Bento 16 associa união homossexual ao ateísmo

Papa passou a falar em
"antropologia de fundo ateu"
O papa Bento 16 (na caricatura) voltou, neste sábado (19), a criticar a união entre pessoas do mesmo sexo, e, desta vez, associou-a ao ateísmo. Ele disse que a teoria do gênero é “uma antropologia de fundo ateu”.

Por essa teoria, a identidade sexual é uma construção da educação e meio ambiente, não sendo, portanto, determinada por diferenças genéticas.

A referência do papa ao ateísmo soa forçada, porque muitos descrentes costumam afirmar que eles apenas não acreditam em divindades, não se podendo a priori se inferir nada mais deles além disso.

Durante um encontro com católicos de diversos países, Bento 16 disse que os “cristãos devem dizer ‘não’ à teoria do gênero, e ‘sim’ à aliança entre homens e mulheres no casamento”.

Afirmou que a Igreja defende a “dignidade e beleza do casamento” e não aceita “certas filosofias, como a do gênero, uma vez que a reciprocidade entre homens e mulheres é uma expressão da beleza da natureza, querida pelo Criador".

A condenação à união gay se tornou uma constante nas pregações do papa, porque, segundo ele entende, esse relacionamento ameaça o futuro da humanidade.

Na pregação de hoje, houve espaço para a crítica ao “capitalismo selvagem e o seu culto ao lucro”, que criam “desigualdades e miséria”.




Com informação das agências.

Vaticano critica freira defensora da união gay e masturbação
junho de 2012

Ateísmo

Comentários

Anônimo disse…
falácia do apelo à alguma lógica (geralmente expressa como "equação exata") como tentativa de refutação (mesmo que implicito) de alguma tese proposta. Obviamente, ilógico para a totalidade do pretendido - este que geralmente é subjetivo e anedótico.
Anônimo disse…
falácia do hitler. Clássica.
Carlos Andino disse…
Uhgh!
Olha carolinha catolicóide! Vc consegue ser asquerosamente nojento! Nem a tara doentia da coprofagia dá tanto nojo que esse seu conservadorismo hipócrita e mal elaborado.
Apela-se até para a mentira e evidências falsas como forma de justificar o quanto vc odeia os homossexuais por eles serem o que eles são. Vc pode odia-los e desejar a sua morte, mas pelo menos assuma que é você que deseja isso e não aquele fantoche de mão das historinhas judias antigas. Avaliei o site do Ministério da Saúde e eles não fornecem os dados exatos da qualificação dos dados, ou seja, eles não determinam com exatidão a porcentagem de homossexuais de todos os tipos contaminados e o de heterossexuais contaminados, só fornecem a quantia variável como se aumentou tal de heterossexuais e/ou homossexuais, nada além disso. Mas só diz que a quantidade de aidéticos está na casa dos 2% a 5% da população brasileira. Portanto pesquise melhor antes de inventar mentirinhas pra jusdtificar o seu conservadorismo tacanho.
o problema não é ser conservador, mas sim ser mentiroso e hipócrita pra justificar o conservadorismo.
Bruk Stifler disse…
Aff... Sem noção
Anônimo disse…
Se formos usar apenas do Boletim Epidemiológico de AIDS, veremos que os homossexuais representam 24,5% dos casos de AIDS (32,2% se englobarmos outros sodomitas, como os bissexuais). Mas os gays não são 24,5% da população. O movimento gay alega que são 10%. Pesquisas no exterior mostram que não passam de 2%. Infelizmente, o IBGE não divulgou dados do último censo acerca do número de homossexuais no Brasil. De qualquer forma, eles estão super representados em pelo menos o dobro nas estatísticas de AIDS.

Primeiramente, “sodomitas” é termo pejorativo, o que importa em preconceito de sua parte.

Segundo, você incorre em erro crasso ao tentar justificar o alegado e suposto erro da pesquisa comparando o número total da população. O número de pessoas infectadas com AIDS no Brasil fica em torno de 0,6% da população, portanto, algo entre 600 a 700 mil pessoas infectadas em todo o país, independente da orientação sexual (vide dados do próprio Boletim). Deste número, 24,5% dos casos é que são de homossexuais, e não 24,5% da população que está infectada com AIDS. Você não soube ou não quis ler corretamente à estatística!

Quanto à pesquisa do número de homossexuais no Brasil, foi feita por um instituto da USP que apontou que homossexuais seriam 12,7% da população nas capitais brasileiras (16,7% se somar os bissexuais). Esse número é extremamente maior do que o total de infectados por AIDS em todo o Brasil independente da orientação sexual (maior ainda se for considerar somente homossexuais infectados), ou seja, sua análise (?) não possui nenhum fundamento – além de incorrer em erro grosseiro.

Tive de fazer uso de evidências anedotais para apontar uma provável distorção nos números decorrente do método de pesquisa.

Evidência anedótica que representou somente um sofisma barato, pois você não demonstrou tal distorção e está deixando claro que usa o raciocínio falho intencionalmente.

Ademais, é no mínimo estranho você ousar questionar uma estatística por usar o método de declaração, e para isso você tentar embasar seus argumentos em... declarações pessoais!

É necessário certa vivência e senso comum para entender que os dados podem estar nos enganando.

E aqui a possibilidade de fundamento científico de suas alegações foi às favas. Na verdade, você deseja que o número de homossexuais infectados seja maior, para assim tentar corroborar seu preconceito, e para isso você lança mão de anedotas de cunho pessoal para tentar manipular e distorcer pesquisas que apontam dados totalmente opostos ao que você alega.

Ou seja: a estatística continua sendo questionável, pois é suscetível ao método científico, todavia, seu questionamento já se demonstrou refutado, e seu pensamento desonesto intelectualmente.

Para todos os efeitos, a estatística está correta, e você está errado! *risos*
Anônimo disse…
Acredito que todos mereçam respeito e tem o direito de falar. Mas devem estar preparados para ouvir. Ele disse algo que sinceramente não foi legal e não considero como verdade.
Ping disse…
Carne de humano.
Teus disse…
Desde quando alguém merece respeito por ser uma "autoridade eclesiástica"?

Autoridade eclesiástica católica se especializou em estudar a bíblia, suas origens e significado, ou seja, se especializou em um livro de contos de fadas, tão passível de comprovação quando o gibi do super-homem.

Além disso, sua afirmação de que ele "estudou muito para fazer estas considerações ,deve ser respeitado,o que ele fala tem fundamento" é baseada em que? Na sua opinião?

Se ele estudou algo mais do que a biblia eu não sei, mas sei que ciências é que não foi, pois se tivesse sido, jamais teria dito "antropologia de fundo ateu”, já que essa definição ele tirou da bunda, uma vez que tal coisa não exista.
Anônimo disse…
Vocês vêem a que ponto chegou a Igreja Católica e os Evangélicos como verdadeiro grupo de ódio, e porque eles deveriam ser denunciados como tal...

Antigamente, você ia chegar alguém você chamava de "viado" (sim, era uma barbaridade, mas homossexual era ofensa).

Hoje, quando querem ofender os gays, os chamam de... ateus!

Ateu virou a verdadeira ofensa. Tamanho o ódio que os ditos cristãos misericórdiosos dedicam aqueles que não querem compartilhar da sua alucinação coletiva, a sua brutalidade mental de não aceitar que aproveitadores parasitas nos explorem baseados nas palavras de um livro que todos sabem já foi reescrito centenas de vezes justamente para lhes garantir o poder.

Não a toa eles são ovelhas. Como o gado eles não tem cérebro, e seu destino é seguir no rebanho, sendo eternamente tosqueadas pelos PASTORES até o momento de seguir ao matadouro...
Esses ateus e bom mandar para os Mulçumanos pele todos estariam condenados a morte pelo menos no oriente médio não tinham chance
de reclamar nada.
Anônimo disse…
Papa autoridade?Desde quando? liberdade de crença é um fato enquanto discriminação é ofensivo e isso tambem é fato, e querida maiorias e minorias independente de você achalas lindas ou hororozas elas merecem direitos iguais quer vc queira quer não, vc deveria saber que é falta de educação se intrometer na vida dos outros, se um homem se casa com outro homem ou se uma católica se casa com um ateu é problema deles não precisa se preocupar em explicar isso aos filhos, até porque quando ele ou ela estiver na 7 serie iram aprender sobre questões de igualdade para todos com isso a tolerancia no que diz respeito a um casamento de católica com ateu, ou de homem com homem ou casamento de jovem de 23 com mulher de 45 não precisa achar essa diversidade de casais uma coisa maravilhosa basta apenas respeitar e saber que por mais que vc acha isso estranho ou até mesmo nojento essas pessoas tem o mesco corpo, cerebro, pulmão e necessidades básicas que vc tem, ser difente não é nem privilegio e nem aberração é apenas diferente, até porque igualdade é dignidade para todos, é essa a função da igualdade.
O Papa estudou oque, a unica coisa que ele faz, é interpretar a biblia ao pé da letra e se envolver a cada vez mais em crimes de discriminação, corrupção e laniencia com a pedofilia e os jornais da Italia e Alemanhã que não me deixa mentir.
Anônimo disse…
A biblia que o papa le escondido éa Jeba Sagrada.
Anônimo disse…
Anônimo que fica utilizando o conhecimento sobre falácias... Pare de utilizar falácias como argumento "lógico" para validar atitudes excludentes, irracionais, generalistas, pré-conceituosas e ignorantes da Igreja.
Ao invés de decorar falácias procuradas no Wikipédia, busque conhecer um pouco mais sobre fundamentos da Igreja e verá que não é esse "Jardim do Éden" e que a humanidade possui liberdade de expressão, escolha e intelectual. O Papa NÃO pode repreender os outros por suas ideologias ou orientações sexuais. Posso lhe citar inúmeras autoridades eclesiásticas que ajudaram na Inquisição, assim como autoridades "estudadas" que criaram regimes autoritários...

Só porque o Papa é INFELIZMENTE uma autoridade, não significa que deve balbuciar besteiras e mandar na vida dos outros.
Todo mundo fala que o Papa é bom mas ninguém sabe o que ele faz... Para mim, só serve para fazer discursos contraditórios, pré-conceituosos e propagar ódio - além de imbecilidades.

Passar bem, "falacioso" anônimo das falácias.
Anônimo disse…
PAREM DE USAR TEORIAS/COMPLEXOS/FALÁCIAS PARA VALIDAR ARGUMENTOS PRÉ-CONCEITUOSOS E IGNORANTES.
O "Pope" é uma autoridade católica, e não universal. Ele não pode repreender, oprimir, ou propagar discursos de ódio para os outros e tampouco mandar na humanidade. Existe algo mais forte que descrições de falácias/complexos/teorias e isso é a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Todos somos livres para pensar e nos expressarmos.
Portanto, o único direito do Papa é de não influenciar na liberdade alheia - o que é exatamente o que ele está fazendo.

Ateus têm o direito de pensar assim, assim como homossexuais PRINCIPALMENTE de expressarem sua sexualidade - algo já evidenciado até mesmo em mais de 1.000 espécies terrestres.

MAIS IMPORTANTE DE TUDO: A CIÊNCIA NÃO REPREENDE O LIVRE-ARBÍTRIO E LIBERDADE DOS OUTROS, PORTANTO, ISSO JÁ INVALIDA TODO O ARGUMENTO RELIGIOSO.
NINGUÉM-DEVE-INTERFERIR-NA-LIBERDADE-INTELECTUAL-E-PESSOAL-DOS-OUTROS...

E basta procurar, já citei aqui na página um texto antropológico e científico que explica a comprovação da homossexualidade presente desde o início da vida primitiva do Homem. Então calem-se e deixem os ateus e homossexuais em paz, fascistas autoritários.
Anônimo disse…
Quem e ele para julgar alguem ateu por causa disso foda-se a igreja ela nao e nada, Deus sim é.
E loucura dar importancia a o que um velho que nao sai da sua poltrona, o que ele faiz para mundo a nao ser essas merdas ai??
Anônimo disse…
Algumas pessoas estão alegando que a afirmação do Papa "deve fazer sentido porque ele é um intelectual".
Por acaso alguém dotado de muito conhecimento, necessariamente faz bom uso deste conhecimento?
O Papa SABE que os gays jamais teriam como "ameaçar a sobrevivência da espécie humana", mas usa esse argumento rasteiro de forma desonesta porque SABE que milhões de fiéis com raciocínio limitado e preconceito até o pescoço irão engolir a idéia sem questionar. Enfim, ele é sim muito inteligente, e está usando a inteligência para defender sua crença e seus preconceitos. Quem quiser, que aplauda esse infeliz pela "inteligência"...
Cidadão Comum disse…
É Bento, chegou a temida hora. Aquela a qual não queríamos acreditar existir, mas que deu seu ar da "graça" ou desgraça. Assim é chegada a hora. De nós que defendemos a ordem natural das coisas, uma sociedade mais saudável, livre de certas pragas e doenças que nos assolam nossa sociedade atual. Uma energia maligna está se espalhando em nosso mundo encabeçado por charlatães, como Macedo, RR Soares e outros, que usam a divindade para enriquecimento próprio e por uma doença grave que assola a sociedade muito mais do que AIDs por exemplo.Esta, uma praga que pode simplesmente erradicar a raça humana do mapa.

E não é uma guerra atômica e nem quimica ou armamentista, mas uma guerra social. A maior doença da sociedade hoje é homosexualismo. Diferentemente de doenças como AIDs, Câncer, que são doenças patológicas transmitidas por vírus e que não tem cura definitiva, essa é uma doença pscicológica grave que interfere diretamente no ser e sua personalidade. Felizmente ela tem cura, mas a cada dia que passa a sociedade prefere não curá-la e continuar a permitir que ela se consolide cada vez mais. Não só fazendo vista grossa, como criando benefícios que facilitem a permanência e, consequentemente, ploriferação dessa doença na sociedade.

A Natureza, nem to falando de divindade aqui não, criou o macho e a femêa, homem e mulher, para que ambos possam dar proceguimento a espécie. Um depende diretamente do outro e não tem como ser diferente disso. Um homem com Homem não da luz a um filho, assim como uma mulher com mulher também não dá.

Ai vem os inteligentes de plantão e falam: "ah, existem métodos artificiais para isso." Dai eu pergunto e o consceito natural das coisas e a familia e todo o resto que envolve o processo??? A onde fica a moral nessa história. Onde que uma criança ver dois homens se pegando ou duas mulheres e ouvir todo dia é fruto deles, é moral e correto? Cade o conceito de família?

Do jeito que as coisas estão caminhando, nós pessoas comuns, vamos nos tornar o grande problema da sociedade invertida de valores e seremos cada vez mais minoria.

Isso ja está ocorrendo só que as pessoas não querem enxergar. Por isso o que tem restado a nós, cidadãos comuns, é nos calarmos diante de tamanha impunidade e aversão ao processo natural das coisas.

Por isso ei de dizer o seguinte, se até a autoridade máxima da religiosidade mundial, está se calando e deixando seu posto é sinal claro, e evidente, que esse poder malígno que nos assola está cada vez mais forte.

Não sabemos a tamanha pressão que Bento vinha recebendo, no quesito espiritual e o quão essa forma malígna está nos dominando.

Apenas sabemos que DEVEMOS NOS UNIR O QUANTO ANTES CONTRA ELA, CONTRA ESSA DOENÇA QUE NOS ASSOLA, LEIS ABSURDAS COMO A PEC 22, CONTRA ESSES PREGADORES DO MAL DETENTORES DESSAS ENTIDADES DO MAL AS QUAIS ENTITULAM IGREJAS, ETC.

ABRAMOS NOSSOS OLHOS. ESSA RENÚNCIA DO PAPA BENTO NÃO DEVE SER ENCARADA COMO UMA MERA QUESTÃO DE CANSAÇO FÍSCO!!! PRECISAMOS, MAIS DO QUE NUNCA UNIR NOSSAS FORÇAS E LUTAR ATÉ O FIM PELA FAMILIA, PELA NOSSA ESPÉCIE, PELA VERDADEIRA RELIGIÃO, MORAL E BONS COSTUMES.

Pronto falei.

Aqui fica o relato de um cidadão comum.
marcia lima disse…
Carlos Andino(20/01/2013:16:21-Cada palavra sua é verdade!Os canalhas também envelhecem e se você sabe que ele é um canalha velho,não respeite!
marcia lima disse…
Carlos Andino:20/01-16:25 Verdade,os canalhas envelhecem e se tornam papas,bispos,padre,professores,seja lá qual for!Quem quiser "respeitar um protetor de pedófilos,nazista..que respeite,problema dessa pessoa!A igreja católica só está em pé ainda porque é muito rica e ainda muito influente,caso contrário,já teria acabado faz tempo!
Anônimo disse…
É uma puta de uma ignorância falar que ateus são a minoria, ateus são minoria em países subdesenvolvidos, mas a maioria nos de 1 mundo
Mais antigos Antigos 201 – 220 de 220