Padres russos podem entrar na política para combater apóstatas

do Religión Digital

Patriarca Kirill já faz política
ao apoiar o governo de Putin
A Igreja Ortodoxa Russa permitiu que seus sacerdotes  apresentem suas candidaturas para as eleições para proteger a Igreja das campanhas anticlericais. “Em casos excepcionais, por motivos de extrema necessidade eclesiástica ou quando for necessário enfrentar forças apóstatas ou de outras confissões, que querem utilizar o poder eleitoral para a luta contra a Igreja ortodoxa russa”, informou o Sínodo da Igreja, num comunicado feito pelas agências russas.

A nota aponta que será a Igreja que escolherá e abençoará as pessoas que aspirarem cargos públicos, embora advirta que esses candidatos não terão “direito a serem membros de partidos políticos”.

“Se qualquer força política diz que um de seus objetivos é combater a Igreja ortodoxa russa e utiliza o poder eleitoral para isso, nesse caso”, uma pessoa pode aspirar ser eleito para um cargo de responsabilidade na administração pública, assinala.

No resto dos casos, acrescenta, a Igreja russa mantém a sua oposição para que os sacerdotes assumam cargos políticos, sejam em órgãos de poder ou partidos ao uso.

Nesse caso, o interessado, seja um hierarca da Igreja, um simples clérigo ou um modesto monge, “deve apresentar uma solicitação em nome do Patriarca, o Santo Sínodo (...), em que justifique com argumentos a necessidade de ser candidato a um órgão legislativo ou executivo”, indica.

O candidato, que deve apresentar essa solicitação antes do início da campanha eleitoral, deve especificar os planos que essas forças cismáticas preveem colocar em prática contra a Igreja ortodoxa.

No caso do Patriarca ou o Sínodo concluir que o candidato não é a pessoa adequada para exercer tal cargo político, a qualquer momento podem lhe retirar a bênção. “Nesse caso, o clérigo eleito para um cargo legislativo ou executivo será obrigado a renunciar tal função”, diz.

O Patriarca ortodoxo Kirill (foto) afirmou que nos últimos tempos a Igreja ortodoxa russa tem sido vítima da maior campanha anticlerical, desde a queda da União Soviética.

A Igreja russa começou a denunciar os ataques justamente depois de receber numerosas críticas pelo apoio aberto dado ao então primeiro-ministro russo Vladimir Putin, nas vésperas das eleições presidenciais de março passado.

Foi por este motivo que o grupo punk russo Pussy Riot, do qual três componentes foram condenadas a dois anos de prisão por “vandalismo motivado por ódio religioso”, decidiu cantar na catedral de Cristo Salvador.

“Eu pensava que a Igreja amava todos os seus filhos, mas parece que a Igreja ama apenas aqueles que querem Putin”, manifestou uma das integrantes do grupo que foi presa, Maria Aliójina.

A Igreja ortodoxa russa cresceu em sua influência, desde a chegada de Putin ao poder, que devolveu para a instituição as propriedades expropriadas durante a União Soviética, incentivando seu proselitismo pelo mundo e não ouvindo as denúncias sobre seu duvidoso financiamento.

A Igreja se converteu num dos pilares do sistema estatal russo, em que os sacerdotes desempenham um papel cada vez mais importante, o que tem valido a aversão de liberais e comunistas, defensores em sua maioria de uma sociedade secular.

Rússia está a um passo de se transformar em Estado clerical.
setembro de 2012

Religião na política.

Comentários

  1. Do comunismo à teocracia... deve ter alguma coisa nos genes russos que os tornam mais propensos ao dogma.

    ResponderExcluir
  2. Apocalipse 1710/06/2012

    A prostituição da igreja é geral de ponta a ponta , estão lambendo as botas dos estatais, seja aqui no brasil seja lá na rússia.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo10/06/2012

    Se este é o povo de deus da pra imaginar quão mesquinho é o deus deles.

    ResponderExcluir
  4. Diabo Cristão10/06/2012

    Eu preciso de um salvador!

    Quero que ele sofra por mim. Que suas vestes sejam arrancadas, que ele seja chicoteado à exaustão! Ele deve receber chutes, bofetões, cusparadas na cara! O meu salvador deve gritar e chorar copiosamente e humilhantemente. Seu sangue deve jorrar por todos os poros.

    Todas as vezes que eu me lembrar destas cenas, minha boca vai salivar e matarei minha vontade de ser salvo fingindo que como a carne e bebo o sangue dele.

    Depois, quero que contem estórias sobre ele. Digam que isto tudo já estava escrito, que deveria acontecer e que não foi fruto da minha imaginação ou de um prazer doentio advindo do gosto por sacrifício e morte!

    Reis, Homens das Letras, das Artes e das Ciências, compartilhem comigo a visão desse moribundo!

    Guerreiem em nome do Mendigo! Queimem, torturem, arranquem os membros das bruxas! PROMOVAM O TERROOOOOOORRRRRR!!!

    Quem não for salvo será alvo!

    ResponderExcluir
  5. Anônimo10/06/2012

    Crentes é tudo débil mental eles bebem e comem o que seria a representação real de um sacrifício humano ofertado a uma divindade furiosa para liberta-los do castigo que o mesmo inflingiu à raça humana.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo10/06/2012

    Vishhhhh imagine se o cenário mundial fosse outro o que iria acontecer lá na rússia, nessas altura as integrantes de pussy riot já teriam virado churrasquinho pra deus cheirar já que ele solta fogo e fumaça pelo nariz(dragão hahaha) e adora sentir o cheiro "agradavel" de seres vivos queimados pra compensar a sua honra.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo10/06/2012

    Mas que mania esses cristaños pentecostelhos ortobrochas tem de querer virar islã! O Palpatine, digo, o Ratz quer voltar a rezar na páscoa "Morte aos Judeus", o livro "Dos Judeus e suas Mentiras", de Lutero, está sendo reimpresso pela MalaFail Press, os cornos dos comedores de fimose de Israel querem gastar seu estoque de bombas nucleares no Irã, aliás estoque fabricado nos EUA, com muito amor cristão.
    Três religiões se matando por ordem de três livros de três messias escritos pelo mesmo YHVH1, QUE DEVE ESTAR SE CAGANDO DE RIR!!! Mas tem mesmo, é melhor que assistir Fra-Flu na Grobo!
    Good bye Russia!!!

    ResponderExcluir
  8. Anônimo10/06/2012

    A grande MERDA está se alastrando novamente pelo mundo.
    A Rússia proibiu por 100 anos a parada do orgulho LGBT, e também proibiu (CENSURA PRÉVIA) em São Petesburgo que se faça publicamente qualquer tipo de "propaganda" (menção) positiva à homossexualidade. A Ucrania também está para aprovar uma lei similar!

    A Rússia é o Brasil de amanhã.

    Viva o BRICS:

    Brasil
    Rússia
    India
    China
    South Africa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo10/06/2012

      As similaridades não são apenas econômicas. No fundo são todos farinhas do mesmo saco!

      Mas o povo de cada um desses países acredita piamente que em sua pátria a situação ainda está "menos pior", e que estariam progredindo não apenas economicamente, mas culturalmente...

      Então tá.

      Excluir
    2. Anônimo10/06/2012

      Enquanto uns se preocupam com a questão dos direitos e dignidade humana, outros demonstram muito mais preocupação com o "figurino" dos clérigos, não é mesmo, Luan Felipe Cunha?

      Excluir
  9. O que eles tem que combater é esse senso de moda medonho. Puta figurino escroto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo10/06/2012

      Ai bee, isso era pra ser piada é? Clodovil ficaria orgulhoso, já o Alan Turing, Oscar Wilde, Santos Dumont... aí eu tenho minhas dúvidas!

      Excluir
    2. Maravilhosa10/06/2012

      Ai chá, o senso de moda deles é o mais importante que viste na reportagem?

      CRUZES!

      Excluir
    3. Queer eye for the religious guy10/09/2012

      Dourado na roupa é tao OUT!

      Excluir
  10. Anônimo10/06/2012

    Ex obreira da IURD revela esquema de manipulação pró votos Russomano


    http://brasilmobilizado.blogspot.com.br/2012/10/ex-obreira-da-iurd-revela-esquema-de.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo10/06/2012

      A crentelhada esta desesperada com toda esperança na política kakaka eles tem mais fé na política do que eu dos políticos espero justiça eles esperam favores .

      Excluir
  11. Anônimo10/06/2012

    Russomanno reabilita ícones da Máfia dos Fiscais

    http://brasilmobilizado.blogspot.com.br/2012/10/russomanno-reabilita-icones-da-mafia.html

    ResponderExcluir
  12. Tenho grandes suspeitas de que Putin será canonizado pela Igreja Ortodoxa. Ele tem trabalhado arduamente por isso. E viva São Putin.

    ResponderExcluir
  13. Anônimo10/06/2012

    Um estado que já combateu a religião agora está se deixando dominar por ela, sei nem o que dizer...

    ResponderExcluir
  14. Felipe...10/06/2012

    O carinha na foto diz:

    Eu não gosto de ouro

    ResponderExcluir
  15. Pobres russos vem mais um regime opressor por ai

    ResponderExcluir
  16. Anônimo10/07/2012

    kkkkkkk putin olha o nome do cara

    ResponderExcluir
  17. O Stálin mandava quem discordava dele pros gulags, mas não foi ele quem inventou essas prisões. Sabe quem foi? Foi a Igreja Ortodoxa Russa, financiada pelo czar e que mantinha os camponeses russos em um estado de servidão. Czar e Igreja se apoiavam um no outro. Depois veio o comunismo, agora vem o "czar negro" Putin(ha) ressucitar os velhos gulags que a Igreja Ortodoxa Russa não comandava à muito tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo11/20/2012

      A igreja ortodoxa e Stalin eram mancomunados. Stalin era "tão ateu" que tinha uma capelinha onde orava todos os dias e teve um funeral com ritual dessa igreja ortodoxa. Outro fato é que aplicou na sua gestão de governo os artifícios de delação e trairagem aprendidos nos seus tempos de monastério.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Artista gospel se recusa a cantar em casamento de amigo gay

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Historiadora diz que Moisés não existiu. E sofre ameaças de morte