Pular para o conteúdo principal

Polícia de Goiânia investiga líder da seita do ritual ‘Sêmen Divino’


Morais, ao centro, é acusado
de usar seu esperma no ritual

A Polícia Civil de Goiânia (GO) está investigando denúncias de que um líder religioso tem cometido abuso sexual durante ritual chamado pelos fiéis de “Sêmen Divino”.

O delegado Isaías de Araújo Pinheiro já identificou nove pessoas envolvidas no ritual, entre vítimas e testemunhas.

Pelas denúncias, Diego Morais (foto), mestre da seita Essenium, vinha hipnotizando fiéis, principalmente homens de 18 a 30 anos, para submetê-los ao ritual sexual, de modo a purificar suas almas.

Isaías suspeita que o religioso tenha usado nos rituais uma substância parecida com a da “Boa Noite, Cinderela”, usada em vítimas de abuso sexual e furto.

Um rapaz disse ter acordado de um ritual lembrando-se de um pesadelo onde teria sofrido abuso.

Só depois é que ele se deu conta de que o estupro tinha sido real.

Willian Gil, que conhece vítimas e testemunhas, criou a página www.essenium.org onde relata em detalhes com textos e vídeos as acusações a Diego. [Ver abaixo um dos vídeos].

De acordo com ele, Morais criou na seita um grupo de jovens os quais têm preferência para participar do ritual do “Sêmen Divino”.

“[O grupo] não tem idosos, obesos ou gente feia.”

Gil disse que o mestre da seita se apresenta como encarnação de Moisés, São Francisco e São Paulo, entre outras santidades.

O religioso e seu namorado abandonaram a casa onde funcionava a seita, no Setor Sul.

“Ele [Diego] alugou o imóvel no nome de algumas senhoras que faziam parte da seita e não pagou nada, nem aluguel, nem IPTU”, disse o delegado Isaías.

Apesar de o caso estar sendo divulgado pela internet e imprensa de Goiás, o líder da seita não veio a público até agora para se defender das acusações e dar a sua versão.

Morais está foragido, mas fazendo pregações em casa de fiéis, de acordo com denúncias.




Com informação dos sites Mais Goiás e Essenium.org.

Envio de correção.

Pastor é acusado de ejacular ‘esperma de Deus’ em obreiras


Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Hackers invadem conta de Malafaia e doam R$ 10 mil à Cruz Vermelha

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19