Deputado evangélico acusa Mickey de ser homossexual

Pastor Galli disse 
que a Disney
 tem outros 
personagens gays


[notícia]

O deputado e pastor Victório Galli (PSC-MT) acusou Mickey de ser gay, argumentando que o personagem é utilizado pelo estúdio Disney para fazer apologia do homossexualismo.

Um jornalista argumentou com o deputado que Mickey tem uma namorada, a Minnie.

Galli respondeu: "Isso é o que eles [Disney] fazem para enganar a pessoa com o objetivo é destruir as famílias".

O deputado falou que o apelo ao homossexualismo está no nome do Mickey e nas suas roupas coloridas.


Em sua página no Facebook, ele reproduziu uma ilustração mostrando Jesus protegendo uma criança de Mickey.

Para o evangélico, há outros personagens da Disney que divulgam a homossexualidade.

Citou um exemplo: "O Rei Leão deveria ser um animal feroz, de transmitir respeito aos outros animais, mas ele se torna um animalzinho frágil, que carece de proteção dos outros".

A ofensiva no Brasil de evangélicos homofóbicos contra a Disney começou com a indignação do pastor Silas Malafaia com um desenho animado que mostra um casal do mesmo sexo se beijando.

Com informação do Estado de S.Paulo e de outras fontes e ilustrações publicadas originalmente no Facebook.


Malafaia diz que desenho da Disney com beijo gay é safadeza

Justiça na Rússia proíbe pintura que retrata Jesus como Mickey

Varella critica imposição de pastores contra casamento gay





Seca paulista é castigo de Deus por causa dos gays, diz pastor

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

-------- Busca neste site