Pular para o conteúdo principal

Ex-bispo belga admite abuso de outro sobrinho, mas diz não ser pedófilo

Vangheluwe disse que só
houve "uma certa intimidade"
  
Durante entrevista a uma TV, o ex-bispo belga Roger Vangheluwe (foto), 74, admitiu que abusou de um segundo sobrinho por pelo menos um ano. Há um ano, ele teve de renunciar à chefia da diocese de Bruges depois de ter sido denunciado pelo primeiro sobrinho, com o qual, conforme disse agora, se relacionou por 13 anos.

Embora os dois sobrinhos tenham sofrido a abordagem quando eram menores de idade, Vangheluwe disse que não se considera pedófilo.

"Não tinha nada a ver com a sexualidade. Sempre me envolvi com crianças e nunca senti a mais leve atração. O que ocorreu foi uma certa intimidade", disse.

"Não tenho impressão alguma de que eu seja um pedófilo. Foi realmente só um pequeno relacionamento. Não tive a sensação de que meu sobrinho [o primeiro] era contra, pelo contrário."

Ele disse que o relacionamento com esse sobrinho teve início antes de ser promovido a bispo, há cerca de 25 anos. "Como isso começou? Como com todas as famílias. Quando vinham me visitar, os sobrinhos dormiam comigo. Começou como um jogo com os meninos. Nunca foi uma questão de estupro, nunca foi usada violência física. Ele nunca me viu nu e não houve penetração."

Vangheluwe disse que, embora os contatos fossem “superficiais”, sabia que “isso não era bom”. “Eu confessei muitas vezes.”

A Bélgica – como outros países -- tem sido sacudida por uma avalanche de denúncias contra padres pedófilos. Mas o caso de Vangheluwe chamou mais a atenção da imprensa belga não só por ele ter sido do alto escalão da Igreja Católica, mas por contar com a conivência de seus colegas. Um do sobrinho denunciou o então bispo duas vezes ao cardeal Godfried Danneels, que nada fez.

Com informação das agências e do arquivo deste blog.

setembro de 2010

Comentários

Anônimo disse…
Pergunta aos CATÓLICOS e seus lideres e fervoros fieis :

´´Porque uma religião tão poderosa e antiga , que se diz representante legal de Deus na terra , que prega a paz , o amor ao proximo , a moral , a castidade , os bons costumes etc ; Está tão envolvida em crimes sexuais , escandalos financeiros , e pedofilia ???´´
Anônimo disse…
RESPOSTA:

Porque devido ser tão poderosa e antiga, tem mais tempo que as outras, que AINDA SONHAM TORNAREM-SE UM DIA TÃO RICAS, E PODEROSAS ASSIM, para não precisarem mais pagarem o mico da arrecadação vergonhosa, e talvez, passarem a vergonha de ter seus pastores envolvidos em denúncias de pedofilia, com idêntico objetivo de extorquir dinheiro. Afinal, o deu$ de todas as confissões cristãs é o mesmo:money.
Anônimo disse…
Ele pode não ter atração sexual por menores mas o fato é que ele teve uma intimidade libidinosa ilegal com seus sobrinhos.
Paulo disse…
No dia em que algum lixo dessa porcaria de Igreja colocar a mão numa criança da minha família, vou lhe dar uma surra da maneira de ele merece. Vai tomar sopa de canudinho por muito tempo...

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Padre associa a tragédia das enchentes ao ateísmo de gaúchos. Vingança de Deus?

Ateu manda recado a padre preconceituoso de Nova Andradina: ame o próximo

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Deputado estadual constrói capela em gabinete. Ele pode?

Tribunal do Ceará derruba lei que reduzia pena de condenados que lessem a Bíblia

No noticiário, casos de pastores pedófilos superam os de padres

Só metade dos americanos que dizem 'não acredito em Deus' seleciona 'ateu' em pesquisa

Santuário de Aparecida inaugura mosaicos de padre suspeito de abuso sexual