Pular para o conteúdo principal

Para vereador, pai-nosso formará ‘cidadãos melhores’

O vereador Alzimário Belmonte Vieira (PP), 49, de Ilhéus (BA), afirmou que a sua lei do pai-nosso nas escolas vai possibilitar a formação de "cidadãos melhores". A partir deste ano, os 26 mil alunos do ensino municipal vão ter de rezar todos os dias antes das aulas.

“O pai-nosso despertará o interesse pela importância da oração em nossa vida", disse o vereador à Folha. Em uma entrevista anterior, falou que agora os estudantes terão como “chegar a Deus”.

O professor Gurita, como é chamado porque deu aula de educação física, disse ter escolhido o pai-nosso porque se trata da oração de todos os cristãos. Ele é devoto da Igreja Batista.

Gurita afirmou que não haverá punição aos alunos que não quiserem rezar porque “o Estado é laico”. “Não haverá punição de jeito nenhum.”

Professores e juristas têm afirmado que a lei é inconstitucional justamente porque o Estado é laico.

Para Roseli Fischmann, da Universidade Metodista de São Paulo e da USP, por exemplo, a lei é tão absurda, que não entende “como uma coisa dessas” pode ser aprovada. “A lei causa constrangimento e viola a liberdade de consciência dos alunos."

A lei foi sancionada no mês passado pelo prefeito Newton Lima (PT). Diante da repercussão, ele estaria estudando um jeito de invalidar a decisão. Lima tem evitado os jornalistas.

Com informação da Folha de S.Paulo e deste blog.

Comentários

Anônimo disse…
“Essa tal de nova religião não passa de um bando de ritos e cânticos esquisitos criados para arrancar dinheiro dos trouxas. Agora vamos rezar o Pai Nosso 40 vezes, mas antes vamos passar a sacolinha.” Reverendo Lovejoy, em “Os Simpsons”
John Constantine disse…
O que produz cidadãos melhores é EDUCAÇÃO !

Educação de qualidade, com formação moral e ética, professores preparados, escolas com infra-estrutura adequada, material de estudo disponível, relação cordial entre aluno e professor, rigor na punição para casos de bullying, investimentos planejados do Estado, responsabilidade por parte do diretor, etc.

Nao é rezando um Pai Nosso que vai formar cidadãos melhores... esse vereador esta vivendo no Planeta Bíblia, nao no Planeta Terra.
Anônimo disse…
O QUE? Só pode ser brindeira. Eu estudei em colégio católico, onde temos que rezar essa bosta todos os dias e um colega meu daquela época virou traficante. Fala sério, o Estado é mesmo laico? Eu acho que não, pregam crucifixo em repartições públicas, a frase da nota de real e ainda querem que os alunos rezem nas escola, isso é um ditadura religiosa.
SATANÁS disse…
deixa ver se eu entendi: rezar pai nosso faz as pessoas serem melhores, com caráter, etc. uma sugestão: que tal obrigar a rezar o pai nosso antes de cada sessão no congresso? garanto que teremos políticos melhores, honestos, comprometidos com as necessidades do povo. religião= deretendo neurônios desde sempre!!! que lei idiota!! tenho é pena do povo de ilhéus em ter representante desse nível!!!!!
Lucas disse…
Hitler rezava o pai nosso todas as manhãs :DDDD
Paulo Fetter disse…
Concordo com você John Constantine.Ótimo argumento.
Raphael. disse…
Uma lei sem sansão é, antes de tudo, desnecessária. A Lei não tem o papel de tornar melhores os cidadãos. Apenas de reprimir atitudes erradas ou que indiquem desarmonia social. Nada contra, é útil e eficaz. Mas, não se pode esquecer, todo ser humano tem o direito de pensar no que quiser e acreditar no que quiser.
Wallace BS disse…
Nossa, que crime inafiançável esse... Esse povo ateu se levanta à uma contra uma besteirinha dessas, mas cadê ninguém aqui se manifestando contra as porcarias que nossas crianças são obrigadas a assistir na TV???? E que tal a venda de bebidas alcoólicas, cigarros, brinquedos em forma de armas e todo conteúdo pornográfico????
Como disse Jesus: coais um mosquito e engolis um camelo!
Anônimo disse…
Wallace,ser contra a lei inconstitucional do pai-nosso não significa ser a favor da baixaria da TV, do consumo de drogas, etc. Deixa de ser um binário boçal.
Anônimo disse…
Este tipo de mente doentia deste vereador é um grande mal para humanidade, parece coisa inocente rezar um pai nosso mais não é, crianças devem ser respeitadas e não incumbir na mente delas a ideia de um deus e ainda mais do deus violento que gosta de sacrificios ,que mata uma humanidade inteira num diluvio e etc, me constrange saber que existe tantos juizes e promotores advogados e este tipo de coisa continua acontecendo mesmo diante da sua total inconstitucionalidade.
Anônimo disse…
Paulo Lopes; sou fã do seu Blog a muito tempo e a cada dia que passa fica melhor. Só por curiosidade; seu sistema de comentários ficou show de bola; mas poderia dizer qual o nome dele? Sabe como é... Existem vários; mas este é simplesmente demais...

Um Abraço
Anônimo disse…
Isto é teocracia onde dogmas religiosos é impostos sobre forma de lei , causando obrigariedade de um orgão publico a manifestar a fé no deus hebraico ,obrigando professores a todos dia a cumprir esta lei.
Paulo Lopes disse…
Eu uso a plataforma Blogger, que, finalmente, resolveu fazer um upgrade no sistema de comentários. Abs.
Anônimo disse…
Crentes sem ética querendo impor sua loucura.
Anônimo disse…
É obvio que a criança que não rezar junto com os outros vai sofrer constrangimento, e ainda vão olhar torto para ela. Criança é fogo, qualquer coisinha diferente já é motivo pra chacota.

Esse verador não tem mínimo de bom senso, ou é um cara de pau mesmo.
Queria ver se ele fosse professor, e fosse obrigado a rezar qualquer coisa de outra religião que não fosse a dele, ou que seu filho tivesse que ficar calado sem fazer nada, enquanto louvam Alah, Ogun e etc.

Outro detalhe, dúvido que "pai nosso" seja uma reza de todas religões cristãs.
Rodrigo*
Gurita afirmou que não haverá punição aos alunos que não quiserem rezar porque “o Estado é laico”. “Não haverá punição de jeito nenhum.”

- Quero ver isso na prática!

Meu professor de matemática orava e rezava o Pai-Nosso todo começo de aula, e nós tinhamos que acompanhar. Eu me levantava e ficava em silêncio por puro respeito, mas não pronunciava uma palavra. Achava isso uma grande palhaçada.

Mas eu quero saber com que fundamento ele diz que isso vai fazer "cidadãos melhores"?
Wesley disse…
Ridículo isso, e assino embaixo da afirmativa: " a lei é inconstitucional justamente porque o Estado é laico." e ponto
Anônimo disse…
Isto só mostra o quanto a religião atrasa nossas vida.
Anônimo disse…
Vamos considerar algumas coisas:
1) O legislativo brasileiro tem a mania feia de entrar em areas que nao diz respeito a ontologia de uma lei. É o mesmo que sair uma lei que obrigue a comer frutas pq faz bem. Se eu como frutas, se rezo, mijo fora da tampa, isso sao coisas de foro intimo, não é res publica por isso a lei exorbita de seu direito

2) O estado é laico e nao cristao.
3) Vamos trocar o pai nosso por uma reza a Alah , como se sintiria os cristaos? Alah é grande!
4) Nao há pesquisas que sustentem que quem reza mais é mais isso ou aquilo, que sociedades que rezam muito sao isso ou aquilo. Rezar um credo (lembrando que as vezes nem se pensa no que esta falando) nao muda nada .
5) O estado nao pode inflingir uma religiao a alguem . Laico é diferente de Ateu. Uma coisa é dizer na aula que deuses nao existem, outra é nao falar do assunto, ou falar sobre todos eles.
6) Os efeitos da lei podem ser danosos para filhos de familias budistas, mulcumanas (Alah é grande), ateias . Pode ser danoso por alimentar o pensamento binario.

Concluindo

A lei é inconstitucional, foge da ontologia da lei ( entao é atécnica) , burra , preconceituosa. Até mesmo para um religioso.

Alah é grande.
Anônimo disse…
Queria ver os crentes serem obrigados a fazer um despacho antes do começo das aulas.
Allan disse…
O Estado é Laico!
Religião não se estuda nas escolas! Meu filho não é obrigado a aprender algo que ele nem sabe, pois ele tem 5 anos!
E quem deve influenciar em sua crença sou eu e ele mesmo! Nós mostramos os caminhos, e eles escolhem o melhor pra eles! Religião nas escolas é alienismo! Querem dominar a cabeça de inocentes com temas contraditórios aos modernos e temas preconceituosos e racistas! Sou Contra o ensino religioso nas escolas publicas! Eu ensino o meu filho do jeito que eu quiser! Ensinem Filosofia e assustos sobre a natureza! Ensinem a reciclar! Ensinem a respeitar os outros! Ensinem sobre as leis! Ensinem coisas UTEIS! Politicos evangelicos idiotas!
Anônimo disse…
Ou entao, que ensinem sobre a historia e a natureza de todas as grandes religioes. ai sim!
Anônimo disse…
Rezar não é obrigação de nenhum ser humano e de forma nenhuma pode ter uma lei que obrigue as pessoas a isto. Rezar e ter fé é uma coisa de foro intimo e não pode ser institucionalizado obrigando pessoas a isto, escola é lugar de aprender não de rezar, eles deviam se preocupar com o ensino publico pra que quando chegassem no colegial já soubessem falar fluentemente dois idiomas e isto não é impossivel basta ter vontade.
Conspiratus disse…
Aqueles de vocês, perdedores, que vierem a evoluir em pensamento, hão de perceber que não há nada melhor que ter à sua disposição uma multidão de crédulos, capazes de suportar qualquer martírio em prol de suas crenças. Basta que, camufladamente, associemos nossos interesses com tais crenças e essa massa de idiotas passam a defender nossos interesses, indiretamente. Diversos líderes do passado fizeram isso, o mais importante foi Constantino.
A Lógica é simples: a maioria dos homens nasceu para ser soldado ou operário; a riqueza, a glória e o Poder cabe aos poucos que foram devidamente preparados, estimulados e orientados para tal.
Assim, a maioria deve, sim, ser ensinada a rezar o "Pai Nosso". Aos futuros líderes do Mundo deve ser ensinado noções de economia e finanças, política e estratégia; a esses poucos futuros líderes deve ser incentivado o desenvolvimento de um raciocínio profundo sobre como manejar a multidão de soldados e operários que serão seus súditos.
Conspiratus disse…
Paulo Lopes, seu humano limitado, o relógio do seu servidor está errado!
Anônimo disse…
O servidor é do Blogger, sua besta.
Israel Chaves disse…
O incrível é que mesmo essas coisas sendo totalmente inconstitucionais, ainda passam e são aprovadas. E tudo porque quem deveria fiscalizar, tem interesse pessoal na lei.
Enquanto houver políticos que legislam em causa própria, nosso país não vai avançar. Não é que políticos não possam ter suas religiões. Mas deveriam saber separar as coisas e não deixar sua vida pessoal interferir no seu trabalho; o que sabemos que não acontece. Políticos que fizessem esse tipo de coisa deveriam ser imediatamente afastados, mas tudo nesse país protege políticos e religosos. É um grande fast-food de "crie suas lei favoritas e não sofra consequências caso elas sejam totalmente tendenciosas".
Avelino Bego disse…
P.. que o pariu!

Da onde esse santo veredador tirou essa ideia ridícula????
m disse…
religião=contradição
Avelino Bego disse…
John ConstantineJan 17, 2012 02:53 AM
O que produz cidadãos melhores é EDUCAÇÃO !

Educação de qualidade, com formação moral e ética, professores preparados, escolas com infra-estrutura adequada, material de estudo disponível, relação cordial entre aluno e professor, rigor na punição para casos de bullying, investimentos planejados do Estado, responsabilidade por parte do diretor, etc.

Nao é rezando um Pai Nosso que vai formar cidadãos melhores... esse vereador esta vivendo no Planeta Bíblia, nao no Planeta Terra.

---------------------

Xeque-mate!

Fatality!
m disse…
Prosilitismo religioso...
Igor disse…
Pois é!

Só o fato de a pessoa ter que se destacar diante os demais para não rezar é um constrangimento que viola a liberdade de crença do indivíduo.

Fora que a afirmação dele (do Gurita) foi de uma enorme contradição e ignorância: reconhece que o Estado é laico, mas propõe uma medida contra a laicidade.
Anônimo disse…
Mais uma prova da ditadura teocrática que querem empurrar goela abaixo das pessoas.Desde pequenos todos devem aceitar a religiãozinha autoritária deles a pulso!.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
O estudo leva ao conhecimento, mas Deus proibiu Adão e Eva de terem conhecimento, o conhecimento do bem e do mal e se todo mundo pensar que o poder vem de Deus, então na hora da eleição, todo mundo tem que votar em branco.
Não precisa haver o "Planeta Bíblia", caro amigo, muito menos esse seu preconceito anti-Bíblia que é nada mais que um ad hominem extremamente desaconselhável, porque logo contra um livro como a Bíblia. Ora, a Bíblia diz que prepara com perfeição o obreiro e a mesma Bíblia recomenda a Oração Dominical (Pai Nosso, como dizem os leigos). Logo, se os alunos buscarem o reino de Deus e a sua justiça, como também ensina a Bíblia, ao orarem seriamente o Pai Nosso, será que como obreiros preparados os alunos e a escola toda não estarão preparados com perfeição para que todas as coisas (necessárias para a vida e enumeradas por você como a Educação e etc.), como profetiza a Bíblia, por acaso deixariam de serem atendidas por Deus?

Mesmo que a Lei do Pai Nosso pareça desafiar o Estado laico, mau nenhum fará, concorda? Sem preconceitos anti-Bíblia, responda-me, ok?
Anônimo disse…
A questão é o respeito as diferenças (algo que claramente você não entende). A religião não pode ser imposta, segue essa coisa esquisita quem quer. O estado laico significa que nem a religião entra no estado e nem o estado palpita sobre religião. Entendeu ou quer que desenhe ?
Se permanecer em dúvida sugiro-lhe o seguinte: que tal o estado obrigar cursos sobre a evolução durante as missas de domingo ?
Anônimo disse…
Isso mesmo. Por essa razão o estado deve ser laico.

Crentes são leeeeeeentos
Este comentário foi removido pelo autor.
Este comentário foi removido pelo autor.
Caro amigo Anônimo, perdoe-me, mas você é que eu acho que não entendeu meu ponto de vista. Apenas reivindiquei a proeminência da Bíblia na própria Ciência e em nossa cultura. Saiba que já há estudiosos americanos que se debruçam há décadas a respeito, por exemplo, das reivindicações autoautenticadoras da Bíblia o que em muitos casos haveria omissão a respeito de tais reivindicações em famosos livros religiosos que há no mundo. Outro exemplo da importância da Bíblia é que tais estudiosos chamados de escrituralistas na Filosofia, consideram a incontornável existência do Deus da Bíblia, porque baseados na própria revelação bíblica que é superior à toda humana especulação. Apenas isso, ok?

Note que o discurso ateu vai contra o próprio Estado laico tão defendido por ateus, pois se o Estado é laico, por conseguinte, não deve interferir nos debates religiosos a favor desta ou daquela religião em particular, tampouco pode impedir que as religiões se manifestem. Por outro lado, por que não poderia o Estado promovê-las, também, com dinheiro e leis? Nós, os religiosos e vocês ateus financiamos o Estado. Nada impede. Basta evitar o favoritismo.

Quanto a cursos de evolução durante missas, bem, não pertenço à Igreja Romana, pois sou protestante, mas sei que o Stº Padre Papa João Paulo II obrigava o ensino do evolucionismo darwinista na Igreja de Roma, o que não é nada errado - ao menos filosoficamente, pois há o conceito de enteléquia desde a Antiguidade Clássica - já que nem mesmo Charles Darwin, o criador do design inteligente ou da ideia de Deus nas teses evolucionistas dele pregava a evolução sucedendo à criação divina nos ditames do Deus da Bíblia.

Missas, sermões, seminários católicos e evangélicos, cultos protestantes, todos sempre falarão de um certo evolucionismo que, por sinal, é mais antigo que Darwin remontando à Antiguidade, como escrevi antes.
Anônimo disse…
Pai-Nosso Para As Escolas Brasileiras

Pai-Nosso que está no Planalto
Livre-nos da opressão de seus Servidores.
Não permita que tiranos ajam como uma ex-
primeira dama... Ela desviou recursos da
nossa merenda e comprou calcinhas eróticas.
Lembre-se de nós, suas criancinhas e nos li-
berte dos velhos safados, que em suas cuecas
podres enfiam o pagamento de nossos professo-
res e professoras.
Sobetudo, lhe rogamos que melhore sua medíocre
teocracia aí no Planalto.
Rogamo-lhe apenas isso, pois reconhecemos que Seu
é o Planalto, o podre poder e a suja glória.
De todo Brasil Lhe rogamos. Amém.


Anônimo disse…
Meu caro colega vereador, realizavam orações na escola onde eu estudava e cá estou, boa cidadã, ateia e na luta pelos direitos da mulher. Beijos

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Hackers invadem conta de Malafaia e doam R$ 10 mil à Cruz Vermelha

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19