Pular para o conteúdo principal

Justiça cassa vereador que fez campanha eleitoral em templo


Pastor Sargento distribuiu
 'santinhos' em igreja

A Justiça Eleitoral de Guarujá (SP) cassou o mandato do vereador Marcos Pereira de Azevedo, o Pastor Sargento Marcos (PSB), na foto, por abuso de poder na campanha eleitoral.

Em 2016, o então candidato distribuiu cartas e “santinhos” aos fiéis da Assembleia de Deus — Ministério de Santos.

O Ministério Público Eleitoral moveu ação contra Azevedo com base em representação do ex-candidato a prefeito Jonatas Nunes (PSOL).

Como cabe recurso judicial, Azevedo permanecerá na Câmara Municipal.

Se a sentença for confirmada por instância superior, o réu, além de perder o mandato, ficará inelegível por oito anos.

A Justiça Eleitoral poderia ser acionada em muitos outros casos, porque, afinal, o Pastor Sargento Marcos não foi o único espertalhão que usou a religião para se eleger.

Com informação do JM Notícias e foto de divulgação.

Envio de correção.

Pastor da Universal pede em culto voto para candidato


Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Hackers invadem conta de Malafaia e doam R$ 10 mil à Cruz Vermelha

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19