Papa vai tentar deter o avanço dos pentecostais no Brasil

Igreja de Francisco vai agir para recuperar
o território perdido para os evangélicos
O papa Francisco terá como missão prioritária deter o avanço dos evangélicos neopentecostais no Brasil e nos demais países latino-americanos. Aliás, esse teria sido um dos motivos de a escolha do novo pontífice  ter recaído sobre o cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, de acordo com os cardeais que se dispõem a falar sobre o assunto, embora com cautela.

O cardeal indiano, George Alencherry, por exemplo, disse que Francisco vai “reviver a Igreja na América Latina”, de modo que ela possa deixar de perder fiéis para as religiões que nas últimas décadas apresentaram um significativo crescimento na região.

No Brasil, o número de evangélicos aumentou 61,45% em apenas dez anos, passando em 2010 a representarem 22,2% da população, segundo dados do IBGE. Ainda assim o Brasil continua sendo o país com mais católicos no mundo.

O cardeal chileno Javier Errázuriz Ossa confirmou que o conclave elegeu um papa latino-americano (o primeiro na história da Igreja) por ser importante “o papel do catolicismo na região”.

Na avaliação do cardeal espanhol Carlos Amigo Vallejo, o novo papa vai agir de modo que os batizados que se distanciaram da Igreja voltem a frequentá-la. Isso vale principalmente para o país do papa. Na Argentina, cerca de 80% das pessoas são batizadas na Igreja Católica, mas menos de 10% se declaram  católicas praticantes. Do total da população, 13% são ateus.

"Francisco terá muito trabalho nos países latino-americanos", resumiu o vaticanista Thomas Reese.

Para o jornal “O Estado de S.Paulo”, o papa Francisco também vai atuar para influir na política de cada um dos países da região, onde se destacam governos de esquerda. Nesse aspecto, Francisco estará para a América Latina assim como o João Paulo 2 esteve na Polônia.

Isso certamente explica a frieza com que a presidente Cristina Kirchner, da Argentina, recebeu a notícia de que um seu conterrâneo tinha sido eleito para ser o novo papa, com o qual ela já teve alguns entreveros na época em que ele era um cardeal em campanha contra a aprovação da lei do casamento entre homossexuais. 

É de se prever, portanto, que, a partir de agora, os políticos passem finalmente a dar mais atenção à observância ao Estado laico.





Com informação do Estado de S.Paulo, entre outras fontes.

Dawkins aparece nos Simpsons fazendo sopa de católicos
março de 2013

Comentários

  1. Religiões são partidos políticos com fins lucrativos.
    Perder fiéis é perder dinheiro e poder.
    É claro que, frente ao declínio que o catolicismo enfrenta, precisavam de um papa marketeiro, populista.
    Se funciona na política, por que não funcionaria para na religião?
    Junior


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que Religiões e Partidos Políticos dão na mesma, ambos estão com dinheiro em prioridade hahahaha xD

      Excluir
    2. Vc acha que partido político não possui fim lucrativo?? rsrs

      O fato é: TUDO É POLÍTICA. Inclusive o meu comentário e o seu.

      Excluir
    3. é o fim desta coisa chamada igreja romana graças a Deus.

      Excluir
    4. graças a Deus q o papa é argentino, este Brasil só tem lixo é carnaval, samba, renan pt,pmdb e etc...só faltava um papa pqp.

      Excluir
    5. A verdade que todo mundo repete mas ninguém sabe dizer extamente o que vem a ser o tal populismo politico que pregam existir.

      Excluir
  2. é um falso movimento liderado por líderes políticos e são totalmente intolerantes e preconceituosos, este movimento "pentecostal" é um retrocesso. Que o brasil está sem armas para combater e cada vez mais eles ganham espaço na mídia e na política . Eu estou sem entender o que esta acontecendo no brasil é uma sensação estranha e de impunidade que me convoca para ações extremas é como se não houvesse leis , e essas pessoas se utilizam da mídia da internet pra disseminar o ódio e todo tipo de preconceito.
    Governo brasileiro eu exigo justiça como cidadão deste país. Todos tem direito , mais o que esta acontecendo já é uma afronta ao povo, veja marco feliciano um fundamentalista cheio de pregações preconceituosas ,contra pais de santo , contra o candomblé e a umbanda , contra gays e negros, contra católicos e agora além de tudo isto que esta ai para todos verem ele ocupa a presidência da comissão dos direitos humanos, me diga como confiar numa pessoa assim se você que no minimo ele esta sendo dissimulado , pois conhecemos o que ele pensa e acredita. Eu tenho vergonha de ser brasileiro e ver este talibã evangélico retrógrado e hipocrita avançando no brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém pode deter o crescimento do povo evangélico no Brasil, sabe porque?
      Primeiro que hj o povo tem acesso a informação, e principalmente a Biblia que é categorica quando diz: E CONHECEREIS A VERDADE, E A VERDADE VOS LIBERTARÁ. Segundo que o povo em geral, esta com sede de Deus, e quem procura acaba achando, mesmo que demore, mas encontra. E terceiro
      , a maioria dos pregadores que estão se levanrando tem como regra a Palavra de Deus, que quer queiram ou não, é a única regra de fé e pratica em que se pode realmente confiar.

      Excluir
  3. a dilma e demais politicos covardes devem ter ficado como se diz com o kú na mão de que o papa eleito fosse o brasileiro. Porque se tivesse sido eles iriam pagar caro por não ter dado em nenhum momento importancia ao estado laico, mais não acabou o argentino esta velho , e o brasileiro tem só 63 anos e o próximo pode ser ele, dai eu quero ver ríns se desmanchar dentro desses politicos, hoje o papa é a autoridade maxima da argentina até mais que a presidente e ele vai influenciar e muito de agora em diante na politica argentina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que esse papa é como a Madre Teresa de Calcutá, gosta de ver pobre se f*dendo. Ressuscitaram até Joseph McCarthy, por medo dos comunistas. Gostaria de saber onde há comunismo na América Latina, pois se até mesmo Cuba lida com dinheiro...
      Se o comunismo é tão ruim assim, a exemplo do nazismo, poderia ser facilmente derrubado com mera argumentação. Porque será que ICAR, TFP, Israel, Sionistas, Opus Dei, EUA, União Europeia, OPEP, OTAN, bancos e demais Miguxos precisam declarar guerra ao comunismo. Por que será que o comunismo (e o keynesianismo) afligem tanto a essas organizações? Isso me causa desconfiança...

      Excluir
    2. Comunismo é uma merda! Nem precisa de muito argumento para mostrar que é uma mazela. Vejamos: na ex-URSS, os comunistas formaram diversas organizações paralelas, cheias de privilégios, enquano o povão se fodia em filas para comprar pão e leite. A mais conhecida dessas organizações era a NOMENKLATURA, e seus membros tinham o privilégio de viajarem ao Ocidente para comprar tudo que queriam.

      Na China, não é diferente, e vemos agora que a corrupção lá é endêmica, bem como também existem grupinhos com privilégios. O comunismo é só para a peãozada, camponeses e operários, uma vez que a classe média média e classe média alta, ou elites, vivem com mais apetite de consumo que muitos países ocidentais. Essa elite também viaja bastante para o exterior, a exemplo da tal NOMENKLATURA soviética.


      Em Cuba também houve privilégios para a 'elite' 'comunista', e os irmãos Castro assumem o poder como se fosse uma monarquia.

      Na Coreia do Norte, vemos a família que está no poder formando também uma sucessão que nem as monarquias. O povo morrendo de fome e eles explodindo bombas para chantagear o Ocidente (entenda 'Ocidente' como o conjunto de países capitalistas (região política), e não como uma região).


      Conclusão: até agora não houve um único país comunista em que a corrupção, privilégios de grupinhos, perseguições, e muitas outras mazelas, não tenham dado suas graças.



      Capitalismo também é outra bosta, mas ao menos podemos criticar, nos manifestar, etc.



      FORA EXTREMISTAS DE ESQUERDA E DE DIREITA, BEM COMO OS FUNDAMENTALISTAS E RADICAIS DE QUAISQUER ESPÉCIES.

      Excluir
    3. Rubim Geontelus 15 de março de 2013 15:52

      imbecil!! vai estudar mais...suas análise é muito superficial...comunismo não existiu em lugar nenhum do mundo...o que existiu foi um socialismo real, também chamado stalinismo...procure entender mais do assunto, pra não falar merda!!!


      Excluir
    4. =Troll detected.

      Não devemos alimentar trolls, mas nesse caso vou fazer uma exceção. Não se projete, canalha! Pela sua maneira de se expressar já dá para notar quem é e de que lixo veio. Ah, doeu, né! Um merda que nem C vem tentar fazer propaganda comunista e quando se vê frustrado começa a agredir o argumentador, ou seja, a usar Ad Hominem. Isso significa que é um desequilibrado, um pobre diabo iludido ainda nessa merda de vermelhos, um coitado perdido no tempo e que ainda não acordou para a realidade.


      Da mesma forma que existem tipos de capitalismo, várias graduações do capitalismo, também existiram e existem formas de comunismo, zé bocó! Stalinismo não é uma forma política e econômica a parte do comunismo. Não existe um sistema político chamado de stalinismo, mas sim uma forma de comunismo influenciada por Stalin. Da mesma forma que dentro do comunismo existe o trotskismo, o leninismo, o comunismo chinês da época de mao tsé tung, etc. E por que isso ocorre? Porque o ser humano tem a tendência de formar grupos divergentes em qualquer lugar, de discordar dos que fundaram sistemas e formar outras ramificações da originais (isso ocorre tanto em política quanto em religiões, basta ver o cristianismo, islamismo, etc., bem como o capitalismo, as monarquias, etc.). Portanto, seu TROLL, quem deve estudar é C, não é mesmo seu comunista frustrado! He! He! He!

      Sinto muito se mostrei a merda que é esse sistema! Ha! Ha! Ha! Ha! Comunistas são tão fanáticos quanto os religiosos! Ha! Ha! Ha!

      Excluir
    5. Socialismo real? Nunca vi essa expressão em livros ou internet. Socialismo real significaria que é um socialismo verdadeiro, e isso nunca existiu pelo simples fato do marxismo ter se dividido em duas correntes principais após a morte de Marx: de um lado a social-democracia, que prevaleceu na Europa ocidental e prevê uma mudança lenta e pacífica; do outro, o leninismo, que prevaleceu na Europa oriental e era direcionado a uma mudança radical da sociedade através da luta armada.

      Socialismo real! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Esse deve ser formado em 'ENROLATION', também conhecido por 'EMBROMATION'! Ha! Ha! Ha!

      Excluir
    6. O Rubim está certo. E ele tambem critica o Cpitalismo, não parece ser um radical liberal. Escreveu 18 linhas, e você, que escreveu 3 o chama de superficial. E ele assinou, você só xingou.

      No mais, essas distinções todas entre comunismo e socialismo são só filigranas teóricas. Na prática é tudo a mesma coisa, uma sucessão de fracassos.

      Excluir
    7. Correção: Na Coreia do Norte, vemos a família que está no poder formando também uma sucessão que nem as monarquias. O povo morrendo de fome e eles explodindo bombas para chantagear o Ocidente (entenda 'Ocidente' como o conjunto de países capitalistas - região política -, e não como uma região ***geográfica***).

      Excluir
    8. Rubim, o povo coreano morre de fome por causa do regime ou por causa dos embargos dos que antipatizam com o regime, pouco se importando com os seres humanos?

      Excluir
    9. O povo coreano e de todos os países comunistas morrem de fome porque esses países gastam fortunas com armamentos, principalmente bombas atômicas, bem como as 'elites' que neles se formam sugam tudo. Na coreia do norte, esse atual governante, filho do anterior (família Sung), sempre teve carros importados, etc. Imagine a 'elite' militar e outros protegidos do governo?

      Essa história de embargo só funciona para quem tem cabeça oca, viu! Sabe por quê? Porque a China é quem dá apoio a Coreia do Norte, e esses países fazem fronteira, ou seja, a China pode enviar comida e tudo mais para os norte-coreanos. A Coreia do Norte não é um país isolado como Cuba nas Américas, no quintal yankee. Não, a Coreia do Norte é fronteira com a segunda econômia do mundo, uma potência ou superpotência capaz de encarar os americanos. Portanto, essa lógica do embargo para a Coreia do Norte não tem lógica alguma. Exceto para servir de propaganda comunista e influenciar os incautos.

      Vale lembrar que o embargo americano em Cuba também não funcionou durante o período que os soviéticos eram influentes porque toda produção cubana era comprada pela ex-URSS, bem como havia grande ajuda da ex-URSS para os cubanos. Contudo, a falta de organização dos cubanos, a corrupção, o próprio sistema comunista de propriedade comum jamais poderia competir com o sistema capitalista. Quando a ex-URSS quebrou e retirou a ‘esmola’ que dava aos cubanos, então o regime cubano se viu em apuros.


      ‘Anônimo16 de março de 2013 15:55

      Rubim, o povo coreano morre de fome por causa do regime ou por causa dos embargos dos que antipatizam com o regime, pouco se importando com os seres humanos?’


      Perceba o seguinte: a social-democracia hoje prevalece em países como Dinamarca, Noruega, Suécia, Finlândia. Nesses países o socialismo, a forma branda do marxismo, é um sucesso, e não vemos americanos nem outros países ocidentais tentando destruí-los nem fazendo bloqueio econômico e/ou embargos de produtos. Mas a forma agressiva do comunismo (leninismo, maoísmo, stalinismo, trotskismo) nunca foi aceita pelos países capitalistas porque o intuito é tomar tudo de assalto, matando os oponentes, perseguindo, etc. Daí que eu pergunto: por que os países capitalistas devem esperar que esses países venham a ter mais recursos e prosperar se o intuito deles é levar esse regime ao mundo inteiro? Um regime que é corrupto, onde se formam grupinhos, e onde quem for contra acaba morrendo ou preso? Trata-se de um jogo perigoso, onde ambos os sistemas tenta aniquilar o oponente. Eu, embora não concorde com muitas coisas do sistema capitalista, prefiro viver num sistema assim que num comunista, onde não podemos sequer dizer que os líderes são feios. C falar que os países pouco se importam com os seres humanos e outras coisas apenas para safar as mazelas desses países comunistas é ingenuidade ou má-fé mesmo, uma vez que quem conhece a história desses países comunistas acaba mesmo é se enojando dessas corjas malditas, mentirosas, corruptas, traiçoeiros.

      Os ovos das serpentes devem ser destruídos antes que eclodam!

      Obs.: em respeito a Paulopes, que já deixou claro que esse blog só comenta agora sobre crença e descrença, esse é meu último comentário sobre esses sistemas políticos porque não tem a ver diretamente com o que propõe o blog.

      Excluir
    10. EM BUSCA DA VERDADE17 de março de 2013 11:46

      Rubim Geontelus16 de março de 2013 23:58,

      Não acho que o blog só comenta sobre crença e descrença.

      O blog denuncia ou replica notícia sobre políticos evangélicos corruptos, mas quando se trata de PeTistas, como os já condenados João Paulo Cunha e José Genoínio, que assumiram cargos na mais importante comissão da Câmara, a CCJ, por onde passam todas as leis, isso não vira notícia no blog.

      Admiro a forma democrática como o Paulo Lopes permite os comentários divergentes. Porém, fica muito evidente que, o blog visa mostra vícios de religiosos, apenas. Isso é bom em uma democracia. melhor ainda, quando os vícios e virtudes de todos os grupos são mostrados. Isto é, os que são objeto de debate aqui no blog. Mas, isso é uma opção do blog e deve ser respeitada.

      Excluir
    11. Concordo! Tanto é que fiz comentários contra o PT, contra Renan Calheiros, contra Genoíno e João Paulo em outras notícias nesse blog!

      Excluir
    12. Lembrando que sempre faço as críticas ao PT, Renan Calheiros, Genoíno e Paulo Cunha, bem como aos demais partidos e/ou sistemas políticos e/ou religiosos dentro do contexto das notícias, mas jamais entrando diretamente num debate só político como sistema comunista contra capitalismo. Se houvesse um viés na notícia para isso, ok, mas acontece que não tem nada a ver com a notícia.

      Excluir
  4. engraçado os evangélicos querendo ser exatamente como os judeus queriam que fosse o messias , um sujeito politico , de guerra e que iria trazer prosperidade a eles e vencer todo mundo, mais quebraram a cara quando o messias não foi e nem era nada disso. Até hoje eles esperam este messias politico da prosperidade e guerra que vai trazer a vitória final ao povo deles.

    Estará os evangélicos neo-pentecostais abrindo as portas para a vinda do anti-cristo??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por isso que a igreja falha, eles estão tentando ser o que o seu messias nunca foi , um líder politico extremista , jesus e politica não tem nada a ver , partido sodcialista cristão não deveria nem de existir.

      Os judeus também esperava o messias que seria um militante politico.

      Excluir
    2. Depende do ponto de vista! Para muitos judeus, o messias não é uma pessoa, mas Jerusalém, ou, de maneira mais ampla, o próprio Estado de Israel. Afinal, na Torá consta que o povo judeus, ou seja, Israel, é o filho de IHVH, seu primogênito na Terra. Como vemos, o Estado de Israel foi reconstituído em 1947 e é um Estado próspero. Tanto é assim que os radicais islâmicos tentam a todo custo destruir Israel, pois sabem que essa interpretação é válida entre muitos judeus. Estado de Israel = Messias.

      Excluir
  5. Nada é pior que os pentecostais. Veja quem são a bancada evangélica e os pastores estelionatários...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Com toda ruindade eu ainda prefiro os católicos aos evangélicos, esses últimos são insuportáveis. Pelo menos os católicos não se empenham tanto em disfarçar sua hipocrisia cristã, já os evangélicos atacam tudo e todos na tentativa de desviar a atenção das pessoas do quanto eles são hipócritas.

      Excluir
  6. Que católicos e neo-crentes se arrebentem e que o resultado seja o crescimento do número de ateus e agnósticos.

    Ruggero

    ResponderExcluir
  7. Qualquer coisa que de fim ao crescimento dos evanjegues no Brasil, é bem vinda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende! Se a ICAR vier com fundamentalismo também será como trocar 6 por meia dúzia! Não devemos também esquecer que o acirramento de fundamentalismos poderá levar o Brasil a uma guerra civil.

      A pergunta é: a quem interessa uma guerra civil num país como o Brasil? Quem irá se beneficiar? Quem irá comprar armas? Quem irá se endividar em bancos para manter uma guerra? E quanto a possibilidade de esfacelamento do Brasil com a criação de vários países?

      Não podemos esquecer que alguns grupos mal intencionados estão nos induzindo a esse estado de coisas, a esse caos.


      Não devemos esquecer jamais dessas possibilidades!

      Excluir
    2. Concordo. Prefiro um catolico mosca morta do que um evanja malafaiete

      Excluir
  8. O problema da racionalidade é que os seres racionalistas e livres de crenças da barbárie, ficaram atrelados ao MEDO DE SE EXPRESSAR. Esta é a dura verdade. Todo descrente teve, durante séculos, MEDO DA REPRESÁLIA, se manifestasse sua incredulidade, principalmente nos deuses judeu e muçulmano. Esse temor de expressar que "deuses" são mitos criados pelo homem irracional, fez com que estes, crentes, formassem um sólido pensamento que ELES ESTÃO SEMPRE CERTOS. Que os ateus estão errados. DEUS EXISTE, porque a bíblia diz que deus existe, porque foi deus quem escreveu a bíblia, portanto deus existe, porque senão não poderia haver uma bíblia escrita por deus, que diz que deus existe. PERCEBEM O RACIOCÍNIO DE UM CRENTE ATUAL? Eles não pensam, com lógica, QUE NUNCA NINGUÉM PROVOU O SOBRENATURAL. Eles pensam assim: DEUS EXISTE, porque ninguém provou que "ele" não existe, portanto, deve existir um deus porque eu tenho fé na bíblia que diz que ele existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, mas falando assim ate parece facil ser ateu na Idade Media ou na epoca pre-Revolução Francesa. mas ser perseguido e torturado nao é mole nao. Muitos religiosos sao covardes e apelam pro estado e quantidade numerica deles.

      Excluir
  9. O catolicísmo teve que buscar conviver com vários avanços trazidos pelo iluminísmo. Como religião está bem mais sucetivel a aceitar conclusões da ciência, a divisão entre estado e religião, embora não tenha feito nenhuma avanço moral e ético nos últimos anos. Os pentescostais por sua vez não tem nenhum compromisso com tais valores. São uma massa insandecida buscando uma nova relação com o poder estatal.

    Muito melhor o catolicismo do que a truculência dos evangélicos.

    No entanto, acho que será um fracasso tal tentativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pentecostais e neopentecostais não são protestantes! Eles fazem coisas que foram condenadas por Lutero e outros reformistas. Vendem bugingangas como sendo ungidas, consagradas, bentas, etc. Isso vai de martelo de madeira em miniatura à tijolo de plático. Sem falar no curandeirismo que assola essas seitas. Pura hipocrisia, ignorância, atraso...

      Fico surpreso em ver que os protestantes históricos não estão se pronunciando contra isso. E como quem cala consente...(e se torna igual!).

      Excluir
    2. Pentecostais e neopentecostais estão mais para neocatolicismo (catolicismo da época das reformas).

      Excluir
    3. Correção: Vendem***bugigangas*** e tijolo de ***plástico***

      Excluir
    4. Ouvi de um evangélico tradicional que os tradicionais não atacam essas igrejas comerciais porque quando os fiéis delas se desiludem vão pras denominações antigas. A imagem que me veio à mente foi das hienas pegando os restos dos animais devorados pelos leões. Carniça.

      Excluir
    5. Eh a proncipio catolicos sao menos intransigentes. e nao fazem mais Proselitismo como faziam na epoca da colonização.

      Mas vamo ser praticos entre o Ruim (catolicos) e o Pior (evangelicos) qual vcs iam escolher se nao tivessem outras opções?

      Eu ia escolher catolico por falta de opção.

      Excluir
  10. Não sei, talvez isso seja até algo bom. Tenho mais medo dos evangélicos que da ICAR. Dela eu sei mais ou menos o que esperar, acho que não irá crescer muito e há alguma ordem interna. O movimento evangélico é caótico e imprevisível. Está tomando a mídia e muitos aspiram conquistar o poder político direto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho mais medo dos evangélicos que da ICAR. Dela eu sei mais ou menos o que esperar, acho que não irá crescer muito e há alguma ordem interna. O movimento evangélico é caótico e imprevisível.

      -- Pois é, eles nao tem um regulamento claro, parecem q nascem do dia pra noite q nem empresas fraudulentas ilegais. la no EUA o FBI fica de olgo cada vez q surge seita nova.

      Excluir
  11. Eu queria ouvir uma noticia assim: Papa vai colocar a Igreja no devido lugar, sem se incomodar com s politica particular de cada país, com outras religiões, etc... (pq se fala tanto da America Latina né sobre voltar pra igreja, diminuir o crescimento dos pentecostais, isso não vale pro EUA, pra propria Europa, e cade a evangelização dos paises asiaticos ou os islamicos, tudo balela)

    ResponderExcluir
  12. Este papa não veio para atacar os pentecostais, ele veio para atacar:
    1) A Teologia da Libertação, que tem viés esquerdista, o que a ICAR abomina;
    2) O Comunismo (os governos de esquerda da América Latina), para devolver o quintal para seu verdadeiro dono, os EUA.
    Assim, esperem a ICAR dando aos pobres com uma mão e tirando com a outra, promovendo golpes de estado, desinformação através na mídia... tudo o que um órgão reaça miguxo costuma fazer.

    ResponderExcluir
  13. Prefiro os católicos que os evangélicos, são bem menos chatos!

    ResponderExcluir
  14. Tomara que ele consiga. Antes os católicos que os crentes. Crentes são muito intrometidos na vida alheia, e difíceis de tolerar.

    ResponderExcluir
  15. Ainda assim o Brasil continua sendo o país com mais católicos no mundo.

    E fácil dizer que é católico quando não se é exigido afastamento do pecado e caráter cristão. E muitas vezes até compactuam com o pecado e a mentira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora me cita um pentebostal/neo que seja boa pessoa, e não um calhorda "arrependido". Sustentar o pecador por livre e espontânea vontade não é pecar e mentir? É muito iludido mesmo.

      Excluir
  16. Ah que legal, vai tentar deter o avanço dos evangélicos. E tentar acabar com a fome no mundo, ajudar os pobres, ou mudar as doutrinas erradas que é bom, nada!

    ResponderExcluir
  17. na europa já se ferraram. Agora tentam fazer alguma coisa na america latina.

    tudo trata-se de "território".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Perderam a Europa e agora começarão a "neo-colonialismo" católico na América Latina.

      Na Europa o cristianismo morre a cada dia, mesmo os cristãos estão se tornando irreligiosos (não se associam a igrejas e seus cleros, praticam suas crenças em seus lares sem intermediários), diversas igrejas estão sendo vendidas e transformadas em boates, bibliotecas, cafés, etc.
      O perigo na Europa é que saí o cristianismo e entra o perigoso islamismo (a pior religião do planeta); há projeções de que 50% da população européia será de muçulmanos (imigrantes e nativos) ; fico pensando nestes muçulmanos tendo acesso ao poderio militar europeu.
      O islã usa algumas armas : Sharia/Jihad/ e muita, mais muita taqiyya (dissimulação, mentiras, traição, que podem ser usadas com aval divino para enganar os não-muçulmanos; não-muçulmanos = Kafir )

      Excluir
  18. Minha opinião, óbvio:

    A ICAR está acuada pela perda de ... praticantes (demorei pra achar uma palavra mais conveniente do que fiéis.)
    Os católicos demoraram pra perceber (novidade isso) que a igreja está ocupando o seu verdadeiro espaço: Entretenimento.

    Edir Macedo sacou primeiro isso, e depois vieram RR Soares, Valdemiro e outros, o que a igreja faz é lazer, puro e simples, ok, com promessas de enriquecimento, mas é diversão, música, dança e cobra por isso. SMPLES ASSIM.

    Hoje os católicos tem seus Marcelos Rossis pra tentar conter essa saída, mas falta ainda o "carnê do Baú", ou seja, contribua bata palmas pra jesus e fique rico.

    Já me irritei mais com as religiões hoje as trato assim, como espetáculo (de mau gosto), mas tem quem goste, algo muito parecido com o teste de fidelidade do João Kleber ou a Zorra Total.

    Só temos que ficar atentos a influência políticas delles.

    Sérgio

    ResponderExcluir
  19. Prefiro ter mais católicos do que evanjegues. Nunca vi católicos utilizando "deus" pra se eleger na político, nunca vi católicos pregando a religião a todos os cantos, nunca vi católicos militantes, entre outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atualmente,sim, mas no passado, não. É só estudar a História de Padre Cícero e observar que ele era mais um político articulador sedento por poder do que um homem santo, como encaram os seus fiéis.

      Excluir
    2. católicos parecem que nunca leram a Bíblia, Deus abomina a Idolatria e todo católico é IDÓLATRA, carregam seus ¨santos¨ que nada podem fazer por eles. Só Jesus Cristo é digno de toda Honra, Glória e Louvor. Deus tenha piedade deles, pois não sabem o que fazem!!!!!!

      Excluir
  20. Nossa diminuir de um lado e "aumentar" de outro, sei não, daria quase na mesma, se bem que os católicos são mais tolerantes e menos bitolados em geral do que os pentecostais. Mas sinceramente: "tentar trazer os que abandonaram a igreja para ela de novo" ? Iiii missão muito difícil, eu por exemplo, não há o que me faça voltar para lá.

    Mas independentemente de ser por esse intermédio ou outro, que o crescimento desses estorvos seja barrado antes que seja tarde.

    ResponderExcluir
  21. É preciso puxar as rédeas, e meter a espora no burro louco do Espírito santo, e socar atraz das grades essa santíssima trindade de ladrões; Macedo, Malafaia, e Marco feliciano.

    ResponderExcluir
  22. Elegem um argentino para papa porque queriam influenciar os latino-americanos...

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, que cardeais burros, dá zero pra eles, argentino não tem fama boa em lugar nenhum da America Latina.

    PS:a parte do não ter fama boa é eufemismo

    ResponderExcluir
  23. Sabemos que o papel do papa, seja ele quem seja, é se líder político e chefe de estado, mais do que uma posição meramente religiosa. E é nesse sentido que as escolhas de papas sempre me afligem, pois os mesmos são eleitos por um colégio eleitoral que não chega a 200 eleitores para comandar uma "nação" de mais de 1 bilhão de fiéis espalhados pelo mundo.

    Em minha modesta opinião os papas sempre representarão o atraso e a obscuridão, basta que vejamos não só a forma pouco transparente como são eleitos, mas, sobretudo os motivos ocultos que os fazem ser escolhidos.

    Para nós pouco importa a nacionalidade do papa, o fato dele ser argentino apenas expõe que a ICAR está disposta a batalhar frontalmente com as igrejas protestantes pelo numeroso rebanho das Américas, haja vista o crescimento acelerado deste segmento cristão na AL.

    Trazendo o assunto para a esfera interna, sou ateu militante, porém não me furto de dialogar com as religiões. Eu defendo até o fim o direito de quem quiser professar uma fé, mas não aceito me curvar diante dos absurdos que as igrejas tem nos imposto em nome de um deus. Esse novo papa é frontalmente contrário ao casamento homoafetivo, ao aborto e à liberdade sexual. E nisso ele está em sintonia com seus coirmãos protestantes (desculpe-me classificá-los todos dessa forma mesmo sabendo ser errado), vide a evidência que os Srs Malafaia e Feliciano ganharam nos últimos tempos.

    Acredito que nosso papel enquanto militantes ateus, é nunca arredar pé na defesa das liberdades individuais, é defender o estado laico (sem laicismo, puramente laico) e para todos.

    Voltando ao Francisco, esse será só mais um papa com passado condenável e futuro duvidoso. As verdadeiras razões da abdicação de Ratzinger (o papa nazi) ainda não são conhecidas, assim como as verdadeiras razões obscuras da eleição do novo papa, porém uma coisa é certa. Na busca por frear o avanço pentecostal ultraconservador a tendência é que a ICAR se torne ainda mais conservadora que seus "oponentes", com a diferença de que o papa tem imunidade diplomática e status de chefe de estado.

    Caso haja algum diálogo religioso esse será entre a ICAR e o judaísmo, islamismo e budismo, além do já menos difícil diálogo com as igrejas ortodoxas, anglicanas e luteranas. No nível atual de acirramento não acredito em conciliação possível entre católicos e igrejas protestantes no curto prazo. Quem sabe essa missão não caiba a Francisco II.

    ResponderExcluir
  24. temos relativa sorte de estar nesta epoca atual. Em outro caso, estaríamos mortos.

    a perseguição hoje é mais política.


    esses desgraçados não poupam esforços para dizimarem tudo que pense diferente deles. Corja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos sorte em termos, pois devemos estar atentos, daqui a pouco do jeito que a coisa anda estaremos de volta à idade média logo, logo...

      Excluir
  25. A Ordem dos Jesuítas foi fundada por Inácio de Loyola nos moldes militares para barrar o avanço dos protestantes logo após a Reforma. É uma ordem militar, e tem anseios perigosos. De acordo com historiadores como Philip Gardner e outros, os jesuítas influenciaram a criação dos Protocolos dos Sábios de Sião, dos Illuminati, do livro Minha Luta (parcial ou totalmente), e muitas outras coisas. Também é conhecido a influência que grupos mafiosos tiveram e têm sobre a ICAR, e a Ordem dos Jesuítas, como tem essência militar, faz acordos com qualquer grupo que lhe dê poder, influência, riqueza, etc.

    ResponderExcluir
  26. a verdade é q tanto a ICAR, como as igrejas pentecostais e neo deixaram seus principais objetivos,levarem as pessoas a conhecerem a Cristo,e se arrependerem deixando o pecado e voltando-se para Deus.
    Hoje o q vemos no cenario tanto catolico como evangelico é luta por poder e riqueza e dominio,infelizmente ñ estao levando o mensagem de Cristo as naçoes

    ResponderExcluir
  27. Neste caso específico eu desejo boa sorte a este arremedo de crápula, porque mas igrejas pentecostais são uma ameaça ainda pior que a católica...

    espero que todas se matem no processo.

    ResponderExcluir
  28. Um novo papa foi eleito pensando politicamente numa (tentativa de) reconquista da América Latina tomada por krents, mas que, ideologicamente, representa a mesma coisa que os recém-chegados, com o imenso problema de não trazer nada de novo, nenhuma nova "salvação" e de ter um discurso tão atraente quanto o de uma porta.

    O problema é que este discurso conservador não consegue, na sua forma católica, penetrar mais nas camadas populares, que foram tomadas de assalto pelo discurso igualmente fascista-moralista neopentecostal, com o acréscimo de um estelionato ímpar e com promessas mil de arrebatamento, de mundos e fundos e de dinheiro rápido.

    Aos pobres o discurso do dinheiro prometido por estelionatários da fé parece mais atraente que os pedidos de humildade e pobreza (ainda que não seguidos pela ostentosa cúria) para se chegar aos céus.

    Pelo visto as "ovelhas" estão mais interessadas em viver bem e ter a promessa dos céus "apenas" odiando minorias que se privando para apenas depois da morte ter algum retorno.

    http://www.tsavkko.com.br/2013/03/o-novo-papa-e-falida-reconquista-da.html

    ResponderExcluir
  29. Nessas brigas ambos perdem ao mostrar suas podridões. Então vão brigando com sutilezas. Os unicos com coragem e isenção para mostrar o ridiculo perigoso das igrejas são os ateus.

    ResponderExcluir
  30. Eu sou contra religião, mas prefiro o catolicismo do que o pentecostalismo "dominando"... Por mim, ele pode tentar acabar, porque eu não suporto esses crentes não, eles são muito mais chatos e inflexíveis que os católicos.

    ResponderExcluir
  31. Tomara mesmo. Esses evangélicos (que de evangélicos só tem o nome) são equivalentes aos muçulmanos extremistas.

    Tenho muito medo que eles dominem o país. Se isso acontecer ai o Brasil vai entrar na pior ditadura da sua história.

    Falam de ditadura gay mas estes são incomparavelmente menos cruéis que os evangélicos. Afinal lutam para não serem agredidos física e verbalmente. Já os evangélicos não tem nenhuma perseguição no Brasil hoje. Só tem as paranoias implantadas nas suas mentes pelos seus líderes sedentos de dinheiro e que inventam qualquer história para continuar extorquindo mais e mais das suas ovelhinhas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário