Corinthians muda nome de São Jorge por temer evangélicos

Maquete virtual de estátua de São Jorge do Itaquerão
Maquete virtual do "Cavaleiro Fiel", que com lança luta contra
um dragão, mas, diz escultor, não tem "nada" do santo
A estátua de São Jorge do Itaquerão, o futuro estádio do Corinthians, passou a ser chamada de “Fiel Cavalheiro”, para não desagradar os torcedores evangélicos. Mas a estátua continua sendo do santo católico (embora “cassado” pela Igreja), que é o padroeiro do time.

O monumento chegou a ser anunciado por diretores do time como o de São Jorge. Mas, depois, o artista plástico Gilmar Pinna, encarregado pela obra, disse: “Pelo amor de Deus, não tem nada de São Jorge! O nome é Cavaleiro Fiel”.

O monumento que não tem "nada" de São Jorge será composto por um cavalheiro armado com uma lança em luta contra um dragão, cercado por 15 bustos de torcedores que emergem de um espelho d'água.

Pinna disse que convenceu a direção do Corinthians a adotar o novo nome após ter sido alertado pelo seu filho publicitário de que “é complicado mexer com religião”.

A estátua será em aço inoxidável, terá 30 metros de altura e vai pesar 200 toneladas. Ela está orçada em R$ 6 milhões.

O Itaquerão terá de ficar pronto em tempo hábil para que ali se realize a abertura da Copa do Mundo de 2014. Seu custo foi calculado em R$ 820 milhões. O time vai contar com financiamento do Banco do Brasil em convênio com o BNDES (leia-se dinheiro público). A Câmara Municipal de São Paulo liberou o Corinthians de pagar R$ 420 milhões referentes aos impostos do terreno onde está sendo construído o estádio.

Pinna poderá mudar o projeto da escultura, mas pouca coisa. As figuras dos torcedores, por exemplo, poderão ficar de mãos dadas, em vez de estendidas. Admitiu, contudo, que “existe um preconceito contra as mãos dadas”, referindo-se à homofobia.



Por serem contra a idolatria, os evangélicos corintianos não apoiam a estátua de São Jorge, mas torcedores de crenças afrodescendentes com certeza vão gostar porque o santo corresponde ao ogum, um orixá cultuado na umbanda e candomblé. Por isso, há a expectativa de que o monumento possa se tornar local de rezas e oferendas, principalmente quando o time estiver acumulando derrotas.

Com informação da Gazeta Esportiva.

Evangélicos rejeitam camisa do Corinthians que destaca São Jorge
maio de 2011

Religião nos esportes.

Comentários

  1. Isso, dá corda. Alimentem o fanatismo. Digam que eles estão cobertos de razão. Depois não reclamem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não mudando o nome do timão, que se dane este santo não sei do que.


      PUNK NOT DEAD

      Excluir
  2. Eu, sendo corintiano e ateu, não vejo mal algum que o time do corinthians tenha um santo protetor e uma estátua desse santo. Faz parte da cultura do corinthians. Ademais, time de futebol não é orgão público. Time de futebol é uma instituição particular. Não se deve confundir a retirada de objetos religiosos de órgãos públicos com esse caso. A não ser, é claro, que a estátua fique em um local público.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se continuar, vamos mudar o nome de times, depois de cidades e por fim, mudar a cor da 2º camisa da seleção pq é baseada no manto da nossa senhora.

      Sinceramente, as coisas andam meio estranhas...

      Excluir
    2. Sua senhora que fique no antro dos papas...vaticano e não na camisa da seleção.

      ateu convicto.

      Excluir
    3. Se nome de santo for problema o São Paulo Santos estão bem ferrados e boa parte dos torcedores do CORINTHIANS não sabe o significado do nome que também tem conotação com religiosa.

      Excluir
  3. Praaa nooossa alegria, pra nossa alegria...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é isto... sai macumba, sai são jorge da quizumba.


      novo tempo chega de macumba.

      Excluir
  4. " há a expectativa de que o monumento possa se tornar local de rezas e oferendas, principalmente quando o time estiver acumulando derrotas."

    ou seja , vai ter reza e oferenda com muita frequencia
    huahuahua

    ResponderExcluir
  5. SEIS MILHÕES EM UMA ESTÁTUA.
    Esse dinheiro deveria ser investido em educação.

    ResponderExcluir
  6. Daqui a pouco irão parar de usar bermudas, sungas, beber, fumar e não demora muito estarão tbém pregando em praça pública? Os evangélicos por um acaso os fanáticos curtem futebol? E outra crítica dinheiro público mau investido eita País terrível !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há evangélicos que afirmam que futebol é coisa do diabo tinhoso.Vai entender essa gente.

      Excluir
    2. Há evangélicos(inclusive) que dizem que futebol é coisa do diabo tinhoso chifrudo.Vai entender essa gente.

      Excluir
    3. O pior, e que ainda não foi dito, é que tem evangélicos que dizem que futebol é coisa do capeta.... ainda mais um bando de homens, correndo num gramado verde, de shortinhos, com pernas musculosas, dando esbarrões uns nos outros,..... uiiiiii

      viajei

      Excluir
  7. Daqui a pouco brasil vai parecer o irã.

    ResponderExcluir
  8. imaginam se o Palmeiras quiser trocar o porco por motivação biblica.

    ResponderExcluir
  9. Os evangelicos estao instalando uma teocracia fundamentalista no Brasil, e isso é muito perigoso para as liberdades civis e democraticas de toda a populacao brasileira.

    Alguem tem de dar um basta nisso.

    ResponderExcluir
  10. _Mais um acontecimento que norteia a palavra..., dinheiro!
    _Deve ser por conta de que todas as coisas neste país,andam perfeitamente bem das pernas: saúde, educação, habitação e por aí vai!
    _Além de ter a chance de se tornar, um local de rezas e oferendas, é algo absolutamente desnecessário, que não tem a mínima serventia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então reza aí pro seu amigo imaginário pedindo solução.

      Excluir
  11. Sim, sim, sim.... "Cavaleiro fiel"... pois sim.....

    Deixa eu ver... Um cavaleiro de armadura, sobre um cavalo empinado, enfiando uma lança em um dragão... e não é o são jorge....

    Sei, sei.... realmente, não tem nada mesmo a ver com São Jorge....

    Será que o Sr. Pinna acha que todo mundo é imbecil ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa foi uma "jogada" para se livrar das críticas dos evangélicos chatos que também são torcedores do Timão.

      O problema está nessa dominação evangélica exercida em todos os campos da vida humana.

      O autor e o corinthians, por questões práticas e econômicas, cedem a essa dominação.

      É ruim.

      Excluir
    2. WillPapp

      Bem, concordo com vc, mas um elefante continua sendo um elefante, mesmo com uma fantasia de coelho e o chamando de coelhão... rsrsrsrs

      Acho que nem os evangélicos caem nessa jogada infantil.

      Excluir
  12. Tudo bobagem de crente.A crentalhada,como sempre é patética.No fim de tudo o tal "Cavaleiro Fiel" é o São Jorge Guerreiro padroeiro do Corinthians e da Inglaterra,mas como os crentinos vivem de MENTIRAS,o que não é nenhuma novidade,vão chamar a tal estátua de "Cavaleiro Fiel".E a mídia vai chamar como?Vai chamar de São Jorge!E aí crentayada,vocês vão boicotar toda a mídia?E concordo com o Will.O ruim é essa dominação evangélica exercida em todos os campos da vida humana.Sim,é verdade,Will,evangélicos,principalmente os pentecostais e neopentecostais,são chatos e querem dar palpite em tudo.Não podemos deixar que essa gente com sede de poder transforme este país em uma chatérrima e PERIGOSA teocracia anti-democrática e ditatorial de fundamentalistas neopentecostalistas e pentecostalistas em que ninguém mais além deles será respeitado!.

    ResponderExcluir
  13. A questão da homofobia é outra coisa idiota que os crentes podem manifestar por conta dessa estátua.Ninguém fala,no entanto,da farra vergonhosa com o dinheiro público na construção desse estádio do Corinthians e dos outros estádios e arenas para a realização dessa copa em todo o Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A propósito, sou corintiano e sou contra a construção de estádios usando dinheiro público. Acho que não precisava da isenção de impostos que o Kassab deu. Sobre o BNDES, ele pode financiar obras privadas. Não há nenhuma ilegalidade nisso.

      Excluir
    2. Tudo bem,Will,o BNDES pode financiar obras privadas e não há ilegalidade nisso,mas você realmente acredita que consórcios privados ou clubes de futebol vão devolver esse dinheiro aos cofres públicos?EU duvido!A isenção de impostos também é imoral.E depois eu acho uma extravagância sem tamanho um país com tantos problemas sérios como o Brasil se dá ao luxo de realizar um evento dessa magnitute.Isso,ainda,é coisa para E.U.A,Alemanha,Japão,Canadá,França,Inglaterra...

      Excluir
    3. Anônimo14 de maio de 2012 20:40

      Você tem razão. O Brasil não tem condições de infraestrutura e de moral para fazer uma copa do mundo. Uma coisa é certa: muitos vão encher o bolso de maneira ilegal.

      Excluir
    4. Olha, discordo numa coisa, o Brasil tem muita infra pra fazer uma Copa. Eu morei seis anos na África do Sul pré copa do mundo e afirmo com toda a certeza de que se aquele país,capenga como é, fez uma copa o Brasil consegue muito mais. A AS hoje é um canteiro de obra comparado com o Brasil hoje. Agora gastar dinheiro pra qualquer evento esportivo, pra mim, é coisa de quem tem 90% da população coberta pelo estado tipo Japão.

      Excluir
    5. De fato, é pouco provável que o Corinthians devolverá o dinheiro emprestado pelo BNDES, pouquíssimo provável na verdade, isso em olhares otimistas. Concordando com o Anônimo14 de maio de 2012 20:40, acho desnecessário o gasto com essa copa aqui no Brasil, esse dinheiro deveria ser usado para propósitos mais urgentes ao meu ver, como educação e saúde, porém nossos "queridos" políticos não conseguem ou não querem enxergar nossa atual situação.

      Excluir
  14. ELE CHEGOU E PESSOAS POR TODO MUNDO ESTÃO VENDO
    http://www.youtube.com/watch?v=pXz2WSIn-xM

    ResponderExcluir
  15. Um cara de espada, montado num cavalo, lutando contra um dragão, no futuro estádio do corinthians, e não é o São Jorge... na boa, é muito ridículo! "Você pode por um smoking num bode, mas ele vai continuar sendo um bode", já diria o seriado Two and a half men. Taí uma frase que nunca cairia tão bem como agora. Quanto a isenção de impostos ao time na construção do estádio, eu acho errado, apesar de como são-paulino que sou, também sei que tivemos uma forcinha do Laudo Natel na construção do Morumbi, embora um erro não justifique o outro. Ass: Winston Smith

    ResponderExcluir
  16. Se for por essa mentalidade, daqui a pouco vão querer mudar o nome da cidade de São Paulo para agradar a crentaiada chata e fanática. Ridículo. Agora, quanto a esse papo de "dinheiro público", tremenda besteira de quem não sabe do que está falando. Primeiro, financiamento não é doação, caramba! Gente burra que fica insistindo nessa tecla. Sobre os incentivos fiscais, larguem a mão de serem cretinos! Trocentas empresas em São Paulo, Rio, Campinas, Curitiba, etc, etc, etc já receberam esses mesmos incentivos para se instalarem nessas cidades. Não é só isentar, é exigida uma contrapartida, ou seja, que a parte beneficiada propicie o desenvolvimento da área onde está se instalando. Maracanã, sim, é investimento bilionário de dinheiro público; o Morumbi, sim, recebeu DOAÇÃO de dinheiro público. E o zé-povinho fica se implicando com uma obra particular e financiada. Sim, sou corinthiano e ateu. E acho que essa estátua, sim, é dinheiro desperdiçado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido,financiamento não é doação.Quem não sabe disso?Entretanto,DUVIDO que muitas pessoas não encham seus bolsos e contas bancárias particulares com dinheiro público e duvido muito mais que os clubes e os consórcios de empresas privadas PAGUEM os juros e o CAPITAL referente a esses financiamentos.DUVIDO!Quem vai pagar?Advinha:Você,eu e todo o povo brasileiro como sempre!!.Duvidas?Certamente não,mas um desses faraônicos Estádio beneficiará teu clube então está tudo bem!Give a just little more time:Se fosse financiamento para construir um ultra grandioso templo para a seita do Valdemiro ou para a do Macedo cê desceria a pancada e soltaria um monte de bombas encima,né?Aí fico sem compreender certas incoerências!

      Excluir
  17. Anônimo das 23:12, relaxa, cara! Quando eu disse que acho errado, não significa que seja ilegal, o que me preocupa é que aconteça algo parecido com o que o anônimo que te respondeu disse. Onde eu mencionei que ouve doação? se você encontrou, me diga. E pra terminar, pouco me importa se esse é o estádio do corinthians, do palmeiras, do são paulo ou do juventus da mooca, se há dinheiro público no meio, é ilegal, e ponto final. Ps: Uma dica: não priorize a paixão pelo seu time nos seus comentários. Ass: Winston Smith

    ResponderExcluir
  18. Anônimo das 23:12, relaxa, cara! Quando eu disse que acho errado, não significa que seja ilegal, o que me preocupa é que aconteça algo parecido com o que o anônimo que te respondeu disse. Onde eu mencionei que ouve doação? se você encontrou, me diga. E pra terminar, pouco me importa se esse é o estádio do corinthians, do palmeiras, do são paulo ou do juventus da mooca, se há dinheiro público no meio, é ilegal, e ponto final. Ps: Uma dica: não priorize a paixão pelo seu time nos seus comentários. Ass: Winston Smith

    ResponderExcluir
  19. Anônimo das 23:12, relaxa, cara! Quando eu disse que acho errado, não significa que seja ilegal, o que me preocupa é que aconteça algo parecido com o que o anônimo que te respondeu disse. Onde eu mencionei que ouve doação? se você encontrou, me diga. E pra terminar, pouco me importa se esse é o estádio do corinthians, do palmeiras, do são paulo ou do juventus da mooca, se há dinheiro público no meio, é ilegal, e ponto final. Ps: Uma dica: não priorize a paixão pelo seu time nos seus comentários. Ass: Winston Smith

    ResponderExcluir
  20. Agora a onda é essa. Todo mundo falando e fazendo as coisas com o máximo de cuidado, como que pisando em ovos, pra não ofender os evangélicos. Enquanto eles fazem exatamente o contrário e não se importam com ninguém, quer dizer, com ninguém que não seja evangélico. Eles acham que são melhores que todo mundo.

    Não pode botar som alto perto da igreja, senão atrapalha o culto; mas a igreja pode botar som no maior volume pra todo mundo ter que ouvir aquela lamúria misturada com histerismo.

    É uma merda, mesmo. Se continuar assim, os evangélicos não vão ter quase nenhum trabalho pra dominar o país, porque o país já está sendo entregue de mão beijada pra eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No dia que eu tiver o azar de morar perto de uma igreja evangélica e eles fizerem aquela algazarra, eu faço a minha com muito black sabbath e iron maiden. Vamos ver como ficar a barulheira.kkkk

      Excluir
    2. Disturbing the priest!

      Excluir
  21. Qualquer hora destas os evanjas vão querer mudar o nome do São Paulo. Evangélicos fundamentalistas!

    ResponderExcluir
  22. Futebol, no meu mundo, tem tanta importância quanto religião. Então, podem fazer uma estátua até do Tinky Winky que está tudo certo. Mas acho que o episódio mostra como nossa sociedade está se moldando, cada vez mais, aos desejos evangélicos. Deixar isso correr só vai trazer "choro e ranger de dentes"...

    ResponderExcluir
  23. O cidadão começa a pagar pedágio pros crentes? Logo eles vão querer mudar o nome da cidade São Paulo, do Estado de Santa Catarina. Logo eles vão querer acabar com os feriados católicos como os de São João, festa típica do Nordeste. Absurdo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. César,se deixar eles vão longe.Essa gente tem sede de poder!.

      Excluir
  24. Os irmãos evangélicos estão certos. A idolatria já está passando dos limites no esporte. Santos católicos, e orixás de macumba, não decidem a qualidade de um time. A força está no atleta, em ter bola no pé. Em vez de erigir uma esfinge faraônica dessa, cujo valor poderia ser empregue numa escolinha para os filhos de torcedores, orientando desde cedo comunidades carentes para a saudável prática do esporte; os fanáticos religiosos cultuam uma lenda, um resquício do odioso misticismo feudal e católico romano, que aprisionou a humanidade por séculos no obscurantismo. Que se comprem Bíblias com esse dinheiro, e se pregue em todos os estádios a Palavra Santa de Deus, ensinem as pessoas a orar, a louvar o Senhor. Poderiam chamar homens de Deus, santos como o Pastor Malafaia, o Missionário R.R. Soares, o Apóstolo Waldomiro. Estes sim, homens consagrados, que jejuam, oram, e podem contribuir, força de suas orações - pois está escrito que muito pode a oração do justo - para o sucesso do time e para a salvação eterna dessas almas perdidas pela idolatria, mariolatria e georgiolatria desde cavaleiro que nunca existiu. Cavaleiro Fiel é o Senhor Jesus, que monta um cavalo branco e tem na fronte escrito o nome VERBO DE DEUS! Aleluia. Movimento dos evangélicos contra a idolatria e a favor do esporte de Deus. Cristo liberta de todas as prisões.

    ResponderExcluir
  25. Se a moda pegar, São Paulo vai ter que mudar o nome para Apóstolo Paulo de Tarsp Futebol Clube.

    Ridículo isso de ficar com medinho de evangélico.

    ResponderExcluir
  26. Realmente, tem crente para os quais futebol é coisa do capeta. É o caso da CCB. Há quem ia tirar o filho (garoto) do campo de futebol na base do tapa. Há jogador de futelbol principiante que acabou com a carreira pra se dedicar`a "verdadeira graça". No entanto há gente lá que trabalha treinando jovens jogadores de futebol e isso pode ser dado por eles como argumento para esconder a doutrina pregada lá: futebol é coisa do diabo.

    ResponderExcluir
  27. Eu já não gosto de futebol e tiro um barato com o Corinthians por puro esporte, mas isso é ultrapassar o absurdo... que coisa mais ridícula

    ResponderExcluir

Postar um comentário