Pular para o conteúdo principal

Campanha 'sair do armário' mostra ateus americanos em outdoor


“Eu tenho uma relação pessoal com a realidade”, diz em um outdoor de Glenpool (EUA) Paul Sanchez, que aparece em uma foto abraçado a sua filha Adrianna. Sanchez é um ‘poliateu’, como ele diz, porque rejeita todas as divindades.

Outras cidades americanas já tiveram outdoors de ateus e agnósticos que saíram do ‘armário’. A campanha é da Freedom From Religion Foundation.

Em Broken, por exemplo, William Poire [foto no pé do texto] também quis aparecer com seus quatro filhos. A sua mensagem é “Ateu por padrão”.

O recado no outdoor da estudante de psicologia Sabina Ewbank, de Muskogge, é “Eu posso ser moral sem religião”.

A agnóstica Sara Sharp (foto), 24, de Tulsa, diz que o “céu é um estado de espírito”.

Ric Nourse, também de Tulsa, diz não precisar “de uma recompensa eterna para ser moral”. Ele se define como “pai, marido, artista... ateu”.

A empresária Melissa Robbins, de Tahlequah, afirma: “A realidade é o meu Deus e minha religião”.

A Freedom From Religion Foundation é a maior associação dos Estados Unidos de ateus, agnósticos e livres pensadores. Tem 16.500 membros.

A proposta da campanha "sair do armário" é mostrar que ateus e agnósticos são pessoas comuns, são professores, garçonetes, estudantes, fotógrafos. Pessoas que fazem parte do dia-a-dia de todo mundo, e não seres endemoniados, perversos, como pregam os religiosos. Ou, como no Brasil apregoa o apresentador Datena, assassinos em potencial por não "ter Deus no coração".

No momento, a campanha se realiza em Tulsa, cidade de 480 mil habitantes de Oklahoma. Nos próximos dias, será lançada em outra cidade do mesmo Estado.

Nos Estados Unidos, os descrentes são mais discriminados do que negros e gays.



Comentários

Herege disse…
E no que depender de mim vai começar aqui tb. =)
Abbadon disse…
É bom incentivar campanhas deste tipo, para que as pessoas possam assumir que nao acreditam em nenhum deus ou semi-deuses, messias ou salvadores, esse tipo de coisa toda que provem das religioes.

Ha muitas pessoas que nao podem e nem ousam revelar que sao ateus ou agnosticos, por causa do impacto que ira causar na familia, nos amigos, no trabalho, no circulo social, etc. Entao fingem que acreditam, participam da vida religiosa para agradar os outros, e muitas vezes discordam da posicao adotada pela Igreja e/ou afastam-se dela cada vez mais e nem mesmo ensinam os seus filhos sobre a religiao, ou o fazem apenas o batizado por pressao familiar.

Se todas as pessoas pudessem se declarar livremente o que pensam, sem ameacas de represalias ou consequencias, o numero oficial de ateus e agnosticos sofreria uma elevacao brutal.

Somente se tornando mais presentes e assumindo o que sao, e lutando por seus direitos e exigindo respeito, é que a sociedade podera aprender a conviver e tolerar as diferencas.

Gostem ou nao os Fernandos da vida, os intolerantes, os fanaticos, os ultra-conservadores, os religiosos ao extremo, os beatos, as carolas, etc.
Mauro disse…
Paz à todos,
Acredito que religião realmente não compensa.Não no sentido de formação ética/humanismo e boa conduta social.Eu penso,que a religião por pouco não nos tirou o que de bom nos restava;aquilo que nos torna seres humanos.Foram séculos de atraso tecnológico e moral,de guerras e guerras ainda sobrevivem com o "Aval De Deus" para nossa desgraça.
Mais eu,acima de tudo,acredito em Deus.Acredito que todos, ainda que não de forma explícita,crêem em "algo".Nessas pessoas, fé não existe por si só e sim na forma de dúvida.
Nada mais natural.
Crer no que nos foi e ainda é apresentado por todas essas religiões que estão aí,é surrar o cérebro.
Porém,essas discordâncias entre fé x razão,não passa de uma "falta de sinc".
Uma sociedade religiosa onde tudo passa pelo crivo da Igreja,empaca.Mais acredito também que é impossível uma sociedade progredir sem a idéia de Deus.Se extingue.Temos exemplos de ambos os casos na História.
Só funcionaria mesmo, se ambos os lados cedessem-principalmente o religioso.

"Sociedade civilizada,na legitima acepção do termo, é aquela: onde as leis nenhum privilégio consagrem e sejam as mesmas, assim para o último, como para o primeiro; onde sem parcialidade se exerça a justiça; onde o fraco encontra sempre amparo contra o forte; onde a vida do homem, suas crenças e opiniões sejam respeitadas; onde exista o menor número de desgraçados; enfim, onde todo homem de boa vontade esteja certo de lhe não faltar o necessário"
(VALORIZAÇÃO DA VIDA HUMANA VIII ,Rubens Policastro Meira)
Paz
Anônimo disse…
Aprenda com eles, ATEA.
Anônimo disse…
Os ateus foram injustamente caluniados ao longo da história, por serem considerados potenciais inimigos da Ordem Política e Social, de modo cabal sempre fundamentada na Autoridade Religiosa; por sua vez sustentáculo de todos os regimes políticos, desde a teocracia suméria até o Leviathan de Hobbes. O máximo Poder terrestre, sempre buscou legitimação no Supremo Governamento Celeste. E se não houver esta harmonia pré estabelecida, ou ordem cósmica, como pensava Leibniz; nem Cidade de Deus alguma a espelhar a cidade dos homens, de acordo com a geopolítica de Agostinho? Sociedades Modernas e as contemporâneas buscam o equilíbro, o consenso entre os vários discursos políticos e as práticas econômico- sociais; algo bem próximo de uma constante e evolutiva politização secular, e educação científica emancipada da religião, verificáveis nessas sociedades. Em lugar do apelo ao mágico, ao divino ou religioso, tais sociedades buscam na legalidade e Justiça Pública, a instância de validação das suas necessidades, como pontua o pensador Habermas. Os ateus têm agora a oportunidade de aparecerem , sobretudo discursarem; o que é muito enriquecedor ao debate coletivo, donde podem surgir idéias originais, necessárias aos graves problemas que a humanidade no futuro irá enfrentar. Sociedades que convivem de modo saudável com a ausência de referendos divinos e/ou religiosos, para o ordenamento jurídico e administração do Estado; indicam um desenvolvimento político-econômico e social considerável. Onde a religião se faz mais presente, além da perseguição aos ateus como privilegiados de seu furor neoinquisitorial; os sistemas educativo e cultural encontram se em transição, para um modelo mais equilibrado de sociedade civil de fato. É a consciência política, portanto cidadã, que pode ser um auferidor do grau de civilização de uma sociedade;não o suposto humanismo religioso,difundido socialmente como caridade ou compaixão; nem a alegativa de maior sensibilidade e indulgência ante o pauperismo e a subsequente violência social; pelos tradicionais paliativos da assistência ou filantropia,comuns em sociedades tradicionalmente religiosas. Paradoxalmente, são essas mesmas sociedades que apresentam MAIOR APARTHEID SOCIAL E INDIFERENÇA PARA COM A CORRUPÇÃO E ESTELIONATO POLÍTICO E RELIGIOSO; além de constantes clamores coletivos por maior rigor penitenciário, para os sujeitos da delinquência, ou marginalidade social. Basta comparar o bolsa-família do Brasil com a renda dos dinamarqueses, ou os presídios brasileiros com os da Noruega; para levantarmos algumas indagações, acerca do quanto é necessária ou dispensável, a intromissão religiosa na construção de uma identidade política e cívico-social.
nivia disse…
Vamos pegar todos os "ATEUS" sem exceção,e fazer com eles a via cruzes que os Romanos e JUDEUS fizeram com nosso senhor JESUS CRISTO,mais antes de crucificá-los vamos tortura-los igual A JESUS se durante a tortura eles gritarem por "DEUS",gravem e publique na rede,assim todos saberão que na verdade não são "ATEUS",assim eles saem do GUARDA-ROUPA.
Anônimo disse…
FÉ em DEUS,FÉ EM DEUS,FÉ em JESUS CRISTO.nivia
Anônimo disse…
Uma significativa demonstração da intolerância característica à piedade cristã, acostumada à tortura e sofrimento, tamanha é a influência do culto da dor e da crueldade, em todo o conjunto do simbolismo ritual, quanto doutrinário, tendo como centro a "doutrina expiatória do sacrifício". A fiel repete o que o seu inconsciente reclama a si mesma; podemos pintar uma paisagem aproximada da sua saúde psicológica ou de seu equilíbrio interno, a partir destes brados em que vocifera anseios vindicativos nada piedosos, porém bem "cristãos"...Se levarmos em conta que é uma exigência inconteste do mover à piedade, pelo menos a divina, apresentar chagas, tormentos e outras cruentas e sanguinolentas realidades, para expiar os pecados e apaziguar a Justiça "ofendida" e "irritada" da divindade. Por outro lado, podemos vislumbrar as cores do inferno que deve ser a convivência com uma "alma" tão "pacífica" e harmoniosa; realmente, digna de toda piedade, pois trata-se com certeza de uma sensível para chorar ante à comiseração própria, porém incapaz de manifestá-la aos outros sob forma de perdão, ou bondade. Triste exemplo do que faz a VIA CRUCIS e outras exaltações da violência e da crueldade numa alma "religiosa".
Anônimo disse…
A Nivia é o exemplo perfeito do odio pelo proximo, a intolerancia, a desumanidade, a ausencia de compaixao, o desejo da maldade e violencia, a crueldade, a imoralidade e a ausencia de etica.

Isso é a fé em um deus, a crença em um Jesus.

É o "amor cristao" pelo proximo.

Com um amor cristao desses, quem quer ser cristao como a Nivia ?

Obviamente que nenhuma pessoa com bom senso iria querer ser igual a ela.
nivia disse…
Anônimo,vc é psiquiatra ou psicólogo?cristã eu sou.Siga o mesmo caminho.Quanto a violência nada cristã porém política para época,longos anos depois aparece Hitler outro torturador e assassino de milhares de pessoas de etnias diferentes,GUERRA tb POLÍTICA.Imagine uma raça só no mundo? se você preferir as torturas de HITLER esqueceremos a VIA CRUCIS.só queremos que vocês ATEUS GRITEM pelo nome de DEUS,assim vocês saem do GUARDA-VESTIDOS.Vou te ensinar a brincadeira:Quem tiver sob tortura gritar pelo nome "DEUS" desce do palanque e assume que gritou por "DEUS".Se forem torturados e não gritarem pelo nome "DEUS",abram a sua Seita,e que cultuem o seu ateísmo.Dignos somos todos da Misericórdia e da PIEDADE divina,QUE "DEUS"0 ABENÇOE na sua JORNADA NESTA VIDA."Papai do Céu existe,Papai do Céu existe"
Unknown disse…
Em resposta ao que a "Nívia" disse, versos de John Lennon:

Deus é um conceito
Pelo qual medimos
Nossa dor.
Vou dizer isso de novo:
Deus é um conceito
Pelo qual medimos
Nossa dor.

Eu não creio em mágica,
Eu não creio no I-Ching,
Eu não creio na Bíblia,
Eu não creio no tarô,
Eu não creio em Hitler,
Eu não creio em Jesus,
Eu não creio em Kennedy,
Eu não creio em Buda,
Eu não creio em mantras,
Eu não creio no Gita,
Eu não creio em ioga,
Eu não creio em reis,
Eu não creio em Zimmerman*,
Eu não creio nos Beatles,
Eu só creio em mim mesmo,
Em Yoko e em mim:
E essa é a verdade.

O sonho acabou.
O que mais posso dizer?
O sonho acabou

Ontem
Eu era o tecelão de sonhos
Mas agora eu renasci.
Eu fui a morsa**,
Mas agora sou John.

E então, caros amigos,
Vocês simplesmente têm que continuar
Porque o sonho acabou.


* Zimmerman (alusão a Bob Dylan, que se chama na verdade Robert Allen Zimmerman)
** a morsa é uma alusão à canção "I Am The Walrus" (Eu Sou a Morsa), na qual John Lennon levou ao limite o que os Beatles podiam oferecer em temos de psicodelia.
Unknown disse…
Para quem está confuso: ateísmo é isso. Sempre que ficarem confusos sobre o significado do termo, repitam os versos acima.
Anônimo disse…
Nívia se você fala do cristão católico nazista Hitler e de tal maneira você mostra claramente que seu cristinismo é igual ao dele que por sua vez assemelha-se ao do Macedo,Valdemiro ou Malafaias da vida.Bom, fique com seu deus torturador,violento,vingativo,punitivo,desamoroso,inclemente.impiedoso,preconceituoso,malvado,seletivo,castrador,assassino e perseguidor e nós com a racionalidade.
nivia disse…
É melhor você reler a matéria,estou citando sobre os benditos "ATEUS",claro que são BENDITOS,pois a imbecilidade ajuda a fortalecer minha FÉ EM DEUS, vocês merecem um lugar belo para ir quando morrerem pois só vocês ATEUS ajudam a renovar nossa fé em CRISTO.Só uma pergunta:ESTAS com medo de tortura? ou medo de gritar por "DEUS"? "Papai do Céu existe,Papai do Céu existe.Como "DEUS" é Pai da CRIAÇÃO e das CRIATURAS,afinal somos todos IRMÃOS.Desejo todo o amor do mundo aos ATEUS ,que O NOSSO PAI MAIOR cubra a vida de todos com Paz e Amor aos crentes e não crentes.
NIVIA disse…
Anônimo 30/05/2011 ás 22:33.Não Conheço as pessoas que você cita no seu comentário a minha pessoa,não sou dessas seitas nem as conheço,apenas creio em "DEUS" e em JESUS CRISTO",você deve conhecer esse Deus o qual você flagela na rede.CARO, sai do armário pois você conhece bem a religião protestante e seus seguidores ao meu ver você não é ateu,você é evangélico não é?EU SOU ESPÍRITA KARDECISTA.
"Papai do CÉU existe,Papai do CÉU existe"
Fernando disse…
Engano dos ateus pensarem que nós iremos insistir se a pessoa ou as pessoas se dizerem ateus. O que fazemos é defender a fé porque cremos que sem fé não há salvação, e não podemos permitir que os ateus digam para todos que não há Deus, levando todos há destruição, sem combatermos. A diferença é que nós combatemos com a verdade e a sinceridade. Mas quanto ao ateu irremediavelmente perdido em si, o abandonamos. Está Escrito "Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que é galardoador dos que o buscam. Hebreus 11:6". A fé nos dá uma viva esperança. Não é oculto para ninguém os benefícios da verdadeira fé.
Fernando disse…
Abbadon. Nós Cristãos exercitados na fé sabemos que o que disse não é verdade. A grande maioria crêem com sinceridade em alguma divindade. A religião é uma arma eficaz ao extremo para o arqui- inimigo de Deus desperdiçar. A falsa religiosidade é extremamente danosa porque afastam as pessoas do Deus que realmente pode salvar. Veja como Jesus tratou aos pecadores:"Vá e não peques mais,..." Agora, veja como Ele tratou os falsos religiosos: "raça de víboras...".
Anônimo disse…
Perceberam que os comentários do que se dizem religiosos beira insanidade!
Perdi minha fé por causa de gente assim!
Medo de ficar louco como eles querendo o mau das pessoas ou repetindo textos bíblicos sem pensar na realidade!
Assustador!
Fernando disse…
Resumindo.O ateismo é a maior das tolices. "O anseio satisfeito agrada a alma, mas o tolo detesta afastar-se do mal. Provérbios 13:19.
Anônimo disse…
O anônimo acima está tão ansioso em dizer que os outros é insano que não percebe nem a própria insanidade. E pior não interpreta os textos com verdade. coisa de ateus.
Anônimo disse…
Realmente, o Fernando e a Nivia sao uma raça de víboras.

Sao os maiores tolos que frequentam por aqui. Se escondem dentro do armario escuro da fé.
Anônimo disse…
Nivia, para a sua informacao:

Hitler é catolico. E teve o apoio da igreja. E promoveu o genocidio dos judeus, com base no odio milenar cristao pelos judeus.

O nazismo nasceu no seio do cristianismo. O proprio Mein Kampf cita varias vezes tal ligacao. E os discursos de Hitler tambem reforçam a sua ligacao com o catolicismo.

Sim, vc é cristã... igual a Hitler.

Torturador e assassino de milhoes. E é cristão.

Nao adianta tapar o sol com a hostia.

Quer gritar ? Fique a vontade.

Hitler é cristão.
Anônimo disse…
Os evangélicos pentecostais e neopentecostais usam técnicas de oratória de Hitler e o próprio projeto hitlerista de um nazismo eugenista assassino de milhões contou com a colaboração e participação de católicos e protestantes.Nada assustador para quem inquisitou milhares da forma mais brutal na idade média.
Pedro Lobo disse…
Nivia, um pouco de história pra você, deste blog:
Hitler foi católico e nunca renunciou ao batismo, lembra Dawkins
Anônimo disse…
O cristianismo é a maior das tolices.

"O anseio insatisfeito agrada a alma, mas o tolo do Fernando adora aproximar-se do mal."

Provérbios 31.05.11
Abbadon disse…
Nós Cristãos exercitados na fé sabemos que o que disse não é verdade.

--> Vc nao provou o contrario. E na ausencia de contra-argumento, o que eu escrevi permanece valido.

A grande maioria crêem com sinceridade em alguma divindade.

--> A grande maioria (7 em cada 10 pessoas no mundo) nao acredita no deus judeu-cristao e nem no mito chamado Jesus.

A religião é uma arma eficaz ao extremo para o arqui- inimigo de Deus desperdiçar.

--> Nao existe tal "arqui-inimigo", por favor use um personagem real, concreto, solido, de existencia comprovada sem dar margem a duvidas ou questionamentos e que nao exiga fé ou crença.

A falsa religiosidade é extremamente danosa porque afastam as pessoas do Deus que realmente pode salvar.

--> Vendo pessoas como vc, eu percebo como a religiao é danosa.

Veja como Jesus tratou aos pecadores:"Vá e não peques mais,..." Agora, veja como Ele tratou os falsos religiosos: "raça de víboras...".

--> Jesus nunca existiu como personagem real e historico, ate prova em contrario. Logo, na ausencia de comprovacao irrefutavel e concreta, as supostas palavras de Jesus nao tem valor para mim.
Anônimo disse…
Meus amigos ateus, agnóstico e demais!

Não percam seus tempos respondendo à esses falsos cristãos que não passam de mulas com os olhos tampados e apenas são guiados por seus "Donos"!!

Deixem eles viver a vidinha medíocre deles!!

E você cristão medíocre, não adianta escrever nada contra meu comentário pois não me darei ao trabalho de lhes responder!!
Anônimo disse…
Medo, muito medo desses dementes a deus.Pena, muita pena dos familiares desses fanáticos, imaginem o que deve ser conviver com essas pessoas, sempre vociferando ameaças e destilando pragas e imprecações...

Wander
Anônimo disse…
Dementes a Deus, ferozes!!! com ódio contra quem não tem a mesma doença!
Duvido que seu Deus goste disso!
Se ele gosta, pensem?
Se ele não gosta pensem também?
Anônimo disse…
...pragas e imprecações...redundei, sorry!

Wander
Anônimo disse…
kkkkkk

Saiam do armario atoas desculpe ateusss kkkkkkk
Anderson Souza disse…
Fato: todo "temente" a Deus é capaz de descriminalizar e ter ódio daqueles que são contra seus preceitos ou fé.
Em (quase) todas as religiões são cultivados preconceitos dos mais diversos, desde o preconceito religioso até o fanatismo intolerante. Tudo isso em nome de Deus.
Lastimável. Mentes fracas possuídas por uma fé cega, onde seus espíritos desfrutam de uma esperança de imortalidade, quer seja no céu, ou na terra, ou seja lá onde for, tudo isso para negar no fundo a morte iminente que todos nós sofreremos. São vitimas de si mesmos, de seus anseios de uma razão para a existência. Como o próprio livro sagrado deles diz: são cegos guiando cegos. E nessa busca tresloucada, cometem crimes que o próprio Deus deles condena, a de julgar o próximo. Cada ser humano tem o direito de escolher quais caminhos devem seguir e no que querem acreditar. Ser descortês ou agressivo por causa de uma opinião é preconceito. Se Deus ensina isso aos seus seguidores, que Deus é esse?
É direito de um ser acreditar ou não em Deus. Mas não é direito recriminar quem não acredita.
Infelizmente,isso não vai mudar. Os "fieis" jamais admitirão que estão errados. Só me resta esperar que um dia, as pessoas sejam mais inteligentes e passem a remover o ódio de dentro de seus corações. Será que um dia poderemos ser humanos de verdade?
Anônimo disse…
a nivia disse que é espirita mas vai ser mentirosa la na putaquepariu na certa deve ser uma crente das pernas cabeludas.V
Nivia disse…
"PAI do CÉU EXISTE,Papai do CÉU existe".Ao menos tenho a felicidade de saber que os ateus conhece os maiores católicos revolucionários de nossa História,melhor ainda é saber que eles adoram o velho testamento,graças a "DEUS",vocês realmente é mais crente que eu.QUE "DEUS" OS ABENÇOE SEMPRE.Crendo ou não Crendo o que é bom em tudo isso é o aprender,e vocês tem muito o que ensinar e aprender também,deixaremos que vocês vivam livres para escolher o que quiseres seguir, mais vamos deixar as outras religiões em paz,cada um pratica o DEUS que quiser nosso ESTADO é laico.Acho que o mundo anda impondo muito o que temos que seguir,cada um crer no que quiser e pronto."QUE A PAZ DE "DEUS" esteja em nossos corações".
Anônimo disse…
Não sei quem é mais chato e mais bitolado e radical, crentes ou ateus.
Anônimo disse…
Hitler foi católico. grande coisa.
Anônimo disse…
a nivia é uma otária. fica repetindo a mesma coisa desde quando era(deixou de ser?) criança, papai do céu existe...papai do céu existe...enquanto as ricas, as bonitas, as gostosas, iam à disneylândia, ela ficava rezando pro papai-noel ou do céu (a mesma coisa) pra ganhar uma boneca amiguinha...uma otária.
Anônimo disse…
O ateísmo é sintetizado por Dostoiévski em sua obra "Crime e Castigo", com a frase: "SE DEUS NÃO EXISTE, ENTÃO TUDO É PERMITIDO".

Coincidentemente, essa também é a busca constante do movimento gay, ao tentar eliminar inclusive a liberdade religiosa no Brasil.

Na verdade, o eldorado e a utopia dos ateístas é um estado anárquico.

Joel - DF.
Anônimo disse…
Para Joel,

Mesmo os crentes gritando que existe um deus (o deus judeu-cristao), isso nao tem impedido os religiosos de cometerem inumeros crimes e atrocidades nos ultimos milenios.

É so dar uma olhadinha nos livros de historia.

Nao adianta associar "deus" com moral e etica.

E o ateismo nao tem nada a ver com movimentos gays ou eliminacao da liberdade religiosa.

A nao ser que vc seja um evangelico cheio de odio pelo proximo, e queira ter o direito de nao ser tolerante, de ser preconceituoso e discriminar o proximo, ofender as outras religioes, atacar quem nao é da sua religiao...

O eldorado e a utopia dos crentes é um estado teologico (teocratico)

E a Historia nao mente:

Estados Teocraticos sao a pior forma de governo que existe sobre o planeta, por serem regimes altamente opressivos e com uso e abuso de terror sobre suas populacoes.

Joel, vc é so um reles crente cheio de odio pelo proximo.
Anônimo disse…
Hitler era católico,Bush é protestante,Saddam era muçulmano Bin Laden também. E Khadaffi,outro crente em deus...
Unknown disse…
O ateísmo é sintetizado por Dostoiévski em sua obra "Crime e Castigo", com a frase: "SE DEUS NÃO EXISTE, ENTÃO TUDO É PERMITIDO".

1 - Não foi em "Crime e Castigo", mas em "Irmãos Karamázovi" que este conceito foi ventilado.

2 - A frase acima nunca foi escrita por Dostoiévski! É verdade que Ivan Karamázov chega a dizer que "se não há imortalidade, a virtude não existe" (ou, "sem imortalidade, não há virtude", depende da tradução). Mas esta frase específica não está lá.

3 - "Crime e Castigo" não trata do tema "Deus", mas da psicologia do criminoso fútil. A frase, porém, caberia bem tanto em "Irmãos Karamázovi" quanto em "Os Demônios" (embora não seja dita). O primeiro romance inclui um conflito entre e a fé e a razão e o segundo é sobre o niilismo e o marxismo.

4 - A frase não é de Dostoiévski, mas de Jean-Paul Sartre. O filósofo francês procura com ela explicar como ele entendia a visão de Dostoiévski sobre Deus. Ou seja: Sartre argumenta que o russo pensava assim, mesmo sem ter dito.

Fonte: http://www.infidels.org/library/modern/features/2000/cortesi1.html

P.S. Leia Dostoiévski. Você vai adorar. É realmente um grande escritor. Recomendo-lhe que comece justamente por "Crime e Castigo". Você vai ter uma enorme surpresa.
Unknown disse…
P.P.S. - Dostoiévski é uma esfinge. Ele consegue manter-se isento dos grandes debates que suscita e você sempre sai de seus livros sem saber de que lado ele está. Ainda que a frase ou a ideia esteja presente, nunca se sabe se reflete o autor ou se são as ideias do personagem.

Esse tipo de coisa acontece com grandes escritores: terema capacidade de expressar ideias que não são suas através dos personagens que criam.
Anônimo disse…
Papai do céu existe, mora no céu, fica espiando tudo oque fazemos, jogou 10 regras pra não ver merda, fracassou, e agora manda você para o inferno para torrar e sofrer por toda a eternidade por frustração do seu próprio fracasso, MAS ele te ama muito, e príncipalmente ele ama o seu dinheiro MUITO e ele precisa do seu dinheiro.
AIlhahiv disse…
José Geraldo Gouvêa, gostei muito de seus comentários e citações, me parece uma pessoa bastante esclarecida e letrada.Sem querer colocar e caracterizar as pessoas e suas posições ideológicas porém já o fazendo: De modo geral, neste blog, os ateus dominam muito mais sua lingua patria, enquanto os que tentam argumentar contra utilizam-se muito de citações, sem apresentarem suas próprias concepções,apresentando também graves erros de concordância, erros graves de lógica(típico) etc. Agora me pergunto e concluo: Como uma pessoa que não domina a própria lingua pode estar certa sobre a noção do que é real ou não? Conhecer o avançado sem dominar o básico, para mim, é muito estranho.
ps: Se eu entrar em um embate com um religioso será por mera diversão, porque cheguei a conclusão que não adiantam argumentações bem embasadas contra explicações mágicas.
Osame disse…
Pedro,

Embora eu seja ateu, acho que nao convem usar a falacia Ad Hitlerum, mesmo para uma boa causa. Hitler era tambem Darwinista e seguidor do ateu Nietszche (as SS usavam a obra de Nietszche como base doutrinaria). Nao sei se um verdadeiro seguidor de Nietszche (que escreveu o Anticristo) pode ser cristão, de modo que o Cristianismo de Hitler parece ser mais politico (pra nao perder apoio entre os cristaos que ele unificou em uma igreja protestante submetida ao Estado Nazista) do que religioso. Alem do mais, Hitler substituiu no calendario oficial nazista o Natal em 1939 pela festa pagã do Solsticio. A eliminacao do Natal nao parece ser obra de um cristao, mas sim de um Nietszcheniano Darwinista Social

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos