Pastor é preso sob a acusação de passar as mãos no corpo de fiéis

Entre as denunciantes
 estão uma garota 
de 15 anos e outra de 12
Por determinação da Justiça, a Polícia Civil de Franca (SP) prendeu preventivamente no dia 28 o pastor José Elias da Cruz, 53, quando ele se apresentou à Delegacia de Defesa da Mulher.

Ele estava sendo procurado pelos policiais havia quatro dias porque é acusado de abuso sexual por fiéis, entre uma garota de 12 anos e outro de 15.

Pelo menos quatro fiéis acusam o pastor de passar a mãos em seu corpo, em partes íntimas, durante rito com unção com óleo santo para libertação espiritual. O pastor dizia, segundo as fiéis, que ele tinha o dom tirar das mulheres o “espírito da sensualidade”.

Uma das supostas vítimas, de 20 anos, disse à policia que os abusos, no seu caso, ocorreram na casa do pastor. “Ele me disse que eu estava com um caroço no seio e que isso era coisa do demônio”, afirmou ela. “[Durante um ritual] ele pegou nos meus peitos enquanto orava para tirar o demônio.”

A jovem contou que o pastor pediu para que não falasse nada a ninguém sobre o “ritual de cura”, porque, caso contrário, o demônio tomaria conta da vida dela.

Pelo relato das denunciantes, o pastor tinha fixação em seios. Outra delas, de 23, disse que o pastor falou que, por ser bonita e desejada por homens, o diabo ia desgraçar a sua vida, colocando um caroço (cancerígeno) em seu seio.

Ela contou que começou a “se tratar” na casa do pastor. “Nas primeiras duas semanas, ele apenas orava. Mas em um dia me disse para ir até o banheiro, tirar as calças e voltar enrolada em uma toalha. Foi o que fiz. Quando voltei, ele me deitou na cama e começou a passar as mãos nas minhas pernas”, disse a fiel, conforme seu depoimento à polícia.

A fiel afirmou ter questionado o pastor sobre o seu ritual de cura. “Ele me disse que aquilo era a vontade de Deus, que ele estava agindo a pedido de Deus.”

O pastor Cruz é líder da Igreja Paz no Vale. Ele admitiu à polícia que conhece as fiéis que o denunciaram, mas negou que tenha cometido os abusos. “Ele disse ser inocente”, afirmou a delegada Graciela Ambrósio.

O próprio pastor informou a delegada de que já este preso há 20 anos, que foi usuário de drogas e esteve envolvido em estelionatos. Afirmou ter respondido a 11 processos criminais.





Com informação do G1 e GCN, entre outras fontes.

Pastor é acusado de ejacular ‘esperma de Deus’ em obreiras
agosto de 2012


Comentários

  1. mais troxas são as pessoas ignorantes que caem na conversa deste patife! aff..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É. Só não esqueça que tem uma menina de 12 anos no meio.

      Excluir
    2. Comentários ideologicamente contundentes ao Paulo Lopes, ele simplesmente censura!

      E depois se diz muito "condescendente" com os comentaristas... sei.

      Excluir
    3. Se tem algo que posso dizer, é que o Paulo não censura os comentários, ao menos que tenha algo de muito ofensivo. Pode procurar que existem muitos, mesmo os contrários ao senso comum, ou religiosos-ofensivos. O mesmo retringe-se somente aos ataques pessoais, ou casos graves, tanto que este seu protesto foi aceito ; )

      Excluir
  2. Assim que for para a devida penitenciária, esse pastor aí vai poder exercer o incrível dom de cura dele nos caroços que os demais presos têm no meio das pernas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sendo assim, ele e outros supostos abusadores sexuais não precisam se sentir culpados por nada do que fizeram ou pretendam fazer, afinal, sabem que quando forem presos terão o que 'merecem' e muito mais, não é mesmo?

      Essa realidade das barbaridades nas prisões deve até servir de estímulo para que abusadores sexuais de fato nem se deem o trabalho de refletir sobre seus atos, pois só de pensar nas barbaridades que irão sofrer caso sejam presos, já elimina qualquer temor de ferir suas vítimas enquanto podem.

      Essa nossa nação de inteligentes é uma maravilha, não acha?

      Excluir
    2. É mesmo, "jênio"? Então quer dizer que o homem não é COVARDE por natureza? Quer dizer que quanto mais ele souber que vai ter que pagar, mais ele vai antecipadamente imputar sofrimento a alguém? Não seria o contrário? Punição então é só uma questão semântica? A tua teoria é de que eliminando-se as punições eliminam-se os crimes? Fantástico! O que seria desta nação de inteligentes sem essa tua incrível predisposição ao silogismo enviesado? Como dizia Henfil: enquanto os sábios pensam sem certeza, os idiotas atacam de surpresa! Você por acaso é aquele pedófilo que habitava as sombras deste blog pregando que meninas de 12 anos já tinham condições psicológicas de decidir o seu destino sexual? Achei que a PF já tinha dado um jeito em você... Não esqueça que Emerson Rodrigues e Marcelo Mello foram rastreados mesmo usando TOR e outras ferramentas para garantir "anonimato".

      Excluir
    3. 1. Adolescentes têm condições físicas e psicológicas de consentir um relacionamento afetivo/sexual com pessoas mais velhas.

      2. Adolescência, juridicamente (segundo o ECA), incia-se oficialmente aos 12 anos de idade. Já a adolescência psíquica e fisiológica, inicia-se aos 10 anos de idade (segundo a OMS).

      3. Se o medo da punição é efetivo no combate ao crime, então os brasileiros devem ser muito valentes, ou então não temos problemas com violência urbana (então eu devo estar vivendo num mundo paralelo).

      4. Se a punição desumana não aumenta a rebeldia daqueles que a sofrem, então o nosso sistema prisional é um verdadeiro regenerador de "anjos", fazendo sair de lá apenas "cidadãos modelo" e, de fato, devo estar vivendo num mundo paralelo.

      5. Calúnia é crime. Se você se preocupa tanto com o rígido cumprimento das leis, então deveria saber disso e pensar duas vezes antes de tentar censurar alguém através de ameaças com insinuações de que tal interlocutor estaria cometendo crime sem que de fato o esteja.

      Passe (e pense) bem!

      Excluir
    4. Desconfio fortemente que essas postagens anônimas com hyperlink sejam do autor do blogue.

      Excluir
    5. As postagens anônimas com hyperlink NÃO são do autor do blog. Eu já te propus uma vez apresentarmos nossas identidades, mas você declinou - já esqueceu?

      1+2: Você continua usando idade biológica para emancipar crianças e adolescentes "de ofício". Ou seja: 1 dia antes do previsto na letra fria das convenções genéricas, o indivíduo é criança ou adolescente; no dia seguinte subitamente torna-se adolescente ou adulto, numa espécie de deus ex-machina da maturidade psicológica.

      3: Desde quando a punição no nosso país é exemplar? Você de fato vive num mundo paralelo. Nossa Justiça quase sempre é lenta e ineficaz - deficiência apontada por inúmeros especialistas do Brasil e do Exterior como um estímulo ao crime. E mesmo quando são condenados "exemplarmente" os presos são beneficiados com a progressão para o semiaberto após cumprirem 1/6 da pena, o que é uma das maiores vergonhas judiciárias do mundo. Vá ver o que acontece com assassinos, estupradores e/ou pedófilos nos EUA...

      4: Você considera "punição desumana" violentar um ADULTO que violentou uma CRIANÇA? Então nem queira saber o que eu faria contigo se te pegasse abusando de uma criança... Você seguramente ia achar os presídios brasileiros um paraíso. Nós não estamos falando de prevaricadores ou ladrões de galinhas: estamos falando de PEDÓFILOS. Nenhuma punição para PREDADORES COVARDES deste naipe pode ser classificada como "desumana".

      5: Insinuar que é o Paulo Lopes que escreve por mim contradiz o teu próprio item. Aliás não é a primeira vez que você faz isso. Por que será que você "desconfia fortemente" que sou Paulo Lopes? Só porque eu citei o TOR...? Assim é você que se entrega. E mostra que é um ingênuo por acreditar que está totalmente inalcançável.

      Pense... e volte. Até porque o padrão de escrita das tuas respostas também são úteis para te localizar.

      Excluir
    6. Ameaçar no anonimato é moleza, quero ver o valentão aí dar as caras.
      A justiça é uma faca de dois gumes...

      Excluir
    7. "Nenhuma punição para PREDADORES COVARDES deste naipe pode ser classificada como "desumana"."

      Você parece um "ser humano" bem qualificado pra julgar quem seria "predador covarde", não? Com BANDIDOS TERRORISTAS iguais a você não há possibilidade de diálogo, então fique aí latindo seu ódio sozinho, ou procure gente da sua laia que veja algum sentido na sua "lógica", tipo os Malafaias da vida.

      Vocês quadrúpedes me divertem!

      Excluir
    8. Por que será que todo falso moralista tem tanto ódio no coração e desejo de fazer coisas absurdas com quem eles consideram imorais?

      Excluir
    9. Ninguém aqui está defendendo abuso contra crianças. O único que está defendendo abusos e atrocidades contra pessoas que pensam diferente é esse projeto de Bolsonaro com Magno Malta (Anônimo 4 de março de 2013 00:22).

      Debater com um cara assim é igual debater com Marisa Lobo ou Silas Malafaia, cheios de valores moralistas, ódio e pseudo argumentos científicos pra condenar aqueles que não vivem de acordo e não concordam com a sua obscura visão de mundo.

      É cada "tipo" que aparece...

      Excluir
    10. Vestir a capa de anti-pedófilo tem servido de pretexto pra muito psicopata sair barbarizando "em defesa das criancinhas". Vai dar a identidade pra um maníaco desses, vai! Sociedade tá doente.

      Excluir
    11. Isso te perturbou mais uma vez, não? Vários comentários com nick diferente... Muito pesadelos durante a noite? Só faltou você evocar novamente o discurso vitimista de que não tem mais vontade de viver num mundo assim - a tal sociedade doente onde você é o único indivíduo sadio, embora já tenha admitido que tem atração por crianças e adolescentes.

      Ass: anônimo anti-pedófilos

      PS: ainda está de pé meu desafio: eu entrego todos os meus dados de identifcação para o Paulo Lopes se você tiver coragem de fazer o mesmo.

      Excluir
    12. Olha o olavete troll anti-gay e anti-"pedófilos" tentando fazer terrorismo psicológico... que patético!

      Vá caçar sua turma: Malafaia, Marisa Lobo, Magno Malta, Datena... vá sonhar com os seus direitopatas reacionários favoritos, imbecil!

      Excluir
    13. Será que alguém sensato seria tão ingênuo a ponto de acreditar mesmo que pessoas feito esse "anônimo anti-pedófilos" estariam preocupadas com possíveis abusos que crianças poderiam sofrer?

      Será que acham que alguém assim, cheio de sentimentos de ódio estaria preocupado com o bem estar de quem quer que seja, exceto o dele mesmo?

      Pessoas assim só querem bodes-expiatórios para canalizar seu ódio, seus preconceitos, pois "defendendo uma boa causa" elas camuflam seu ódio e sua desumanidade sob uma falsa roupagem de "revolta" ou "indignação" contra seres humanos que elas julgam como "predadores", "monstros", etc. São gente doente, psicopatas! São do mesmo tipo que se escondem por trás de uma máscara religiosa para colocarem em prática todas as suas perversidades contra o semelhante, e é por isso que não é raro que esses perseguidores sejam, em sua esmagadora maioria, religiosos E anti-gays, religiosos E anti-abortistas, religiosos E anti-"pedófilos", religiosos E anti-comunistas, etc.

      Infelizmente a maioria não se dá conta e cai na lábia desses LOBOS travestidos de cordeiros. A humanidade não é desumana, desumanos são esses monstros "defensores" da "família", das "criancinhas", da "moral" e dos "bons costumes".

      Vai ver se eles estão combatendo o trabalho escravo infantil...
      Vai ver se eles estão combatendo a miséria que assola muitas famílias...

      Esses "caça-qualquer coisa" de internet e de mídia só querem defender o próprio rabo enquanto disseminar o ódio e promover perseguição ("cruzadas") contra aqueles que eles julgam, segundo seus preconceitos e "valores", como sendo "monstros" e "deturpadores" de seus paradigmas judaico-cristãos.

      Preparem-se todos os "subversivos": ateus, gays, efebófilos, feministas, comunistas, abortistas, "pedófilos"... pois as tochas já foram acesas e os cães já estão soltos em seus encalços.

      Excluir
    14. É, você ficou perturbado mesmo... Tanto que me atribuiu várias coisas que eu não sou - tenho até blog a favor delas.

      De ONDE você tirou que sou anti-gay, anti-feminismo, anti-comunismo, anti-aborto? E, pásmem, anti-ateu?

      Você está misturando - deliberadamente - opções de gênero e opções ideológicas com desvio de conduta.

      Eu apoio todas as causas das minorias e tenho nojo absoluto de religião e da falsa moral religiosa. Só que você está confundindo uma DOENÇA (pedofilia) com questões de ordem moral - porque no teu universo particular sentir atração por crianças e adolescentes é uma quebra de paradigmas judaico-cristãos.

      Meu caro: apaixonar-se por crianças e adolescentes não é uma questão "moral", é PATOLÓGICA. Você espertamente coloca a pedofilia e a efebofilia no mesmo patamar das minorias perseguidas como se isso fosse apenas uma questão ligada ao conservadorismo de setores retrógrados da sociedade. Não é.

      Não se vitimize, rapaz: assuma tuas preferências e enfrente o mundo se você realmente tem convicção de que não está fazendo nada de errado.

      Eu não conheço o Paulo Lopes, mas estimo que posso confiar nele: por e-mail eu vou repassar todos os meus dados de identificação a ele (RG, CPF etc), condicionado ao fato de você ter a hombridade de também fazer isso - para vermos qual de nós dois tem coisas a esconder.

      Não fique chamando os outros de "psicopatas" e se comportando exatamente como um: achando que o mundo inteiro conspira contra a tua pessoa.

      Eu posso mostrar a minha cara. Até porque minhas atividades estão diretamente ligadas a questões bem contrárias às que você colocou. Frequentemente escrevo sobre isso. Aliás agradeço que minhas opiniões acerca desses temas acabaram me colocando em contato com algumas figuras bem conhecidas do ativismo político, do feminismo, da causa gay, da luta pelo rigor científico, pelo Estado Laico, pelo direito ao aborto etc.

      A pergunta que não quer calar (e que você ainda não respondeu) é: você pode mostrar a sua cara?

      Não me venha com aquele papinho de "perseguição" e "massacre moral" que você já usou uma vez: se você realmente não faz nada de errado, não existe nada que a polícia e o MP possam fazer contra a tua pessoa.

      Excluir
    15. Se estivéssemos logo ali, nos anos 70, o discurso seria exatamente este:

      "Meu caro: apaixonar-se por pessoas do mesmo sexo não é uma questão "moral", é PATOLÓGICA. Você espertamente coloca o homossexualismo no mesmo patamar das minorias perseguidas como se isso fosse apenas uma questão ligada ao conservadorismo de setores retrógrados da sociedade. Não é."

      O ciclo se repete...

      Excluir
    16. Está cada vez mais claro que teu sonho é que a pedofilia deixe de ser tratada como doença... Talvez assim você pudesse abandonar a "clandestinidade", não? Ter um nome, uma vida social. Ser considerado um cidadão normal.

      Deve ser complicado viver num mundo onde a gente se sente sozinho, incompreendido, perseguido, alvo do "julgamento alheio"... Aliás você já mencionou isso em outra oportunidade, num discurso infantil meio suicida.

      É bem provável que você se ache o suprassumo da vanguarda, o único que está conseguindo enxergar além, para frente, para o futuro. Mas na verdade você está projetando um desejo particular: você quer que o mundo se adapte ao teu pensamento, em vez de tentar entender porque o mundo não tem como aceitar (nos anos 70, hoje ou daqui 50 anos) sexo com crianças.

      Se você entendesse isso, talvez fosse procurar ajuda em vez de gastar horas na internet tentando instalar uma nova ordem mundial do sexo sem restrição etária.

      A internet só tem o poder de provocar mudanças quando existe uma convergência de interesses pelo bem comum, o que não é o caso. Tirando isso, a internet só serve para que loucos e doentes se identifiquem de forma mais fácil e tenham a sensação de que não estão sozinhos no mundo.

      Embora Emerson Rodrigues e Marcelo Mello já estejam no xilindró, sabemos que bastardos iguais a eles tem aos montes por aí. Mas os investigadores de crimes cibernéticos estão no encalço deles. E agora estão tendo a ajuda providencial de alguns grupos hackers*, porque nem quem comete outros tipos de crimes aceita a pedofilia.

      O pessoal do Anonymous, por exemplo, desde o final de 2011 está denunciando sites e usuários que se envolvem ou estimulam a pedofilia. Volta e meia eles publicam no Pastebin listas com nomes de pessoas que acessam sites de pedofilia.

      Enfim: uma hora as tuas "convicções" também vão ser personalizadas na forma de um nome. Se não for espontaneamente, será à revelia.

      Lembrando que você não explicou de onde tirou aquelas analogias estapafúrdias de "anti-gay", "anti-feminismo", "anti-comunismo", "anti-aborto" e "anti-ateu" atribuídas a mim... Sem contar que ainda não disse se topa revelarmos nossas indentidades.

      (*) Na verdade hackers não cometem crimes. Quem faz isso é um cracker.

      Excluir
  3. Quem são estes pais que deixam seus filhos sozinhos com gente assim?
    Ninguém tá livre de ter um amigo safado, mas facilitar?
    JAMAIS!
    Filhos são precisoso demais para deixarmos nas mãos de outros.
    Os tempos mudaram, não temos mais como usar a desculpa do "Ele sempre foi tão bonzinho...".

    ResponderExcluir
  4. Miriam, católica de valores2 de março de 2013 20:00

    olha, a menina de doze anos foi bem grave, pq ela é inocente, mais as moças mais grandinhas já é um absurdo né

    imagina, se um homem começa a passar a mão em mim, é óbvio que ele tá querendo algo sexual comigo, tem que ser muito ingenuo pra achar que isso é ritual espiritual... tem pastor evangélico que tem muita labia, mais so com seus fieis

    se ele tentasse fazer isso com uma mulher instruida e inteligente ele ia era é levar uma surra

    as mulheres evangélicas deviam pensar um pouco mais, vejo q algumas delas se deixam levar por tudo q pastor diz

    o que é espírito da sensualidade? só ai já dava pra disconfiar, o q a religiao evangélica tem a ver com espiritismo???

    esse homem tem que ir preso pois se aproveitou da fragilidade das mulheres e tbm se aproveitou do fato de ser pastor para engana-las

    duvido q ele tentaria fazer a mesma coisa com um homem evangélico, so fez isso pq tem mulher evangelica que acha q tudo q homens evangelicos dizem é correto, nao pensam ai da nisso

    essa coisa de libertação espiritual pra mim nao tem nada a ver com cristianismo... nao sei de onde tiram isso

    abusar de criança é um absurdo, devia ser crime sem fiança e pra sempre

    as moças, podiam ter reagido na hora, mais agora as loucuras ja foram feitas, infelizmente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. miriam, acorda.


      religião é só mais um pretexto para pessoas abusarem de outras. Não há divindades, moça. Muito menos intermediários do divino.


      eu tenho esperança de que uma hora ou outra a ficha cai.

      Excluir
    2. Miriam, católica de valores 2 de março de 2013 20:00


      Me responda um coisa Miriam? e os milhares de caso de pedofilia, dentro da sua igreja católica é menos grave que isso?

      E eu tenho esperança de que de uma hora pra outra a igreja católica vire pó!!

      Excluir
    3. "duvido q ele tentaria fazer a mesma coisa com um homem evangélico, so fez isso pq tem mulher evangelica que acha q tudo q homens evangelicos dizem é correto, nao pensam ai da nisso".

      O fato de ser evangélica ou católica, nada tem a ver com ingenuidade! _O que pensa acerca disso, Miriam?

      Excluir
    4. Miriam, católica de valores4 de março de 2013 17:38

      salamandra, não tenho preconceito com evangélicos, uma das minhas melhores amigas é evangélica e ela é bem lerda, acredita em tudo que o pastor fala

      eu falei só de algumas que agem assim, eu sei que na Igreja Católica tbm tem mulher lerda (nao é o meu caso, sou bem esperta) que engole tudo que o padre falar

      eu já discordei de muita coisa que um padre antigo daqui falava (ainda bem foi embora, eu não suportava ele...)

      repetindo eu não falei de todas, falei só de algumas que agem com lesmas fantoches, que não acordam pra vida

      eu já fui numa igreja evangélica e tinha muita mulher ingênua... mais não eram todas, acho q existe mulher assim em todo lugar

      desculpe se eu te ofendi, não era isso q eu queria passar

      paz de Cristo pra vc, Salamandra

      Excluir
    5. Miriam, católica de valores4 de março de 2013 18:03

      anônimo 1, sou religiosa e só faço o BEM e os católicos da minha família tbm, pare de generalizar

      se vc não acredita, não to nem ai, pra vc, a salvação é individual, se vc não se preocupa, azar o seu

      anônimo 2, são casos isolados e alguns deles são forjados, pois mts vezes nao são provados

      e a culpa não é da Igreja, é dos homens q não sabem se controlar ou estão sendo influenciados pelo demônio

      ainda bem q seu desejo é só desejo

      faz anos que a Igreja Católica está aí e ninguém a derrubou, pq ela foi abençoada por Cristo

      Excluir
  5. “Ele me disse que aquilo era a vontade de Deus, que ele estava agindo a pedido de Deus.”

    Se ficar sozinha com o pastor, enrolada apenas numa toalha era a vontade de Deus, então por que ela não acha que seria a mesma vontade de Deus quando o pastor a tocou? Por acaso ela não confiava que o pastor estaria fazendo a vontade de Deus? Se não confiava, então por que estava sozinha de toalha com ele? Ou será que ela simplesmente resolveu se rebelar contra essa tal vontade de Deus? Mas ela não confiava que Deus, através do pastor, estava fazendo o que era melhor pra ela?

    Que histórias mau contadas... tem muito mais caroços nesse angu, ah se tem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miriam, católica de valores4 de março de 2013 17:38


      _Eu não me ofendo por qualquer coisa! _Não se preocupe!
      Um abraço!

      Excluir
  6. Está aí um caso de lavagem cerebral. As moças são aliciadas ao longo do tempo, nas pregações do pastoreco elas são induzidas a acreditar que tudo aquilo que ele diz é verdade, e coisa e tal. Muitas verdadeiramente acreditam, e na ignorância até mesmo dos princípios da religião que praticam, deixam-se levar. Porque para uma mulher chegar diante do pastor enrolada numa toalha, um longo trabalho usando as mais podres técnicas de aliciamento (das quais os mais ingênuos não escapam).

    (Essa é UMA possibilidade. A outra pode ser a fama do pastor ter se espalhado e elas pensarem: "vou lá, daí eu processo ele e ganho uma grana".)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelentes ponderações, Maria das Graças!

      Independente deste caso, os próprios líderes religiosos criam enormes brechas para que outros oportunistas de plantão lucrem em cima deles com golpes de supostos abusos sexuais. Uma acusação, por si só, já tem capacidade pra arruinar a vida de uma pessoa, visto a reação escandalosa da sociedade (carregada de valores puritanos, incutidos pela própria religião).

      Excluir
  7. _Deprimente!!!
    Todavia, a pergunta é:
    _O que duas garotas estavam fazendo em outro ambiente, em companhia de um suposto agressor? _Quinze e doze anos??? _Ah, tá!!!
    _Claro! Tudo sem maldade!
    _E tem mais: o trabalho a ser feito, deve se restringir ao ambiente da pregação e não a casa ou escritório particulares!
    _Por que se submeter aos caprichos de alguém??? _Lavagem cerebral? _Que "bela dedução"!
    _Como já escrevi: tudo sem maldade!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-------- Busca neste site