Pular para o conteúdo principal

BBC faz sátira ao terrorismo com as ‘noivas jihadistas’



A BBC está combatendo o terrorismo islâmico, que tem seduzido alguns jovens ingleses (inclusive mulheres), com uma arma poderosa: o humor.

Ela tem feito paródia com o programa “noivas jihadistas”, que tem provocado nas redes sociais fortes reações, a favor e contra.

O programa mostra, por exemplo, duas jovens competindo entre si para ver quem tem o coletivo explosivo mais bonito.

Enquanto isso, uma mulher mais velha lamenta que o seu marido só fala das 40 virgens que o esperam no céu.

Uma mulher acorrentada ao fogão diz: “Ali me deu de presente uma corrente nova... Mede mais de dois metros, quase consigo chegar ao lado de fora de casa. É incrível".

Entre os que criticam o programa estão, obviamente, os muçulmanos e os chatos do politicamente corretos.

Eles acham que a BBC está fazendo chacotas com o Islã, como se os britânicos, em seu país democrático, não pudessem rir de quem quiser.

Quem elogia argumenta que o programa pode ajudar a evitar a radicalização do Reino Unido.

Mulheres de terroristas disputam entre
si quem tem o colete explosivo mais bonito



Com informação das agências.

Envio de correção.

Grupo de discussão no WhatsApp.



Sátira viral no Whatsapp de canto islâmico chama para o bar

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays

Ministro de Israel que disse ser o Covid-19 castigo divino contra gay pegou o vírus

Cristianismo é a religião que mais perseguiu o conhecimento científico