Politeísmo deixa saudades: ainda não se matava por religião

Título original: Saudades do politeísmo

por Helio Schwartsman
para Folha

Panteão de deuses 
da religião hindu 
A sensação de "déjà-vu" é inescapável. No início de 2006, foram os protestos que se seguiram à publicação, por um jornal dinamarquês, de charges ridicularizando o profeta Maomé. Cem mortos.

Alguns meses depois, muçulmanos foram às ruas para pedir a cabeça do papa Bento 16, por ter supostamente afirmado que o islã era uma religião violenta. Ao menos uma freira foi assassinada. Agora, os tumultos têm como pretexto um obscuro filme anti-islâmico postado no YouTube. É cedo para contabilizar os mortos.

Não sou um especialista em exegese corânica, mas não creio que possamos atribuir a, vá lá, veemência islâmica a especificidades de seu texto sagrado. O Antigo Testamento, que é canônico para judeus e cristãos, traz injunções tão ou mais violentas do que o Corão. Quem duvida pode consultar o Deuteronômio, 13:7-11, onde somos instados a apedrejar nossos familiares que tenham se afastado de Iahweh.

A diferença entre o islã e o Ocidente, creio, está no fato de que, por aqui, passamos por um processo de secularização que teve início no Iluminismo e afastou a maioria dos fiéis de interpretações literais da Bíblia. Os muçulmanos estariam apenas no início dessa jornada, que, na melhor das hipóteses, ainda levará décadas.

Se há um problema mais propriamente teológico, ele é comum às três religiões abraâmicas e reside no fato de elas se pretenderem universais e fundadas numa verdade revelada pelo próprio Deus. Assim, se os cristãos estão certos, judeus e muçulmanos estão necessariamente em apuros e vice-versa duas vezes.

Sob esse aspecto, éramos mais felizes nos tempos do politeísmo, cujos deuses não eram tão exclusivistas nem ciumentos. Gregos, romanos e acádios podiam passar boas horas bebendo e apontando as semelhanças entre Afrodite, Vênus e Ishtar. É verdade que isso não os impedia de se matar logo depois, mas pelo menos não era por causa da religião.





Ateu egípcio é quase linchado por postar no Facebook filme anti-islã
setembro de 2012

Casos de fanatismo religioso.


Comentários

  1. O que este espirituoso comentarista falou, talvez possa ser provado cientificamente.

    A Segunda Lei da Termodinâmica diz que a Entropia (Desordem) tende a aumentar num sistema isolado. Bom, tomando a Terra como um sistema isolado, e sendo constatado que em épocas que predomina o Politeísmo há menos conflitos motivados por religião, e por outro lado, constatando-se que, em épocas de monoteísmo, há mais conflitos motivados por religião, conclui-se que, em termos de religião, existe uma entropia negativa. Ou seja, a polarização da Crença é desordem, enquanto a distribuição equitativa desta é ordem.

    Os Governos do "Mundo Laico", portanto, para garantir a Paz, devem cuidar para que o Povo tenha muitos deuses ou crenças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LEGIÃO, você trabralha com o que?

      Excluir
    2. Hahaha!! Taí um comentário que eu diria que foi espirituoso!

      Mas eu acho que tem um problema com essa "prova". A Mecânica Estatística, ao fazer a conexão com a Termodinâmica (através da entropia), ensina que a entropia está relacionada ao número de microestados (acessíveis) compatíveis com um determinado macroestado do sistema (mais especificamente, S = ln W, onde S é a entropia e W é o número de microestados). Há um determinado número atual de microestados (proporcional à quantidade de deuses em que as pessoas acreditam), considerando as três religiões monoteístas. Isso daria um certo valor S à entropia. Se o número de deuses aumentasse, haveria mais microestados agora, o que resultaria em uma entropia S', com S'>S. Se a gente aceitar a visão (incorreta) de que a entropia mede mesmo a desordem, então deveria-se esperar que para que ela diminuísse, o número de deuses (e portanto, o de microestados) deveria ser menor. De preferência, com W<1, o que resultaria em entropia negativa e aumento da ordem.

      No fim das contas, essa relação entre entropia e desordem é uma confusão propagada pelos autores de livros de ensino médio.

      Excluir
    3. Entropia é um tema complexo e geralmente extremamente mal passado, confesso que não domino tão bem tal conceito mas geralmente tal palavra vêm acompanhada de um absurdo logico. Espero que o uso seja metafórico, neste ponto eu ate concordo que uma população dividida em muitos credos é mais pacifica do que uma hegemônica ou polarizada.

      Excluir
    4. Eu falei em entropia negativa.
      Considerando que o número de microestados é W e, que N seja o número de deuses, com W = 1/N e,

      S = ln W = ln 1/N

      -S = -ln 1/N 1 é o Universo de Crentes.

      Façamos -S = E E <= 0 na verdade.

      Então:

      E = ln N, e

      E' = ln a x N aumentando número de deuses.

      E' = E + ln a

      Ou seja, E' é um número negativo maior, em módulo que E.

      Segue-se que aumentando o número de deuses eu obtenho uma desordem E'< E.

      Excluir

    5. Os espaços foram comidos no post acima.

      Eu falei em entropia negativa.
      Considerando que o número de microestados é W e, que N seja o número de deuses, com W = 1/N e,

      S = ln W = ln 1/N

      -S = -ln 1/N.... 1 é o Universo de Crentes.

      Façamos -S = E.... E <= 0 na verdade.

      Então:

      E = ln N, e

      E' = ln a x N.... aumentando número de deuses.

      E' = E + ln a

      Ou seja, E' é um número negativo maior, em módulo, que E.

      Segue-se que aumentando o número de deuses eu obtenho uma desordem menor (E'< E).

      Excluir
    6. Conforme se pode ver, o segredo está no número de microestados, W, que não é proporcional ao número N de deuses e sim a 1/N, o que, objetivamente, poderíamos chamar de influência religiosa.

      Ou seja, o aumento do número de deuses diminui a influência religiosa sobre a realidade objetiva, diminuindo o potencial destrutivo da Crença. Mas devemos considerar que a almejada ordem só ocorre se outros fatores concorrentes da Religião foram pró-ordem.

      Excluir
    7. Se o número W de microestados é proporcional ao número N de deuses, então W não é 1/N. Por exemplo, se N = 2 deuses, então W = 0,5 microestados, o que não faz sentido, por não existe meio microestado.

      Excluir
    8. Eu disse que W é proporcional a 1/N.
      Assim como o Átomo é divisível, os estados sociais também o são. Quando digo que W = 0,5 estou dizendo que os Crentes estão igualmente divididos entre as únicas duas religiões existentes.

      Excluir
    9. Aprendi que, quando um texto não relacionado à física cita a segunda lei da termodinâmica, é melhor parar de lê-lo.

      Excluir
    10. Esse seu comportamento seletivo é o resultado de um sistema de educação falido. Você não está só.

      Excluir
    11. Não. É pq sei que o que virá escrito em seguida é um monte de besteiras pseudocientíficas.

      Te pergunto: quais são as outras "leis" da termodinâmica?

      Está certo que sei que o dono do blog é bastante liberal e que acredita, assim como eu, na liberdade de expressão. Mas como ele pode deixar tantos comentários inúteis e que não ajudam nenhum pouco na causa (causa secular, por assim dizer) serem postados aqui?

      Suspeito que seja algo intencional, que ajude a mostrar que ser ateu não implique em não poder ser tão maluco e irracional quanto muitos religiosos, nos fazendo sair da ilusão de que, quando "todos forem ateus" todos serão racionais...

      É nego (nego no sentido de indivíduo, não fazendo alusão à etnia) "anti-religião", participante de sociedades "secretas" que querem destruir a Igreja, maçons, opus dei, Iluminattis, aliens...

      Excluir
    12. Besteiras pseudocientíficas?

      Qual equação ou qual inferência acima contém um erro lógico ou matemático? Qual variável ou constante foi mal empregada? Qual operação foi efetuada de forma incorreta?

      Se você quer fundamentar sua vida em Ciência, precisa aprender a ser objetivo. Pare de tentar adivinhar a "vontade de Paulo", pois isto é irrelevante.

      Por que eu tenho que citar as outras leis da Termodinâmica pra você? Em que isto pode contribuir para a questão?

      Esforce-se por se libertar de seus preconceitos. Aprenda a ser um homem de verdade.

      Excluir
  2. Nós trabalhamos com tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós???
      E quem são LEGIÃO?

      Excluir
    2. LEGIÃO é um Coletivo Neo-Agnóstico formado por membros ativos de Sociedades de alto QI de todo o Mundo. Um conjunto de especialistas em Línguas, Matemática, Estatística, Física e Comportamento Humano.

      Nosso objetivo principal é destruir a Igreja Católica Apostólica Romana. Objetivo este que, conseguido, encerrará nosso ativismo.

      Excluir
    3. Só me resta rir.

      Excluir
    4. É, mais ficou legal!
      Melhor que dizer que tô com dificuldades de sair do 6º período de Engenharia, já com filho nas costas, trabalhando de dia e estudando à noite.

      Excluir
    5. Uma boa forma de se desviar dos despeitados é fazê-los acreditar que você se aproxima deles em mediocridade.

      Excluir
  3. Não se mata por religião, se mata por interesses, qualquer verdade incutida na cabeça de um grupo pods ser utilizada para atender intersses individuais. Alguns acham mais fácil a religião, outros a ciência, outros o ateismo. A verdade mata, tanto as inventadas , como também a verdade implacável do tempo. A verdade também do auto-engano é uma forma de auto-defesa... onde inicia a verdade que manipula e precisa de forjar provas que o bicho papão existe.

    ResponderExcluir
  4. Gregos, romanos e acádios podiam passar boas horas bebendo e apontando as semelhanças entre Afrodite, Vênus e Ishtar.

    Erradíssimo amigo Lopes, aki o senhor matou o título e intúito do seu texto.... Qlq estudo não muito aprofundado sobre a história européia do velho mundo ou sobre os mitos e lendas da msm mostram q nem sentavam muito menos comparavam seus deuses, apenas a parte do 'matavan-se' eh verdade, visto q, essa semelhança não eh coincidência e sim fruto da influência de 1 sobre o outro após dominação.
    Sim, nos tempos antigos matava-se MUITO MAIS por religião que atualmente, apenas não tinham televisão e internet para divulgação e armazenamentos...
    Uma verdadeira falácia seu título.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes de acusar leia direito o texto. É do Helio schuartzman,beócio

      Excluir
    2. Eu acho que o Cristiano levou muito a sério a piada do Hélio.

      Excluir
    3. Existiram varias ilhas abertas a pluralidade e liberdade religiosa na antiguidade, lembra do ateu que fez piada com o Hércules, eles eram muito tolerantes.

      Excluir
    4. O autor do artigo é um dos colunistas ateus da Folha de São Paulo, Helio Schwartsman.

      O Paulo Lopes costuma reproduzir textos de outros autores, muitas vezes modificando-lhes o título, aparentemente com o intuito de passar alguma idéia mais conveniente aos interesses da militância ateísta.

      Excluir
    5. Sim, voltei aki para pedir desculpas por ter acusado o Paulo qnd o texto nem sequer eh dele... recebi a crítica de vocês e voltei pra pedir desculpas, errei feio nessa..... foi mal!

      Excluir
  5. saudade do sangue rolando18 de setembro de 2012 10:10

    O ateísta Helio Schwartsman, que de vez em quando demonstra ser um cara bem informado e até sensato, desta vez falou besteira. Provavelmente pela compulsão, que agora é moda, de falar mal das religiões majoritárias, especialmente Cristianismo.

    Ao contrário do que Schwartsman diz, politeísmo não era só em Roma e Grécia, nem era só "paz e amor" como rezam as lendas urbanas neo-pagãs, ateístas e anti-cristãs que muitos repetem por aí.

    Schwartsman, como grande parte dos ateus, anti-cristãos e neo-pagãos, parece ignorar que, entre as inúmeras culturas poiteístas que já existiram, matar gente era bem normal, inclusive com a prática de sacrifícios humanos em frequentes rituais.

    Dá saudade também, Hélio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fontes históricas please //

      Excluir
    2. saudade do sangue rolando18 de setembro de 2012 10:47

      Fontes? Qualquer livro decente de História.

      Excluir
    3. Pois é, manda esse anônimo de cima aí, que quer fontes históricas, pesquisar sobre os cananeus ou cananitas, por exemplo.

      Ah! E pra eles, matar criança enterrando-as vivas (prática de índios aqui no Brasil mesmo, nos dias de hoje) não é "matar", pois são abortistas e infanticidas também.

      (Copie e cole no navegador)

      http://www.youtube.com/watch?v=pzjrO3x9ef0

      http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/eles-chegaram-la-dupla-de-especialistas-defende-o-direito-de-assassinar-tambem-os-recem-nascidos/

      Excluir
    4. Dos índios eu sei do povo hebreu eu também sei eu sei sobre o primitivismo de várias tribos da antiguidade maias incas e astecas etc...eu quero ver as guerras e mortes em nome de zeus , thor ,afrodite... Entenderam ou vou ter que desenhar me de suas fontes e eu aprendo com vocês..

      Excluir
    5. O comportamento primitivo realmente levava aqueles antigos a cometer barbaridades tudo motivado por seus deuses ou deus não foi diferente com o povo judaico.

      Excluir
    6. Anônimo aí de cima, entenda que religião (ideologia) implica em práticas, e quando um povo atacava outro não era por acharem o nome do deus do outro feio, mas porque adorar determinado deus é ter determinadas práticas, consideradas inaceitáveis por um dos grupos.

      Excluir
  6. Nunca ouvi dizer que se matava em nome de zeus, thor, afrodite etc..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. saudade do sangue rolando18 de setembro de 2012 11:04

      "Ouvir dizer" a gente ouve qualquer coisa, até mesmo que o Mundo Antigo era um paraíso antes de ser estragado pelo malvado Cristianismo.

      Procure se informar melhor, e não se contentar com o que se "ouve dizer" em rodinhas de conversa fiada.

      É sempre bom saber algo que não te contaram.

      Excluir
    2. Você que sabe de as fontes do teu saber compartilhe de suas fontes.

      Excluir
    3. crentelho, kd as fontes, como sempre a crentalhada nunca cita fontes, justamente pela forte doutrinação infanto-juvenil.

      Excluir
  7. "É verdade que isso não os impedia de se matar logo depois, mas pelo menos não era por causa da religião."

    Hum, se matar não é exatamente o problema, então? O problema e se matar por religião, somente?

    Que tolos, se apegam ao termo e esquecem do sentido. Religiões é ideologia, e regimes ateístas, com suas ideologias, causaram mais mortes do que os regimes religiosos/ideológicos.

    Ou seja, o problema maior não é a ideologia que normalmente carrega o título de religião: o problema, então, é outro.

    (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca existiu e nunca vai existir regime ateísta. Vc é apenas um retardado, ignorante repetindo que nem papagaio, asneiras de apologistas fanáticos e desonestos.

      Ateísmo não tem base para nada, nem para fazer caridade, nem para formar governos, nem para matar, nem para fazer o bem, o mal e etc. Ateísmo só trata de 1 única questão. "Deuses não existem." Ponto final.

      Dizer que comunismo é ateísmo, é tão desonesto quanto dizer que a bomba atômica no Japão é cristã, pq foi jogado por uma nação de maioria cristã e governado por cristãos, e pq piloto carregava uma bíblia.
      Rodrigo*

      Excluir
    2. Não tem como se esquivar, filho. Regimes foram motivados por mentalidades ateístas, então o regime é ateísta. Principalmente quando se visa abolir a religião.

      Excluir
    3. Copie e cole no navegador: http://apologeticacatolicablog.blogspot.com.br/2010/08/o-ateismo-e-os-genocidios-da-historia.html

      Veja aí uma parte do livro A Verdade sobre o Cristianismo, de Dinesh D'Souza, que trata dos genocídios cometidos por regimes ateístas.

      Claro, lógico e irrefutável.

      Excluir
    4. Dinesh ?

      Pessoa de credibilidade duvidosa, ja derrotado e refutado inumeras vezes em debates.

      Excluir
    5. Respondeu depois de sete minutos de meu post. A leitura leva mais tempo. Não seja preconceituoso, leia lá.

      Excluir
    6. Comunismo não tem nada a ver com a ateismo, pra entender você precisa saber de fato o que é ser ateu e o que é o comunismo. Ser ateu é todo aquele que não acredita que exista alguma divindade e mesmo se pudessemos afirmar que existe alguma divindade não teríamos nenhuma prova empirica da tal divindade. E se a religiao era um sistema oposto ao que era o comunismo com certeza sofreram não por serem religiosos mais por ser um sistema um tanto político como é hoje e mesmo hoje se houvesse um partido comunista e se as religiões como sistema político fosse um empecilho ao comunismo iria sofrer perseguições e tantas outras coisas mais , Mas como eu disse seriam perseguidos não por ser religiosos mais por ser um sistema um tanto quanto político . Não existe hoje uma bancada evangélica tentando atropelar a própria constituição, então o comunismo precisava eliminar este sistema político religioso. Portanto não tem nada com ateismo e sim uma guerra política. A política religiosa contra a política comunista.

      Excluir
    7. Olavete , olavete vai estudar um pouquinho.

      Excluir
    8. Não leio Olavo.

      Acho bom lerem o que indiquei, depois podem refutar a vontade.

      ;D

      Excluir
    9. Ah, e então não matavam em nome da religião, mas sim da política.

      Legal.

      Excluir
    10. Sim eles lutaram contra outro sistema político o sistema político religioso e não precisava ser religioso qualquer outro grupo com forca política entrava na roda também. O comunismo não permitia isto qualquer outro grupo político diferente ao deles e sabemos bem como o cristianismo sempre foi um sistema político e que este negócio de cuidar das pobres alminhas pecadora ja nem existe.

      Excluir
    11. A igreja adora proteger criminosos
      .

      O jornal Le Monde denunciou a
      proteção de um padre genocida
      (Ruanda) pela igreja na França. A
      igreja tem velha tradição de
      proteger criminosos. Que digam os
      senhores Paul Marcinkus, Erich
      Priebke, Josef Mengele e Ante Pavelic
      (etc.,etc. e etc.!!!). (nem falo dos
      padres pedófilos!). O escritor Michel
      Onfray já havia denunciado a
      cumplicidade da igreja com o
      massacre de Ruanda e a proteção
      aos padres envolvidos. O jornal The
      Guardian denunciou o encobrimento
      de um padre genocida pela igreja na
      Itália e a tentativa do Vaticano em
      frustrar o julgamento de padres
      genocidas.
      Relembre a cumplicidade religiosa
      com o massacre.

      Excluir
    12. Ativista ateia defendeu inocência de pedófilo:

      http://www.criacionismo.com.br/2011/02/ativista-ateia-defendeu-inocencia-de.html

      Excluir
    13. Pedofilia e pedofilia: Dawkins, Tatchell e a hipocrisia anticatólica

      http://www.christeeleyson.com/2011/10/pedofilia-e-pedofilia-dawkins-tatchell.html

      Excluir
    14. O ateísmo não é responsável pelos crimes do comunismo.

      O ateísmo não é responsável pelos crimes do comunismo porque pessoas religiosas também estiveram envolvidas nos crimes comunistas. Chiang Kai-shek foi um cristão metodista e comunista que matou 10 milhões de pessoas.
      A República do Turquestão Oriental era uma rebública comunista e islâmica. O Turcomenistão até hoje é uma república comunista que tem o islamismo como sua religião oficial.
      Nem todos os ateus são comunistas e nem todos os comunistas são ateus.

      Além disso, ateísmo é apenas não acreditar na existência de Deuses, mais nada.
      Os julgamentos morais de um ateu são feitos pelo indivíduo, não pelo ateísmo, assim como os julgamentos morais de um vegetariano são feitos pelo indivíduo, não pelo vegetarianismo.
      Stálin, Mao Zedong, Pol Pot, etc, matavam qualquer ateu que discordava deles. Eles matavam por causa do comunismo.

      Com a religião a questão é totalmente diferente, porque a religião faz julgamentos morais. Se uma religião diz que adúlteros devem ser apedrejados até a morte e os adeptos dessa religião apedrejam adúlteros até a a morte, a religião é responsável por isso. Se uma religião diz que bruxas deveriam ser mortas e os adeptos dessa religião matam pessoas que eles consideram como bruxas, a religião é responsável por isso.
      O comunismo é responsável pelos crimes de Stálin, Pol Pot, Mao Zedong, etc, porque essas pessoas mataram para promover o comunismo.
      E se os adeptos de uma religião matam para promover sua religião, a religião é responsável por isso.

      Excluir
    15. Eles também podem ler a Ditadura católica de saigon.

      http://unabrasil.wordpress.com/2009/05/09/a-ditadura-catolica-de-saigon/

      Excluir
    16. O livro sagrado deles tinha uma frase que diz . Não deixara viver a feiticeira .. E ja sabem no que deu basta olhar na idade media o que a igreja cristã e os cristãos fizeram só por causa dessas palavrinhas.. Ainda bem que vencemos as trevas religiosa , hoje tem calmaria por causa do nosso estado democrático e laico , mais transforme isto numa teocracia e voltaremos novamente as trevas religiosas igual foi na idade media..

      Excluir
    17. Imagine teocratas com poder político e militar .

      Excluir
    18. matar e desconversar18 de setembro de 2012 14:37

      Essas tentativas de tirar o ateísmo da reta quando se trata de crimes cometidos por regimes de fundamentação ateísta (comunista, por exemploo) já baixaram ao nível do ridículo.

      O ateísmo e o materialismo são a base do comunismo, cujo "sistema moral" inclui a "legitimidade" do ato de matar pessoas "inconvenientes".

      Sentimento comum entre ateístas, também nos regimes comunistas típicos a religião e os religiosos são problemas a ser eliminaados, são alvos a ser combatidos e exterminados.

      Portanto, tentar desvincular ateísmo e anti-religiosidade dos crimes cometidos pelos regimes comunistas-ateístas é apenas malabarismo retórico de ateísta fazendo pose de inocente.

      Excluir
    19. Anônimo é uma pena você não ter entendido uma vírgula do que foi escrito sobre ateismo x comunismo.

      Excluir
    20. Olavete, faz um favor, da uma lidinha,

      rebeldiametafisica.wordpress.com/2012/08/22/ateismo-e-o-grande-terror-na-russia-stalinista/

      Excluir
    21. como se a inquisição calvinista não tivesse feitros lá suas mortes, ah vai estudar crentário.

      Excluir
    22. Perfeita a observação do Anônimo (18 de setembro de 2012 11:06) em seu comentário acima.

      Trecho:

      "É verdade que isso não os impedia de se matar logo depois, mas pelo menos não era por causa da religião."

      Hum, se matar não é exatamente o problema, então? O problema e se matar por religião, somente?


      Com o perdão do trocadilho, o colega Anônimo MATOU A CHARADA.

      Excluir
    23. A diferença entre matar pela religião e matar por outros motivos, é que nenhum outro motivo é 'aceitável' e/ou 'justificável' durante muito tempo, o mesmo não ocorre com as mortes por motivação religiosa...

      #FATO

      Excluir
  8. Parei de ler o texto do Dinesh D'Souza quando ele começa a usar como fonte o famigerado livro "Hitler´s Table Talk" que tem origens pouquíssimo confiáveis.
    http://www.nobeliefs.com/HitlerSources.htm (em Inglês)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom ler tudo.

      Excluir
    2. Vc também deveria ler tudo, incluindo Mein Kampf, já que foi escrito pelo próprio Hitler.

      “O homem voltado para o povo, em particular, tem o dever sagrado, cada um na sua própria denominação, de fazer as pessoas pararem de falar superficialmente sobre a vontade de Deus, e realizarem a vontade Divina, e não deixar a palavra de Deus ser profanada. Pois a vontade de Deus deu aos homens sua forma, sua essência e suas habilidades. Qualquer um que destrua suas Obras está declarando guerra contra a criação do Senhor, a vontade divina.”

      Adolf Hitler (Hitler, Adolf (1999). Mein Kampf. Trans. Ralph Manheim. New York: Mariner Books, p. 562. )

      Excluir
  9. Paulo Lopes, continuo com o mesmo problema, depois dos 200 comentários se torna impossível visualizar qualquer outro comentário, alguma previsão de quando o problema será resolvido?

    ResponderExcluir
  10. O que me é mais irônico nestas situações e ler que muçulmanos mataram uma freira e quiseram a cabeça do papa porque ele disse que os mesmos são violentos...
    O foda é que deram razão ao papa fazendo isso.
    Que mentalidade infantil e falta de inteligência tem esses fanáticos islâmicos.

    Winston Smith

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Quando vc acusa os cristãos de serem violentos, eles justificam dizendo que o cristianismo só prega amor e paz, e tentam mostrar que são pacíficos.
      Quando vc acusa os muçulmanos de serem violentos, eles te matam.

      Excluir
    2. O troll cristão adorador de Yemanjá que se diz "ateu", apareceu novamente e já começa com seu festival de falácias!

      Excluir
  11. Concordo plenamente com o texto. Até hoje nota-se que no geral, os politeístas são muito mais tolerantes e menos proselitistas do que aqueles que creem em um deus só.

    ResponderExcluir
  12. Marcelo Druyan

    A ex-União Soviética não perseguiu em “nome” do ateísmo. Eu não escrevi isto. A ideologia do Estado Soviético era o marxismo que, resgatado por Lenin, ficou conhecida como marxismo-leninismo. A ideologia do Estado Soviético NUNCA foi o ateísmo.

    O Ateísmo de Estado foi um DESDOBRAMENTO ideológico do marxismo-leninismo que, como eu disse, levou a leitura de Marx sobre a religião – traduzida na famosa frase “a religião é o ópio do povo” – ao extremo da violência.

    É claro que a Igreja era aliada ao poder temporal, ao czarismo. Exatamente POR ISSO ela foi considerada o “ópio do povo”, porque era mais um instrumento de alienação da classe trabalhadora.

    E nem o próprio Stalin, creio eu, acreditava que o ateísmo poderia ser IMPOSTO, à força, num ato de mágica. O Ateísmo de Estado, mais do que persuadir a favor do ateísmo, REPRIMIA toda manifestação religiosa, pelos motivos que já citei.

    Quanto à ICAR, não há mais o que falar. Sempre foi PODRE.

    O que eu critiquei no primeiro post, e continuo a criticar, é a VIOLÊNCIA do Estado, seja ele “ateu” ou “católico”.

    Por isso é que sempre faço uma distinção entre ESTADO LAICO e Ateísmo de Estado, justamente para desfazer a falácia que os adversários usam contra os ateus, quando citam a União Soviética como expressão SUPREMA e HISTÓRICA do ateísmo.

    Expliquei?

    ResponderExcluir
  13. Esses bordões de crentes analfabetos já encheu o saco ,os cara não estuda tem preguiça de meter a cara num livro bom de verdade que vai trazer cultura e conhecimento verdadeiro, mais não vivem com a cara enfiada na bíblia . As vezes que vocês são só uns merdinha de uns crente , que me desculpe a palavra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes penso que vocês são só uns merdinha de uns crente "trolador" na internet.

      Excluir
  14. O "melhor" homem que já existiu!

    Segundo os Muçulmanos, o melhor homem que há existiu foi genocida,
    pedófilo,
    estuprador,
    escravizador,
    torturador,
    mutilador,
    ladrão,
    extorquidor,
    covarde que batia em mulheres,
    polígamo,
    separatista,
    enganador e blasfemo.

    Antes que alguns 'pacificadores' digam que isso é feio e que ofende a religião alheia, saibam que TUDO isso não é invenção. É tudo extraído dos próprios livros Muçulmanos, do Alcorão e da Hadith, são ensinos sagrados. Mas, ao um Muçulmano ver seu profeta praticando qualquer coisa dessas, eles acham bonito porque incrivelmente Allah revelava que o profeta do Islã podia fazer isso porque ele tem privilégios que os outros não tem. Sim, o melhor homem que já existiu, segundo eles, era um péssimo caráter que simplesmente não pecava porque qualquer pecado que ele cometesse era desculpado por Allah e automaticamente permitido a ele.

    Que grande contraste de Jesus!
    QUE GRANDE CONTRASTE!
    QUE GRANDE DIFERENÇA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que na biblia ninguem fez nada disto.

      Excluir
    2. anonimo vc foi irônico, né?

      Excluir
  15. "Alguns meses depois, muçulmanos foram às ruas para pedir a cabeça do papa Bento 16, por ter supostamente afirmado que o islã era uma religião violenta. Ao menos uma freira foi assassinada."

    Powrra! É mesmo, não é violenta não...

    ResponderExcluir
  16. Vamos fazer um tabela comparativa entre Jesus e Muhammad (Maomé), ainda bem que na Bíblia não omite o que os homens fizeram, homens semelhante a Muhammad (Maomé), porque JESUS CRISTO não fez nada disso, deu para entender a dica.

    ResponderExcluir
  17. Tabela comparativa entre JESUS CRISTO e Muhammad (Maomé)


    Característica


    1.Combate

    JESUS CRISTO Nunca lutou
    x
    muhammad (maomé) Lutou diversas vezes

    2.Chamado

    JESUS CRISTO Quando ouviu a voz de Deus, foi ao deserto jejuar e se fortalecer
    x
    muhammad (maomé) Quando ouviu Allah (através de Gabriel), tentou se matar por algum tempo
    Identidade

    JESUS CRISTO Agia como Deus
    x
    muhammad (maomé) Confessava ser homem

    3.Matança

    JESUS CRISTO Nunca matou
    x
    muhammad (maomé) Matou diversas pessoas

    4.Casamento

    JESUS CRISTO Nunca se casou
    x
    muhammad (maomé) Casou-se com cerca de 20 mulheres

    5.Ministério

    JESUS CRISTO Foi comissionado diretamente por Deus
    x
    muhammad (maomé) Foi comissionado por um anjo (Gabriel)

    6.Milagres

    JESUS CRISTO Realizou diversos, inclusive ressuscitou mortos
    x
    muhammad (maomé) O único milagre que ele alegou foi o próprio Alcorão em si

    7.Profecias

    JESUS CRISTO Há dezenas de profecias sobre sua vinda
    x
    muhammad (maomé) Não há menção à sua vinda

    8.Sacrifício

    JESUS CRISTO Voluntariamente se sacrificou pelos outros
    x
    muhammad (maomé) Para escapar, matou outras pessoas

    9.Pecado

    JESUS CRISTO Nunca pecou
    x
    muhammad (maomé) Era pecador

    10.Escravos

    JESUS CRISTO Nunca possuiu
    x
    muhammad (maomé) Possuiu diversos

    11.Nascimento

    JESUS CRISTO Teve um nascimento milagroso e único
    x
    muhammad (maomé) Nascimento normal

    12.Mulheres

    JESUS CRISTO Tratou-as iguais aos homens
    x
    muhammad (maomé) Disse que elas tem apenas metade da capacidade mental de um homem

    13.Paz

    JESUS CRISTO Foi chamado de ‘Príncipe da Paz’
    x
    muhammad (maomé) Declarou guerra aos descrentes

    14.Discípulos

    JESUS CRISTO Seus discípulos morreram por sua fé
    x
    muhammad (maomé) Seus discípulos mataram por sua fé

    15.Inimigos

    JESUS CRISTO Perdoou os que o mataram
    x
    muhammad (maomé) Determinou a morte de diversos inimigos

    16.Inimigos - 2

    JESUS CRISTO Ordenou que amássemos os que nos perseguem
    x
    muhammad (maomé) Ordenou que trouxessem terror ao coração dos inimigos
    Deus

    17.Deus

    JESUS CRISTO Indicou ser o próprio Deus encarnado
    x
    muhammad (maomé) Disse que Allah é o único Deus

    18.Satanás

    JESUS CRISTO Repreendia e expulsava Satanás
    x
    muhammad (maomé) Foi vítima de magia e Satanás pôs palavras em sua boca em certa ocasião

    17.Oração

    JESUS CRISTO Disse: “E, quando orares, não sejas como os hipócritas, pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. E, orando, não usei de vãs repetições, como os gentios, que pensam que, por muito falarem, serão ouvidos”.
    x
    muhammad (maomé) Disse que, passar na frente de alguém que ora anula a oração dele, que se você olhar para cima durante a oração ficará cego, que se não se prostrar adequadamente a sua oração não será aceita, que se você orar mais alto que o líder (Imame) Allah transformará seu rosto na cara de um burro.

    18.Últimas palavras

    JESUS CRISTO “Pai, perdoa-lhes; porque não sabem o que fazem”. “Está consumado”
    x
    muhammad (maomé) “Que Allah amaldiçoe Judeus e Cristãos por construirem locais de adoração no túmulo dos profetas”

    Todas as características aqui apresentadas NÃO são oriundas de 'achismos'. Cada evidência foi extraída de fontes pertinentes a cada um. As referências a Jesus foram extraídas da Bíblia Sagrada e as referências a Muhammad foram extraídas do Alcorão e de Hadiths.

    O islamismo é uma falsa religião? Responda você agora...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quem disse que a cristã é verdadeira? seguindo esta logica, eu fico com o budismo, que é muito mais calmo que o cristianismo intolerante.

      Excluir
    2. Entao maomé é bem mais humano que jesus,logo mais plausivel de ser um personagem verdadeiro

      Excluir
    3. - ESCRAVOS

      JESUS CRISTO:
      "E o servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites;"
      Lucas 12:47

      - PAZ

      JESUS CRISTO:
      "Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada;
      Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;
      E assim os inimigos do homem serão os seus familiares."

      Mateus 10:34-36

      - INIMIGOS

      JESUS CRISTO:
      "E quanto àqueles meus inimigos que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui, e matai-os diante de mim."
      Lucas 19:27

      - FORMAÇÃO DE QUADRILHA e INCITAÇÃO AO ROUBO

      JESUS CRISTO:
      "E, quando se aproximaram de Jerusalém, e chegaram a Betfagé, ao Monte das Oliveiras, enviou, então, Jesus dois discípulos, dizendo-lhes:
      Ide à aldeia que está defronte de vós, e logo encontrareis uma jumenta presa, e um jumentinho com ela; desprendei-a, e trazei-mos.
      E, se alguém vos disser alguma coisa, direis que o Senhor os há de mister; e logo os enviará.

      Mateus 21:1-3

      Excluir
    4. Anônimo18 de setembro de 2012 20:26, TODAS as suas interpretações estão equivocadas, tá?

      Excluir
    5. Lucas 19:26
      Pois eu vos
      digo que a todo
      o que tem, dar-
      se-lhe-á; mas
      ao que não
      tem, até aquilo
      que tem ser-
      lhe-á tirado.


      Lucas 19:27
      Quanto, porém,
      àqueles meus
      inimigos que
      não quiseram
      que eu reinasse
      sobre eles,
      trazei-os aqui, e
      matai-os diante
      de mim.


      Lucas 19:28
      Tendo Jesus
      assim falado, ia
      caminhando
      adiante deles,
      subindo para
      Jerusalém.

      jesus chefe de quadrilha e assassino.

      Excluir
    6. Ahhh... Tava bom demais... Bem que eu achei estranho não haver nenhum comentário do Asafe neste tópico...
      XD Não que eu seja contra isso, hein Asafe... Tu estas apenas exercendo teu direito de expressão, apesar de eu ter opinião totalmente diferente da sua... Abraço.

      Excluir
    7. huahuahuahuahuahuahuahuahua XD

      Como assim "Bem que eu achei estranho não haver nenhum comentário do Asafe neste tópico"?? rsrsrs

      Eu comento ALGUNS posts, porque é impossível comentar TODOS os posts que são publicados nesse blog rsrsrs. É muito post rs.

      Sendo assim, será muito comum vc não ver nenhum comentário meu em muitos posts, afinal de contas ler e comentar todos os posts demandaria muito tempo, coisa que eu não tenho muito rsrsrs.

      Morri de rir com esse "bem que eu achei estranho..." Que exagero rsrs.

      Eu sei que vc tem uma opinião diferente da minha, e eu não vejo problema algum nisso. O que importa é nos respeitarmos, o resto é detalhe ;).

      Abraço!

      Excluir
    8. gosto dos seus comentários irmão, mesmo não sendo evanjegue vc parece diferente de muitos que já andaram por aqui.

      Excluir
    9. quis dizer ewu não você.

      Excluir
    10. Obrigado, Morrigan. Quando cheguei a esse Blog, sinceramente, eu achei que seria mais um religioso odiado pelos participantes do blog rsrsrsrs.. mas até que estou fazendo algumas amizades por aqui, e está sendo muito legal. ^^

      Vlw!

      Excluir
    11. gosto de vc pq vc é diferente dos evangélicos comentaristas que fazem ameças e xingam.

      vejo que vc é um cara de bem e tolerante, é isso que falta nos evangélicos do brasil.

      Beijos Morrigan XD.

      Excluir
  18. eu não diria "secularização", mas de "relativização".

    ResponderExcluir
  19. Alguém aí conhece o livro de cabeceira de Adolf Hitler, SOBRE OS JUDEUS E SUAS MENTIRAS?
    Observem o AMOR CRISTÃO do autor, MARTINHO LUTERO, MONJE DA IGREJA CATÓLICA QUE SE TORNOU EVANJEGUE PENTECOSTELHO PEDÓFILO:

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Sobre_os_judeus_e_suas_mentiras

    ResponderExcluir
  20. Só uma lembrança... No panteão de deuses hindus constam 220 milhões de deuses, MAS eles não são politeístas hehehehhee Eles são monoteístas. Para os hindus, todos estes deuses são manifestações, aspectos de uma única coisa, uma coisa suprema e incognoscível. Essa "coisa" tem 3 aspectos básicos, representados por Bhrama, Vishnu e Shiva, a trindade central, mas mesmo estes são aspectos manifestos básicos e puros de uma força única. Abraços!

    ResponderExcluir
  21. HAHAHAHAHA... Não se mata por religião quando ela é politeísta!

    Faça-me rir! Agora eu vi, esses neo-ateus não são Ateus de verdade são anti-cristãos isso sim! Vá a Índia, agora no século XXI, e veja quantos cristãos os hindus politeístas matam por ano.

    ResponderExcluir

Postar um comentário