Emissoras públicas não podem ter religião, afirma Sottomaior

Religiosos não querem sair da
programação de emissora estatal
As emissoras públicas de rádio e a TV Brasil – administradas pela EBC (Empresa Brasileira de Comunicação, órgão federal) – não podem ter programas de proselitismo religioso porque o Brasil é um Estado laico, afirmou Daniel Sottomaior, presidente da Atea (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos), ao participar ontem (14) de uma audiência pública sobre o assunto.

“Com que direito o Estado pode passar a mensagem de que o cidadão tem de ser religioso?”, indagou.

A audiência foi promovida pelo Conselho Curador do EBC porque religiosos e seus representantes no parlamento estão resistindo à decisão do órgão de acabar com o proselitismo de crença na programação, principalmente na da TV Brasil.

Em março de 2011, o conselho decidiu que TV Brasil deixaria de exibir dois programas católicos e um evangélico, estabelecendo o prazo de seis meses para que fossem tirados do ar.

Ao final do prazo, a Arquidiocese do Rio de Janeiro obteve uma liminar pela permanência da programação. Paralelamente, a bancada parlamentar evangélica passou a pressionar a EBC para que a emissora continuasse a garantir o privilégio concedido às duas religiões majoritárias no país.

Na audiência pública, a Arquidiocese do Rio reafirmou sua posição de não aceitar a mudança na programação. O padre Dionel Amaral argumentou que a Igreja não faz proselitismo na emissora. “Trata-se do cumprimento de uma missão, que é levar a palavra de Deus àqueles que acreditam em Deus”, disse.

Para o pastor Flávio Lima, da Associação Evangélica de Comunicação Reencontro, a EBC, em vez de acabar com os programas religiosos, deveria abrir a sua grade para outras denominações.

O Pai Alexandre de Oxalá–Baba Alaiye, da Rede Afrobrasileira Sociocultural, disse que a programação tem de ser de esclarecimento sobre as religiões, e não de proselitismo.

Daniella Hiche, do Comitê da Diversidade Religiosa da Secretaria de Direitos Humanos, afirmou que a EBC tem de se pautar pela laicidade do Estado, mas isso, segundo ela, não impede que tenha uma programação que contemple sem proselitismo a diversidade religiosa brasileira.

Para Sottomaior, é estranho que se procure promover todos os tipos de religião sem que haja, em contrapartida, espaço para a descrença. Trata-se, segundo ele, de uma discriminação, tanto quanto se o Estado promovesse somente o ateísmo.

Ana Fleck, presidente do Conselho Curador, informou que a audiência pública fornecerá subsídios para a definição sobre como as religiões devem ser tratadas nas emissoras da EBC. Uma nova decisão deverá ser anunciada em 120 dias.





Com informação da Agência Brasil.

Deputada quer obrigar TV Brasil a transmitir proselitismo religioso
janeiro de 2012

Religião na TV.    Religião no Estado laico.

Comentários

  1. padre Dionel Amaral argumentou que a Igreja não faz proselitismo na emissora. “Trata-se do cumprimento de uma missão, que é levar a palavra de Deus àqueles que acreditam em Deus”, disse.

    Ahmmm... Dionel, isso é a DEFINIÇÃO de Proselitismo...

    Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2012/03/emissoras-publicas-nao-podem-ter.html#ixzz1pCVwPl7J
    Reprodução deste texto só poderá ser feita com o crédito e link da origem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ora, não é não. Proselitismo se empenha na conversão, não na informação de quem já é convertido.

      Excluir
    2. Anônimo3/15/2012

      O padre é tão burro que nem sabe o que significa proselitismo. Acha que pregar não é proselitismo.

      Excluir
    3. Proselitismo é pregação.

      Com conversão ou sem conversão. Aliás, a questão é: Vai colocar todas as religiões possíveis na tv? Vai colocar um programa ateu nesse canal? Mais simples pra respeitar a laicidade do estado é não colocar nenhum. lembrando que não colocar nenhum não significa ser ateu. Ser um canal ateu seria colocar programa ateu e vetar programas religiosos. Não éo caso. Por favor não confundir, de boa ou de má fé.

      Excluir
  2. Manoel3/15/2012

    Paulo,
    Parabéns pelo blog, ele é muito sensato. O que o torna diferente da maioria dos outros (escritos por teístas ou não)

    ResponderExcluir
  3. Anônimo3/15/2012

    Como eu disse em um outro post sobre programas religiosos na TV, a minha opinião é o seguinte: O govrno devia proibir programas religiosos de qualque natureza em qualque emissora do proprio gover e na seculares e abrir concessão de nova emissoras ao religioso e cobrar bem caro por isso!!

    Eliezer

    ResponderExcluir
  4. Anônimo3/15/2012

    “Com que direito o Estado pode passar a mensagem de que o cidadão tem de ser religioso?”
    -Com o direito de ganhar votos, é claro.

    ResponderExcluir
  5. Se for pra abrir programas religiosos, deveriam abrir espeço para o espiritismo, budismo e etc. O programa Sagrado da Globo é o único que faz isso, pena que passa de madrugada.

    Deveriam deixar os não-religiosos (leia-se ateus e agnósticos) terem seu programa também.

    Pessoal, vamos fazer um The Atheist Experience no Brasil!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo3/15/2012

      "Pessoal, vamos fazer um The Atheist Experience no Brasil!"
      -Realmente, seria algo muito bom, isso, claro, antes dos religiosos fanáticos invadirem a emissora com molotovs.

      Excluir
    2. Sim, ter um programa desses por aqui seria bem legal. Houve uma tentativa de fazer um em Curitiba, mas se não me engano era via internet e não foi muito longe, teve só alguns poucos episódios. O pessoal daqui de Santa Catarina, quando houve a reunião do encontro nacional de ateus, estava querendo fazer algo parecido usando, não tenho certeza se por televisão ou rádio, recursos da UFSC. Mas até agora, não deu em nada também.

      Maaaas, também acho que, se é para fazer um programa desses, que seja num canal privado. Canal laico não deveria promover nem crenças nem descrenças, deveria simplesmente falar de outros assuntos e deixar esses de lado. Até porque é IMPOSSÍVEL dar espaço à TODAS às crenças ou falta delas, considerando a enorme quantidade que existe. Portanto, o único jeito de ser justo com todo mundo, é não dando espaço para ninguém. Assim todo mundo fica em pé de igualdade e pronto. Se um ganha um brinquedo, todos têm que ganhar também. Como não dá, então ninguém ganha.

      Excluir
    3. Luan,

      Já tem um canal no YT nos moldes do The Atheist Experience: http://www.youtube.com/user/AteusemCuritiba

      Excluir
  6. Que desespero, hein? Não querem perder seu marketing de forma alguma.
    Explicar o que significa estado laico para um religioso é como tentar explicar o que é uma cor para um cego de nascença.

    ResponderExcluir
  7. Sottomaior não passa de um chorão.
    Se ele tiver um programinha na tv fica tudo resolvido.
    Quem assiste a tv brasil?

    ResponderExcluir
  8. Anônimo3/15/2012

    Concordo com tudo. Esse país com Dilma perdeu as rédeas e está sendo entregue para os fundamentalistas evangélicos que pregam, sim, a morte dos homossexuais e isto não é questão de gosto e de fato.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo3/15/2012

    É isto ai sottomaior desse o pau nesses religiosos bate com a vara até os cachorro largar o osso e aprender o que é estado laico e que este estado laico é que vai proteger as gerações futuras de uma verdadeira guerra ,e que este belíssimo país nunca caia na mãos desses lacaios metidos a pseudos moralistas e que jamais viemos a nos tornar num irã ou num iraque ou num afeganistão. Religião é andar para trás e ser ridículo vão se fuder vocês e seus deuses de merda.

    ResponderExcluir
  10. Anônimo3/15/2012

    Deveria ser proibido nos canais privados também. Porque na verdade eles são concessão pública, devem servir para educar e não doutrinar as pessoas com fundamentalismo religioso.

    Fora que esses programas, comprovadamente, roubam uma fortuna dos pobres e ignorantes fieis, que dão dinheiro que não tem para bancar essas lavagens cerebrais.

    Por isso deveriam ser proibidos. Se tiverem alguns programas deveriam ser pagos somente com comerciais. Sem roubar dinheiro dos pobres que são enganados pelos falsos pastores.

    ResponderExcluir
  11. Hum...seria pedir muito para que passassem animes no lugar dos programas religiosos? O.O
    Fariam desejos de tantos otakus S2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas Aline, animes são coisa do demônio, então seria proselitismo satanista.

      Excluir
    2. Eu apoiaria muitíssimo, Alyne! ^-^

      Excluir
    3. Anônimo3/16/2012

      Sim, seria muito bom, teria meu total apoio.

      Excluir
    4. rsrsrsrsrsrs...^^

      Excluir
    5. E principalmente se for yaoi... (awesome face).

      Excluir
  12. Felipe...3/15/2012

    Para o pastor Flávio Lima, da Associação Evangélica de Comunicação Reencontro, a EBC, em vez de acabar com os programas religiosos, deveria abrir a sua grade para outras denominações.

    Unico com bom senso por aqui.

    ResponderExcluir
  13. Felipe...3/15/2012

    Tv aberta viro uma merda, desde que valdemiro santiago tomo conta da programação demanha e tarde não existe opção, só existe opção pra evangelico, na madrugada é pior ainda melhor é recorrer a internet.

    ResponderExcluir
  14. Anônimo3/15/2012

    Quem ainda assiste tv aberta na era do cabo e net?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo3/15/2012

      Milhões de pessoas, de acordo com o Ibope.

      Excluir
    2. Anônimo3/16/2012

      Serio,capitao obvio?

      Excluir
  15. Porque este cara não vai reclamar dos milhões que o governo dá como incentivo a cultura pra esta cambada de cineastas fazer proselitismo ideológico ou obrigando salas de cinema a exibir filmes nacionais e obrigar os canais fechado a exibir programas nacionais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo3/16/2012

      Pelo mesmo motivo qur vc nao esta fazendo passeata pelo fim do regime sangrento na siria,esperto.

      Excluir
  16. Daniel Sottomaior está mais do que correto em seu posicionamento: televisão pública é expressão do Estado, portanto, não deve ter programas religiosos. Pode – e deve – ter programas culturais, informativos, educativos, que até incluam religião de forma didática, ou religiosos em debates e entrevistas de determinados temas, mas de forma alguma programação com finalidade de afirmar verdade sobre fé e fazer proselitismo!

    ResponderExcluir
  17. Concordo com o Sottomaior.
    Minha opinião é q NÃO tenha nada de religioso ou ateísta na TV (desde q via tv a cabo, web e outros meios por exemplo).

    Já ñ basta o lixo de programação com pouca variedade (BBB, novelas e outros), agora mais religião?
    Sinceramente, fica complicado. Não é a toa q na facul de jornalismo dizem q a TV está caminhando a passos largos p/ ou extinção ou se tornar uma mídia "de gente velha" (forma irõnica de dizer), como jornais impressos e o rádio...

    ResponderExcluir
  18. Anônimo3/16/2012

    O problema é o fanatismo que se aqui fosse uma teocracia não estaria pior que países orientais onde as pessoas são privadas da liberdade e do livre pensamento onde um erro religioso pode lhe custar a vida e também tem dinheiro envolvido e muito dinheiro para que esses programas permaneçam no ar v_v

    ResponderExcluir
  19. Anônimo3/24/2012

    Eliezer disse tudo. Quero um canal só pra religiao EX:
    Meia Noite as 5 da manhã - programa envagélico mais conheçidos em grande parte como "evanjegues" e depois a cada horário entraria uma nova programação religiosa.

    Mas tudo isto teria que ser num único canal e de preferência
    com o número do canal em 666!

    ResponderExcluir
  20. _O assunto, é sempre o mesmo: não se pode aplicar o proselitismo porque vivemos em um estado laico!
    _Que espécie de estado laico é esse, onde diretores de escolas são afastados por conta das orações feitas nas salas de aula e onde alunos podem postar vídeos para argumentar contra tais práticas e ainda serem "admirados" por isso? _Francamente!!!!
    _Onde estão os direitos de outras pessoas que têm outra visão acerca de Deus? _Não estou aqui me referindo a religião: religião não tem nada a ver com fé!
    _O fato é que não toleram que se fale em Deus e, sabe porquê? _Acham-se tão superiores que são capazes de se colocar acima do Criador!
    _A pessoa que foi capaz de colocar a ilustração do início da matéria, devia receber um prêmio por seu elevado nível de deboche e falta de bom senso!
    _Isso é uma aberração!
    _Por que não se vestem de palhaços(alguns não precisam nem das vestes) e se deixam fotografar, ao invés de usarem a figura que é a porta de entrada para a era do cristianismo? _Deviam se envergonhar!_Oh!, não! _É pedir demais! _Não se pode exigir dos outros o que não podem dar, não é mesmo? _Entenda como quiser!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salamandra Gouvea

      Um estado laico se trata de 3 coisas:
      1 - há a separação entre estado e religiões;
      2 - há a liberdade individual de crença e não-crença;
      3 - governo e repartições públicas não podem dar preferência à uma religião em detrimento das outras (separação entre estado e religião)

      - "O assunto, é sempre o mesmo: não se pode aplicar o proselitismo porque vivemos em um estado laico!"

      Escola pública é lugar de ensino mantido pelo governo., não é lugar para se fazer proselitismo religioso. Lugar de proselitismo religioso é a igreja, é pra isso que elas existem.

      >> "Que espécie de estado laico é esse, onde diretores de escolas são afastados por conta das orações feitas nas salas de aula e onde alunos podem postar vídeos para argumentar contra tais práticas e ainda serem "admirados" por isso?"

      Justamente um estado laico que cumpre sua função básica: manter estado e religiões separados. Escolas não são lugares para se fazer orações, não interessa de que religião for. Se vc quiser rezar, faça isso na sua igreja e na sua casa.

      Os alunos (e demais pessoas) que não concordam com essa prática inconstitucional de proselitismo religioso em instituições governamentais podem postar vídeos criticando-as pq é de direito deles fazer isso. Liberdade de expressão, lembra? Tb a internet é um meio de comunicação democrático, onde as pessoas têm a liberdade de mostrar suas opiniões seja em blogs, no You Tube, Twitter, Facebook, Orkut, fóruns, etc. Vai ter pessoas que vão concordar, outras vão discordar, umas vão admirar a pessoa, outras vão rechaçá-la. E daí? Vamos deixar de criticar aquilo que não concordamos só pq algumas pessoas ficam ofendidinhas? Ah vá! Faça-me o favor!

      No caso do aluno que postou um vídeo no YT criticando a professora da escola dele por fazer orações na sala de aula e ainda por cima por desrespeitá-lo, ele fez isso como forma de reclamar da atitude dessa mulher, mostrar as opiniões dele. Ele não fez isso pra conseguir Ibope.


      >> "Onde estão os direitos de outras pessoas que têm outra visão acerca de Deus?"

      E onde estão os direitos das pessoas que não crêem em deuses? Elas não merecem? Eu não tenho direitos só pq sou atéia? Não posso ser considerada uma cidadã brasileira, não posso ter direitos pq não tenho fé em divindades?

      >> "O fato é que não toleram que se fale em Deus e, sabe porquê? _Acham-se tão superiores que são capazes de se colocar acima do Criador!"

      Ateus não se colocam acima de deus algum pq não acreditamos em divindades. Seria a mesma coisa que se colocar acima de Tupã, Curupira, Saci Pererê, Baco, Anúbis ou qualquer entidade mitológica/imaginária.

      >> "A pessoa que foi capaz de colocar a ilustração do início da matéria, devia receber um prêmio por seu elevado nível de deboche e falta de bom senso!"

      E? Aquela ilustração representa perfeitamente bem a atual situação das emissoras públicas. É uma crítica. É direito seu discordar, achar um absurdo, sacrilégio, heresia, blasfêmia, blá blá blá. Mas é de direito do blogueiro postar a imagem que ele quiser.

      >> "Por que não se vestem de palhaços(alguns não precisam nem das vestes) e se deixam fotografar, ao invés de usarem a figura que é a porta de entrada para a era do cristianismo?"

      O cristianismo não está num pedestal inatingível e imune à críticas. Nós temos o direito de criticar o que quisermos, inclusive as religiões. Podemos criticar a sua religião qdo quisermos e podemos criticar o garoto-propaganda do cristianismo. Não gosta? Direito e problema seu. Portanto não temos do que nos envergonhar de nada. A mesma liberdade de expressão que vale pra vc e outros religiosos tb vale para nós, ateus; agnósticos; humanistas; humanistas seculares;etc.

      Mas acho que pra vc apenas os crentes em deus podem ter direitos e os descrentes em deus que se danem e fiquem sem direitos, não é msm?

      Excluir
    2. Nibiruta4/13/2012

      Vivemos num Estado louco, num planeta louco!

      Excluir
  21. _Suas frases contêm tantas perguntas! _Me divirto com vocês!
    _Estão a todo tempo, procurando suas "verdades" para rebater algo que confronte!
    _Você escreve que não se colocam em posição superior ao Criador, porque não acreditam em divindades...., então, talvez você mesma seja a tal divindade: ela pode estar pautada no orgulho... ou quem sabe, na arrogância.... não sei!
    _Deve ser muito triste e vazia, a vida de quem não crê em algo superior, sobrenatural!!!
    _Sinceramente, não quero ter este gosto amargo na minha vida; sabe, essa sensação de solidão, de abandono... _Ah, claro! Você é deus de si mesma!_Avante! _Abrace-se cada vez com mais força, talvez te faça mais feliz!

    ResponderExcluir
  22. Salamandra Gouvea,

    >> "Suas frases contêm tantas perguntas! _Me divirto com vocês!"

    Pelo menos nós fazemos perguntas...vc faz ou fez alguma na sua vida em relação à sua crença ou vc é tão arrogante e prepotente ao achar que a sua crença é a verdade única e absoluta e que nunca, jamais poderá ser criticada e questionada?

    >> "Estão a todo tempo, procurando suas "verdades" para rebater algo que confronte!"

    Cada um faz e tem sua própria verdade. Eu tenho e vc tem. As únicas diferenças entre vc e eu em relação à isso é que eu não tento (e nem tenho como objetivo) impor a minha verdade individual nos outros e nem trato com ignorância e intolerância aqueles que não compartilham dela; vc sim.

    >> "Você escreve que não se colocam em posição superior ao Criador, porque não acreditam em divindades...., então, talvez você mesma seja a tal divindade"

    Eu sou um ser humano e tenho consciência disso. Tb consciência de que eu sou responsável pela minha vida e pelas escolhas que faço. Não preciso de usar uma entidade sobrenatural/imaginária - seja ela boa ou ruim - como bode expiatório por tudo que acontece na minha vida e como justificativa pelos meus atos. Tb não preciso de crer nessas entidades sobrenaturais/imaginárias pra minha vida ter sentido. Eu sou responsável em dar sentido à minha vida, ninguém mais. Mas não significa que considero "deusa" de mim mesma. Que Thor me livre disso,hehehe (caso vc não entenda, a menção à Thor é uma brincadeira. Eu não acredito em Thor da mesma forma que não acredito no seu deus)!

    Como eu disse antes eu sou um ser humano e cometo erros como todo mundo. Só que eu assumo meus erros e as consequencias dos mesmos. Se caso me meto em alguma enrascada, me viro pra sair dela - seja sozinha ou pedindo ajuda a alguém quem confio e sei que vai me ajudar - não preciso de ajoelhar no chão e me humilhar para um deus ou deuses que eu nem sequer sei se existem e pedir "Pelo amor de Deus pra me ajudar a sair dessa" pq o tempo que se perde rezando, era para estar agindo, movimentando, desenvolvendo...entendeu?

    Do meu ponto de vista, uma pessoa que põe toda a sua vida, toda a sua confiança em uma entidade sobrenatural/imaginária é que é um bocado triste. Talvez signifique que essa pessoa não tem maturidade suficiente para assumir sozinha a direção da sua vida e ter responsabilidades. É uma pessoa que não confia no próprio taco.

    ResponderExcluir
  23. _Belo discurso que não tem sustentação alguma!
    _Claro! Faça o que quiser de sua vida, não estou escrevendo por me importar com ela!
    _De uma coisa tenho a mais absoluta certeza: toquei na sua ferida! _Não admite, não importa!
    _Saiba que se para você, Deus é uma figura imaginária, tenho um sentimento por você: pena; este é, sem dúvida, o pior de todos!
    _Não é preciso que escreva um livro para justificar suas ideias, basta escrever.... postagens breves e claras, só!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salamandra

      >> "Belo discurso que não tem sustentação alguma!"

      É o seu discurso que não tem sustentação alguma. Baseado em seu primeiro comentário, vc nem sequer sabe do que um estado laico se trata; nem sequer conhece direito um direito básico chamado liberdade de expressão que é - neste país é para todos, não somente para os crentes em deus; implicitamente vc acha que apenas os teístas têm direitos e os que não crêem em deus, não.

      Isso sem falar no apelo ao emocional, falácia do espantalho e ad hominem que são falácias usadas qdo a pessoa não tem argumentos para apresentar. Td que vc fez foi até agora foi exatamente isso. Vc entrou neste blog pra comentar e não trouxe nada de útil ao debate, não colocou nenhum argumento, não demonstrou nada. Só apelou pra falácias, o que demonstra que vc não tem argumentos e que o seu discurso não tem sustentação alguma.

      A prova disso é que eu refutei seu primeiro comentário e td que vc fez foi apelar para essas falácias. Vc não fez um contra-argumento.

      >> "Saiba que se para você, Deus é uma figura imaginária, tenho um sentimento por você: pena; este é, sem dúvida, o pior de todos!"

      Vc diz que sente pena de mim por não acreditar em deuses? Ué, pensei que vc tinha dito que não se importa com minha vida...weird...

      >> "Não é preciso que escreva um livro para justificar suas ideias, basta escrever.... postagens breves e claras, só!"

      Essa frase vale para os dois lados, meu bem. hehehe (se bem que vc não justificou idéia alguma)

      Aliás, retiro o que eu disse: as minhas postagens foram claras, mas não foram breves. As suas sim, a julgar pelo tamanho de seus comentários. Será que vc tem preguiça de pensar? Talvez sim, já que td que vc escreveu até agora não teve argumento, contra-argumento, nada...só falácias. lol

      Excluir
    2. Hadouken, hadouken,hadouken

      Excluir
  24. _Está bem! _Não devia ter chamado sua preciosa atenção, para o fato de haver escrito um livro, desculpe; na verdade, eu quis escrever: jornal!
    _Você é mesmo hilária: falou, falou...., escreveu acerca de sua espantosa inteligência..., contudo esqueceu-se de um detalhe, talvez propositalmente, não sei! _Nem ao menos mencionou o caso da ferida aberta que traz em seu coração e que fez questão de não lembrar; fico imaginando porquê!
    _Refutou meu primeiro argumento...,que pena! Se considera tão forte a ponto de não precisar contar com ninguém, nem mesmo com Deus!
    _O fato de não ter preocupação com sua vida, não significa não lamentar ou não sentir pena de alguém que possa ter escrito o que meus olhos leram, se é que é capaz de me entender!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salamandra Gouvea,

      >> "Você é mesmo hilária: falou, falou...., escreveu acerca de sua espantosa inteligência..., contudo esqueceu-se de um detalhe, talvez propositalmente, não sei! _Nem ao menos mencionou o caso da ferida aberta que traz em seu coração e que fez questão de não lembrar; fico imaginando porquê!"

      Eu não mencionei esse troço de "ferida aberta" pq isso que vc fez é um apelo ao emocional e nem merece ser respondido. Mas já que vc faz tanta questão, lá vai: vc acha que quem não acredita no mesmo amigo imaginário que vc tem uma ferida aberta, é uma pessoa solitária e amarga. Eu não sou nada disso. Agora se vc acha que eu sou uma pessoa "com ferida aberta", que sou uma pessoa amarga e solitária, isso é problema seu...não meu. Eu sei que não sou esse tipo de pessoa e isso pra mim já basta. Vc acredita no que vc quiser, eu tô cagando e andando pra o que vc acha ou deixou de achar sobre mim. Vc não me conhece e não paga minhas contas, portanto eu não tenho que me justificar, prestar contas e provar nadinha de nada à sua pessoa. A única pessoa a quem devo satisfações é à mim mesma.

      >> "Refutou meu primeiro argumento...,que pena! Se considera tão forte a ponto de não precisar contar com ninguém, nem mesmo com Deus!"

      E quem disse que não preciso de contar com ninguém? Tem um monte de pessoas que eu sei que posso contar qdo precisar. Tenho família, amigos e uma namorada. Sei mto bem que posso contar com eles da mesma forma que eles podem contar comigo. Eu tenho pessoas importantes na minha vida e não preciso de contar com um deusinho imaginário pra superar alguma coisa. Eu já passei por momentos difíceis na minha vida e saí deles graças à ajuda da minha família e amigos, além da minha força de vontade e sem ajuda de deus pq eu já era atéia na época e me saí bem. Me fez sentir melhor comigo mesma pq eu descobri que tenho uma força que nunca imaginei que tinha.

      >> "O fato de não ter preocupação com sua vida, não significa não lamentar ou não sentir pena de alguém que possa ter escrito o que meus olhos leram, se é que é capaz de me entender!"

      Se vc sente pena de mim pq não acredito em deuses e confio no meu taco o suficiente pra não precisar do seu deus pra nada, problema seu tb. Não tô nem azul pra sua "peninha".

      Excluir
  25. "vc acha que quem não acredita no mesmo amigo imaginário que vc tem uma ferida aberta, é uma pessoa solitária e amarga".
    _Ouça: não me baseio em "achismos"! Se bem me lembro escrevi: "Tenho a mais absoluta certeza"; como vê, não acho nada! Se é que consegue entender!
    _Procure não ser tão grosseira nas palavras porque, elas são também, responsáveis pela imagem que passamos. Lamento mas..., não consigo mudar de ideia a seu respeito! _É claro que não te conheço e nem quero te conhecer!
    _Não é todo dia que encontramos alguém na internet que, mesmo à distância, queira ajudar! _Você não entende!
    "Eu não mencionei esse troço de "ferida aberta" pq isso que vc fez é um apelo ao emocional e nem merece ser respondido".
    _Claro que não merece resposta..., simplesmente porque não a tem.

    ResponderExcluir
  26. Salamandra Gouvea

    >> "Ouça: não me baseio em "achismos"! Se bem me lembro escrevi: "Tenho a mais absoluta certeza"; como vê, não acho nada! Se é que consegue entender!"

    Três perguntas:

    1 - Vc me conhece fora da internet?
    2 - Vc é onisciente e onipresente pra saber como é ou deixou de ser minha vida?
    3 - Vc é médium, vidente, etc, pra saber como é minha vida?

    Se a resposta for "não" para as três perguntas, vc se baseia em achismos sem fundamento algum. E devido à sua mente pequena e tacanha, vc acha que pessoas que não acreditam no seu deus são pessoas amargas e vazias. Bom, como eu não tenho que provar nada pra vc e nem pro seu deusinho imaginário, o problema em achar isso é seu, não meu. O que vc acha ou deixou de achar não faz diferença alguma na minha vida. Eu nem sequer sabia da sua existência até à alguns dias atrás.

    >> "Procure não ser tão grosseira nas palavras porque, elas são também, responsáveis pela imagem que passamos. Lamento mas..., não consigo mudar de ideia a seu respeito! _É claro que não te conheço e nem quero te conhecer!"

    E daí? De novo, estou cagando e andando, estou pouco me fudendo para o que vc acha ao meu respeito.

    >> "Não é todo dia que encontramos alguém na internet que, mesmo à distância, queira ajudar! _Você não entende!"

    Eu não preciso de ajuda de pessoas como vc, meu bem. "Ajuda" vindo de pessoas mesquinhas como vc mais fazem mal do que bem. Prefiro ficar bem longe do mau cheiro, sério. Qto mais mexe, mais fede.

    >> "Claro que não merece resposta..., simplesmente porque não a tem."

    Não merecia resposta, mas respondi e aqui coloco - palavra por palavra - da minha resposta que postei no meu comentário anterior:

    - "vc acha que quem não acredita no mesmo amigo imaginário que vc tem uma ferida aberta, é uma pessoa solitária e amarga. Eu não sou nada disso. Agora se vc acha que eu sou uma pessoa "com ferida aberta", que sou uma pessoa amarga e solitária, isso é problema seu...não meu. Eu sei que não sou esse tipo de pessoa e isso pra mim já basta. Vc acredita no que vc quiser, eu tô cagando e andando pra o que vc acha ou deixou de achar sobre mim. Vc não me conhece e não paga minhas contas, portanto eu não tenho que me justificar, prestar contas e provar nadinha de nada à sua pessoa. A única pessoa a quem devo satisfações é à mim mesma."

    ResponderExcluir
  27. _Muito obrigada! Acaba de confirmar cada palavra que escrevi e ainda conseguiu acrescentar palavras ao seu vasto e rebuscado repertório.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salamandra Gouvea,

      Eu xingo sim e daí? São apenas palavras que aposto que vc falou alguma vez na sua vida. Vai dizer que vc nunca falou a palavra "cagar"?

      Excluir
  28. Durma bem vc tb e não esqueça de orar para Ganeesha, hehehe

    ResponderExcluir
  29. _Não esqueça de refletir acerca de tudo quanto escrevemos!
    _Se cuida!

    ResponderExcluir
  30. Salamandra Gouvea,

    Não vou refletir no que vc escreveu é tão falacioso que extrapola, além de ser inútil e idiota. Sorry...ou não. rsrsrs

    ResponderExcluir
  31. _Esta certo!
    _Não reflita, durma mal e não se cuide!
    _Em todo o caso, me diverti com você, valeu!

    ResponderExcluir
  32. O mesmo pra vc Salamandra. ;)

    ResponderExcluir
  33. _Você é mesmo confusa!
    _Se observar, apenas fiz o contrário daquilo que havia me proposto no início.
    _Disse que queria te ajudar, você disse, com toda humildade, que não precisa então...apontei para o outro extremo: a negação.
    _De maneira alguma acontecerá comigo, pelo simples fato de que não é o quero para mim e não determinei desta forma na minha vida.

    ResponderExcluir
  34. Salamandra,

    Vc desejou que eu dormisse mal e pra que não me cuidasse...desejei o msm pra vc. Problem?

    E disse que não precisa de ajuda de pessoas como vc, pq vcs mais atrapalham do que ajudam (experiência própria).

    >> "_De maneira alguma acontecerá comigo, pelo simples fato de que não é o quero para mim e não determinei desta forma na minha vida."

    Mas a vida é um caixinha de surpresas, umas boas, outras nem tanto, outras bem ruins. Tem certas coisas nessa nossa breve vida neste planeta que não temos controle algum. Elas vão acontecer quer vc queira ou não.

    ResponderExcluir
  35. _Algumas pessoas teimam em torcer as coisas!
    _Leia tudo o que escrevi(se é que tem disposição) e tente entender!
    _Vejo, claramente, que quer justificar uma situação pessoal que só diz respeito a você, Michelle!

    ResponderExcluir
  36. ok...se é o que vc diz...tô nem aí :)

    ResponderExcluir
  37. Não concordo. O fato de uma emissora privada exibir conteúdo religioso não ofende a laicidade do Estado. Ofenderia, isso sim, o fato de uma emissora do governo fazer essa pregação religiosa, ou de autorizar uma igreja e ter emissora e proibir outra de fazerem o mesmo. Seria o mesmo que proibir a venda de livros sobre o cristianismo, ou permitir essa publicação e proibir a publicação de livros de outra religião. O Estado é laico, o que significa que ele não pode tomar posição na defesa de uma religião e combatendo as demais.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Nobel 2019 de Física afirma que 'não há lugar para Deus no universo'

Robinho: de jogador promissor a evangélico fanático e a estuprador

Com fechamento de 400 templos em uma década, Igreja da Inglaterra ruma para o fim