Pular para o conteúdo principal

Evangelho apócrifo de Tomé relata que, na adolescência, Jesus matou três meninos

O Novo Testamento nada diz sobre a infância, adolescência e parte da vida adulta de Jesus, mas o evangelho apócrifo de Tomé faz algumas revelações.


Revelações tenebrosas.


Evangelho apócrifo
de Tomé revela um
Jesus perverso

Por esses relatos, que eram tidos como verdade pelos cristãos primitivos, o adolescente Jesus, à época no Egito, irritava-se facilmente com todo mundo, tinha mania de grandeza, e usou seus superpoderes para matar três meninos, entre outras perversidades.


Uma das vítimas foi o filho do escriba Anás. O menino cometeu o erro fatal de destruir uma pequena represa feita pelo filho de Deus.

Furioso, Jesus disse:

“Tolo injusto e irreverente! O que as poças d’água fizeram para te irritar? Eis que agora também tu secarás como uma árvore, e nunca terás nem folha, nem raiz, nem fruta’.

E o menino secou.

Outro caso foi o do garoto que sem querer esbarrou em Jesus, que disse: “Não seguirás mais o teu caminho”.

E o garoto caiu duro.

Os pais da vítima reclamaram com José e Maria. Ao saber da reclamação, Jesus cegou os pais da vítima.

José teria dito a Maria: “Daqui por diante não podemos deixar Jesus sair de casa porque qualquer um que se oponha a ele é morto por suas maldições”.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

Em 2022, no Rio, jovens e brancos foram maioria dos casos da varíola dos macacos

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Por que Jesus é retratado com um tanquinho? Esse messias reflete os valores cristãos de masculinidade

Britney Spears entra na lista de famosos que não acreditam em Deus

Atentados e corte de verba pública colocam as Testemunhas de Jeová em crise

Sam Harris: não é Israel que explica as inclinações genocidas do Hamas. É a doutrina islâmica

Por que Câmara só tem símbolo do cristianismo? Vereadora defende representação do Exu