Escultura de Hilter rezando foi vendida por US$ 17 milhões

Líder nazista se comunicando com Deus
Uma casa de leilão de Nova Iorque vendeu no domingo a escultura de Adolfo Hitler rezando (ajoelhado e com as mãos entrelaçadas) por US$ 17,18 milhões. O nome do comprador não foi revelado.

Criada em 2001 em cera e resina com o tamanho de uma criança, a escultura chama-se “Ele”. É de autoria de Maurizio Cattelan.

O artista italiano disse que pensou em destruir a escultura umas mil vezes, mas acabou se convencendo que a obra deveria ser mantida, apesar de ser contravertida.

Hitler foi batizado pela Igreja Católica e disso nunca abdicou.

Com informação das agências.







Comentários


EDITOR DESTE SITE

Paulo Roberto Lopes é jornalista

profissional diplomado. Trabalhou

no jornal centenário abolicionista

Diario Popular, Folha de S.Paulo,

revistas da Editora Abril e

em outras publicações.

Contato