Rivalidade entre Argentina e Brasil rende piadas com papa



papa Francisco com imagem na roupa do general Videla
Referência ao suposto apoio que o cardeal
Jorge  Bergoglio deu a ditadura argentina
por Bruno Garcez
da BBC Brasil

A escolha de um argentino como o primeiro papa da América Latina rendeu uma onda de piadas entre argentinos e brasileiros nas redes sociais de ambos os países e reacendeu a velha rivalidade entre as duas nações, ainda que de forma bem-humorada.

Em sua conta no Twitter, o brasileiro Alexandre Berbe (@AleBerbe) afirmou que ''a escolha de um papa argentino foi a melhor coisa que aconteceu para a indústria de piadas no Brasil. #habemusPapam''. E não demorou muito para que elas surgissem em profusão.

Maria Graciolli (@Mari_Graciolli) brincou com supostas consequências negativas da nacionalidade do papa entre os católicos brasileiros: ''Ateísmo bate recorde no Brasil após eleição de papa argentino''.

O jornalista e ator Fernando Ângelo (@fernandoangelo_) centrou alvo na suposta fanfarronice de nossos ''hermanos'', em especial no que diz respeito ao futebol, ao dizer que ''argentinos já dizem que o novo papa é melhor do que Pelé!''.

Os alvos das piadas foram os mais diversos, entre eles, é claro, as preferências gastronômicas dos argentinos, bem como a acirrada rivalidade futebolística com o Brasil.
Futebol e churrasco

Rodolfo Chagas (@RodolfoChgs) comentou: ''O novo papa é argentino, ou seja, agora quando sair uma fumaça do Vaticano sabemos que é do churrasco''.

Em se tratando de futebol, o tuiteiro DarkRonaldo (@DarkRonaldo) debochou da escassez de títulos na recente história do país nas Copas do Mundo: ''A eleição do papa é o primeiro título internacional dos argentinos desde a Copa de 1990''. No caso, o internauta se referiu à última vez que a argentina foi vice-campeã mundial.

Cardeal abençoa o general
ditador Jorge Videla
A suposta propensão de jogadores argentinos em cavar faltas e fazer ''catimba'' foi o alvo de Betto ''Vuohi'' Böde (@bettobode), imaginando uma Missa do Galo que se assemelharia a uma partida com jogadores argentinos: ''Papa Argentino: 'finalzin' da Missa do Galo, o papa se jogando nas escadarias simulando contusão pra missa acabar logo''.


Mario Filho (@mariofilho) fez alusões ao gol de mão marcado por Diego Maradona contra a Inglaterra na Copa de 1986: ''Segunda medida do papa argentino: Vale gol de mão''.

A blogueira Mafê Bastos (@mellancia) satirizou em um tuíte as confusões feitas por estrangeiros que pensam que a capital argentina fica, na verdade, no Brasil: ''BINGO: Conclave na Europa só podia dar nisso: ‘Gente, vamos eleger o novo papa brasileiro, aquele, de Buenos Aires!’".

O humorista e colunista da Folha de S. Paulo José Simão alvejou nas páginas do diário a suposta fama de arrogantes de nossos vizinhos: ''É bom papa argentino, porque vai conversar com Deus de igual para igual!''.

A tuiteira argentina Faith (@sunshineout) incluiu o papa entre argentinos de destaque mundial e aproveitou para tirar ''uma casquinha'' do Brasil: ''A rainha da Holanda é argentina, Messi é argentino, o papa, argentino. O Brasil segue participando”. O professor argentino e morador do Brasil Luis Fernando Ayerbe comentou em sua conta de Facebook: "Deus está em todas partes, mas atende em Buenos Aires".

Um dos memes sobre o conclave que
elegeu o cardeal argentino para papa
 
O humorista argentino Nik (@Nikgaturro) também foi pelo mesmo caminho ao elencar: "Maradona, Messi, Bergoglio... viram que Deus era argentino?".

O americano Dustin Luke (@TheDustinLuke), que mora na Argentina, decidiu celebrar, de forma bem-humorada, quitutes argentinos: ''Mate, biscoitos, milanesas e empanadas para todos. O papa é argentino!".

Na pesquisa, digamos, empírica, realizada pela BBC Brasil, foram encontradas mais piadas e deboches proferidos por brasileiros em relação à nacionalidade do novo papa do que piadas proferidas por argentinos.

Um sinal de que os brasileiros canalizaram sua possível inveja para o humor ou que, em se tratando de piadas, os brasileiros têm um jogo ofensivo e aberto, tal qual o seu futebol?

Com ilustrações da internet.





Acusação ao papa de ter ajudado a ditadura divide argentinos
março de 2013

Comentários

  1. Ficam aí profetizando contra a palavra, vocês vão ver o que acontece

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lunático. Não vai acontecer nada. Não vai cair raio na cabeça de ninguém, niguém vai adoecer por causa disso, etc.

      Excluir
    2. Estripador de Trolls15 de março de 2013 23:06

      Técnica do "acredite ou vá pro inferno", já refutada pelo Ceticismo.net e até mesmo pelo blogueiro apologeta católico Snowball.

      Excluir
  2. Sem falar dos trocadilhos com Chico Bento e aquela história de que se o Papa é argentino e saiu fumaça branca, então o papa era o Maradona.

    ResponderExcluir
  3. ''Ateísmo bate recorde no Brasil após eleição de papa argentino''.

    Seria um magnífico efeito colateral. Eu ficaria eternamente grato a los hermanos.

    Mas aqueles filmes de ação americanos já profetizavam, nas entrelinhas, esse pontífice argentino, quando o personagem militar falava ao rádio:

    "Charlie - Papa - Tango, Charlie - PAPA - TANGO, copia?"

    Ruggero

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estripador de Trolls15 de março de 2013 23:09

      Sou agnóstico mas me sinto moralmente constrangido com o preconceito com o Papa só por ele ser argentino. Até a Zero Hora, jornal aqui do Rio Grande do Sul, publicou uma tirinha xenófoba debochando do Papa por ele ser argentino.

      Esse preconceito de brasileiros com argentinos e de argentinos com brasileiros é ridículo.

      Excluir
  4. Agora só se fala nessa história de novo papa.

    Tenho certeza que a substituição do papa foi mais uma jogada de interesse dos petistas, pois eles querem desviar a atenção da opinião pública para a posse na CCJ de dois de seus integrantes condenados pelo crime do mensalão.

    José Genoíno e João Paulo Cunha agradecem, já que agora fazem parte da Comissão de Constituição e Justiça.

    Primeiro tentaram desviar a atenção fazendo polêmica com a posse do pastor Feliciano. Agora eles utilizam essa posse do papa pra desviar da sociedade o foco sobre a posse do Genoíno e do Cunha. Francamente, que golpe sujo de vocês petistas comunistas e ateístas que só querem afundar o nosso Brasil!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa!!

      Agora o PT manda no Vaticano?

      Que conspirador lunático!

      Excluir
    2. Estripador de Trolls15 de março de 2013 23:16

      Ateus elegeram o novo Papa só para desviar de assuntos políticos? Me diz como um ateu elegeria um Papa, se para isso é necessário ser arcebispo? Ou então você acredita que o Bento VXI conspirou com o Lula por causa do mensalão? Isso não faz absolutamente nenhum sentido.

      Excluir
    3. Agora tem um aí que entra nos posts sobre RELIGIÃO e ATEÍSMO para fazer campanha anti-PT. A Direita ressentida é igual aos milicos de pijama: não sabe sair de cena.

      Excluir
    4. Esse aí precisa seriamente de tratamento psiquiatrico

      Excluir
    5. Esse assalto a paróquia dele e bebeu todo o vinho...

      Excluir
    6. Concordo com você amigo, embora lhe chamem de conspirador lunático, na internet existem milhares de relatos de ex-petistas demonstrando que o PT controla não apenas o Vaticano, mas também a Yakuza e alguns movimentos neo-nazistas. O próprio PSDB é apenas um braço elitizado deles, pois quem de fato controla o PSDB é o PT! Dilma, Lula, Serra, FHC são todos Illuminattis da Nova Ordem Mundial, sendo a Dilma a suma-sacerdotisa da Ordem e casada com um ET da raça Grey.

      Eles irão destruir a humanidade, céticos tolos, nós sabemos que o apoio à descriminalização das drogas por parte do FHC é uma clara tentativa de manter toda a sociedade dopada para que não vejamos o que eles realmente estão fazendo. A Ambev foi a primeira demonstração da influência Illuminatti do FHC, quem unificou as marcas de cerveja FOI ELE pois seria mais fácil controlar uma única empresa. Como o consumo de cerveja não aumentou, agora ele vem com essa campanha para a descriminalização das drogas.

      NÓS PRECISAMOS FAZER ALGUMA COISA! Céticos, abram seus olhos para a realidade!

      Excluir
  5. Enquanto os brasileiros continuam a fazer piada dos argentinos, eles continuam cada vez mais cultos e politizados que nós. A Argentina é o segundo colocado em educação da América Latina pelo ranking da Unesco; o Brasil é o penúltimo, só "ganha" do Suriname. Eles não são prepotentes, são mesmo melhores.
    http://amarretadoazarao.blogspot.com.br/2013/03/o-argentino-e-arrogante-ou-o-brasileiro.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem toda razão admiro muito os argentinos que tomam as ruas em protestos quando é necessário, é bom lembrar que lá eles saíram da ditadura militar antes e já puniram muita gente por seus crimes enquanto aqui esperamos os torturadores morrerem de velho.

      Excluir
    2. Acho que não faz sentido comparações sobre qual é a "melhor" nação. Isso é extremamente relativo. Depende dos termos e das coisas que se compara.

      Sobre a questão da suposta prepotência argentina, certa vez um diretor argentino de teatro esteve em Porto Alegre e ele próprio disse ao vivo numa rádio: "Argentino é um italiano que fala espanhol e pensa que é inglês".

      Então ele versou sobre o contexto histórico dessa percepção, citando especialmente a fase áurea da Argentina em termos econômicos, quando eles se davam ao luxo de importar óperas italianas para seus teatros e chegavam a construir fachadas pomposas para esconder caixas-d'água - uma delas existe até hoje na principal avenida de Buenos Aires.

      É importante ressaltar que não estou querendo afirmar com isso que os argentinos são prepotentes ou arrogantes. Apenas coloquei esta questão porque é uma opinião interessante de um argentino.

      Da minha parte eu acho bobas essas discussões sobre qual país é prepotente e qual país é o tal, porque nós já vimos os melhores agindo como piores e os piores dando lições de humanidade. Brasileiros, argentinos, franceses, espanhóis, ingleses, italianos: somos todos iguais, em essência. Alguns países têm exemplos a dar em determinadas áreas, outros em outras. Mas não tem ninguém tacitamente melhor ou pior em tudo.

      O que nós temos, sim, é que copiar as coisas boas que os argentinos têm a oferecer. Assim como temos que copiar as coisas boas dos italianos, dos espanhóis, dos islandeses, dos croatas e até dos americanos. Da mesma forma que outras nações têm que copiar - e estão copiando - as coisas boas que fazemos.

      Também não vejo como grande problema as piadas. As diferenças culturais sempre produzem piadas: os franceses fazem piadas dos ingleses e vice-versa. Entre eles a resposta para qual país é "melhor" está na ponta da língua há séculos. Mas para quem não está no cerne da polêmica é possível definir qual país é "melhor"? São dois países com imensas riquezas culturais e também dois países que colonizaram (inclusive no pior sentido) meio mundo. Ou seja: isso aí é um debate natimorto.

      Só não dá para fazer das piadas um cavalo-de-batalha, achando que elas revelam uma verdade inconteste. Dentro desse espírito, o que fazem Galvão Bueno e o jornal argentino Olé, por exemplo, é um desserviço completo. Porque isso sim estimula a xenofobia disfarçada de "rivalidade histórica".

      Eu tenho amigos argentinos, uruguaios, franceses, italianos e americanos. Se eu tiver que fazer alguma diferenciação entre eles, certamente ela não se dará no campo do país de origem. São outras coisas que pautam e influenciam o ser humano, e não necessariamente o país onde ele nasceu.

      A religião, por exemplo, é muito mais restritiva do que os limites territoriais. Até porque ela não respeita nem os limites territoriais: ela nivela (por baixo) qualquer ser humano em qualquer país do mundo. Que diferença há entre um fundamentalista brasileiro e um fundamentalista argentino?

      Entenderam como a discussão sobre prepotência, soberba, omissão, burrice, inanição e outras mais se perdem se o contexto é a "nacionalidade" de um indivíduo? Melhor gastar energia no que realmente importa.

      Excluir
  6. A besta que era, e agora não é, é o oitavo rei. É um dos sete, e caminha para a perdição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom saber que isso envolve história, e não achismo do seu "pastor". Engraçado que quando é pra haver algo ruim, todos os "evangélicos" admitem que é a Igreja Católica que está sendo descrita ali, quanta hipocrisia!

      Excluir
    2. E se não for a Igreja Católica, quem poderá ser?

      Excluir
    3. Ora, é fácil, basta pegar seu conhecimento sobre a Roma pagã e os imperadores que perseguiam os cristãos que derramaram seu sangue por Cristo. Um pouco de sabedoria sobre história não faz mal a ninguém, te peço que pesquise sobre do que se trata historicamente a Babilônia, a Besta e seus dez chifres, a Prostituta, e verás que não passa de atribuições a Roma e seus imperadores pagãos que perseguiam e martirizavam os cristãos. Paz e bem!

      Excluir
  7. Agora vale qualquer coisa, um SUPOSTO ENOLVIMENTO já é motivo de condenação?
    Para quem se rogam estudiosos e cultos n passam de pasquins fuxiqueiros

    ResponderExcluir
  8. Esvaziem a bexiga antes...

    http://www.blogdacidadania.com.br/2013/03/marqueteiro-do-vaticano-deve-ser-o-mesmo-que-o-dos-tucanos/

    ResponderExcluir
  9. Papas são ditadores.Seus seguidores são escravos. Mas os catolicos na verdade fazem de conta que acreditam. Ele faz de conta que manda. E a bandalheira tem uma desculpa e continua sangrando a moral da humanidade. Todas religiões partem de uma premissa falsa, da qual se desenvolvem a ponto de se esquecerem de onde vieram. O que alegam e exigem hoje não corresponde a citada origem.
    O que querem é poder e dinheiro. Parece obvio, mas os que colaboram, ou são inocentes demais ou são os espertos demais .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Colaborar com quem quer poder e dinheiro, eu colaboro quando tomo minha cerveja só que recebo alguma coisa em troca.
      Deus não existe, mas religião existe, as pessoas recebem alguma coisa em troca.
      Não nego que quando a religião passa dos limites precisa de controle e hoje em dia ela está passando dos limites.

      Excluir
  10. Alguém aqui acompanha os vídeos do Amazing Atheist no Youtube? Ele fez uma análise bem interessante comparando a idolatria pela Sarah Palin nos setores mais conservadores do já ultraconservador Partido Republicano na eleição de 2008 com a igreja católica. Aquele pessoal que diz que o Obama é muçulmano, ateu, comunista, queniano e o anticristo, e que não tem vergonha nenhuma de admitir que odeiam gays, negros e outras minorias gostavam tanto dela que queriam ela, uma mulher, como presidente. Segundo ele, o fato de a ICAR não permitir mulheres no sacerdócio, muito menos no alto clero, e não haver o menor sinal de mudança, indica que o Tea Party é muito mais socialmente progressista que a igreja católica, o que deveria ser assustador. Qualquer organização não-religiosa que não aceitasse mulheres em cargos de liderança seria duramente criticada, e com razão, mas a igreja católica recebe passe livre, só porque é tradição. Quem souber inglês, dê uma olhada lá, bem legal.

    ResponderExcluir
  11. O papa é gaúcho de Quaraí/RS, onde se criou até rapozote! Quero ver quanto tempo os argentinos vão 'esconder' que o papa argentino é brasileiro de nascença.

    http://www.clarin.com/mundo/afectuoso-abrazo-Papa-enviado-Clarin_0_883711888.html

    http://www.cangablog.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lia, um conselho: sempre coloque os links diretos das notícias (como você fez com o link do Clarín), porque senão fica parecendo propaganda de blog e a pessoa precisa ficar procurando o assunto em meio a dezenas de outros.

      O link direto a ver com a questão reportada é este:

      http://www.cangablog.com/2013/03/o-papa-nasceu-em-quarai.html

      Bueno, é uma história nebulosa. Como cabe aos personagens da Igreja Católica.

      Uma uruguaia contestou dizendo que Bergoglio nasceu em Artigas, que faz fronteira com Quaraí, porém fica no lado uruguaio.

      Para mim tanto faz: quanto mais distante de mim os emissários da ICAR tiverem nascido, melhor.

      Excluir
  12. Ri muito. Só não gostei da piada da argentina...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Busca neste site