vocês, gado inglês; e homeopatia para nós, elite'.
Sugiro que o escritor do artigo consuma 1 vidrinho de qualquer dos "placebos" e volte aqui pra contar o que aconteceu. Simples.

Posts + acessados hoje

Desmascarador de curandeiros e paranormais, James Randi morre aos 92 anos

Pastor de Manaus é acusado de ejacular ‘esperma de Deus’ em obreiras

Fortalecida pelo bolsonarismo, associação de juristas evangélicos ameaça o Estado laico