Pular para o conteúdo principal

Antepassados de Dawkins fizeram fortuna com escravidão

Dawkins e seu antepassado Henry,
dono de mais de mil escravos
O jornal britânico The Guardian publicou que os antepassados paternos do cientista e militante ateu Richard Dawkins (foto) fizeram fortuna explorando a escravidão na Jamaica, em uma fazenda de plantação de cana de açúcar.

Informou que Henry Dawkins (foto), antecedente direito do cientista, deixou como herança 1.013 escravos, entre outras propriedades. Ele morreu em 1744.

Richard ficou irritado porque, para ele, o resgate desta história é uma “uma tática de difamação”. Falou que não pode ser responsabilizado por nada de seus antepassados e que tem apenas 1 a cada 512 genes de Henry. O cientista é autor do livro “O Gene Egoísta”.

Richard deu a entender que a campanha de difamação contra ele na Grã-Bretanha tem sido orquestrada por religiosos incomodados com sua defesa pelo afastamento das crenças do espaço público. Citou um dos “trechos mais desagradáveis da Bíblia” segundo o qual os pecados do pai recaem sobre os filhos até a terceira ou quarta geração.

Segundo o jornal, a família Dawkins tem uma fazenda de 400 acres que em parte teria sido adquirida pela fortuna da exploração de escravos.

Na fazenda mora Sarah Kettlewwll, irmã do cientista. Ele disse que se trata de uma propriedade pequena que se mantém com a plantação de amendoim. “A fortuna da família se dissipou no século 19.”

O jornal informou que pelo menos dois dos antepassados do cientista fizeram oposição ao fim da escravatura no Império Britânico proposto em 1796 pelo parlamentar cristão William Wilberforce.

Dawkins argumentou que Wilberforce pode ter sido uma boa pessoa, mas o fato é que “a escravidão é sancionada em toda a Bíblia”. “E eu sou visceralmente contra a escravidão.”

Nos últimos dias, é a segunda vez que Dawkins aparece na imprensa britânica de maneira negativa. A primeira se referiu ao lapso que ele teve em um debate com o reverendo Giles Frase ao tentar dizer o título completo do mais famoso livro do evolucionista Charles Darwin, “A Origem das Espécies” (em inglês, On the Origin of Species by Means of Natural Selection, or The Preservation of Favoured Races in the Struggle for Life).

Depois, pela imprensa, Dawkins disse não ter ficado constrangimento pelo esquecimento porque para ele nenhum livro é sagrado.





Com informação do The Guardian, entre outras fontes.

Comentários

  1. O lapso do Dawkins foi irrelevante, isso porque, embora tenha esquecido o nome completo da obra, ele conhece o conteúdo da Origem das Espécies. Já os cristãos não apenas ignoram o nome do primeiro livro do Novo Testamento; ignoram tudo o mais. Eles simplesmente não lêem a Bíblia.

    Sobre as terras que o Dawkins herdou dos antepassados escravocratas, isso foi golpe sujo do jornal. Aposto que, se fizéssemos um levantamento de quanto terreno a Igreja Católica ou a Igreja Anglicana herdou por meios sórdidos, pouco recomendáveis, descobriríamos que não foi coisa de pouca monta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai ateus, tem assassinos no vosso seio, se f... bando de religiosos invertidos kkk.

      PUNK NOT DEAD

      Excluir
    2. dafuq did I just read

      Excluir
    3. Richard Dawkins é um legítimo representante da elite branca de olhos azuis, como diria o presidente Lula.

      Ficou chato pros ateístas esquerdopatas.

      Excluir
    4. A máscara caiu!... Ora o filho (a família) de um Escravo, escravo era... O filho (a família) de um plebeu, plebeu era... O filho (a família) de um nobre a nobreza herdava... Com efeito; assim como o filho de um escravo ou de um nobre herdam seu status... Posso com liberdade de opnião supor com verossimilhança que: o Guru "Padgêmere" R. Dawkin é sim um filo-escravocrata...

      Excluir
    5. Gente, o que tem os antepassados do cara a ver com isso?
      MUITA gente no Brasil j´pa teve mal-caraxcter na família. Em algum momento histórico, certamente TODOS tiveram, alias, mais próximos ou mais distantes.

      É uma falta do que criticar que é vexamitosa para para quem se opõe a ele.

      Excluir
    6. Meus avós possuíam escravos, que plantavam laranja e café...e eu com isso?
      Sendo minha mulher descendente de escravos, isto nunca atrapalhou em nada, temos 33 anos de casados.
      no século 18, os ingleses (europeus em geral) usavam açúcar barato graças a mão de obra escrava, são todos culpados.
      Seremos iguais a palestinos e judeus, se matando por coisas que aconteceram 3000 anos passados (na verdade são apenas lendas.)
      Só a lógica religiosa...

      Excluir
  2. Tiveram de regredir nove gerações para encontrar alguém com valores questionáveis na família do Dawkins?

    E ainda querem apresentar isso como crítica ao próprio?

    Sério? Quanto desespero. Isso mais parece um elogio do que uma crítica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrs

      pois é

      é desespero mesmo
      mas ele são assim e se acham

      até parece que os ingleses cristão não tem um único antepassado que foi escravocrata ou pirata ou...

      Excluir
    2. Qual o problema de se pesquisar os podres das gerações passadas do Messias Ateu Richard Dawkins?

      Os ateístas gostam tanto de ir buscar nos séculos e milênios passados algum motivo para culpar os cristãos de hoje...

      Provem um pouquinho do próprio veneno.

      Excluir
    3. O problema é eles criticarem Dawkins por um antepassado que se duvidar ele nem conhecia o nome,Dawkins não segue nada do que foi falado por esse antepassado,mas ele critica o cristianismo porque eles SEGUEM histórias e crendices contadas por pessoas de DOIS MIL ANOS.Entendeu onde está a falha?

      Excluir
    4. Vocês estão surdos ou Cegos?... A máscara caiu!... Ora o filho (a família) de um Escravo, escravo era... O filho (a família) de um plebeu, plebeu era... O filho (a família) de um nobre a nobreza herdava... Com efeito; assim como o filho de um escravo ou de um nobre herdam seu status... Posso com liberdade de opnião supor com verossimilhança que: o Guru "Padgêmere" R. Dawkin é sim um filo=escravocrata...

      Excluir
    5. Pois é, e quanto a instituições religiosas que apoiaram a escravidão? Aliás, a propria Biblia defende isso. E essas são coisas que, em teoria são defendidos por qq um que apoia o livro como "Verdade Inquestionável".

      Excluir
  3. criacionista é a assim, não tem argumento usa decente do dawkins..


    huasshuahusahuashuashuashusahuashusahusahusahuashuashushusahuashu

    mas no que isso prova deus mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que o Guru "Padgenere", ATEU, é um filo-Escravocrata!...

      Excluir
  4. As vezes não concordo com Dawkins, de vez em quando ele extrapola. Mas querer difamá-lo pelos erros de seus antepassados é uma grande falácia, isto chega a ser o máximo do ridículo. Creio que ninguém conheça seus antepassados muito bem, não sabemos se foram assassinos, estupradores, ladrões, etc. E caso seu antepassado for um psicopata estuprador, isso significa que você será um psicopata estuprador também?
    Não é pelo fato de que o ancestral de Dawkins seja um escravocrata, que ele também será.
    Esses fanáticos, cada vez mais, conseguindo superar o ridículo.

    ResponderExcluir
  5. Deixa ver se entendi:

    Se algum sacerdote (católico ou protestante) estiver envolvido no passado em uma transação de trafico de escravo, toda igreja (católica ou protestante) tem que pagar o pato.

    Agora, antepassados do Dawkins estando envolvido no mesmo tráfico de escravos, os cristãos não podem usar da mesma tática do ateu militante?

    Que Dawkins peça perdão pelos crimes que seus antepassados cometeram, como ele pede que as igrejas peçam perdão pelos seus crimes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que sei Dawkins questiona o que está escrito na Bíblia. A Bíblia não mudou, ou seja, ainda hoje há os mesmos escritos sobre escravidão no antigo testamento. É a verdade absoluta que não pode ser mudada, pois é a "palavra de Deus". Já Dawkins condena a escravidão, não tem nada a ver com seu antepassado.

      Excluir
    2. A Grande diferença, é que a Igreja é responsabilizada porque que o clero deve sempre viver dentro de seus ditames e leis...

      e a Igreja tem por obrigação de fiscalizar as bobagens que seu clero faz, daí que os padres pedófilos por exemplo foram ocultados pelo Vaticano para evitar escândalo, eles mudam o padre de cidade e assim o mesmo pedófilo abusa de mais crianças ...

      No caso da Inquisição - foi a Igreja a mandante

      Já no caso dessa acusação imbecil a Dawkins - é desespero mesmo
      seria o mesmo que dizer que se o tataravô do Papa fosse o Barba Azul, o Papa teria que pedir desculpas...

      Mas nem sei porque explico
      crente nunca entende o óbvio... daí ser crente

      Excluir
    3. Rita Candeu, a senhora acha mesmo que todos os sacerdotes são fieis a alta Hirarquia da Igreja Católica?

      Foi o Vaticano que ocultou os casos de padres pedófilos ou bispos moderninhos que ao dar passe livre para padres homossexuais que depois de abusarem de crianças, com medo das realções dos fieis a sua atitude de não condenar as suas besteiras, tentou colocar apra de baixo do tapete?

      Excluir
    4. Então a culpa da pedofilia é dos gays? claro, sempre os malditos gays! vai nessa claudia.

      Excluir
  6. Pergunta de escola:

    quem tirou os africanos pra serem escravos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe,

      Entendo que você fez a seguinte questão: Quem tirou os africanos da África para serem escravos?

      Resposta:
      Os africanos já conheciam a Europa e escravizaram por séculos a península ibérica. Aprenderam a escravizar como eles mesmos visto que isto era prática comum na África. Concluo que a venda de escravos começou na África com tribo vendendo tribo vencida para quem interessar possa: Europeus, americanos. É bom lembrar que graças a Inglaterra o tráfico negreiro foi extinto à revelia da África que continuou a vender e matar a tribos vencidas.

      Excluir
    2. mas só pode aparecer como Anônimo mesmo... só assim pra ter condição de poder escrever tanto absurdo...

      Excluir
    3. Rita Candeu, esse anônimo não escreveu nenhum absurdo.

      A senhora que deve estudar mesmo por historiadores marxistas de lixo, e acha que a escravidão foi odio dos brancos contra negros.

      Excluir
    4. Rita, quando os europeus chegaram na África para 'capturar' escravos, encontraram um mercado já formado e um povo já pronto para fazer esse serviço por eles. Como o Anônimo das 8:19 disse era 'tribo contra tribo', nada diferente do que sempre aconteceu na história da humanidade. A sobrevivência do mais forte. E para o mais fraco, as condições de civilidade que a sociedade em que ele vive conhece. No caso da África, não muito diferente do que acontece em muitas regiões ainda. Ou seja, pouco, quase nada.

      Excluir
    5. O fato é que: o Guru "Padgêmere" R. Dawkins dos ATEUS é um filo-escravocrata...

      Excluir
    6. É muita ignorância acreditar que europeus chegaram na África e simplesmente pegaram um monte de africanos para escravizá-los. É claro que já existia um mercado de escravos, resultados de guerras entre os próprios povos africanos. Recentemente um jogador de Togo, Emmanuel Adebayor, disse que na África a vida de um homem não vale nada. Tal afirmação tem a ver não só com o que acontece hoje em dia, mas também com o que acontecia na época da escravidão aqui no Brasil, onde os escravos eram vendidos aos portugueses por fumo, espelhos e algumas pedras de brilho diferente.

      Excluir
  7. Pelo olho de Hórus!
    "Se algum sacerdote (católico ou protestante) estiver envolvido no passado em uma transação de trafico de escravo, toda igreja (católica ou protestante) tem que pagar o pato."
    -A igreja tem que se retratar sim, pois a mesma instituição que vigorava antigamente vigora hoje, ou seja ela possui ligação direta com o passado. E no caso de Dawkins, ele não possui ligação nenhuma com seu ancestral, a não ser que ele participe de uma seita secreta, que vigorava antigamente e vigora até hoje, possuindo um link direto ao passado, caso contrário não há necessidade de Dawkins se desculpar.
    Que Caronte lhe conceda uma passagem segura.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Então ainda temos o conceito cristão de "herdar os pecados dos antepassados"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se seguirmos a lógica cristã (se é que existe alguma), Jesus, o salvador deles, não morreu para tirar o pecado do mundo?? Com o sacrifício dele os pecados não foram perdoados, os pecados dos nossos antepassados. É o que aquele livro deles dá a entender...

      Excluir
  9. O desespero desses fanáticos está cada vez mais ridículo... Além de se esquecerem que seu livrinho sagrado apóia a escravidão e que essa foi uma grande fonte de renda para a igreja Católica, estão culpando um cara pelo que um antepassado de séculos atrás fez... Isso é tão patético que nem sei por onde começar.
    Os caras querem desmoralizar Dawkins por ter pisado no calo deles, e na falta do que usar para atacá-lo, inventam qualquer besteira.
    Ele deveria é rir dessa palhaçada toda, não tem como esse "ataque" ser ofensivo.

    ResponderExcluir
  10. Para encerrar o assunto:

    ATEÍSMO NÃO DEFINE CARÁTER. RELIGIÃO SIM!

    O pior é que os antepassados de Dawkins eram cristãos, assim podiam escravizar os negros.

    E sabem porque os negros podiam ser escravizados? Muito simples: porque NÃO TINHAM NEGROS NA ARCA DE NOÉ. Essa era a grande desculpa.

    Mas se não haviam negros na arca de Noé, e toda criatura foi criada por Jeovalino da Luz, significa que os negros não herdaram o pecado original (aquele da jiboia eloquente), sendo assim eles não são pecadores. Ou seja,

    OS NEGROS ERAM ESCRAVIZADOS POR PURA INVEJA!!!

    Que por sinal perdura até hoje, haja visto a crise provocada pelas cotas nas universidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Religião também não define caráter. Tem religioso ruim, tem religioso bom, assim como tem ateu ruim e tem ateu bom. Mas a religião consegue influenciar pessoas a fazer todo tipo de coisa, mesmo aquelas que têm boa índole. Por isso, religião pode ser algo perigoso.

      E os negros não eram escravizados por inveja, era por comodidade, eles eram os alvos mais fáceis do momento, qualquer povo derrotado serviria... Inventaram uma desculpa qualquer para apoiar sua escravidão, como dizer que não tinham alma e etc., mas com ou sem desculpa, eles teriam sido escravizados pelo povo da época, pelo simples motivo de não conseguirem se defender apropriadamente.

      Excluir
    2. Jeovalino da Luz,?????????

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      essa vou anotar no meu caderninho

      morrendo de rir aqui

      Excluir
    3. Ora, se os negros não eram pecadores então a escravidão não poderia tê-los alcançado. E se na arca de Noé não existiam negros, como surgiram os negros? Ora, na África a incidência do sol é bem maior do que em outras áreas.

      Excluir
    4. Anônimo24 de fevereiro de 2012 05:18, primeiramente, vc não leu a bíblia e não sabe como foi feita a separação dos povos que hoje existem.

      "ATEÍSMO NÃO DEFINE CARÁTER. RELIGIÃO SIM"
      claro Madre Teresa e Hitler tinham um caráter bem parecidos por serem cristãos.

      Excluir
  11. Impressionante como ignorante acha mesmo que isso é argumento para difamar alguém. Fanáticos são burros até a alma, fizeram mais propaganda a favor de Dawkins do que contra. Simplesmente pq esse argumento é tão furado, tosco e sem sentido que mostra o desespero deles. Se eu voltar séculos na linhagem da família de qualquer pessoa, vc vai achar algo errado.

    O mais vergonhoso, foi o jornal publicar essa merda, sem tirar sarro do acéfalo que acha que isso é argumento. Bem lembrado que os antepassados de Dawkins provavelmente eram religiosos.
    Rodrigo*

    ResponderExcluir
  12. Eu gostaria muito de pelo menos uma vez ser incluído entre as suas "outras fontes", se não for pedir demais...

    http://ocontornodasombra.blogspot.com/2012/02/dawkins-assombrado-por-passado.html

    Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ui! O Hélio é pretencioso... Se acha o "filosofão"... (desculpa, mas, eu não resisti ao ad-hominem) :P

      Excluir
  13. Grande coisa . Meus antepassados podiam ter sido guerreiros sanguinários,que participaram de chacinas,estupraram jovens indefesas e faziam sacrificios(humanos) pelos deuses . Tentar usar isso como argumento é uma piada,até porque quem fez tudo isso foram outras pessoas e não eu .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Citar antepassados é válido para explicar algum castigo recebido por herança.

      Excluir
    2. Infelizmente, todos nós temos antepassados que participaram de chacinas, estupros e sacrifícios religiosos.

      Excluir
  14. Se são religiosos que querem difamar o cara pelo que seus antepassados fizeram ,acabamos de ter certeza que religiosos nem todos mais estes dai é uma raça bem nojenta de religiosos. Golpe baixo este muito baixo e pra fazer isto tem que ser gente muito mesquinha fala sério kakakaka este povo crente esta perdendo o juízo cada vez mais ,isto é sinal óbvio de fanatismo.

    ResponderExcluir
  15. Há incongruências históricas maiores do que essa, como o abolicionista Abraham Lincoln ser um dos maiores donos de escravos nos Estados Unidos.

    ResponderExcluir
  16. É golpe baixo o que fizeram com Dawkins. Nós podemos achar ridículo tudo isso, mas muita gente não acha, e esse é o problema. Já falaram acima das cotas nas universidades da qual os negros têm direito, por uma espécie de ''recompensa cultural'' e requiém dos seus antepassados. Ora, eu, como branco, nascido mais de cem anos depois do fim da escravidão, o que tenho a ver com o que aconteceu?! Eu nunca coloquei ninguém no tronco, nem no moinho, e não tenho preconceito contra negros. Por que tem que se ceder 5% das vagas para eles?! Eles não foram escravisados, freqüentam as mesmas escolas que a gente e tem os mesmos ou até mais recursos do que muitos brancos para passar de verdade numa faculdade. E além do mais, muitas pessoas negras que eu conheço também são contra essa cota pela mesma traduzir subjetivamente que os negros são mais burros que os brancos, mas é claro que a maioria nem ligou pra isso e quer mais é aproveitar a regalia. Concluindo: Eu acho errado eu, vocês, Dawkins e quaquer pessoa responder pelos seus antepassados, ao contrário de instituições, elas sim tem que responder pelos seus erros. Ass: Winston Smith

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desviando um pouco do assunto principal, mas comentando sobre o sistema de cotas... Também sou contra, por vários motivos. O sistema de cotas é tão falho que o único motivo de permanecer ativo é porque as pessoas ignorantes não o entendem e o vêem da mesma forma que vêem as bolsas-isso e bolsas-aquilo do governo (em vez de criar bolsas, deviam criar empregos). Não é uma solução para nenhum problema, é só uma enganação para desviar a atenção do verdadeiro problema, ao mesmo tempo que agrada as pessoas e as mantém satisfeitas temporariamente. Mesmo criando outro problema, que não é visto como um.
      Primeiro, qual o motivo de haver cotas para negros (ou índios, ou qualquer outro grupo)? Por que eles PRECISAM de cotas, em primeiro lugar? Eles são burros e não conseguem passar em vestibulares? Esse sistema é muito preconceituoso, porque é isso que ele diz. É como se ele estivesse dizendo que negros são "café-com-leite" e não conseguem competir de igual para igual, por isso precisam de uma colher de chá. A desculpa mais usada é que negros geralmente vêm de famílias de baixa renda e que por isso não tiveram acesso à educação de mesma qualidade. Ora, isso é ainda pior! Além de estarem chamando todo negro de favelado, o que é um absurdo, a solução para o problema não seria melhorar a educação pública? Criar escolas públicas com o mesmo nível de qualidade de particulares? Esse seria o certo, mas demanda tempo e esforço, e não é isso que os políticos querem. Eles querem soluções rápidas e fáceis que rendam muitos votos, mesmo que ela seja só tapar o sol com a peneira.
      Depois do fato de esse sistema ser preconceituoso por dizer que negros não conseguem competir, vem a parte de que vagas podem ser conquistadas por pessoas menos competentes, e alguém que tinha muita capacidade pode ficar de fora por ser branco (e isso também não seria preconceito?). Numa situação hipotética, vamos imaginar que teve um monte de brancos gênios que prestaram vestibular, e um monte de negros com péssimo desempenho. Alguns desses gênios ficariam de fora, dando lugar a um incompetente, por causa de cor da pele? Estaríamos deixando de fora do mercado um ótimo profissional para formar um péssimo? E por quê? Qual o sentido disso tudo? É para "se desculpar" pela escravidão? Isso é muito estúpido, porque escravidão já passou faz tempo e ninguém vivo tem nada a ver com ela. É para permitir que quem não teve estudo possa fazer faculdade? Então por que não criam escolas públicas boas? É por outro motivo? Então me digamn, que não vejo nenhuma razão lógica para haver cotas.

      Agora vou esperar a turma que nâo lê posts com mais de duas linhas vir me xingar sem ter idéia do que está falando.

      Excluir
    2. Concordo plenamente Israel, o governo quer mesmo é ganhar votos, por isso aprova essas leis ridículas ao invés de cortar o problema pela raiz. E o mais irônico é que essa pessoas acham de estão em pé de igualdade como os demais.
      Abraços.

      Excluir
    3. Israel, eu concordo em número, gênero e grau. A corrupção nesse país só vai acabar quando acabarem as bolsas e criarem empregos. Só uma sociedade com maioria de classe média, com educação, saúde e segurança pública de qualidade se preocupa verdadeiramente com os problemas sociais do seu país. Afinal, como num país com tantas pessoas vivendo na miséria, com serviços públicos de péssima qualidade e com tanta ignorância, o povo pode recusar um 'benefício' de um governo que nunca ofereceu nada de bom para os menos favorecidos? Quando a população tiver mais poder aquisitivo e serviços público de qualidade, eu acredito que teremos mais cobranças da população (ou melhor exigências), para que alguma coisa mude de fato. Resta saber quando isso vai acontecer!

      Excluir
  17. A matéria apenas tenta difamar ele pelos erros dos seus antepassados ou mostra que seus atuais parentes ou ele tiram proveito financeiro dessa herança???

    ResponderExcluir
  18. É a mesma coisa você descobrir que a mãe de um promissor médico era uma prostituta e você passa usar isto para atacar a honra da pessoa.

    ResponderExcluir
  19. Eu acho completamente ridiculo a campanha de difamacao contra Dawkins.

    Se formos pensar bem e investigassemos os antepassados de todos os cidadaos da Europa Ocidental, Estados Unidos e demais paises da America Latina, descobririamos milhoes de descendentes de pessoas que ja foram donas de escravos.

    E se formos mais longe ainda, teriamos centenas de milhoes de descendentes de pessoas que cometeram verdadeiras chacinas, atrocidades, crimes, tortura, saques, mortes, guerras, etc.

    Se formos usar os criterios dos difamadores, entao a Igreja Catolica tem 2000 anos de crimes a responder, em nome de todos que fizeram parte dos quadros dela.

    Com a palavra, os difamadores.

    ResponderExcluir
  20. Helio, acho que o Paulo não deveria adicionar seu blog pois isso aqui é feito em tom de jornalismo, não de adolescente rebelde criticando com seu gosto e não sua razão.

    Seu blog é medíocre, extremamente PARCIAL, digno de lixo virtual como tantos outros.}
    Escrever um monte não é escrever BEM, aprenda.
    Além de, em sua tentativa de ser PARCIAL, você acredita em besteiras e erra em seus dados, uma casa, e uma pequena fazenda, não são uma fortuna, APRENDA.

    Mostra do lixo:

    "Dawkins de novo? Sim, eu mesmo me aborreço de ter que ficar falando direto desse ególatra, mas ele se expõe tanto às custas de argumentação barata que seus adversários de retórica resolveram baixar o nível tanto quanto ele, e os seus fãs ateus que me perdoem, mas essas notícias ganham um destaque tão grande na mídia especializada que se torna impossível não reproduzi-las, ainda que os argumentos tacanhos de ambos os lados se limitem ao mais escrachado deboche."


    Um blog de um ególatra falando de outros, para subir, grande lixo.

    Você devia escrever pra revista Veja, Hélio, combina perfeitamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tal de Hélio é ridículo. Ele não entendeu que as fontes do Paulopes são as origens das informações. Isto aqui é um blog sério, jornalístico.

      Excluir
    2. Ateus são engraçados. Além de apelarem pra mesma ridicularização que criticam quando alguém demole o seu ídolo, gostam de pegar o ônibus andando e ir na janelinha dando tchau...

      Excluir
    3. Dawkins não é meu ídolo. Essa ridicularização parte inicialmente de vocês, pelo fato de não gostarem do simples fato de existir, do que vocês nos intitulam, ímpios.

      Excluir
    4. Se você sempre ouve a mesma ridicularização de todos os ateus, Hélio, vai ver é porque eles estão certos, hahaha

      assinado:
      Autor da resposta, ou seja, da mostra do lixo.

      Excluir
    5. Hélio, Dawkins não é ídolo de quase ninguém aqui. Seu blog é de dar pena. Fiz um comentário em um post que mais lembra uma notícia Sensasionalista (Dawkins Afirma que não é Ateu) No qual você faz um alarde para uma informação que todos que leram Dawkins conhecem, e de forma infantil tenta desmerecer o autor com frases como "ninguém o lê, inclusive eu", afirmando ali um completo desconhecimento das obras do autor. Ninguém aqui vai sentir a mínima cosquinha com você chingando e fazendo pirraça com Dawkins, Sam Harris, Hitchens, e o diabo que for, pois ateus não seguem dogmas ou livros. Foi demasiadamente infantil a atitude de desmerecer dawkins pelo seu passado, mostradno que, para arranhar sua índole tiveram que retornar até o século 17. É de dar pena.

      Excluir
    6. Fora, Hélio, que se bobear, e puxar os ancestrais de qualquer um aqui, coisas horríveis podem aparecer, inclusive do Paulo Lopes... rsrsrs

      Excluir
    7. Não existe família que não tenha tido um único membro criminoso em toda sua história...

      Excluir
    8. oi, Manoel, obrigado pelo "filosofão" lá de cima... gostei! rsrs ... já quanto ao livro do Dawkins eu realmente não tenho saco de ler, mas o Gustavo, co-editor do "blog de dar pena", seguiu o seu conselho e foi lá ler o danado, e chegou a algumas conclusões interessantes, dá uma olhada lá:

      http://ocontornodasombra.blogspot.com/2012/02/agnosticismo-de-dawkins-e-mesmo.html

      abraço!

      Excluir
  21. Se estão tentando atacar a honra dele é porque já não podem mais refutar seus argumentos. Agora eles tapam os ouvidos e começam a lhe atirar pedras.

    ResponderExcluir
  22. Se levarmos isso adiante, então a maioria dos descendentes de italianos (onde me incluo) é formada por conquistadores, assassinos, esupradores, utilizadores de trabalho escravo, uma vez que o Império Romano se valeu de tudo isso... ingleses, holandeses, franceses, espanhóis, portugueses, etcetcetc IDEM!
    Os religiosos não tem mais por onde atacar Dawkins, começaram a apelar - e tá ficando engraçado!

    ResponderExcluir
  23. "Citou um dos “trechos mais desagradáveis da Bíblia” segundo o qual os pecados do pai recaem sobre os filhos até a terceira ou quarta geração."


    Pelo visto, se depender da cartilha religiosa, vai além da 3º ou 4º gerações. ¬¬

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos os trechos da bíblia são extremamente desagradáveis.

      Excluir
  24. A África escravizou a Europa durante séculos na península ibérica: A escravidão não era vista com horror no passado. Tanto é assim que os africanos sempre foram os primeiros a escravizar.

    ResponderExcluir
  25. A escravidão foi abolida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o capitalismo o retornou na forma de salário mínimo e politica de mercado.

      Excluir
    2. Karl Marx era um imbecil!

      Excluir
    3. Inteligente é você...

      Excluir
    4. Putz! Tem que aparecer um marxista pra acabar com a nossa brincadeira!! Marxismo é igual religião, e os marxistas tem o mesmo problemas dos religiosos: nunca mais conseguem analisar um assunto sem ser pela ótica cega da sua religião!

      Excluir
    5. Anonimo burro, eu postei essa resposta em nome de Karl Max, PRA PARODIAR TAMBÉM. Mas nem você soube levar a sua brincadeira pra frente, por causa do seu preconceito de ideologias.

      Excluir
  26. E eis que no mundo encantado do ateísmo, todos descobrem o que finalmente quer dizer aquela palavra... Anacronismo!!!

    Puxa, como é difícil ensinar estas coisas por lá!!

    O próximo passo agora é ensinar sobre contexto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí você aproveita e toma umas aulas também, não?

      Excluir
    2. Aí você aproveita e toma umas aulas também, não?

      Excluir
    3. Se você tentou justificar o uso da hermenêutica, deu um tiro no próprio pé, pois os intérpretes da bíblia contextualizam o que quer (como o caso, comer camarão) mas, a bel prazer proíbem o que quer (no caso, relacionamento homossexual). É tão absurdo que os dois casos citados estão dentro do mesmo livro. A bíblia é idiota, e a hermenêutica é, pra mim, somente uma forma de lobby.

      Excluir
    4. Como eu disse, é sempre muito difícil ensinar estas coisas no mundo encantado do ateísmo. Por exemplo, o caro Manoel está achando que eu estou tentando justificar o uso da hermenêutica. Ora, a hermenêutica nada mais é do que o estudo da interpretação de textos. Se ele leu este artigo ou meu comentário, ele usou um método hermenêutico para interpretá-los, mas curiosamente ele acha que o uso da hermenêutica precisa de alguma justificação...
      Claro, tudo isto por que ele é tão seletivo quanto os intérpretes da Bíblia que ele quer criticar. Se estivéssemos falando de metodologia científica, ele não daria um pio. Ele continuaria criticando quem emprega metodologia científica de forma errada, e elogiaria quem a segue corretamente. Mas como a hermenêutica é empregada na teologia, ele ignora se alguém emprega certo ou errado, ignora qualquer tipo de discussão hermenêutica e de forma totalmente antiintelectual a considera uma forma de lobby.

      É tão absurdo que os dois casos são representados na mesma pessoa...

      Mas era de se esperar isto. Como eu disse, estas coisas são dificilmente aprendidas no mundo fantástico do ateísmo.

      Excluir
  27. "Se algum sacerdote (católico ou protestante) estiver envolvido no passado em uma transação de trafico de escravo, toda igreja (católica ou protestante) tem que pagar o pato."

    ----------


    -A igreja tem que se retratar sim, pois a mesma instituição que vigorava antigamente vigora hoje, ou seja ela possui ligação direta com o passado. E no caso de Dawkins, ele não possui ligação nenhuma com seu ancestral, a não ser que ele participe de uma seita secreta, que vigorava antigamente e vigora até hoje, possuindo um link direto ao passado, caso contrário não há necessidade de Dawkins se desculpar.

    ResponderExcluir
  28. Para quem realmente acredita que "os pecados do pai recaem sobre os filhos até a terceira ou quarta geração" faz todo o sentido.

    Todo animal acuado apela pela sobrevivência. Assim é a religião agindo na mente dos fiéis.

    ResponderExcluir
  29. Então é isso? Vão condenar o Dawkins pelos pecados do tataravô dele? Patético!

    Isso não é nem um argumento, é uma justificativa!

    Pensem comigo. A Igreja, com essa acusação, praticamente assumiu toda a culpa pela apologia à escravidão contida no livro sagrados deles, e pela escravidão praticada e justificada pelo mesmo por séculos. Mas, ao invés de pedirem perdão como bons humildes que eles dizem que são, tentaram se justificar, acusando o Dawkins pelos mesmos crimes que eles cometeram no passado!

    Todos sabem que o Dawkins é terminantemente contra a escravidão, e nada mais proveitoso para seus inimigos (que não são poucos) do que acusá-lo deste crime que ele tanto abomina, através de um antepassado dele, assim como ele culpa a Igreja pelos erros que ela cometeu no passado.

    Só tem um pequeno problema nessa barganha, que é o seguinte. Eles condenam o Dawkins por erros que ele sequer cometeu, por um antepassado que ele nem conheceu, numa época que ele nem existiu!

    Os crimes cometidos pelo antepassado dele foram crimes só dele, e de mais ninguém, e é insanidade jogar a culpa pra cima do Dawkins por pecados de um ancestral dele. Isso não faz nenhum sentido! Mas os crimes cometidos pela Igreja foram crimes da IGREJA, de uma instituição, de uma seita, de um conjunto de ideias anacrônicas que ainda persistem hoje, e ainda por cima reverenciadas como sagradas. A diferença é gritante!

    Pra quem não entendeu, vou simplificar. Existe um abismo gigantesco entre você condenar uma pessoa porque seu antepassado era um nazista e condenar uma pessoa que É nazista e defende o nazismo. É a mesma barganha!

    Sem falar que o antepassado do Dawkins, que era um noble, possivelmente podia ter sido um cristão. Mas isso é irrelevante.

    ResponderExcluir
  30. "Falou que não pode ser responsabilizado por nada de seus antepassados..."

    Ou seja, não façam comigo o que eu faço com os outros.

    Pimenta não é refresco.

    ResponderExcluir
  31. Tah, agora me diz um, só um escravocrata que não era cristão!

    Sem falar que a igreja concordava muito bem com esta situação, tanto que os primeiros clérigos que chegaram ao Brasíl acreditavam que os índios que os índios não tinham alma o que evidentemente também levou a escravização dos mesmos. Nenhum cristão menciona isso!

    ResponderExcluir
  32. O mais engraçado é que essa intriga toda demonstra que os cristões não sabem ler. Dawkins usaou um trecho biblico que diz que a maldição dos pais recai ate a 3ª ou 4ª geração dos filhos. No desespero pra "virar o feitiço contra o feiticeiro", apontam um antepassado do cientista da 9ª geração?!?!? hauahuahuahuuah *fail again!

    ResponderExcluir
  33. O mais engraçado é que essa intriga toda demonstra que os cristões não sabem ler.

    Cristões? Rssss!
    -
    Mas enfim, ele continua fazendo escravos. Hahahaha. :D

    ResponderExcluir
  34. Estão querendo defamar o Dawkins , por pura hipocrisia quem nao ganhava em cima da escravidao naquela época? e ele nao tem culpa do que seus antepassados faziam , é a mesma coisa q culpar vc pelo crime que seus pais cometeram, nao sei por que esse assunto gerou tanta polemica, idiotice , ha coisas mais importantes para serem discutidas.

    ResponderExcluir
  35. O antepassado escravocrata de Dawkins era ateu ou cristão?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Colégio adventista expõe réplicas de dinossauros em evento criacionista

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Promotor nega ter se apaixonado por Suzane, mas foi suspenso