Pular para o conteúdo principal

Cientistas ateus levam filhos à igreja para que saibam da crença



País querem que
filhos façam sua
própria avaliação 
Um a cada 5 cientistas ateus levou em 2010 pelo menos uma vez a sua família a um culto para ajudar a decisão de seus filhos sobre seguir ou não uma crença.

É o que revelou um estudo que saiu neste mês no Journal for the Scietific Study of Religion, uma publicação americana.

O estudo foi feito pelos sociólogos Howard Elaine Ecklund e Kristen Lee com o propósito de apurar como os cientistas ateus se relacionam com a comunidade religiosa. Eles ouviram 275 cientistas de instituições universitárias.

Do ponto de vista desses cientistas, seus filhos devem ter contato com todas as fontes de informação, o que inclui a religião.

Eles frequentaram a igreja também por outros motivos (a exemplo do que ocorre com os ateus em geral), entre os quais a intenção de agradar o cônjuge e o desejo de participar de uma comunidade.

Na avaliação de Ecklund, o estudo mostra o quanto a sociedade americana está impregnada pela religião, a  ponto de influenciar a vida de ateus.

Roy Speckhardt, da Associação Humanista Americana, disse não ter ficado surpreso com o resultado do estudo. Ele argumentou que há ateus frequentadores esporádicos de igrejas da mesma forma que existem pessoas tidas como religiosas que vão com frequência aos cultos que não acreditam em Deus, cada um deles por um motivo diferente.

Com informação do Christian Post, entre outras fontes.



Não acreditar em Deus é atalho para a felicidade, diz Sam Harris

Ciência versus religião.    

Comentários

Cláudio disse…
Se me levassem pra "Santa Igreja do Superman" acho que escolheria essa aos meus 5 anos, principalmente pq ele não ameaça ninguém de danação eterna. =)
Anônimo disse…
Leva eles pra disney o pateta é muito melhor
Caio disse…
Como não, Claudio? Bobeou o Superman te manda pra zona fantasma!
Eu acredito em Thor.
Cientista sem filhos disse…
Já que Jesus Cristo nasceu no Natal, por que ele não aparece na sua própria festa de aniversário?
Anônimo disse…
Interessante esse posicionamento, mas ir a igreja é muito restritivo. Se a pessoa pretende ter contado com a idéia religiosa, deve visitar pelo menos as mais famosas vertentes e filosofias religiosas. No meu sentir porém não é necessário por a mão na brasa para saber que aquilo queima.
Anônimo disse…
É um perigo, criança acredita em qualquer coisa.
miss m disse…
mais democrático q a maioria dos religiosos q conheço
João Fernandes disse…
Acho perigoso, criança acredita em qualquer estorinha, como Papai Noel e Coelhinho da Páscoa, porque não acreditariam na maior estória já contada?

Filho meu não é incentivado a ir a igreja e é bem esclarecido sobre o que se trata.

Se quando for maior me der o desgosto de virar religioso, paciência, aceitarei, mas não incentivo.
Senhora Crente disse…
Vocês deveriam trazer seus filhos para postar comentários no blog do Paulo Lopes.
Vejam, na foto dele, com os dedos indicador, médio e polegar ele forma uma pirâmide truncada, que tem sobre um dos vértices o olho dele. É uma alusão ao OLHO QUE TUDO VÊ, símbolo da Maçonaria.
Vocês todos são parte de um experimento maçônico.
Lucio Ferro disse…
À senhora crente: Para ser maçon é OBRIGATÓRIO ter religião.
Anônimo disse…
Senhora crente não delira não né por favor voce não sente vergonha de escrever isto porque ninguém te conhece, saia dessa senhora se é que você é capaz.
Senhora Crente disse…
Obrigatório ter religião?
Só se for na sua maçonaria imaginária.
Leia Moral e Dogma, do Pike.
Senhora Crente disse…
"Senhora crente não delira não né por favor voce não sente vergonha de escrever isto porque ninguém te conhece, saia dessa senhora se é que você é capaz."

E você? É capaz de sair dessa capa de "Anônimo"?
Anônimo disse…
Já vai começar as esquizofrenias crentolódes ,haja saco pra aguentar estas bizarrices.
Anônimo disse…
Eu nunca levaria meu filho a igreja eu jamais venderia a mente dele a estes demonios(hehe) e deixa ele a merce dessas viboras maldita. Vou preservar pela saúde intelectual do meu filho ,quero ele longe de crente de biblia de igreja.
Anônimo disse…
"Senhora Crente" não deixa de ser um anonimato, ...poe seu nome ai.

assinado: Senhor comedor de velhas crentes malucas.
Anônimo disse…
Tem ateu que consegue conviver com os não ateus. Já tem outros que preferem a guerra. Veja isto: "Ateu crucifica Papai Noel para zombar de cristãos" ... http://holofote.net/intolerancia-ateu-crucifica-papai-noel-para-zombar-de-cristaos/
Anônimo disse…
Malditos Maçons! Mal consigo ver seus movimentos! Fala sério agora a velha é conspiracionista também?
Quanto a matéria, também ficaria com um pé atrás, afinal as crianças acreditam em qualquer coisa.
Lucio Ferro disse…
Para ser maçon é obrigatório crer em deus e ter religião. Eu não preciso ler estas bobagens de crentes malucos, sou amigo do grão mestre da minha cidade, e um dos motivos de não fazer parte da maçonaria é o fato de ser ateu.
"maçonaria imaginária"- como alguém que acredita em cobras falantes é capaz de escrever esta besteira?
Senhora Crente disse…
"Para ser maçon é obrigatório crer em deus e ter religião. Eu não preciso ler estas bobagens de crentes malucos, sou amigo do grão mestre da minha cidade, e um dos motivos de não fazer parte da maçonaria é o fato de ser ateu."

Ele só te disse isso porque entende que você é uma mente estéril, alguém que nunca vai construir nada de positivo nesse mundo. Ele só disse isso prá te rejeitar!
yami karasu disse…
Raciocinando, Reclamando e Questionando tem razão, dando variedades de forma de pensar garante um senso crítico p/ agir de acordo com a própria opinião.


P/ a Senhora Crente:

O símbolo maçônico (onde é necessário ter uma religião) é o Olho de Hórus, q significa o sol, então o sol é demoníaco?????
Tem cada uma............
Anônimo disse…
Senhora crente voce usa o Windows do ateu bill gates?
Israel Chaves disse…
Claro que não, esse Bill gates é ateu, então nunca vai fazer nada que seja importante. Ela usa o sistema operacional que o deus dela mandou direto do céu num CD divino dourado.
Senhora Crente disse…
O Windows é uma evolução do DOS. Gates e seu sócio compram esse sistema operacional de um crente piedoso, que também era programador.
Israel Chaves disse…
Quando o desespero bate, qualquer mentira serve como desculpa, né?
Você pode inventar o que quiser. Vai ter que se conformar que seu sistema operacional foi criado por um ateu malvado que nunca fez nada de importante na vida. Toda vez que iniciar seu computador e ver o logo do Windows, vai ter que colocar o rabinho entre as pernas e aceitar que um produto de um ateu faz parte da sua vida. Mas tudo bem, colocar o rabinho entre as pernas e se conformar é uma das bases do cristianismo, então você está acostumada.
Gabriel Ayres disse…
Gente, a "Senhora Crente" é um Troll. Nunca deve ter frequentado uma igreja rs.
Devemos dar mesmo a oportunidade a nossos filhos de escolher uma religião, se lhe for de interesse. O que temos que ensiná-los é a ser críticos e receptivos a outras ideias.
Douglas disse…
"que vão com frequência aos cultos que não acreditam em Deus" ??
Thais disse…
Meu filho é livre para escolher o que quiser, mas eu duvido MUITO que ele acabe virando Testemunha de Jeová, por exemplo.

Não o batizamos. Cheguei a pensar nisso pela minha avó (idosa e religiosa, que muito nos pede) e minha sogra (idem), mas eu não me sentiria bem compactuando com tudo aquilo, vendo meu filho nas mãos de um padre, derrubando água na cabeça dele. Eu hein! Acho coisa de maluco e jamais o submeteria a isso.

Logo, não entendo esses ateus levando as crianças à igreja. Se as crianças pedissem para ir, para conhecer, é uma coisa. Levar sem consentimento é o mesmo que batizar.
Anônimo disse…
Q dó gente. Isso me lembra pais estadunidenses que deixam os filhos passarem uma noite na cadeia pra "n cometerem crime" (a alternativa mais inteligente seria ensinar sobre e não dar um castigo que a criança não cometeu).
Só espero q os cientistas tenham tempo de levá-los a todos os templos (leia-se facção) religiosos (de todos os credos existentes), daí sim a decisão deles podem surtir algum efeito.
Eu entendo esse ponto de vista, mas se um dia eu tiver filhos, nunca pisarão (somente se eles quiserem, claro) num antro contaminado de horrores, pedofilia, maus-tratos, contra a evolução, "pecaminosos"......
Anônimo disse…
Não existe experimento maçônico, não diga besteiras...
Anônimo disse…
Caro amigo, só é obrigatório acreditar em um "ser supremo", chamado pelos maçons de Grande Arquiteto do Universo, ou Deus, como a maioria.
iza disse…
Tenho pena de muitos comentários aqui....vcs falam do criador Deus,mas saibam que ele continua amando vcs!!Deus quer q vcs cheguem ao pleno conhecimento da verdade e pela sua misericórdia tão grande estão ainda vivos!!reconheçam queridos em um Deus de amor que só quer salvar vocês...
Deve ser muito ruim numa situação difícil e não clamar por Jesus para atuar na vida vixee... é não ter esperança pra confiar!!GRAÇAS A ELE EU TENHO ESSA ESPERANÇA QUE SÓ ME FAZ MUITO BEM!!!TÁ EM TEMPO GENTE ELE NÃO CONTA O TEMPO DA SUA IGNORÂNCIA..BUSQUE UMA IGREJA QUE GUARDA OS MANDAMENTOS DE DEUS!!É O MEU DESEJO E O DELE...

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Malafaia divulga mensagem homofóbica em outdoors do Rio

Estudante expulsa acusa escola adventista de homofobia

Arianne disse ter pedido outra com chance, mas a escola negou com atualização Arianne Pacheco Rodrigues (foto), 19, está acusando o Instituto Adventista Brasil Central — uma escola interna em Planalmira (GO) — de tê-la expulsada em novembro de 2010 por motivo homofóbico. Marilda Pacheco, a mãe da estudante, está processando a escola com o pedido de indenização de R$ 50 mil por danos morais. A primeira audiência na Justiça ocorreu na semana passada. A jovem contou que a punição foi decidida por uma comissão disciplinar que analisou a troca de cartas entre ela e outra garota, sua namorada na época. Na ata da reunião da comissão consta que a causa da expulsão das duas alunas foi “postura homossexual reincidente”. O pastor  Weslei Zukowski (na foto abaixo), diretor da escola, negou ter havido homofobia e disse que a expulsão ocorreu em consequência de “intimidade sexual” (contato físico), o que, disse, é expressamente proibido pelo regulamento do estabelecimento. Consel

Escola Estadual Igreja Evangélica muda de nome e deixa de afrontar o Estado laico

MPF recorre no Rio à Justiça para permitir a ‘cura’ de homossexuais

O MPF (Ministério Público Federal) no Rio deu entrada na Justiça a uma ação civil pública para anular a resolução do CFP (Conselho Federal de Psicologia) que proíbe os profissionais de prometer “cura” da homossexualidade porque se trata de uma orientação sexual, e não de um transtorno. A iniciativa do MPF coincide com o esforço que lideranças evangélicas, incluindo seus representantes na Câmara dos Deputados, estão fazendo para derrubar essa resolução do conselho. Fábio Aragão, um dos três procuradores que assinam a ação, é evangélico. Para o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), isso demonstra que o Ministério Público está sendo instrumentalizado pela crença pessoal de um de seus integrantes. “Isso é um erro grave, porque a Justiça deve ser laica”, disse o deputado. “Retomar a discussão sobre a homossexualidade ser ou não uma doença é um absurdo do mesmo tipo que seria retomar a discussão sobre se o sol gira em torno da terra.” Carlos Tufvesson, estilista engajado no movimento de

Prefeito de São Paulo veta a lei que criou o Dia do Orgulho Heterossexual

Kassab inicialmente disse que lei não era homofóbica O prefeito Gilberto Kassab (PSD), na foto,  disse que vai vetar o projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal de São Paulo que aprovou o Dia do Orgulho Heterossexual. Trata-se de um recuo porque, na época da aprovação do projeto, ele disse que a nova data não tinha caráter homofóbico. Agora, Kassab disse que se trata de uma medida “despropositada”, conforme entrevista que deu ao jornal Agora São Paulo. "O heterossexual é maioria, não é vítima de violência, não sofre discriminação, preconceito, ameaças ou constrangimentos. Não precisa de dia para se afirmar", disse. O prefeito falou haver somente sentido em datas que estimulem “a tolerância e a paz” em relação, por exemplo, a mulheres e negros e minorias que são vítimas de ofensas e brutalidades. Na campanha de 2008 da eleição municipal, a propaganda na TV de Marta Suplicy (PT) chegou a insinuar que o então seu adversário Kassab era gay, embora ela ti

Essência do totalitarismo é querer fazer o 'bem para todos'

Título original: Tentação totalitária por Luiz Felipe Pondé para Folha Você se considera uma pessoa totalitária? Claro que não, imagino. Você deve ser uma pessoa legal, somos todos. Às vezes, me emociono e choro diante de minhas boas intenções e me pergunto: como pode existir o mal no mundo? Fossem todos iguais a mim, o mundo seria tão bom... (risadas). Totalitários são aqueles skinheads que batem em negros, nordestinos e gays. Mas a verdade é que ser totalitário é mais complexo do que ser uma caricatura ridícula de nazista na periferia de São Paulo. A essência do totalitarismo não é apenas governos fortes no estilo do fascismo e comunismo clássicos do século 20. Chama minha atenção um dado essencial do totalitarismo, quase sempre esquecido, e que também era presente nos totalitarismos do século 20. Você, amante profundo do bem, sabe qual é? Calma, chegaremos lá. Você se lembra de um filme chamado "Um Homem Bom", com Viggo Mortensen, no qual ele é um cara

Música gravada pelo papa Francisco tem acordes de rock progressivo. Ouça

Russas podem pegar até 7 anos de prisão por protesto em catedral

Protesto das roqueiras Y ekaterina Samutsevich, Nadezhda  Tolokonnikova  e Maria Alyokhina durou apenas 1m52 por Juliana Sayuri para Estadão Um protesto de 1 minuto e 52 segundos no dia 21 de fevereiro [vídeo abaixo]. Por esse fato três roqueiras russas podem pagar até 7 anos de prisão. Isso porque o palco escolhido para a performance foi a Catedral de Cristo Salvador de Moscou. No altar, as garotas da banda Pussy Riot tocaram a prece punk Holy Shit , que intercala hinos religiosos com versos diabólicos como Virgin Mary, hash Putin away . Enquanto umas arranhavam nervosos riffs de guitarra, outras saltitavam, faziam o sinal da cruz e dançavam cancã como possuídas. As freiras ficaram escandalizadas. Os guardas, perdidos. Agora as rebeldes Yekaterina Samutsevich  (foto), Nadezhda Tolokonnikova (foto) e  Maria Alyokhina (foto) e  ocupam o banco dos réus no tribunal Khamovnichesky de Moscou, acusadas de vandalismo e ódio religioso. Na catedral, assim como noutras manifes