Pular para o conteúdo principal

Sauditas pedem morte de mulher que não cobriu cabeça



Foto que Malak postou no Twitter

Há sauditas pedindo na rede social prisão ou morte de uma mulher que postou uma foto [acima] com a cabeça descoberta, sem o hijab.

O nome da moça seria Malak Al Shehri.

Ela foi fotografada quando estaria indo tomar o café da manhã, em Riad, capital da Arábia Saudita.

Quando a foto se tornou viral, Malak deletou sua conta do Twitter.

A reação mais violenta foi de um homem que se ofereceu para matá-la e jogar o cadáver aos cães.

Enquanto isso, sacerdotes muçulmanos continuam dizendo que sua religião é da paz.

Com informação e foto da India Times.

Envio de correção.

Grupo de discussão no WhatsApp.


Saudita quer que bebês usem burca para evitar abuso

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

Saiba por que a seita Testemunhas de Jeová é um paraíso para pedófilos