Mulher de Abdelmassih se exonera do Ministério Público

Larissa é suspeita de burlar bloqueio do dinheiro do marido
Larissa Maria Sacco (foto), 32, pediu exoneração do cargo de procuradora da República para não ter de responder a um processo administrativo que a Corregedoria do MPF (Ministério Público Federal) em São Paulo abriu em março para apurar a participação acionária dela em uma empresa no interior paulista.

Ela é mulher de Roger Abdelmassih, 67, o ex-médico que se encontra foragido. Ele foi condenado a 278 anos de prisão por ter estuprado 36 pacientes em sua clínica de reprodução humana.

A polícia suspeita que Abdelmassih esteja escondido no Líbano, país onde nasceu o seu pai. Larissa faz companhia ao marido. Ela está grávida de gêmeos, segundo a Folha de S. Paulo.

O MPF não aceitou que a Larissa renovasse mais uma vez uma licença não remunerada e a sua ausência passou a ser considerada com falta ao trabalho. Se não pedisse exoneração, ela teria de ser dispensada. Larissa ganhava mais de R$ 20 mil por mês.

Ela é sócia majoritária da Agropecuária Coelma, e a sua irmã Elaine Therezinha Sacco Kouri, a minoritária. Ambas teriam permitido que fossem usadas como "laranjas", porque o Ministério Público suspeita que a finalidade da empresa era receber créditos dos negócios agropecuários em Avaré (SP) de Abdelmassih.

Se os créditos fossem depositados em nome do ex-médico ou de suas empresas, eles não poderiam ser sacados porque as contas bancárias e os bens dele estavam congelados por ordem judicial para o pagamento de eventuais indenizações às vítimas.

Não há informação sobre as transações da Coelma, mas, independente disso, o MPF não permite que seus procuradores sejam sócios de empresa.
Com informação de Sonia Racy, do Estadão.





Mulher de médico acusado de estupros tentou desbloquear bens
maio de 2011


Comentários

Anônimo disse…
Gostaria de saber se`a essa sra.caberia um processo civil.
Anônimo disse…
Gostaria de saber como isso ocorre, por que meios, já que ela encontra-se acompanhada de um foragido em endereço desconhecido.
Anônimo disse…
Cruzes!!! Desistir de um empregaço desses por um homem horroroso como ele... é, o desespero da mulherada tá chegando a níveis industriais...
Certamente ela ganhará mais herdando patrimônio do Roger.
Anônimo disse…
Acho que a justiça deveria manter os bens do criminoso bloqueados mesmo após a sua morte.Só assim as vitimas poderão ser indenizadas
Anônimo disse…
Esses dois realmente se merecem, é isso que se chama "par perfeito". Só tenho pena dos rebentos que um dia virão. Terão vergonha dos seus dois sobrenomes, além de terem que viver no anonimato. Muito injusto fazer isso com seres que não podem "optar", pobres bebês.
Anônimo disse…
Acho que tudo vai cair no esquecimento. Pobres Bebês serão ricos e bem de vida. Pelo jeito somente algumas vitimas ainda estão preocupadas com o Roger o resto do publico se divertiu e não se importa mais. Isso não é o Brasil assim acontece no mundo inteiro. As pessoas cada vez menos se preocupam com os outros.
Anônimo disse…
O teste de Rorschach (técnica de avaliação psicológica, desenvolvida pelo psiquiatra suíço Hermann Rorschach) evitaria que "coliformes fecais" ingressasem no Ministério Público.
Anônimo disse…
so faltava a Larissa pedir licenca - maternidade e nos, pessoas comuns que queremos justica, termos que pagar mais esta conta
Anônimo disse…
E o meu comentário de onte, Sr. "jornalista'?
Anônimo disse…
O comentário de ontem, a que me refiro, Sr. "jornalista" é sobre o Anônimo de 05/05/11 12:11? é esse o seu papel de "jornalista", postar tais comentários? Que absurdo...
Anônimo disse…
Por que absurdo???

Uma cúmplice de um foragido da justiça!!!
Anônimo disse…
achei lamentável não poder postar no tópico novo da clínica
Anônimo disse…
Por que não pode, a justiça só bloqueia o povo
os ricos são protegidos
Anônimo disse…
Esse bandido foge do país e o povo é quem é punido.Nada como ser rico...
Estudante Bíblico disse…
A função de médico funciona melhor com Deus Javé, pois Deus Javé não possui desejos sexuais, mas como Deus Javé não atende todo mundo, os homens tentam aprender medicina. Quando um médico encontra uma paciente gostosa, ele acaba não resistindo à tentação.
Rose Prado disse…
Não foi por ele, foi para não ser investigada sobre as próprias maracutaias... Família de gente finíssima! "Ela pediu exoneração do cargo de procuradora da República para não ter de responder a um processo administrativo que a Corregedoria do MPF (Ministério Público Federal) em São Paulo abriu em março para apurar a participação acionária dela em uma empresa no interior paulista."

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2011/04/mulher-de-abdelmassih-pede-exoneracao.html#ixzz24OM5hzRU
Paulopes informa que reprodução deste texto só poderá ser feita com o CRÉDITO e LINK da origem.
Rose Prado disse…
Você acha mesmo que alta burguesia paulistana quer se identificar, dizer "Olha, acho que o júnior não é meu não... Acho que é filho do Dr. Roger" ?!
Rose Prado disse…
Então a culpa é do Deus Javé que fez a paciente gostosa e o homem com desejo sexual?!!!

Se existe uma força superior, que você pode chamar de Deus Javé, ela nos fez com inteligência para criar inclusive a medicina, que serve para apaziguar, amenizar sofrimentos, corrigir imperfeições, curar os aflitos, fazer o bem com a sabedoria que temos a graça de ter.

Mulheres e homens podem ser bonitos, ter corpos sexualmente interessantes, mas nem por isso temos que sair atacando, se agarrando uns aos outros.

Sua observação é bem canhestra, caro Estudante Bíblico, estude mais, muito mais.