Pular para o conteúdo principal

Padre manda a garoto de 13 anos vídeo em que aparece nu

Fernando é militante da
luta para salvar o planeta
A mãe de um menino de Limeira (SP) acusou o padre Devanir Ramos Fernandes (foto), 44, de Araçatuba (SP), de seduzir o seu filho.

Ela descobriu no computador do garoto um vídeo em que o padre aparece nu em poses pornográficas. Informou que o padre mandou R$ 80 para seu filho, de modo que pudesse viajar para um encontro em Araçatuba.

A polícia instalou no computador do menino um soft espião e registrou imagens obscenas do padre transmitidas pela webcam, além de mensagens com conteúdo sexual.

A perícia descobriu que o IP (um código de conexão da internet) era da paróquia Bom Jesus da Lapa, em Araçatuba, e na quarta-feira (9) apreendeu o desktop e notebook usados pelo sacerdote.

Depois da apreensão, Fernandes admitiu que vinha tendo um relacionamento sexual pela internet com alguém  o qual acreditava ser adulto e confirmou ter mandado o dinheiro.

Informou que viu pela webcam em 2009, quando começaram os contatos, esse alguém pelado e se masturbando. Na época, o “adulto” tinha 13 anos.

Fernandes é um sacerdote articulado, vive entre jovens e adultos, está engajado na luta pela salvação do planeta, se formou em filosofia e em teologia. Por isso soa estranho que ele tenha confundido um menino de 13 anos com um adulto de 18.

Rafael Gomes dos Santos, advogado do padre, afirmou que “as acusações são infundadas”, mesmo após ter reconhecido estar ainda desinformado sobre o caso.

A Arquidiocese de Araçatuba não se manifestou e o padre Fernandes se afastou de suas atividades na paróquia por “motivo de saúde”.

Com informação do Portal Terra e da Folha da Região.

Comentários

Rafa disse…
Pederasta do inferno.
Daqui a pouco estará no Equador ou Panamá fazendo a mesma coisa...
Anônimo disse…
Alguem tem duvida que a ICAR é um antro de podridão , mentiras , pederastia e pedofilia ??

Por acaso as denuncias são coisa das
´´ZELITE´´ como diz o LULLA ??
Anônimo disse…
O advogado dos Santos vai provar que o padre viu o minúsculo penis do menino através de lente de aumento.
Por isso não soa estranho que, excitadíssimo, ele tenha confundido um menino de 13 anos com um adulto de 18.
A culpa é do fabricante da lupa.
Marcos disse…
Mais um!!! LAMENTÁVEL.
Anônimo disse…
O piu-piu do garoto deve ser bem avantajado para o padreco ter pensado que era um cara de 18 anos.
Anônimo disse…
A padraiada adoooora orgias paroquiais com garotos justamente desta idade.
Anônimo disse…
Curioso que neste post não entrou ninguém para RETORCER OU DESQUALIFICAR a linha de raciocínio do outro para refutar a constatação inquestionável que há uma grande quantidade de religiosos do clero ou pastorado pedófilos ou tentar colocar a culpa em ateus e gays etc.
Anônimo disse…
Padreco sacana...Com essa cara de safado tu não enganas ninguém.
Anônimo disse…
o pior é q esta igreja católica fica posando de santa e os católicos ficam defendendo esta zona.
Anônimo disse…
Esses adolescentes de ambos os sexos de hoje gostam de ficar pelados na webcam e isso facilita a ação de pedófilos.
Anônimo disse…
... motivos de saúde mental ...
Mari disse…
Santos exemplos...

Logo teremos funk golpel.
Anônimo disse…
Visite o site BelAmi e verá que existem muitos adultos com cara de adolescentes novinhos.
Anônimo disse…
E por que ninguém respeita o desejo desse adolescentes em se relacionarem com pessoas mais velhas?
Anônimo disse…
Existem meninos de 13 que possuem pênis maiores que a maioria dos adultos. Informe-se antes de dizer bobagens novamente!
Anônimo disse…
Eu sei, meu querido. Tem muitos modelos masculinos adultos com rostinho de garotos adolescentes assim como há muitos garotos de 13 ou 14 anos já com voz de homem crescido. A puberdade está chegando cada vez mais cedo para os meninos como já chega para as meninas há algumas décadas. Não se sabe bem o porquê. Podem existir muitas semelhanças físicas entre um garoto de 13,14 ou 15 e um de 17, 18 ou 19, porém o rapaz de 18 já faz a barba e o de 13 ou 14 ,ainda não. Eu, por exemplo, comecei a fazer a minha com 16, mas tenho amigos que começaram com 14. Se o rapaz de 18 ou 19 tiver bem barbeado pode ser confundido com um adolescente mais novo, pois fica com a carinha de bebê. Se o garoto de 13 ,14 ou 15 tiver uma voz bem viril, alguns a têm, pode ser confundido com um cara mais velho. Tudo é relativo.
Anônimo disse…
Se a fastou de suas "atividades" na paróquia por motivo de saúde MENTAL.
Anônimo disse…
como já foi citado anteriormente, o padre errou e pagará pelos seus erros. Porém da outra parte, do jovem, tem umas coisas estranhas. Primeiro,o que um adolescente fazia em um site de relacionamentos adultos? isso ja mostra que ele procurava essas coisas e desrespeitava a lei (de acessar site para maiores de 18). segundo: ele manteve um relacionamento virtual com o padre, logo ele gostava da situação. depois porque o jovem ou a mãe não cortaram logo isso? porque a demora? resumindo: o adolescente não é inocente, tem também sua culpa. vejo que esse blog só fala mal da Igreja, mas e os padres que fazem o bem aos outros? e as obras de caridade? isso ninguém fala.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Padre associa a tragédia das enchentes ao ateísmo de gaúchos. Vingança de Deus?

Deputado estadual constrói capela em gabinete. Ele pode?

Ateu manda recado a padre preconceituoso de Nova Andradina: ame o próximo

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

No noticiário, casos de pastores pedófilos superam os de padres

Santuário de Aparecida inaugura mosaicos de padre suspeito de abuso sexual

Marcha para Jesus no Rio contou com verba de R$ 2,48 milhões

A prefeitura do Rio de Janeiro liberou R$ 2,48 milhões para a realização ontem (sábado, 19) da Marcha para Jesus, que reuniu cerca de 300 mil evangélicos de diferentes denominações. Foi a primeira vez que o evento no Rio contou com verba oficial e apoio institucional da Rede Globo. O dinheiro foi aprovado para a montagem de palco, sistema de som e decoração. O pastor Silas Malafaia, um dos responsáveis pela organização da marcha, disse que vai devolver R$ 410 mil porque o encontro teve também o apoio de sua igreja, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo. “O povo de Deus é correto”, disse. “Quero ver a parada gay devolver algum dinheiro de evento.” Pela Constituição, que determina a laicidade do Estado, a prefeitura não pode conceder verba à atividade religiosa. Mas o prefeito Eduardo Paes (PMDB), que compareceu à abertura da marcha, disse que o seu papel é apoiar todos os eventos, como os evangélicos e católicos e a parada gay. A marcha começou às 14h e contou com sete trios

Só metade dos americanos que dizem 'não acredito em Deus' seleciona 'ateu' em pesquisa