Pular para o conteúdo principal

Ipatinga veta Dia da Umbanda e agora quer aprovar Dia do Pastor



Em 2016, a Câmara Municipal de Ipatinga (MG) [mapa] vetou um projeto que criava o “Dia da Umbanda” e agora quer instituir o “Dia do Pastor”, que seria feriado.

O Projeto de Lei 46/2017, que propõe a homenagem aos evangélicos, é de autoria do vereador Wanderson Gandra (PSC), na foto abaixo.

O e-mail dele é vereadorgandra@camaraipatinga.mg.gov.br.

O feriado do "Dia do Pastor' deverá ser aprovado, se não houver reação da população.

O projeto já foi aprovado pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação da Câmara.

O que dizer de Gandra e dos demais vereadores que apoiam essa estrovenga?

Eles são oportunistas e inúteis.

Wanderson deveria arrumar
coisa melhor para fazer

Com informação do site BHAZ e reprodução de imagem de vídeo postado no Youtube.

Envio de correção



Em Estado laico ninguém pode impor sua religião à sociedade


Comentários

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

Saiba por que a seita Testemunhas de Jeová é um paraíso para pedófilos