Pular para o conteúdo principal

Justiça determina retirada da placa ‘Leme é do Senhor Jesus’


A Justiça determinou a retirada da placa “A cidade de Leme (SP) é do Senhor”, instalada na entrada daquela cidade. Cabe recurso.

Prefeito disse que
dizeres não são
religiosos
Tratou-se do julgamento de uma ação civil pública impetrada pelo Ministério Público do Estado de São Paulo.

Leme tem cerca de 100 mil habitantes e fica a 190 km de São Paulo. O prefeito é Paulo Roberto Blascke (PT).

A placa foi instalada em julho de 2016 por ocasião da realização do “Gideões da Última Hora”.

E o que deveria ser provisório acabou permanente, atropelando o Estado laico brasileiro.

O prefeito defendeu a placa com uma afirmação surpreendente: os dizeres não são religiosos, mas culturais.

Blascke acha que somos idiotas.

Ele não conseguiu se reeleger nas eleições de 2016. Bem feito. Seu afago aos evangélicos não em nada.

Com informação de Leme News e foto de divulgação.

Luiziana tem portal que parece altar. Que Estado laico é esse?



Posts mais acessados na semana

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Milagrento Valdemiro Santiago radicaliza na exploração da fé

Reforma em rodovia descobre fóssil de dinossauro no interior de São Paulo