Pular para o conteúdo principal

Vídeos musicais que enaltecem beleza da ciência fazem sucesso

Um dos vídeos dá destaque aos cientistas que divulgam o ateísmo

Boswell se inspirou
na TV Cosmos
John Boswell (foto) gravou em 2009 o clipe A Glorious Dawn ("Um Alvorecer Glorioso"), transformando em música afirmações de Carl Sagan (1934-1996) e Stephen Hawking (1942), dois dos mais destacados divulgadores da ciência.

Até agora, o vídeo [ver abaixo] já foi visto mais de 8 milhões de vezes. “As visualizações ainda me impressionam, e isso me inspirou a desenvolver a ideia [com outras produções]”.

A série de clipes de Boswell se chama Symphony of Science ("Sinfonia da Ciência"), com 30 milhões de acessos no Youtube. No clipe A Wave of Reason (“A onda da razão”) aparecem cientistas e filósofos que são ou foram militantes ateus, como Bertrand Russell (1872-1970), Michael Shermer (1954), Sam Harris (1967), Lawrence Krauss (1954), Richard Dawkins (1941) e Phil Plait (1964).

O Sagan aparece em vários vídeos, porque Boswel é fã da "TV Cosmos", série de sucesso que foi produzida e apresentada em 1980 pelo astrônomo. A serie foi uma fonte de inspiração da "Sinfonia".

Com um bom trabalho de edição, uso de imagens e mixagem, Boswell aborda temas como evolução, big bang, buracos negros, mundo quântico, exploração espacial e cérebro.

O tom é de enaltecimento do mundo como ele é, sem qualquer referência ao sobrenatural. Glorious Dawn, por exemplo, ressalta que “um alvorecer ainda mais glorioso nos aguarda: não o nascer de um sol, mas o nascer de uma galáxia. Uma manhã repleta de 400 bilhões de sóis – o nascer da Via Láctea!”

Boswell sente orgulho ao dizer que a sua “Sinfonia” tem divulgado “a beleza da ciência” e ajudado muita gente na decisão de se tornar cientista.


No primeiro vídeo "cantam" Sagan e Hawking



Mundo quântico é um dos vídeos preferidos de Boswell



Teoria da relatividade em ritmo de balada



A beleza da exploração do espaço



A Terra dos dinossauros 

Veja todos os vídeos da "Sinfonia da Ciência".

Com informação da Galileu.





Ciência vai ganhar da religião, afirma Stephen Hawking
junho de 2010

Ciência versus religião


Comentários

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Deputado estadual constrói capela em gabinete. Ele pode?

Ateu manda recado a padre preconceituoso de Nova Andradina: ame o próximo

Mescla da política e religião intimida ateus no Brasil. E defendê-los e defender a razão

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Como as memórias são armazenadas em nosso cérebro?

No noticiário, casos de pastores pedófilos superam os de padres

Fé de pais TJs não supera direito à vida de um bebê, decide juíza

Sam Harris: não é Israel que explica as inclinações genocidas do Hamas. É a doutrina islâmica

Marcha para Jesus no Rio contou com verba de R$ 2,48 milhões

A prefeitura do Rio de Janeiro liberou R$ 2,48 milhões para a realização ontem (sábado, 19) da Marcha para Jesus, que reuniu cerca de 300 mil evangélicos de diferentes denominações. Foi a primeira vez que o evento no Rio contou com verba oficial e apoio institucional da Rede Globo. O dinheiro foi aprovado para a montagem de palco, sistema de som e decoração. O pastor Silas Malafaia, um dos responsáveis pela organização da marcha, disse que vai devolver R$ 410 mil porque o encontro teve também o apoio de sua igreja, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo. “O povo de Deus é correto”, disse. “Quero ver a parada gay devolver algum dinheiro de evento.” Pela Constituição, que determina a laicidade do Estado, a prefeitura não pode conceder verba à atividade religiosa. Mas o prefeito Eduardo Paes (PMDB), que compareceu à abertura da marcha, disse que o seu papel é apoiar todos os eventos, como os evangélicos e católicos e a parada gay. A marcha começou às 14h e contou com sete trios