Polícia prende mais um pastor sob acusação de dar golpe em idoso

Azuágua 'limpou' a conta
bancária de um fiel de 83 anos
A Polícia Civil de Campo Grande (MS) prendeu o pastor Cosme Damião Gonçalvez Azuágua (foto), 52, sob a acusação de estelionato.

O pastor da Igreja Evangélica Pentecostal Água Viva “limpou” a conta bancária do fiel João Batista, 83. O idoso disse à polícia que deu o seu cartão bancário e senha ao pastor somente para uma pequena retirada.

No noticiário dos últimos dias, esse é o segundo caso de líder evangélico acusado de dar golpe em idoso. 

A polícia apurou que Azuágua tinha obtido de Batista procurações e que vinha preparando documentação para que o fiel fizesse a partilha de seus bens em vida. O pastor seria o beneficiário.

Com informação da Midiamax News.

 janeiro de 2012

Comentários

  1. Esse picareta merece ir prá cadeia, mas o velho idiota merece levar uma dura, só prá deixar de ser otário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudio, o idoso em questão tem 83 anos, algumas pessoas quando chegam nessa idade já não tem mais o mesmo discernimento.

      Excluir
    2. Quem deveria ter o discernimento não o teve. Abusar de idosos deveria ter a pena da Forca!

      Excluir
  2. Mais um pregador da moral e bom costume indo para o seu devido lugar a cadeia.

    Ignore os crente.

    Anderson
    Abçs

    ResponderExcluir
  3. É a vontade de deus !!!!!!!!!!

    Robson Kvalo

    ResponderExcluir
  4. Este Pastor não é um inciado.
    A Exploração do Gado não deve ser forçada.
    Os Grandes Mestres desta Arte agem apenas pelo convencimento.
    O Gado deve ser convencido de que cada passo é dado por sua própria e exclusiva decisão, e não por ação ou influência do Líder.E assim deve ser porque o Gado não encara seus próprios atos como injustiça.
    Somente aqueles que não dominam a arte da influência oculta, do convencimento, de levar o Gado a dizer 'sim' em qualquer circunstância serão penalizados.
    Devem se instruir e exercitar mais!

    ResponderExcluir
  5. Caramba, esses caras não têm escrúpulo nenhum!

    ResponderExcluir
  6. O Pastor Mestre sabe das coisas. Finalmente, um iniciado, entre nós! O problema é que ele divulga o que deveria estar guardado por e para pouquíssimos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisamos mais de segredos. Todos sabem o que queremos. Podemos revelar-lhes a maioria de nossos truques, mas mesmo assim não perderemos nosso poder sobre o povo. Nossas palavras, nossas músicas e nossa visão de mundo estão no fundo das mentes de pessoas simples. Todos aqueles que realmente fazem a sociedade funcionar: da cabeleireira ao mestre de obras e do presidiário ao juiz, nos emprestam suas forças assim que as requisitarmos. Quanto aos intelectuais que renegam nossa influência, são inofensivos; a maioria deles age como roedores espantados, que assaltam nossas despensas e fogem ao menor ruído.

      Nós estamos no Poder!

      Excluir
    2. Não estão não. Em breve o mundo ocidental ruirá. Os asiáticos dominarão o mundo. Os cristãos não serão mais cristãos e os evangélicos terão de encontrar outra forma de roubar. O negócio é assim: os países onde vocês estariam no poder, como os EUA, a influência de vocês já está muito fraquinha. A maioria da população americana já é a favor do casamento gay, por exemplo. Os intelectuais sempre vão dominar o mundo. Quem produz é intelectual, a força de manobra são os antigos escravos. O problema dos envanjegues é que nunca terão intelectuais legitimando seu discurso na academia. Nunca serão verdadeiramente respeitados. A ICAR, pelo menos, conseguiu isso durante anos. Já os evanjegues... Só questão de tempo para o ateísmo florecer sobre o domínio asiático e o mundo mudar de figura. Perseguidores poderão passar a perseguidos.

      Excluir
  7. Vejo isso na televisão todo dia.

    ResponderExcluir
  8. Religião para que serve? para P-O-R-R-A nenhuma! mil vezes uma balada para conhecer algumas gatinhas a uma igreja cheio de alienados representados por um líder estúpido!

    ResponderExcluir

Postar um comentário