Assembleia de Deus cobra ‘dízimo’ de usuários de rede

Igreja cobra R$ 14,95 por mês 
A Assembleia de Deus – Ministério do Belém lançou a rede social Comunidade AD para que os fiéis “compartilhe fotos, leia os ensinamentos do seu pastor preferido, saiba dos horários dos cultos” etc.

Só que os fiéis vão ter pagar um "dízimo" para ter acesso a essas funcionalidades que nas demais redes sociais são de graça.  Até a comunidade da Igreja Universal do Reino de Deus nada cobra.

Existem três formas de pagamento: o semestral, que sai por R$ 59,70, o trimestral (R$ 41,85) e o mensal (R$ 14,95). Há opção de pagamentos mensais para os planos semestral e trimestral, havendo, nesses casos, desconto. Esses fiéis serão assinantes do plano ouro.

O plano semestral renderá à igreja  no período R$ 59.700 a cada mil participantes, o trimestral, R$ 41.850, e o mensal, R$ 14.950. A igreja não informa qual é a sua expectativa de fiéis inscritos na rede. Ela aceita pagamento por boleto bancário e cartão promocional pré-pago.

Aqueles que não pagarem por falta de dinheiro ou por outro motivo poderão se cadastrar, mas serão considerados assinantes do plano básico. Eles não poderão ter mais de 12 amigos.  e 12 fotos publicadas e nem seguir mais de doze pastores.

A igreja não informa se esses assinantes terão menos chances de ir para o céu.

Com informação da Comunidade AD e da ADNews.

Estevam Hernandes afirma que oferta de R$ 15 'é uma miséria'
setembro de 2010

Exploração em nome de Jesus.

Comentários

  1. Essa seita é rídicula...

    ResponderExcluir
  2. Assembleia de Deus....o mesmo Deus que esta em 2 Corintios 4:4 que diz: o Deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.

    ResponderExcluir
  3. Os crentucos desta igreja são uns radicais rídiculos.

    ResponderExcluir
  4. O correto seria mudar para Assembleia de Mamon (deus das riquezas)

    ResponderExcluir
  5. Oi pessoal tem uma rede social que estou usando e acho muito legal, se chama Social Shalom.

    www.socialshalom.com

    Social Shalom– Rede Social é um portal religioso para pessoas que querem estar se relacionando com que acredita em Deus, ou quem quer conhecer e estar mais próximo de Deus.

    De fácil acesso, com excelente infra-estrutura e serviços de alta qualidade, A Rede Social Shalom é uma das melhores opções de conforto e interação social. Esse ambiente privilegiado favorece a assimilação e o compartilhamento de conhecimentos, bem como o encontro das pessoas com os outros.

    ResponderExcluir
  6. ? O dízimo era um sistema de contribuição ordenado por Deus a fim de suportar e sustentar, na nação de Israel, a tribo dos Levitas, a qual foi encarregada de operar o Tabernáculo em todas as suas funções, e não recebeu qualquer herança de terras (Números 18:21: Eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo serviço que prestam, o serviço da tenda da revelação. ). Com a dispersão judaica não há mais a tribo de Levi à quem o dizmo era por herança e direito..... E temos visto que a igreja não é Israel! Cristo era da ordem de Melquisedeque, e no entanto não cobrou dizmos. A função dos Levitas era exercer o sacerdocio na leitura da lei e na execução dos sacrificios. A instrução da palavra de Deus nesse tempo era feita pelos anciães e doutores da lei na sinagoga, e apesar disso não recebião salário ou dizimo, sendo seus serviços de “graça”. Hoje a instrução da palavra é na igreja de Cristo, e o templo para sacrificios já não existe, porque cristo foi o último e perfeito sacrificio. Fica entendido porque hoje “JUDEUS” não recolhem dizimos, Nem mesmo “o Rabino” recolhe o dizimo. Paulo dedica o capítulo 9 de segunda aos Coríntios ao assunto das ofertas e nunca menciona o dízimo. O mesmo acontece em Filipenses 4:10-19. A igreja primitiva afastou-se do princípio dizimista por razões obvias: era um sistema que tinha morrido com a Dispersão de Israel, devido à desobediência aos outros mandamentos mais importantes, tais como repudiar a idolatria. Se o dizmo pertence a Lei Cerimonial (613 leis), o Sabado pertence aos “DEZ” escritos pelo dedo de Deus em pedra, então porque poucos pregam o guardar o sábado ?? teriamos que observar alem do dizimo, também o sábado .
    ansadriano@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Adventista detected.

    ResponderExcluir
  8. Isso tudo é muito nojento. Esse "bando" religioso. Ecaaaa. Tenho vergonha de um dia ter sido forçada a participar dessa tal "assembléia". Ainda bem que acordei a tempo.
    Betinha

    ResponderExcluir
  9. pra que eu vou querer uma réplica da mala dos fundadores da assembléia de deus, é ungida?, ta seguindo as igrejas nepentecostais,já começou a safadeza e como arrancar mais dinheiro dos crentes,daqui á pouco começar a vender a foto de ailton alvés, para dar proteção na casa imaginede quem a tiver,m se alguém tivesse a túnica que jesus usou,os bestas iriam comprar á peso de ouro,

    ResponderExcluir
  10. quero saber uma coisa do pastor ailto alvés, se ele pensa em deixar seu filho airton junior para ser o seu sucessor na presidência da igreja assembléia de deus,pelo que vejo acho que sim,porque o seu filho sempre senta na primeira fila das cadeiras e quase ao seu lado, já que temos tantos outros pastores mais antigos,experientes e capacitados,ailton lembre-se que a igreja tem um dono e não é você,nem a igreja é sua empresa,mas estamos vivendo dias difícies e tudo pode acontecer,pois seu filho sempre está dirindo os trabalhos onde outros pastores poderiam está fazendo a ob

    ResponderExcluir

Postar um comentário


EDITOR DESTE SITE

Paulo Roberto Lopes é jornalista

profissional diplomado. Trabalhou

no jornal centenário abolicionista

Diario Popular, Folha de S.Paulo,

revistas da Editora Abril e

em outras publicações.

Contato