Vereadores aprovam anistia a templo irregular da Mundial

Valdemiro e a dupla Kassab-Serra: toma-lá-dá-cá
A Câmara Municipal de São Paulo aprovou na noite de ontem (29) em primeira discussão anistia a um templo da Igreja Mundial construído sem alvará e que, além disso, ocupa 137 metros de uma rua.

Por detrás da decisão está o prefeito Gilberto Kassab (PSD), aliado político de candidato do PSDB à prefeitura, José Serra. Do total de 55 vereadores, 31 deram apoio à anistia. Um vereador — Aurélio Miguel (PR) — votou contra e os dez do PT deixaram o plenário, facilitando, assim, a aprovação.

A concessão da anistia ocorreu menos de 30 dias depois de o Serra ter comparecido a um culto da Mundial e lá ter recebido a benção de Valdemiro Santiago, o chefe da igreja. A votação em segunda votação ocorrerá na próxima semana, e nada indica que os vereadores possam mudar o seu voto.

O acordo feito nos bastidores entre a dupla Kassab-Serra com Valdemiro representa um desafio ao Ministério Público Estadual, que pediu a demolição do prédio irregular.

Politicagem aprova o templo irregular da Mundial
Com informação do Estado de S. Paulo.

Valdemiro abençoa candidatura de tucano à prefeitura

Comentários

romulo disse…
Anistia é uma palavra que não entra na minha cabeça. Mas pelo visto tá entrando no meu bolso... e na minha bunda =(
Anônimo disse…
PQP,Diabo!!!
Anônimo disse…
Se a moda pega vão começar construir igrejas nas avenidas e ruas de SP... Lembre-se de não votar nesse tipo de politico oportunista que se una a religiosos com honestidade zero.
Anônimo disse…
Ano eleitoral é uma benção...
O Russomano é o reino de YHVH.
O Çerra atira pra qualquer templo, desde que ele ganhe eleitores tá tudo bem.
Falta o Haddad. Mas depois da fala com o Álvaro Dias ("A diferença entre Hitler e Stalin é que Stalin lia os livros"), desconfio que não seja adepto de nenhuma religião.
Anônimo disse…
Político típico é assim mesmo, como Kassab e Serra. Fazem qualquer negócio.

Mas fiquem tranquilos. Ambos continuam e continuarão dando bastante dinheiro público pra Parada Gay.


Anônimo disse…
Político típico é assim mesmo, como Kassab e Serra. Fazem qualquer negócio.

Mas fiquem tranquilos. Como sempre fizeram, ambos continuam e continuarão dando apoio e bastante dinheiro público pra Parada Gay.
Anônimo disse…
O Serrote e o Kassab são uma vergonha!
Anônimo disse…
E dinheiro público para a marcha para Jesus também, não esqueça.
questão de gosto disse…
O prefeito Gilberto Kassab proibiu que a Marcha Para Jesus se realizasse na Avenida Paulista. Mas manteve lá a Parada Gay.

Deixou clara a sua preferência.
questão de gosto disse…
O prefeito Gilberto Kassab proibiu que a Marcha Para Jesus se realizasse na Avenida Paulista. Mas manteve lá a Parada Gay.

Deixou clara a sua preferência.
Tarcisio disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tarcisio disse…
Para prefeito Haddad, ele ganhou minha admiraçao apos declarar que nao iria se ajoelhar para nenhum religioso... Agora quem nao for a favor dele por causa do partido...ainda temos o chalita que também e bastante coerente... Suas entrevista dao um show nesse Serra e Russomano
Anônimo disse…
O Tarcisio está falando com o Kassab? Respeite o prefeito, rapaz!
questão de gosto disse…
O candidato e ex-ministro do MEC-KIT-GAY, Fernando Haddad (PT), prefere se ajoelhar (ou ficar de quatro) para militantes gays, aos quais ele é servil e obediente.
Tarcisio disse…
Nao sei se é o Kassab, com certeza estou falou com alguem com disturbio sexual...que procurou ajuda numa instituiçao denomida igreja, que so fez a pessoa se torna mais desequilibrada...espero ter explicado!
Felipe.., disse…
Que comece a desocupação de casas para construção de templos, igual os israelenses fazem com os palestinos...
Anônimo disse…
A que ponto estamos chegando...
Anônimo disse…
Quem deseja colocar o gay "dentro" da sua ideologia religioso é um militante GAY-RELIGIOSO. Os religiosos estão querendo a supremacia da ideologia GAY-RELIGIOSA no qual a religião diz o que é ser GAY. E outros como Haddad lutam pela ideologia GAY-IGUALITÁRIA....
Podemos dizer que o Kit anti-homofobia foi um kit gay-igualitário porem os religiosos queriam um kit gay-religioso.
Major.Ed disse…
Senhores,

A verdade é que toda essa nação está em total perigo, apesar que para mim eles nunca terão poder o suficiente para mudar a constituição.

Aqui em Campinas-SP não é diferente os candidatos que estão na frente nas pesquisas estão fazendo campanha direto nas igrejas.

Isso tudo demonstra como toda essa massa religiosa são de fato ovelhas de seus pastores, manipuladas ao extremo.

Raphael Dias disse…
Sabe o que mais? Eu ouvi que os militantes-ditadores-totalitários-comunistas-ateus-ambientalistas-abortistas--drogados-gays estão, também, preparando um chip, que será obrigatório caso seja eleito algum prefeito que apoie o direito dessas vis criaturas de não serem espancadas sem motivo nas ruas. Este chip dará ao seu usuário, todos os homens, uma vontade incontrolável de dar o cu. É o fim dos tempos!
Warner disse…
Trata-se de formação de quadrilha, quando mais de um criminoso se junta a outros para lesar terceiros.
Anônimo disse…
Isto é tão medieval.
Anônimo disse…
Do meu bolso só ta saindo!!!!
E pobre do minha bunda......
OMAR MOTTA disse…
Conseguiram desviar do tema do tópico.
OMAR MOTTA disse…
Por isso devemos escolher nossos legisladores com critério, estamos vendo que os governantes se tornam meros 'paus-mandados'...
Anônimo disse…
Mais um caso de desrespeito a constituição pronto pra me vencer pelo cansaço...
Algumas pessoas dizem que as leis foram feitas para serem desrespeitadas, pois, do contrário, não haveria leis. Conclusão falha. As leis foram feitas para que, na medida do possível, sejam respeitadas as necessidades e direitos (mesmo nos deveres) de todos os habitantes, e deve buscar isso em todas as áreas.
No entanto, me parece que para algumas pessoas a utilidade das leis é a da primeira opção, e as desrespeitam como que por esporte, como simples atividade diária. Vejam que até aqui não mencionei políticos ou Estado Laico porque não só os primeiros são adeptos de tais atos e nem só o segundo é colocado em xeque por pombos enxadristas, mas agora quero me voltar para as personagens em questão.

(continua)

Winston Smith
Anônimo disse…
Os políticos fazem do brasil uma merda, político bom é político preso.
Anônimo disse…
(continuando)

No entanto, não quero abordar esta questão do ponto de vista comum, do desrespeito claro a lei e ao Estado laico, pois isso já ficou claro acima e seria maçante eu me valer do tema novamente. Quero abordar um outro ponto.
Vejamos: O que quer Kassab e, principalmente, Serra, com esse ato? Apoio político e, em seguida, votos nas eleições, certo?
Agora a minha questão: por que essa gana toda por mais e mais mandatos? E por que desta forma? Não seria melhor pra todos que ele angariasse votos por um bom governo, ao invés de acordos a margem da lei? O que há de tão interessante num emprego que deveria ser somente o de servir e representar a população com afinco? Será que esqueceram que são simples representantes do povo e não popstars ou empreendedores de si próprios? Porque o povo só é lembrado nas eleições, mas desprezado durante a gestão?

(continua)

Winston Smith
Anônimo disse…
(continua)

Na verdade, há muito que essa democracia representativa perdeu seu sentido, na verdade nunca teve, pois até o momento ninguém parece ter sentido a responsabilidade que este sistema de governo traz, talvez por isso haja hoje essa pluralidade de partidos, esse coeficiente enorme de candidatos a prefeito e vereador, tornando os que não se candidatarão a nada uma espécime rara por estes tempos. Muitos nem sabem o que um político deve fazer (será que o Tiririca aprendeu?) mas se candidatam mesmo assim, e muitas vezes, como no exemplo acima, ganham, simplesmente por serem diferentes, mais atrativos, e não necessariamente mais competentes que a espécime clássica dos "terno-e-gravata".
Há muito a política perdeu seu respeito, seu acento agudo (graças a educação precária) e, por final, seu significado. Hoje política é tudo, até samba-enredo, mas não o que deveria ser...

Winston Smith
Ed disse…
Aurélio Miguel!!!
Honrando a faixa preta!
Mestre!Terá meu voto.

Quanto aos petistas: arregões, não esperava nada diferente.Bando de mensaleiros sem caráter!
juliano disse…
não tive sorte em nascer em um país melhor
Anônimo disse…
Eu acho que o nome correto desse ativismo é ativismo GAY-IGREJA. A igreja determina o que é ser GAY para todos...
Vai cheirar a bíblia no inferno crente maldito. disse…
Eu não conheço na história onde religião mais política foi algo positivo para humanidade esses fascistas religiosos são capazes de tudo eles vendem por votos. A política acabou o que existe hoje é a políticagem da pior espécie.
Chamem um psiquiatra disse…
Rapaz...A olavete-malafaiete despirocou de vez...
Cai na real olavete a rainha do zodíaco disse…
Os religiosos querem um kit anti-gay. E nada de kit anti-bullying, desde que LGBTS estejam inclusos, se não estiverem, aí está tudo certo.
Anônimo disse…
"Para prefeito Haddad, ele ganhou minha admiraçao apos declarar que nao iria se ajoelhar para nenhum religioso."

Haddad se ajoelhou diante de nada menos de "Maluf", com uma aliança que mais beira beijar a mão do satã (metaforicamente falando).

Eu ainda penso que temos como opção Soninha ou Chalita, se é que temos alguma.

Anônimo disse…
"Para prefeito Haddad, ele ganhou minha admiraçao apos declarar que nao iria se ajoelhar para nenhum religioso."

Haddad se ajoelhou diante de nada menos de "Maluf", com uma aliança que mais beira beijar a mão do satã (metaforicamente falando).

Eu ainda penso que temos como opção Soninha ou Chalita, se é que temos alguma.
Anônimo disse…
Olha a ação de satanás aí gente!!!!
Anônimo disse…
O padre marcelo rossi disse algo parecido na tv uma vez, pelo menos no discurso..
Vai_me_dá_mil seu_tio_asco disse…
Eu sou o seu pastor

e nada me faltará
F Cardoso disse…
De acordo. O próprio sistema eleitoral é vinculado à uma estrutura de manutenção dos picaretas. Uma mudança simples faria uma imensa diferença: datas não coincidentes para cargos no executivo e no legislativo. É fato que quem de fato tem o poder é o legislativo, mas com a confusão das eleições simultâneas, permite-se que cidadãos absolutamente despreparados ocupem cargos de extrema relevância, o que facilita em muito a roubalheira. Datas distintas já !
Anônimo disse…
Os religiosos querem um Kit Gay-Igreja no qual a igreja determina o que é ser gay.

Anônimo disse…
F Cardoso

Não entendi direito sua idéia de datas distintas. Por que necessariamente a data coincidente prejudica as eleições. É apenas a confusão, mesmo? Se é, acho que a culpa é mais do eleitor que não sabe votar do que dessas datas.

Winston Smith
Anônimo disse…
F Cardoso

Não entendi direito sua idéia de datas distintas. Por que necessariamente a data coincidente prejudica as eleições. É apenas a confusão, mesmo? Se é, acho que a culpa é mais do eleitor que não sabe votar do que dessas datas.

Winston Smith
Anônimo disse…
F Cardoso

Não entendi direito sua idéia de datas distintas. Por que necessariamente a data coincidente prejudica as eleições. É apenas a confusão, mesmo? Se é, acho que a culpa é mais do eleitor que não sabe votar do que dessas datas.

Winston Smith
Anônimo disse…
F Cardoso, discordo. Quem tem o poder de fato é o EXECUTIVO , porém tem sido chantageado por uma minoria religiosa barulhenta do legislativo.
Izaque Bastos disse…
esse senhor tem que ser preso por charlatanismo.fanfarrao, da pior especie.uma vergonha para os evangelicos honestos.
Yuri disse…
já chegaram os anônimos aficionados por sexo anal? Esse tipo de gente só sabe falar da sexualidade dos outros, nem sequer acham um argumento pra defender suas posições. Se a parada gay não é religiosa e a macha pros pastores é, claro que a macha deve ter limites no espaço público e não ter apoio do estado, devido a sua laicidade.
Yuri disse…
Izaque, esse é mesmo vc?
Campinas? disse…
Em Campinas tem até ESCOLA GAY infanto-juvenil, dada de presente a uma ONG gay pelo então governador de SP, José Serra (PSDB), em parceria com o Governo Federal do então presidente Lula (PT).
Anônimo disse…
O Estado é laico-gay. Não pode dar apoio a eventos religiosos, apenas a eventos gays.

-------- Busca neste site