Estudante denuncia escola por promover proselitismo católico

Estudantes foram obrigados a participar
de atividades como preces e clamores
O estudante Mustafa Jean Muksen, entre outros, denunciou a direção do tradicional Colégio Estadual Regente Feijó, de Ponta Grossa (PR), ao Núcleo Regional de Educação por promover proselitismo católico disfarçado de atividade pedagógica. A cidade tem mais de 300 mil habitantes e fica a 103 km de Curitiba.

Muksen disse que na semana passada e em parte desta a direção da escola obrigou os estudantes a assistirem às palestras da “Semana do Secretariado”. A atividade foi usada para uma lavagem cerebral, porque o que se apresentou foi   uma visão de mundo apenas do ponto de vista religioso, algo incompatível com a natureza de uma estabelecimento de ensino público.

“Se fosse apenas uma palestra, eu não reclamaria, mas foram todos os dias”, disse Muksen. “E tudo pela ótica cristã. Não houve representação de outras religiões.”

Pelo relato que o estudante fez ao Núcleo Regional, as atividades incluíram, além das palestras, orações, preces e clamores, em desacordo com a laicidade do Estado brasileiro.

Muksen. afirmou que, além do proselitismo religioso, um palestrante difundiu discriminação por gênero, ao rebaixar as mulheres em relação aos homens, como se elas fossem as culpadas por uma suposta decadência da juventude.

“A mulherada está perdendo seu valor, tem menina com 12, 13 anos que já beijou muito”, disse o palestrante, que foi gravado pelo celular de Muksen.

O palestrante, cujo nome não foi divulgado, argumentou: “Por que as mulheres querem se igualar aos homens, se o homem tem direito a pegar menina por que eu não posso ficar com quem eu quero? Não, não é assim gente”.

O Colégio Regente Feijó foi fundado em fevereiro de 1927. Oferece ensino médio e profissionalizante. Ele leva o nome do padre e político Diogo Antonio Feijó (1784-1843).

O Jornal da Manhã, de Ponta Grossa, informou que a direção do colégio não tinha se manifestado até quarta-feira (17) sobre a denúncia de proselitismo religioso. Cleozi Santos, diretora-auxiliar, disse ao jornal que ainda não tinha sido notificada pelo Núcleo Regional de Educação, e Claiton Antônio Bentivenha, o diretor, não foi localizado.

Com informação do Jornal da Manhã.

Professores impõem suas crenças em escolas laicas.
por Lenne Ferreira em julho de 2012

Religião no Estado laico.

Comentários

  1. É a "igregização" de tudo. Realmente, é o fim dos tempos HAHAHAHA. Bora correr pra algum país europeu antes que nos excluam totalmente da sociedade brasileira. Mas isso não vai acontecer, é claro. O ateísmo também tá crescendo muito no Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Mais um pouco e vamos ser queimados em fogueiras como na santa inquisição.

    ResponderExcluir
  3. é sempre a mesma merda

    ResponderExcluir
  4. Eu estudei em Londrina (PR), na década de 80, em escola pública. Também fui obrigado a rezar a fé cristã na aula de "religião". É triste...

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Nenhuma novidade ai. vale do paraíba em peso... Pratica isto.
    Principalmente nas cidades onde a canção nova elegeu ou reelegeu prefeitos.
    Afinal. O Brasil assinou o bendito tratado delegando ao vaticano a prerrogativa de controlar o ensino religioso no brasil com o público

    ResponderExcluir
  7. Mustafá, Mustafá, Mustafá, abre-te, Sésamo!

    Abre aí, Musta, uploada' (risos) o vídeo no YouTube para gente se divertir com eles.

    ResponderExcluir
  8. O colégio onde eu estudei da 1ª à 6ª série era uma porcaria no quesito violência, sem falar que só alguns professores de lá realmente prestavam, mas pelo menos o proselitismo religioso não era tão acentuado como nesse aí.

    ResponderExcluir
  9. Que todos alunos tomen a atitude dele
    Nao deixe o brasil voltar a era do domincao das trevas da igreja catolica.

    ResponderExcluir
  10. No Paraná tem um cara que se chama Bidu, ele é do movimento carismático da Igreja Católica, o sujeito fica fazendo palestras nas escolas de religião, fazendo proselitismo. Tem diretores que pagam pela palestra e a estadia e hospedagem. Essa prática proselitista é muito comum no estado do Paraná.
    Se observarem as denúncias esse estado é campeão e o governo não faz nada para pararem com isso.
    O secretário da educação é um religioso carola da família de religiosos Arns, nunca fará nada para pararem com esses abusos.


    Henrique, professor de escola pública do Paraná

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coberto de razão, a denuncia tem que ir para o MP, responsabilizando o governo pela cumplicidade.

      Excluir
  11. O brasil é laico, é necessário respeitar a constituição doa a quem doer chega de camaradismo com os religiosos.

    ResponderExcluir
  12. Para mim, esses proselitistas não passam de criminosos que atacam o Estatuto da Criança e do Adolescente, com suas táticas de doutrinação e lavagem cerebral. São um insulto ao ensino no Brasil.

    ResponderExcluir
  13. _Só se pronuncia algo acerca de alguma coisa, estando-se devidamente bem informado do fato e, a matéria não deixa claras todas as falas dos envolvidos.
    _Uma coisa é certa: se alguém se sente constrangido em algum lugar e se for seu desejo..., mude-se! Nem todos pensam dessa forma..., claro: é melhor polemizar e chamar atenção sobre si, especialmente quando não se tem a capacidade de se destacar por sua simples presença!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima descrição dos crentes-propagandísticos. Obrigado.

      Excluir
    2. hahahahaha então você está sugerindo que 10% dos alunos deve se mudar do colégio por ter um credo diferente dos de matriz cristã (nem estou considerando os ateístas)e que eles tem menos direito de qualquer coisa?

      Quer novamente que o mundo todo desse blog explique o que é um estado LAICO?

      e a matéria tem videos. pra que mais que isso né...queria o que? 3 horas de depoimentos??


      Mas me abstenho de mais, IURD é isso mesmo ;)

      daqui uns dias vão fazer o mesmo que os nazistas fizeram com os judeus..

      Excluir
  14. Aposto q agora o coitado do aluno vai ser perseguido. Se a Escola faz paletras focalizando somente os pensamentos da religiao catolica, pode-se imaginar a mentalidade dos q trabalham alì.. O Aluno vai ser crucificado pra dar exemplos aos outros a nao criticarem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que não me mata, me fortalece, escreveu o Nietzsche... ;-)

      Excluir
  15. E estou sendo, embora tenhamos denunciado em 4 alunos de diferentes segmentos teológicos...

    Concordo que na matéria deu-se enfase ao meu nome,algo que não me agradou muito, por todos os oficios que enviei ao Núcleo Regional de Educação estarem findados com nomes de 4 pessoas diferentes.. mas vá la, não vou morrer por isso...

    Os professores fiscais do núcleo foram absurdamente competentes, me surpreendendo pela agilidade, afinal, levou menos de 24 horas para comparecerem ao colégio... e em menos de 2 dias ja tinha sido tudo esclarecido ^^

    Com as promessas de que a direção tomará mais cuidado ao "escolher" palestrantes, para não fugir das diretrizes pedagógicas.... tomara, né?

    lembrando que houve uma certa confusão quanto aos nomes dos eventos, sendo que a "Semana do Secretariado" é um, e a "semana da integração" é outro, mas como foi um atras do outro, acredito que minhas colegas tenham se confundido na hora de falar sobre... ^^

    M.J, Muksen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mustafa, a título de curiosidade: houve entre tantos "ousados" defensores e propagadores do cristandade, pelo menos um ou dois que resolveram sair do rebanho e apoiar sua determinação?

      Excluir
    2. pior que duas garotas amigas minhas, cristãs, também não concordaram..

      Excluir
  16. Quero saber qual e o problemar de ensina a palavra de Deus nas escolas se não acredita problemar de quem não acredita pena que essa presedantar Dilmar não represnta cristianismo nenhum a Igreja Católica e a verdadeira Igreja de Cristo,as outras são para en ganar os ignorantes a palavra de cristo tem quer entra nas escolas nas casas de que quem for não devemos deixar ateus tomar lugar de cristãos isso seria muito ruim para todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. deus, qual deus ? Estado laico, sabe o que isto significa ? Vamos ensinar o alcorão, tudo bem pra você ?

      Excluir
    2. O que me deixa pasmo é que os religiosos sempre dizem que suas determinadas religiões são as certas e as outras uma mentira.

      Mas que saco!







      Excluir

Postar um comentário

Busca neste site