Pular para o conteúdo principal

Pastor queniano pede a fiéis que em culto não usem roupa íntima



O pastor queniano Njohi (foto), da Lord´s Propeller Redemption Church, de Nairobi, pediu às mulheres que compareçam a seus cultos sem calcinha e sutiã, de modo que Jesus entre em seu corpo e espírito com mais facilidade. A informação é da imprensa queniana.

Njohi quer que
Jesus entre
nas fiéis
Após uma recente reunião com anciãos da igreja, Njohi proibiu o uso de roupa íntima, mas somente as mulheres, não os homens, sem que desse explicação para isso.

Ele argumentou que as fiéis, quando comparecem à igreja, têm de estarem vestidas de maneira mais adequada para receber Cristo. “[Elas] precisam estar livres.”

O pastor pediu às mães que, antes de irem para o culto, verificassem se as filhas tinham obedecido à determinação.

Njohi teria dito que as fiéis que continuarem usando roupa íntima nos cultos iriam sofrer “consequências terríveis”.

Um fiel afirmou que no culto do último domingo nenhuma fiel ousou desobedecer ao pastor.

Com informação do Nigerian Watch e do Bulawayo, entre outras fontes.


Pastor sul-africano faz seguidores comerem grama

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Romualdo Panceiro cria a Igreja das Nações para concorrer com a Universal

Pastor diz que máscara é ‘frescurite’; fiel idosa e marido morrem de Covid-19

Maitê recupera pensão de solteira apesar de união com empresário







EDITOR DESTE SITE
Paulo Lopes é jornalista.Trabalhou
no jornal abolicionista Diario Popular,
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e outras publicações.

Contato