Pular para o conteúdo principal

Espíritas criticam a adoção do ensino religioso nas escolas do Rio

O Conselho Espírita do Estado do Rio não aderiu ao ensino religioso adotado nas 80 escolas da cidade do Rio por discordar que os estudantes recebam orientação de cunho confessional.

Em consequência disso, a Secretaria Municipal de Educação extinguiu as dez vagas que tinha reservado para professores de espiritismo. Foram contratados por concurso 45 professores católicos, 35 evangélicos e dez de religiões afro-brasileiras. Todos tiveram de apresentar recomendação das igrejas as quais estão ligados. As aulas começam no segundo semestre para a 4º série.
Cristina Brito, porta-voz do conselho, disse que os interessados poderão obter gratuitamente conhecimento sobre espiritismo em mais 700 endereços do Rio. “Não há sentido pagar para que professores deem aula da religião nas escolas municipais”, disse.

O Conselho já tinha se manifestado contra o ensino religioso em 2000, quando o então governador Anthony Garotinho sancionou lei instituindo essa modalidade confessional nas escolas estaduais.

Em 2002, o Conselho Espírito divulgou documento expondo que “cabe indiscutivelmente à família a formação religiosa dos filhos, por não ser função da escola”.

O documento ressaltou, ainda, que “o confessionalismo religioso nas escolas não é recomendável pois, embora seja tal ensino facultativo ao aluno, sua inclusão legal em carga horária curricular poderá acender atavismos (reaparecimento de um caráter presente em ascendentes remotos) segregadores do ódio entre religiões que tanto já fizeram sofrer a humanidade”.

O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro encaminhou ao Ministério Público Estadual pedido para que analise a constitucionalidade do ensino religioso nas escolas municipais, tendo em vista que o Estado brasileiro é laico.

Com informação do Globo

Sindicato dos professores se mobiliza contra ensino religioso.
junho de 2012

Religião no Estado laico.

Comentários

Israel Chaves disse…
Normalmente espíritas me irritam, porque tentam convencer que espiritismo é ciência (isso realmente me irrita). Mas de todos os religiosos, são de longe os mais sensatos.
Eles, ao menos sabem separar a sua pseudo-ciência de outras coisas, e nunca vi um "espírita fanático", que tenta converter os outros, que fica bravo, que trolla, etc (Deve existir, claro, mas eu nunca vi).
Excelente atitude a deles, nesse caso. Está realmente em falta gente que sabe separar as coisas assim.
Rulphus disse…
Essas manobras políticas não exitarão em frear a diminuição da crença no sobrenatural. A descrença faz parte da evolução humana, sendo postergada já a muito tempo, e com a facilidade de acesso a informação sua expansão é inevitável.
Anônimo disse…
Parabéns aos Espíritas.
Nanopuntouy disse…
Isso demonstra a falta de ética das religiões que sim optaram por seguir com essa estupides adiante...
Anônimo disse…
Ridículo doutrinamento em escolas estaduais. Os espíritas estão certos. Uma pessoa segue o caminho religioso quando quiser e já estiver grande e lúcido o suficiente pra saber o que esta fazendo. Religião já é ridícula porque diz que existe um deus numa dimensão mágica que vai te ferrar se você não bajular ele, mais ele te ama. Eles podiam no mínimo ter provas científicas deste deus , Mais agora eu sei que escolas também ensinam "crêndices e fábulas"
Anônimo disse…
Concordo plenamente com você Israel, nunca vi um espírita fanático, todos os meus amigos espíritas são muito educados e aceitam numa boa minha cosmovisão.
Anônimo disse…
a escola que eu estudei tinha ensino religioso mais nem falava de religiao na verdade agente nem fazia nada kkkkk
Anônimo disse…
Também concordo. Eles realmente acham que sua religião é uma espécie de ciência que não é reconhecida ainda.

Fora isso, costumam ser sensatos mesmo. E até onde conheço, o espiritismo não enche as pessoas de proibições sobre isso e aquilo. Além de serem conhecidos por praticarem muita caridade.
Anônimo disse…
E o mais importante, aceitam a evolução numa boa, nunca vi espirita criacionista! pena que para evangelicos, todo mundo é servo do diabo.
Anônimo disse…
Sou espirita e na verdade é obvio que espiritismo não é propriamente uma ciencia no sentido usual da palavra, alguns espiritas fazem confusão com este termo. O espiritismo tem um "carater cientifico" no sentido que não pode ter dogmas inafastaveis e conceitos que agridem a razão (em que pesem as teses absurdas no movimento espirita brasileiro sobrevilizaçoes em marte e etc), embora a questão "alma e comunicabilidade entre mortos e vivos" não seja comprovada pela ciencia, ela pode ser comprovada subjetivamente para cada um na medida de suas experiencias, mas estabelecer uma prova cabal para todos é praticamente impossível e desnecessário já que o resto do mundo não esta interessado em nossas crenças e se estiverem não precisam disto, além do mais parte de um pressuposto de fé (existencia de Deus e alma) e não de logica, logo não é ciencia.
Rodrigo Queiroz disse…
logo os fanaticos das outras religioes vão começar a atacar o espirita dizendo que são servos de Satnás por nãoa ceitarem o ensino religioso nas escolas rsrsrsrs
Caruê disse…
Estou admirado pela postura dos espiritas.
Felipe... disse…
Quando eu tinha a professora nunca aparecia,ai ficava como horario vago.
_Já conversei com alguns espíritas e, com certeza, são pessoas que sabem manter um nível muito bom no diálogo: não insultam, não falam palavrões...!
_Embora tenham suas concepções que nem sempre, são compartilhadas, não abaixam o nível da conversa!
Wickedman disse…
Apesar de o espiritismo ser um doutrina sem pé nem cabeça, e ainda por cima um tanto racista, os espíritas que eu conheço são pessoas até instruídas (nem todos os que conheço são). São inofensivos...
Wickedman disse…
E foram bastante lúcidos ao condenar a adoção o ensino religioso confessional nas escolas.
Pedro Zornoff disse…
Vamos pontuar algumas coisas:
* Espiritismo não é racista. Não há qualquer tese que sustente isso. Racismo iria contra o princípio moral espírita (caridade)
* Espiritismo é pautado no evolucionismo.
* A lei máxima do espiritismo é "Fora da caridade, não há salvação" Allan Kardec.
* É uma doutrina, não uma religião. Não é uma ciência, mas se baseia no método experimental, na razão, e na investigação científica.
* É positivista no sentido espiritual (o espírito necessita progredir e evoluir moralmente)
Anônimo disse…


já avisei para secretaria que meus filhos não frequentam aulas medievais para absolver um livro tão diabólico ( no sentido de Maquavel) quanto essa bíblia. Caso eu sinta qualquer forçamento de barra ou outra coisa, eu simplesmente tiro-os da escola ou uso da prerrogativa de ser uma pessoa que não vale um conto vou deixar rolar depois processo o estado para tirar dinheiro,igualzinho a esses pessoal comunistas fascistas que foram perseguidos pela tal dita dura.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Um em cada 4 brasileiros não tem acesso à coleta de esgoto, mostra IBGE

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Contar o número de deuses é difícil porque são muitos, dezenas de milhares, milhões

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Ministro 'terrivelmente' evangélico decide que financiar monumento religioso é constitucional

Padre autor do mosaico de Aparecida é acusado de invocar a Trindade para ter sexo a três

Bíblia tem mais de 2,5 milhões de mortes em nome de Deus

Igrejas católicas alemãs estão sendo derrubadas. É a demolição da própria religião