Pular para o conteúdo principal

Bispo da Universal manobra obreiros para favorecer Record


Correa orientou fiéis a
ameaçarem operadoras

O bispo Sergio Correa (foto) orientou os 100 mil obreiros da Igreja Universal, além dos fiéis em geral, a ameaçarem as operadoras de TV fechada a cancelar assinatura, caso elas deixem de transmitir os sinais da Record.

A Record, SBT e Rede TV! constituíram uma empresa, a Simba, para cobrar das operadoras a retransmissão de seus sinais.

Há estimativa do mercado de que a Simba possa receber de R$ 500 milhões a R$ 3,5 bilhões por ano das operadoras.

A Net, Sky, Claro e Vivo já remuneram a TV Globo.

O bispo Correa é o chefe dos obreiros, que trabalham de graça para a Universal, além de pagar dízimo.

Agora, eles se tornaram massa de manobra dos interesses da Record.

Com informação do Uol e foto de reprodução de vídeo.


Obreiros são acusados de bater em fiel que não doou R$ 1.000


Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Hackers invadem conta de Malafaia e doam R$ 10 mil à Cruz Vermelha

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19