Pular para o conteúdo principal

Número de pessoas sem religião quase dobra em Brasília


Os sem religião sobem
para 7,89% da população

Brasília é tida como uma “cidade mística”, mas ali também se acelerou o crescimento da população sem religião, que quase dobrou em apenas cinco anos.

Trata-se de um aumento não só em números absolutos, mas também na comparação com o total da população.

As pessoas que se declaram não ter religião subiram de 122.792 (4,8% da população) em 2011 para 229.193 (7,89%) em 2016.

O levantamento é da Codeplan (Companhia de Planejamento do Distrito Federal).

Daniel Sottomaior, presidente da Atea (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos), disse que os dados confirmam uma tendência verificada em todo o mundo.

“As pessoas têm sentido menos medo de se declararem sem religião”, afirmou ele, acrescentando que, ainda assim, continua havendo preconceito contra os ateus.

A exemplo de outras pesquisas, inclusive as do IBGE, a contagem de Brasília coloca crentes e descrentes no mesmo grupo dos sem religião.

Para o ecossociólogo e ex-padre Eugênio Giovernardi, o que está ocorrendo em Brasília é positivo, porque, disse, quem se desapega da religião se livra de uma herança cultural, passando a ter liberdade de pensamento. 

Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Hackers invadem conta de Malafaia e doam R$ 10 mil à Cruz Vermelha

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19