Jornalista italiano se torna ateu de estimação do papa Francisco

A cordialidade entre Eugenío Sacalfari (foto) e Francisco é tanta que o jornalista do La Repubblica se tornou em uma espécie de ateu de estimação do papa. Os dois trocam carta entre si e Scalfari já entrevistou o pontífice algumas vezes.

Sacalfari tem
mantido diálogo
cordial com papa
Em uma recente entrevista, Francisco, em tom de brincadeira, pediu a Scalfari que não se convertesse à fé católica, para não perder um interlocutor ateu.

O papa teria dito que, nas conversas que tem com o jornalista, as ideias de um estimulam o outro, e, se Scalfari se tornasse católico, ele, Francisco, teria de encontrar outro ateu para dialogar, o que seria “um trabalho do inferno”.

Scalfari disse ao National Catholic Register que ficou emocionado com as palavras do papa. “Então eu abracei ele [Francisco], e ele me abraçou”, disse.

O jornalista afirmou que seus amigos ateus também têm brincado com ele.

“Eles me perguntam se há o risco de me converter, dado o carinho que tenho pelo papa Francisco”, disse.

Foi em uma entrevista a Sacalfari em 2013 que Francisco disse que a misericórdia de Deus é suficientemente ampla para incluir os ateus.

Com informação do The Christian Post e foto de divulgação e foto de divulgação.





Papa Francisco mostra ter simpatia por ateus cristãos

Comentários

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Artista gospel se recusa a cantar em casamento de amigo gay

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Igreja de 221 anos fecha nos EUA por falta de fiéis; avanço da secularização