Ordem paga indenização irrisória a vítimas do padre Marcial Maciel

A Legionários de Cristo informou que vai pagar de US$ 20 mil (R$ 34,2 mil) a US$ 28 mil (R$ 49,3) a cada um de pelo menos quatro vítimas de abusos sexuais cometidos pelo fundador da ordem, o padre mexicano Marcial Maciel (1929-2008).

"É uma forma de reparar o dano”, disse Andreas Schoggl, porta-voz da Legionários. “Esperemos que seja uma forma de cura."

O valor é irrisório em relação ao que as vítimas pedem e também na comparação com o poder financeiro da ordem, conhecida por Bilionários de Cristo. Vítimas de padres americanos pedófilos têm conseguido indenizações de até US$ 1 milhão (R$ 1,7 milhão).

A Legionários administra escolas privadas em 22 países, entre os quais o Brasil. Possui 800 sacerdotes e 2.600 seminaristas.

Maciel teve uma vida de devassidão. De acordo com denúncias que o Vaticano ignorou publicamente até há pouco tempo, ele teve amantes, estuprou seminaristas, coroinhas e dois de seus filhos, deu golpe em viúvas ricas e era usuário de cocaína.

Apesar disso, Maciel chegou a ser citado pelo papa João Paulo 2º como exemplo a ser seguido pelos padres.

Com informação das agências.

Mexicano vítima de abuso de seu pai padre acusa ordem de acobertamento.
setembro de 2011

Pedófilo, ladrão e drogado. Esse foi o criador da Legionários de Cristo.
do La Vanguardia em agosto de 2010 

Caso padre Marcial Maciel.

Comentários

Israel Chaves disse…
Do ponto de vista do Vaticano, era mesmo um exemplo a ser seguido. Afinal, ele não arrecadou milhões, bilhões, em sua vida como sacerdote? Deve ter sido o funcionário do mês várias vezes.
Nossa, só faltava ele ser flamenguista.
Anônimo disse…
Flamenguista! Huahuahuahua
Anônimo disse…
Pois é, um exemplo a ser seguido pelos pedófilos de plantão, pena que não receberá em vida a merecida punição, mas só em saber que ele está em vias de bater as botas já é um alivio para cada vítima dele.
Anônimo disse…
@Rhalah....Esses escândalos só vieram a tona depois da morte do P. Maciel (em 2008).