Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Saudita quer que bebês usem burca para evitar abuso

Abdullah Daoud
Daoud fez a recomendação
em uma TV islâmica
O sacerdote saudita Abdullah Daoud (foto) disse que as mães deveriam vestir seus bebês (meninas) com burca para protegê-los de abuso sexual.

A afirmação foi feita em uma entrevista gravada por uma TV islâmica em meados de 2012 e só agora foi noticiada pela imprensa saudita e internacional.

Na época, Daoud, para justificar sua sugestão, disse saber de vários casos de crianças violentadas, de acordo com informações que tinha obtido da organização assistenciais.

A entrevista tem chamado a atenção não só por causa da inédita sugestão de Daoud, mas também pelo relato sobre pedofilia na Arábia Saudita, onde são escassas as informações oficiais sobre esse tipo de violência.

No Twitter, sauditas criticam Daoud sob a alegação de que ele denegriu o Islã e a imagem do país

Mohammad al-Jzlana, ex-juiz no Conselho Saudita de Reclamações, disse ao jornal Al Arabiya News que a recomendação de vestir os bebês com burca é um exagero. Ele pediu às pessoas que ignorem os fatwas (pareceres específicos feitos com base Corão) não autorizados pelo governo.





Com informação do Al Araiya News.

Roupa das mulheres é a causa de estupros, diz muçulmano
julho de 2012


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...