Rio gasta R$ 2,9 milhões no festival evangélico da Globo

Foi Malafaia que sugeriu à Globo
a realização do Promessas
A prefeitura do Rio gastou R$ 2,9 milhões com a infraestrutura do Festival Promessas, de músicas gospel, realizado no dia 10, um sábado, no Aterro do Flamengo para a gravação de um especial da Rede Globo. Os gastos foram calculados para um público de 200 mil pessoas, mas compareceram apenas 20 mil, embora a apresentação tivesse incluído as principais estrelas desse tipo de música.

Os gastos são questionáveis primeiro porque a prefeitura financiou um evento de caráter religioso, o que a Constituição impede por se incompatível com o Estado laico, e, segundo, os recursos públicos beneficiaram uma emissora TV do setor privado.

O festival vai ao ar hoje (18) a partir das 13h. Temendo a repetição do fiasco na audiência da emissora, a cantora e pastora Ana Paula Valadão e o pastor Silas Malafaia fizeram apelo aos fiéis para que não deixassem de ver o programa.

A Folha de S.Paulo informou que Promessas surgiu de uma sugestão que Malafaia fez em 2010 a João Roberto Marinho, vice-presidente das Organizações Globo. A sugestão “coincidiu com intenção antiga de se aproximar mais do segmento gospel”, de acordo com informação da emissora. O mercado gospel movimenta cerca de R$ 2 bilhões por ano.

Malafaia disse que a plateia do Promessas foi abaixo da expectativa porque os evangélicos estão “desconfiados” com a emissora por estarem “apanhando” dela há anos. “Globo tem doutorado em tecnologia, mas em mundo evangélico é analfabeta.”

Entre outras coisas, os evangélicos teriam ficado ofendidos com a referência do noticiário da emissora aos “ídolos” gospel porque eles rejeitam a idolatria.

Com informação da Folha de S.Paulo

Caldeirão do Huck confirma adesão da Rede Globo à música evangélica.
dezembro de 2011

Rede Globo produz pela primeira vez mensagem para o Dia da Bíblia.
dezembro de 2011

Religião na TV.     Religião no Estado laico.

Comentários

  1. O Ministério Público tem o DEVER de mover duas ações judiciais: uma penal por crime de prevaricação por parte dos funcionérios públicos cariocas que autorizaram os gastos. A outra, de natureza cível, cujo objetivo é recompor o erário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peraí...a prefeitura jamais poderia ter esse gasto que vai contra a Constituição (laicidade do Estado). Ok. Mas meu amigo Paulo, o dinheiro da prefeitura pode ir sim, para uma emissora de TV! Veja um exemplo: a PETROBRÁS faz publicidade de graça? Não. Desde sempre empresas públicas pagaram - e bem- a publicidade de estatais. Nada de errado.Ou vcs querem que a Globo, SBT, Band faça publicidade de graça só pq é uma concessão publica? Não!

      Excluir
    2. Continuando...acho que não fui clara. A prefeitura, o Estado NÃO PODEM GASTAR DINHEIRO COM RELIGIÃO NENHUMA. Masa Globo é uma empresa com fins lucrativos e tem que receber de algum lugar. Deveria receber das igrejas. O erro não está em ela receber (não interessa de onde venha) o erro está em o dinheiro ser da prefeitura!

      Excluir
  2. A Rede "Bobo", a pombagira da Ana Paula Valadão e o 'closeted' do Silas Malafaia estão com a CARA NA POEIRA. Fiasco total hahahahaha
    .
    No mais, concordo com o comentário acima. Dá-lhe MP agora.

    ResponderExcluir
  3. Ao Ilustre Elcio Domingues...Caro colega, tenho a vos dizer o seguinte: concordo plenamente, mas faça como eu, se isto te incomoda tanto( a mim, sim) e voce se sente tão prejudicado como cidadão, afinal este money poderia ser investido em obras necessárias, faça o seguinte.
    Entre no site do MPF do rio ou PRG de brasilia e lá tem um campo "Denúncia"
    faça. não fique só chateado, reclame, voce, e todos os que se sentem prejudicados com situações como estas, dever reclamar.
    o MPF ou a PRG, com várias denúncias, não tem commo não agir.
    saudações
    wrl

    ResponderExcluir
  4. desculpe, entende por PRG Procuradoria Geral da República. então PRG

    ResponderExcluir
  5. IIII. desculpem esta minha dislexia tá complicada é PGR

    http://www.pgr.mpf.gov.br/

    ResponderExcluir
  6. Mais uma merda vinda do Malafaia.

    Prefiro ouvir System of a Down.

    ResponderExcluir
  7. Kakaka tem uma mulher cantando que parece que esta dizendo bééééé bééééé que é isso LOL

    ResponderExcluir
  8. vcs deveriam se envergonhar, pois sem Jesus e sem as orações feitas pela igreja evangélica por esse país, viveríamos em um submundo como o pior dos países do mundo. A música evangélica trás o que para a vida de cada cidadão brasileiro a não ser paz, compaixão, amor... enquanto vcs desejariam que a Globo transmitisse músicas que fazem alusão ao tráfico, destruição entre outros, que é o caso dos funks e outros ritmos ridiculos.... vcs são muito ironicos.....

    ResponderExcluir
  9. Isso é o que chamamos de COMÉRCIO ILEGAL DA FÉ!

    ResponderExcluir
  10. Depois esse charlatão de quinta ainda vem falar de ONGs gays.Que moral Malafraudulenta tem para falar de ninguém?

    ResponderExcluir
  11. Bota o MP pra cima deste traste!

    ResponderExcluir
  12. Prezado "wrl" agrdeço a sua "orientação", mas ela é absolutamente desnecessária. O foco aqui não é o que EU devo fazer, mas o que os Poderes da República devem, entendeu? Aliás, tão ou mais sabedores das irregularidades do que nós todos.
    Abraços ao psicólogo e grande líder espiritual vitorioso em Cristo. Extensivo à cantora!

    ResponderExcluir
  13. E no intervalo do programa, lá vai o Silas vender produtos ;-)

    ResponderExcluir
  14. Isso me incomodou muito! Jah registrei uma denuncia no site do mpf... não sei se adianta mesmo, mas não podemos simplesmente assistir essa palhaçada!

    ResponderExcluir
  15. Cada cantor mediocre com musicas mediocres, isto só faz engrossar a lavagem cerebral nestas mentes emo que não pensam. Só o silas maracutaia gosta disto ai $$$

    ResponderExcluir
  16. "vcs deveriam se envergonhar, pois sem Jesus e sem as orações feitas pela igreja evangélica por esse país, viveríamos em um submundo como o pior dos países do mundo."

    Hahahahahaha! Pode então me explicar porquê o Japão, onde menos de 1% da população é cristã, é uma dos países mais desenvolvidos do mundo?

    Por favor guarde sua fé para si. Nem todos precisam de bengala para viver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa! Manda ela dá uma olhadinha no idh do mundo que ela vai ver uma coisa.......

      Excluir
  17. Creio q seja esse o link para denuncias ao MP:
    http://2ccr.pgr.mpf.gov.br/formulario/denuncia/index.htm

    ResponderExcluir
  18. A palavra de Deus diz em efesios 6ves. 12 a nossa luta nao é contra carne e sangue mas, sim contra os principados e potestades, contra os principes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade nos lugares celestiais. E a boca fa do que esta cheio nao coraçao. Pobre coitados nao sabem nem o que diz nem o que fazem. Que Deus tenha misericordia de vossas almas.

    ResponderExcluir
  19. Deus é soberano, ele faz como quer, onde quer e com quem quizer, nao, tem que pedir autorizaçao de ninguem porque, ELE É DONO DE TUDO QUE EXISTE NO CÉU E NA TERRA. O fim de quem nao acredita nisto esta proximo. Ele é e ponto final

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sabia que o Universo e nosso planeta tinha escritura de propriedade. Seu deus se esconde muito bem, hein!?

      Excluir
  20. Acho que n foi + gente pq faltaram altas bandas e cantores + massa!!

    ResponderExcluir
  21. Ai daquele que toca na menina dos meus olhos, meus ungidos. Cuidado vcs estao mexendo com o pvo de Deus. Pra o povo de Deus o mar se abriu e eles passaram com os pés enxutos, Deus de ontem é o mesmo de hoje ele nao mudou. Ele conhece cada uma das suas criaturas e seu povo ele trata com Amor.

    ResponderExcluir
  22. No Brasil se faz tanta merda sempre gastando milhões´e qdo se faz algo desse tipo pra louvar a Deus tem uns idiotas que ficam ofendidos, não concordo com agastança de dinheiro, mas vcs preferiam ver a Regina Casé dançando funk...Deus merece toda a glória e todo o louvor.

    ResponderExcluir
  23. Não importa se com muito ou com pouco, o que importa é que estamos ganhando terreno para glória de Deus. E isso para desespero de alguns. Cristão.

    ResponderExcluir
  24. "Pra o povo de Deus o mar se abriu e eles passaram com os pés enxutos..."

    É mesmo? Você estava lá para ver? Ou conhece alguém que esteve lá??? :D

    Como tem gente ingênua e fácil de enganar nesse mundo...

    ResponderExcluir
  25. "... nao, tem que pedir autorizaçao de ninguem porque, ELE É DONO DE TUDO QUE EXISTE NO CÉU E NA TERRA..."

    Então ele que venha aqui fazer show com o dinheiro dele, e não com o meu.

    ResponderExcluir
  26. "No Brasil se faz tanta merda sempre gastando milhões´e qdo se faz algo desse tipo pra louvar a Deus tem uns idiotas que ficam ofendidos..."

    Concordo plenamente que é bem melhor um show de louvor à deus, qualquer que seja o deus, é bem melhor do que funk, só não faça nenhum dos dois com o meu dinheiro.

    ResponderExcluir
  27. "Não importa se com muito ou com pouco, o que importa é que estamos ganhando terreno para glória de Deus. E isso para desespero de alguns."

    Claro, é deseperador ver como cresce o número de pessoas que acrditam em contos de fábula.

    ResponderExcluir
  28. "Ele conhece cada uma das suas criaturas e seu povo ele trata com Amor."

    E para o resto o inferno, certo? Quanto amor tem seu deus...

    ResponderExcluir
  29. Não convidaram o católico global padre Marcelo Rossi?

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  31. há desculpas e justificativas para tudo
    até para fiasco total é por causa da aversão à idolatria
    essa foi ótima

    bem feito pra Globo
    ouvir o capeta dá nisso

    e cadê o MP para investigar a Prefeitura do Rio?

    ResponderExcluir
  32. "SE FOSSE UM EVENTO DE PAGODE OU, MESMO PARA O CARNAVAL NINGUÉM IRIA SE IMPORTAR QUE FOSSE COM O "DINHEIRO PÚBLICO"..."

    Que tal pegar uma parte do seu dízimo e realizar um evento ateu? Não? Não concorda com os princípios ateístas? Pois é, eu também não gosto que gastem meu dinheiro com coisas com as quais não concordo.

    ResponderExcluir
  33. Droga.. perdi 2 minutos da minha vida lendo esse texto inútil e burro, cheio de achismo e sem base nenhuma.

    ResponderExcluir
  34. @Rafa

    Indenpendente das pontas soltas no artigo, o pior achismo aqui são os evangélicos achando que não tem problema usar o dinheiro do público (que não é feito só de evangélicos) para louvar à deus.

    O estado é laico!

    ResponderExcluir
  35. CHORA crentaiada!! Adoro ver eles preocupados/revoltados/descontentes com o fiasco pagaram. hahahaha

    ResponderExcluir
  36. Esse evento foi um desrespeito ao cidadão. O brasileiro que terá que arcar com as despesas do estádio do Corinthians (estádio particular), também financia show de louvor. Para os evangélicos que não possuem a sensatez para entender o problema da questão, vale lembrar que o Brasil é um estado laico desde 1889 com a Proclamação da República, portanto não cabe ao poder público "bancar" e nem professar nenhuma crença ou religião, independente de qual seja. Um evento com dinheiro público para louvar os deuses da Umbanda ou do Hindu, com certeza desagradaria boa parte dos brasileiros, o mesmo deveria valer para os protestantes, católicos, judeus, muçulmanos, budistas. Independente da religião ou fé que professa, ou se mesmo não tem nenhuma, todos nós somos contribuintes e merecemos respeito quanto a aplicação dos recursos estatais.

    ResponderExcluir
  37. NÃO FOI FIASCO...NÃO IMPORTA SE EU OU VC NÃO ESTAVA LÁ; MAS JESUS O DONO DA FESTA ESTAVA, NÃO NOS CHAME DE CRENTES, PORQUE MAIOR CRENTE QUE O DIABO NÃO EXISTE; NOS SOMOS CRISTÃOS...SOMOS DE CRISTO.

    ResponderExcluir
  38. "MAS JESUS O DONO DA FESTA ESTAVA"

    Tirou foto dele? Coloca o link aqui! Ah, e não esqueça de falar para ele devolver o dinheiro.

    ResponderExcluir
  39. Rede Esgoto em joint-venture com a Mala-Que-Fala: haja estômago!

    ResponderExcluir
  40. O casamento de sempre política e religião. A mais duradoura das relações... Só que agora é o trio amoroso,a mídia. Vamos tocando os gados de manobra. Investe na saúde psicológica, a carência faz isso. Buscar fora o que precisa resolver dentro. Ouvi o intimo, fica dando trela p/ qualquer bandido... quadrilha: deus tá vendo -ironia. O dia que deus descobrir que esão cobrando dízimo em nome dele,vai querer receber com juros e dividendo.

    ResponderExcluir
  41. O mais engracado eh ver os evangelicos vindo defender suas crencas quando nao eh isso que estah sendo questionado.
    E a afirmacao de que sem a oracao dos evangelicos, o Brasil seria submundo, bla bla bla, explique porque os lugares com a populacao mais feliz e satisfeita do mundo sao os paises com a maior porcentagem de agnosticos/ateus (como Dinamarca e Suecia)? Ou paises onde nao ha praticamente cristianismo (como Japao) que vivem muito bem, obrigado? Cada falta de argumento de evangelicos que eu sou forcado a continuar achando que a grande maioria eh realmente ignorante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não!! Eles são burros mesmo............. E se você for investigar a fundo irá perceber que eles não gostam de ciência.

      Excluir
  42. As prefeituras e governos do Rio, São Paulo e tantos outros locais pelo Brasil afora (além do governo federal) gastam dinheiro com parada gay, futebol, shows e outras baboseiras particulares e os chorões não reclamam.

    ResponderExcluir
  43. Hitler ganhando espaço... Lembrem-se: ele TAMBÉM citava a bíblia direitinho em seus discursos e ganhou adeptos q o defendiam cegamente!!

    ResponderExcluir
  44. Eu sou evangélico. Sou contra gastar do dinheiro público em mega-shows gospel, como foi o Festival Promessas.

    O evento deveria ter sido pago pela Globo, ou senão financiado pelos interressados,evangélicos amantes da música gospel,igrejas,Malafaia,etc.

    Mas ! O problema é que os evangélicos brasileiros tem a mesma cultura do restante do povo (ateus,secularistas,macumbeiros,católicos,agnosticos,etc).
    Neste ponto são muito parecidos com os demais,pois também tem a cultura de depender de quase tudo do Governo.

    Vai fazer algo ! Que tal pedir ajuda á Prefeitura,ao Governo do Estado ou Governo Federal.
    Por isto como o restante da população não se importão com a ENORME CARGA TRIBUTÁRIA ENCIMA DE SEUS OMBROS.

    Agora uma critica. Aos os que condenão os evangélicos por aproveitarem de Dinheiro Público. (Nisto , até vocês estão certos)

    Mas ! O DINHEIRO PÙBLICO vem sendo gasto há muito tempo e em grande quantidade para promover CARNAVAL,shows populares e até PASSEATAS GAYS.

    A respeito de PASSEATAS GAYS, já vi que os Ateus apoião muito os homossexuais.

    Será que os Ateus condenarião os gastos de dinheiro público gasto em PASSEATAS GAYS e de CONFERÊNCIAS NACIONAIS LGBT ?

    http://juliosevero.blogspot.com/2011/12/conferencia-nacional-lgbt-inicia.html


    Eu acredito que não ! POIS VOCÊS ESTIVERÃO SILENCIOSOS ATÉ AGORA !!!!!!

    Vocês ateus são muito bons para apontarem os defeitos,erros dos outros.

    Agora quero ver o que dirão.

    Nil Soares

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Defendemos os homossexuais porque eles são humilhados por vocês. E eles só terão ainda mais força quando se tornarem ateístas........ A propósito, você está usando um computador por causa de um gay, sabia? Pesquise sobre Alan Turimb.

      Excluir
  45. Nil Soares,

    Quanto às passeatas gays e carnaval, apesar de eu particularmente ser contra, não vejo ofensa à laicidade do Estado.
    Você cita isso como uma coisa 'errada', como provavelmente é para você. Mas não é. Os direitos que se conquistam através de uma intensificação no esforço para se projetar na mídia, e com isso na opinião pública, forçando o Estado a tomar providências a respeito não são errados. Os homossexuais, por conta da ideia de 'errado' trazida pelos seus simplesmente são vistos como aberrações e têm DIREITOS negados! Vê o quão obsceno é isso??? NINGUÉM, absolutamente ninguém pode ser afastado do apoio do Estado, principalmente em se tratando de pessoas que não têm 'culpa' de ter orientação sexual diferente.

    O problema, caro amigo, é o que lemos acima. O favorecimento de uma religião com dinheiro público é CRIME, pois ofende um princípio constitucional. A sua religião limita comportamentos e impõe valores que nem sempre são adequados para mim ou qualquer outra pessoa que discorde da sua religião, tenha ela outra ou não. E o fato de eu discordar, ou do Estado não dar dinheiro público para que os seus realizem um evento religioso não cerceia direito algum, simplesmente porque vocês NÃO O TEM.

    Ninguém é obrigado a enaltecer Jesus, Deus, Alá, Krishna ou qualquer outra divindade. E ninguém pode colocar nenhum desses deuses à frente do Estado, que é LAICO. Não se trata de pessoas que não têm direitos ou que são rejeitadas pelo Estado, e sim de pessoas que querem meramente satisfazer caprichos religiosos. O BRASIL NÃO É UM PAÍS CRISTÃO.

    Abraço

    ResponderExcluir
  46. Nil Soares....
    Aprenda a redigir um texto primeiro pra poder publicá-lo na internet...
    Sua escrita denota muito bem que você não entende nada...

    ResponderExcluir
  47. PastorMalafaia Ė assim que
    Deus faz. Quando os que
    deveriam abrir as portas
    fecham, Deus usa os impios
    para glorifica-lo.

    Olha o que disse o sifas maracutaia da globo. A record negou o festival

    ResponderExcluir
  48. O carnaval é uma festa popular não é uma festa religiosa, agora eles não podia pegar o dinheiro publico e fazer uma festa cristã por exemplo porque isto fere o estado laico, passeata gays também precisam da ajuda do governo é uma forma de conscientizar a humanidade dos direitos deles é uma festa humanitaria de uma minoria que precisa de voz e apoio do governo . Agora se fosse pra ajudar os gays a promoverem a festa de adoração a cristo, estaria errado porque fere tambem o estado laico .
    Agora se o governo gasta promovendo uma festa que abrange todas diversidades religiosas isto é laico e poderia ser feito. Agora o festival promessas cade os tambor ,cada as cantoria de outras religiões? portanto mais uma vez chutaram a constituição e feriram de novo o estado laico.

    ResponderExcluir
  49. O anônimo das 13:8 Disse essas palavras; """O carnaval é uma festa popular não é uma festa religiosa, agora eles não podia pegar o dinheiro publico e fazer uma festa cristã por exemplo porque isto fere o estado laico, passeata gays também precisam da ajuda do governo é uma forma de conscientizar a humanidade dos direitos deles é uma festa humanitaria de uma minoria que precisa de voz e apoio do governo ""'.


    Segundo o anônimo das 13:8 O Estado por ser laico pode gastar dinheiro de impostos em passeatas gay e no carnaval,mas não pode gastar em eventos religiosos.

    Muito bem. Segundo o site Impostômetro, os brasileiros já pagarão até agora, 19 de dezembro.
    Mais de Um trilhão Quatrocentos e Trinta Bilhões de reais. R$ 1.430.000.000.000

    Veja aqui o site do Impostômero que dá minuto á minuto o total de impostos arrecadados.

    http://www.impostometro.com.br/



    Bem. Os evangélicos são uns 15% da população, mas, vamos lá. Eles pagarão uns 10% do total arrecadado. Portanto uns 140 BILHÔES DE REAIS.

    Pensemos nos católicos segundo o IBG são 70% da população. Vamos imaginar que pagarão uns 60% do total arrecadado de impostos.

    Isto dá uns 840 BILHÔES DE REAIS (Talvez os católicos não concordem com estes números, é só estimativa).

    Juntos os dis grupos pagarão 980 BILHÔES EM IMPOSTOS.
    O Estado é laico, mas cobra impostos que nem Deus ousaria encima dos religiosos.

    O engraçado é que ateus e secularistas criticam muito o dízimo e ofertas dadas na igreja evangélicas.
    Convenhamos é muito mais fácil sonegar de Deus do que do ESTADO LAICO.

    Agora ! Tente não pagar os impostos ao EStado laico, ele de mete num prisão ou o multa pesadamente.

    MAS ! Os ateus nada falam desta carga tributária mostruosa. Será porque ?

    Na realidade eles (os ateus ) querem é que os religiosos paguem trilhões e trilhões em impostos ao Estado Laico.
    Que pode gastar esse dinheiro onde bem entender, até em coisas imprestáveis e ofensivas aos religiosos.

    A verdade é que os ateus veêm o ESTADO LAICO como um deus.
    Na URSS,China, países comunistas, os comunistas ateus tem por deus, o estado laico.
    NIl Soares

    ResponderExcluir
  50. O governo pode promover a diversidade religiosa e não apenas uma unica religião, o governo não pode ser indiferente com outras crenças, o carnaval é popular , agora se gastar pra promover o carnaval a cristo esta errado, agora se gastar para promover o carnaval das diversidades religiosas pode.

    Ah quer saber vão t.n.c eita povo besta que não entende nada.

    ResponderExcluir
  51. EU NÃO QUERO PROSELITISMO RELIGIOSO NO BRASIL, SEJA DE QUEM FOR.

    Porque os evangélicos resumem a sociedade em ELES X gays e ateus? Porque toda este conflito inventado? Cortina de fumaça para as falcatruas de seus líderes (como a da matéria) e demais manipulações políticas de seus representantes.

    Sorry Nil, vocês não vão tranformar o Brasil em republiqueta teocrática! O ESTADO É LAICO e a sociedade esclarecida e democrática já percebe suas intenções depois do crescimento impulsiona do pela isenção de impostos das igrejas.

    Irã Evangélico? Deus nos livre!!!! Sem mais.

    Beto Daniel

    ResponderExcluir
  52. Muitas ameaças da crentaiada.Está parecendo os fanáticos do irmão Aldo(o velhinho tarado).

    ResponderExcluir
  53. Gente ... que ofensas AOS CRISTÃOS presente. iSSO Pode ser utilizado como discriminação e falta de respeito destinado a religião.
    A minha visão é que este show não é errado, tanto que no carnaval e shows de pagode REVERENCIAM DEUSES E SANTOS E TAL, se o Estado é LAICO não deve expor nenhuma das religiões .... mas é cultura ...... então devemos aceitar . Tem coisa mais importantes pra fazer e pra reivindicar doque esses SHOWs (todos evangélicos ou não) ... pq PELO MENOS A ÚNICA COISA DE BOM QUE O ESTADO FAZ É ISSO ..... FESTA!!"

    ResponderExcluir
  54. Anônimo acima, se escreve corretamente "AOS CRISTÃOS presenteS".

    Aprenda concordância antes de se meter a advogado e também falar do que não conhece.

    Carnaval é cultura popular (que pode incluir ou não referencias a religiões históricas ou superstições do povo) mas NÃO É RELIGIÃO, ora... não força a barra pra justificar a marmelada gospel!

    ResponderExcluir
  55. Nil Soares... goste ou não, esse tipo de evento fere SIM o conceito de Estado Laico, previsto em nossa constituição. E ache bom ou não, a Constituição está ACIMA de qualquer conceito bíblico. Viva com essa realidade.

    E antes de sair bradando aos quatro ventos que 'existem problemas mais sérios com o dinheiro público a serem resolvidos do que um festival evangélico', eu repito: NÃO! Não é justicicando um erro com outro que isso vai pra frente!

    Sou ateu, e NÃO quero meu dinheiro bancando festa de evangélico. A não ser que gastem o mesmo com TODAS AS RELIGIÕES, aí sim, estaríamos respeitando o laicismo. Porém, se você não fugiu da escola, sabe que, por ser inviável, não vai funcionar. Então é melhor que não tenha nenhum.

    Aliás, já que você falou em outros problemas com dinheiro público. Que tal explicar os interesses da bancada evangélica, por exemplo?! Eles são colocados lá devido aos votos de quem sofre essa lavagem cerebral nas igrejas e se torna ainda mais incapaz de questionar para aonde vai o dinheiro dos dízimos e trizimos. Waldomiro 'Fogo do Céu', além de ameaçar o Ratinho, já deu um jeito no joelho podre dele?! De onde saiu o dinheiro para o tratamento?! Jesus depositou ou foi aquela dona de casa que deixou de comprar arroz e feijão pra dentro de casa em troca de uma promessa furada de vida melhor num pedacinho do céu?!

    Te aconselho se informar mais, meu amigo. Não é 'só gritaria de ateus inconformados com a vitória de cristo'. Na verdade, se não for com meu dinheiro e nem interferindo na política e na minha vida e meus direitos, podem fazer um desses por final de semana. Se engana quem quer.

    Ainda é só o começo, mas os Estelionatário da Fé vão ter o que é deles. E pode mandar 'fogo do céu' o quanto quiser. Vai dar uma força pro churrasco em comemoração.

    ResponderExcluir
  56. se o governo pagar pra ROLLING STONES vou ficar puto, traga uma banda PUNK, não aguento mais pagar pra viado cantar e agora é esta p... de carnaval, desgraçaaaa.


    PUNK NOT DEAD

    ResponderExcluir
  57. "Os ateus nada falam desta carga tributária mostruosa. Será porque?"

    Você está falando sério? TODO mundo reclama da carga tributária no Brasil, cristãos, evangélicos, ateus, etc.

    E mais, não são ateus, evangélicos ou cristãos que pagam impostos e reclamam deles, são cidadãos brasileiros. Por exemplo, eu não me recordo de ter informado minha religião na declaração de imposto de renda...

    ResponderExcluir
  58. Acho engraçado ! rá rá rá Nos evangélicos pagamos bilhões e bilhôes de impostos ao ESTADO LAICO.
    Eu joguei uns 140 bilhões de reais ,nem leve em conta a porcentagem evangélica na população geral de 15 por cento. Estimei 10% da arrecadação geral que dá 140 bilhões de reais.

    Agora ! Gastasse num show evangélico uns 2,9 milhões de reais. Será quando á prefeitura do Rio arrecada dos evangélicos.

    Segundo o site Impostômetro foram pagos até hoje,19-12-2011 quase 21 bilhões de reais na cidade do Rio de Janeiro.

    http://www.impostometro.com.br/#

    Agora pense se os evangélicos pagarão uns 3 bilhões de reais do total arrecadado.
    Se a prefeitura gastou num show gospel para eles 2,9 milhões.

    Então pelas minhas contas os evangélicos estão no prejuizo grande. Levando grande desvantagem. Concordão ?

    Agora quem dá levando vantagem ??????

    Essa é uma das maravilhas do ESTADO LAICO.

    Nil Soares

    ResponderExcluir
  59. O anônimo 20-28 disse o seguinte comentário ; "Por exemplo, eu não me recordo de ter informado minha religião na declaração de imposto de renda...

    Não informa, mas deveria informar a religião e também se é ateu,secularista,sem religião,etc.

    Aí ! Saberiamos quando os religiosos pagam de impostos ao ESTADO LAICO.

    Seria interressante saber quando paga de impostos os ateus,secularistas,etc.

    Já que eles querem decidir o Estado Laico pode e não pode gastar dinheiro público.

    È bom que paguem em impostos o mesmo tamanho de suas pretensões.

    Nil Soares

    ResponderExcluir
  60. Auto lá!Todos nós pagamos impostos e não só vocês.

    ResponderExcluir
  61. Gente ... isso é só pq foi evento cristão ... como o anônimo me corrigiu (e sem mais oque fazer ainda corrigiu meu erro de digitação, desculpe tá bom meu amigo é pq o Governo não tem estrutura suficiente para colocar uma internet de qualidade e enquanto isso eu tenho que digitar rápido e faltar um "s" e vc me corrigir ao invés debater educadamente e agir de forma estúpida ... perfeito tu és né? ) Bom ... voltando ao assunto, como o mesmo que me corrigiu, vc afirmou que o carnaval pode ser laico ou não então ... tbm deve haver uma vista grossa sobre ele, na verdade não sou contra o carnaval ... acho interessante mas ao invés de discutirmos, deveríamos agir ... não somente em relação a shows mas tbm em outras questões gritantes na nossa sociedade!!!! O DINHEIRO PÚBLICO SERÁ GASTO NA MAIORIA DAS VEZES DE FORMA FÚTIL E NÓS AQUI DISCUTIREMOS E NÃO DARÁ EM NADA!

    ResponderExcluir
  62. Tomara que a globo pare por ai,a grande maioria muda de canal quando aparece um pastor aos gritos tentando nos convence a aderir a sua causa. Quanto a musica gospel todos gostao catolico ,espirita e acredite ate os de religiao afro assistiram e aprovaram

    ResponderExcluir
  63. “Acho engraçado ! rá rá rá Nos evangélicos pagamos bilhões e bilhôes de impostos ao ESTADO LAICO.”

    Não fazem mais do que a obrigação como cidadãos!

    E mais: seus templos recebem isenção de impostos, sabia? Pois é, imagina quantos bilhões de reais deixaram de ser arrecadados...

    “Agora ! Gastasse num show evangélico uns 2,9 milhões de reais. Será quando á prefeitura do Rio arrecada dos evangélicos.”

    A Prefeitura do Rio não poderia ter gasto tais valores por vedação constitucional, e não de acordo com o que arrecada ou deixa de arrecadar.

    “Então pelas minhas contas os evangélicos estão no prejuizo grande. Levando grande desvantagem. Concordão ?

    Agora quem dá levando vantagem ??????”

    Estado não é uma associação ou um clube onde se investe para obter algum retorno particular.

    E no caso em questão, quem está levando “vantagem” com a violação da laicidade são os evangélicos e a Rede Globo.

    “Essa é uma das maravilhas do ESTADO LAICO.”

    A maravilha do Estado laico é não privilegiar nenhuma religião e garantir a liberdade de crença e descrença para todos os indivíduos. É um dos pilares da democracia!

    Já sua violação só serve para corroborar com a corrupção e ser antidemocrático.

    “Já que eles querem decidir o Estado Laico pode e não pode gastar dinheiro público.”

    Argumentum ad lapidem: falácia braba! Faz uma afirmação sem base nenhuma, tentando desqualificar a defesa da laicidade.

    Não são os ateus que decidem o que pode ou não pode gastar com o dinheiro público, mas sim a Constituição e seus princípios – no caso, da laicidade.

    Para saber o que pode ou não pode gastar, e estando de boa-fé, basta estudar ou perguntar para alguém que tenha noção do assunto.

    ResponderExcluir
  64. Quanto as paradas gays, há uma diferença trivial: homossexualismo não é religião. Portanto, não há vedação constitucional para tal ato, porquanto para as religiões sim – até porque ocupam posição diferenciada na Constituição Federal.

    E também não há nada de errado em custar tais paradas: há previsão na Constituição para o combate ao preconceito (até porque faz parte de seu objetivo), e os homossexuais são vítimas notórias do preconceito e da discriminação – principalmente por cristãos.

    Se talvez o cristãos não discriminassem tanto os homossexuais, não haveria necessidade de parada gay e do Estado ajudar financeiramente esses eventos...

    ResponderExcluir
  65. "Anônimo disse...

    vcs deveriam se envergonhar, pois sem Jesus e sem as orações feitas pela igreja evangélica por esse país, viveríamos em um submundo como o pior dos países do mundo."

    Submundo é onde vocês vivem. As igrejas evangélicas sao circos onde os palhacos ficam na platéia!

    ResponderExcluir
  66. Resumo dos comentários ateístas:

    O governo pode e deve gastar dinheiro (roubado do povo) com tudo quanto é palhaçada: carnaval, futebol e principalmente, paradas gays.

    Só não pode gastar com eventos religiosos, pois o "Estado laico" permite desperdiçar dinheiro público (roubado do povo) com tudo quanto é besteira, menos com religião.

    ResponderExcluir
  67. O Anônimo acima disse toda verdade. Anônimo11:58 disse o que pensão os ateístas.

    O tal Estado Laico tem permissão para gastar em todo tipo de besteira, principalmente :paradas gays.

    Agora ! Se for um dinheiro para os religiosos.
    Aí ! E´um maior absurdo do mundo.

    Não que defenda dinheiro para religião.

    O erro e o absurdo é a passividade,indôlencia,apátia com que os evangélicos veêm o Governos de Lula,Dilma,Governos estaduais e prefeituras gastarem o dinheiro de impostos(dinheiro robado do povo) ser gastos em coisas ,como: Parada gay e promoção do aborto.

    ResponderExcluir
  68. Mas nem precisaria.Vocês(as seitas)já não têm isenções de impostos?Querem mais privilégios?

    ResponderExcluir
  69. Me desculpem...

    Mas isto é um pouco de intolerância anti-Religiosos pois o governo gasta dinheiro com um monte de Besteira que não ajuda ninguém, Copa do mundo, panamericano, olímpiadas, rock in rio, e etc..

    Não estou aqui afirmado que concordo com os gastos exagerados em um evento que não diminuiu a fome do pobre, que não deu saneamento básico pra quem precisa, que não ajudou os necessitados....

    Mas não consigo aceitar quando toca no assunto evangélico, muitos ateus ( ou poderia dizer anti-Deus ) ou até mesmo de outras religiões fazem protestos e chingamentos desrespeitosos aos evangélicos...

    O ano inteiro é roubado dinheiro, e muito mais do que isto foi gasto, é mala, é cueca, é isso, até mesmo fazem movimentações extremas por um cachorro que foi morto...

    MAS CONTRA A CORRUPÇÃO QUE É O VERDADEIRO AUTOR DE TODAS ESTAS COISAS, ficamos caladinhos.....



    Não defendo os evangélicos, pq concordo que o gasto foi exagerado, mas tem muito mais com o que se preocupar do que se foi gasto dinheiro em um show.


    POIS PREFIRO QUE O DINHEIRO PÚBLICO MESMO DE FORMA ERRADA SEJA USADA PARA O POVO DO QUE IR PARAR NO BOLSO DE ALGUNS....

    Deus abençoe a todos....

    ResponderExcluir
  70. Eu preferiria que retornasse para o próprio povo.

    ResponderExcluir
  71. Com um festival desse é usado para o povo amigo...

    Tem muitas pessoas que gostam da música que ocorreu no festival...

    Só pq vc não gostou, não significa que outros não gostaram, pelo contrário...

    Na programação normal que sempre acontecia naquele horário o maximo de audiência era 7 pontos e com o festival houve 14 pontos de audiência...

    SINAL DE QUE MUITOS GOSTARAM

    O povo gostou, ou seja, o gasto foi para o povo...

    ResponderExcluir
  72. O deus do Ateus é o Dinheiro

    ResponderExcluir
  73. O deus dos Ateus é o dinheiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, caríssimo. Nosso deus é a "ciência". E mesmo assim não a adoramos, porque somos parte da ciência.

      Excluir
  74. Mas isto é um pouco de intolerância anti-Religiosos pois o governo gasta dinheiro com um monte de Besteira que não ajuda ninguém, Copa do mundo, panamericano, olímpiadas, rock in rio, e etc...

    Argumentum ad hominem: está argüindo que os interlocutores estão sendo anti-religiosos porque apontam a improbidade do financiamento de evento religioso pelo Estado. Falácia!

    Há vedação para que o Estado custeie eventos religiosos; mas não há, pelo menos não diretamente, para que o Estado não custeie eventos não religiosos. Isso não corresponde a anti-religiosidade, pois não se posiciona contra nenhuma religião, mas sim em favor de princípios constitucionais e democráticos.

    Mas não consigo aceitar quando toca no assunto evangélico, muitos ateus ( ou poderia dizer anti-Deus ) ou até mesmo de outras religiões fazem protestos e chingamentos desrespeitosos aos evangélicos...

    Está fazendo generalização: quem defende a laicidade não está xingando ou fazendo protestos desrespeitosos contra os evangélicos, mas sim defendendo a laicidade contra o desrespeito à laicidade. Desrespeito este que alguns evangélicos estão querendo tentar validar de qualquer forma...

    MAS CONTRA A CORRUPÇÃO QUE É O VERDADEIRO AUTOR DE TODAS ESTAS COISAS, ficamos caladinhos.....

    Falácia ad hominem, tu quoque, generalização apressada, etc, etc, etc.

    Argumenta uma coisa absurda, imputando-a aos demais interlocutores, sem nem ao menos demonstrar indícios – quanto mais provando, até porque não iria conseguir fazer.

    Ademais, a utilização de verba pública para financiar evento religioso, que é de interesse privado de determinada religião, é uma forma de corrupção do Estado...

    POIS PREFIRO QUE O DINHEIRO PÚBLICO MESMO DE FORMA ERRADA SEJA USADA PARA O POVO DO QUE IR PARAR NO BOLSO DE ALGUNS....

    Na verdade, você está corroborando com a corrupção, só que para que mais lhe convém: com destinação a religião que comunga de sua fé.

    O povo gostou, ou seja, o gasto foi para o povo...

    Falácia do apelo ao povo: não é porque parte do povo gostou que isso valida o financiamento ao evento. Até porque há vedação constitucional para isso, onde tal princípio é de interesse público, ou seja, de toda sociedade!

    ResponderExcluir
  75. Você axa que estou feliz por bilhões serem gastos com a copa, ou com as olimpíadas...

    O problema de muitos eh quando é um assunto que envolva igreja, principalmente evangélica, ninguém aceita nada...

    Desculpe mas o intolerante aqui não sou eu...

    Porque que o governo não pode gastar para agradar uma parte da sociedade???

    Eu não estou me agradando dos gastos com a copa, mas tem gente que está...

    ResponderExcluir
  76. Você axa que estou feliz por bilhões serem gastos com a copa, ou com as olimpíadas...

    Isso se refere tão somente a sua opinião.

    Agora, no nível legal (ou melhor, constitucional), a sua comparação entre o financiamento de eventos religiosos e eventos esportivos não procede, vez que as religiões, crenças e descrenças têm tratamento diferenciado pela Constituição Federal, e há motivos fundamentados para isso.

    O problema de muitos eh quando é um assunto que envolva igreja, principalmente evangélica, ninguém aceita nada...

    Não é simples questão de não aceitar: é questão que há vedação constitucional.

    Aceitar o financiamento com recursos públicos de evento religioso é aceitar a violação da lei (ou melhor, da Constituição). É adepto de ser contra a lei?

    Desculpe mas o intolerante aqui não sou eu...

    Com o argumentum ad hominem anterior, demonstrou que está sim!

    Porque que o governo não pode gastar para agradar uma parte da sociedade???

    A construção dessa sentença, ao omitir a vedação constitucional ao financiamento de eventos religiosos, torna-se um apelo à ignorância, ou seja, um sofisma.

    Da sua pergunta, inclusive, dá para se concluir outra coisa: se for para “agradar uma parte da sociedade”, vale tudo: desviar verbas públicas, fazer compra de votos em eleições, usar verbas públicas para showmício, fazer com que o governo beneficie determinadas empresas privadas ou pessoas físicas, etc. Ou seja: a corrupção é totalmente válida na sua afirmação!

    Agora, se você fosse se pautar pela idéia de um Estado de direito, que deveria ser a noção mais comum para um cidadão médio no Brasil (mas infelizmente não é: falta educação que incentive essa cultura), sabe-se que a regulação de convívio em uma sociedade democrática, plural e republicana, deve-se a criação de normas e o respeito às tais. No Brasil, a criação de normas constitucionais privilegiando a laicidade e o secularismo como forma de o Estado promover a liberdade religiosa, de crença e descrença, e o respeito ao sentimento privado do cidadão como direito individual e democrático, deu-se mais recentemente na Constituição de 1988, onde foi vedado o financiamento das religiões. Foi o povo, através de seus representantes, que escolheram e pactuaram tal vedação constitucional, portanto, o governo não pode gastar para “agradar parte do povo” se vai contra o que o povo optou!

    Enfim, estude a Constituição e o princípio da laicidade que verá a obviedade do motivo do Município do Rio de Janeiro ter agido errado com o dinheiro público ao financiar tal evento de finalidade estritamente religiosa evangélica!

    ResponderExcluir
  77. Estudante Gramatical30 de janeiro de 2012 14:09

    Igor disse: "Agora, no nível legal (ou melhor, constitucional), a sua comparação entre o financiamento de eventos religiosos e eventos esportivos não procede, vez que as religiões, crenças e descrenças têm tratamento diferenciado pela Constituição Federal, e há motivos fundamentados para isso."

    Estudante Gramatical pergunta: não procede da onde?

    ResponderExcluir
  78. Estudante Constitucional30 de janeiro de 2012 14:15

    Uma vez que o Ministério Público é movido por denúncias particulares, isso mostra que o particular comanda o público.

    ResponderExcluir
  79. a ciencia???
    Aquela que se contradiz o tempo todo???
    As leis basicas foram feitas baseadas na biblia???
    Tantas coisas, aiai!
    Jesus ama vcs e um dia vc vai saber quem ele é, se quiser tirar foto? Nao sei.
    O inferno não foi criado para o homem!!! Assim vc não pode falar do evangelho se vc não conhece!
    Mas, nao inporta a resposta, eu te amoo! Rsrsrsrs
    vcs são todos engraçados!!!

    ResponderExcluir
  80. existe o analfabetico politico como tambem o analfabetico religioso vejam vc no rio tem o cristo redentor que logo eles lotan de droga dentro dele pois é oco por dentro tem o maior indice de homicidios favelas pobrezas corrupçaõ violencia afinal td que é crime aki onde moro naõ tem nada disso so natureza nada que se refere a religiaõ a vida aki é calma sossegada e feliz mas se vieren com essa biblia na maõ e dizeren que aquilo é a palavra de deus dai começa td

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Busca neste site