Polícia pega suspeito de roubar imagens sacras. É o padre


A polícia de Minas Gerais prendeu o padre Paulo César Salgado, 52, de Oratórios, sob suspeita de roubo, receptação e comércio de imagens sacras.

Padre também
é suspeito de
ser pedófilo
Dois secretários do padre e um advogado também foram presos.

O Ministério Público vinha investigando na região uma quadrilha de revenda de imagens roubadas.

A cidade tem 4.500 habitantes e fica a 190 km de Belo Horizonte.

Os fiéis disseram à polícia que Salgado pedia doações para obras, mas nada construía.

Na casa do padre, a polícia apreendeu material pornográfico envolvendo crianças.

Com informação de O Tempo.


EDITOR DESTE SITE

Paulo Roberto Lopes é jornalista

profissional diplomado. Trabalhou

no jornal centenário abolicionista

Diario Popular, Folha de S.Paulo,

revistas da Editora Abril e

em outras publicações.

Contato