Pular para o conteúdo principal

Frei é pego em flagrante com adolescente em motel de Cuiabá

Messias usava o carro da igreja
para levar a adolescente ao motel
O frei Erivam Messias (foto) 50, de Várzea Grande (Grande Cuiabá), foi preso ontem à noite quando saia de um motel com uma adolescente de 16 anos.

Messias é pároco da Igreja Nossa Senhora de Guadalupe no bairro Quilombo, em Cuiabá, Mato Grosso. Ele foi ao motel com carro da paróquia.

O sacerdote estava sendo investigado pela polícia havia um mês. Ele foi denunciado por um anônimo.  Na delegacia,  usou o seu direito de se manter calado.

Acompanhada de sua mãe, adolescente chorou muito durante seu depoimento à polícia. Ela teria dito que amava o frei. Para psicólogos, o Messias se aproveitou da carência da adolescente -- ela não tem pais -- e de sua personalidade estar em formação para seduzia-la. A policia desconfia de que ela esteja grávida.

SUSPENSO - atualização em 2 de fevereiro de 2011

A Arquidiocese informou ter suspenso o frei Messias. Em nota, disse: “Manifestamos nossa consternação e repulsa pelo fato ocorrido com uma jovem de 16 anos".

LIBERDADE - atualização em 5 de fevereiro de 2011

A juíza Marilza Aparecida Vitória concedeu liberdade provisória ao frei Messias. Disse Anderson Nunes, advogado do sacerdote: "O pedido de liberdade foi acatado pelo próprio rumo da história e depoimentos da jovem, que disse ter um envolvimento amoroso com o frei, e que não foi forçada". O processo tramita em segredo de Justiça e, por isso, não sabe detalhes do caso.

Com informação da TV Centro América.

Frei Messias, 50, diz que romance com adolescente não foi pecado.
fevereiro de 2011

Padre pedófilo.   

Comentários

FORUMSESO disse…
Mais um pra extensa lista do vaticano...

Ta cada vez pior, a culpa é de uma doutrina corrompida e mal interpretada chamada "celibato".


PR. D. BARBOSA
P. Lobo disse…
Ei, pastor Barbosa, o que você tem a dizer disto: casos de pastor evangélico pedófilo.

Doutrina corrompida?
Anônimo disse…
Poderoso político da Itália, que gosta de dar uns BELISCONES nas menininhas especializadas em bunga-bunga, foi advertido pelo representante do Vaticano que está em pecado e irá para o inferno se ficar gastando muito com as putinhas além de atrasar o depósito das suas doações para agradar a cúpula da igreja católica.
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse…
nada justifica um pecado de um padre nao podemos achar que e normal mais tambem nao podemos condena-lo o que podemos e lamentar
mais quem nao tem pecado que atire a primeira pedra
P. Lobo disse…
Esta história de que "atire a primeira pedra quem não cometeu pecado" é papo de crente, coisa de gente que se refere a uma justiça de um outro mundo, a divina, sabe lá onde.

O Messias -- assim como todos infratores da lei -- deve se submetido à Justiça dos homens, e que o advogado dele tente convencer o juiz de que os pecados dos outros justificam o pecado do padre.

Que o advogado diga ao juiz "Somos todos pecadores, e ninguém pode condenar ninguém", para ver o que é bom para ele.
Anônimo disse…
Atire a primeira pedra quem nunca pecou.Frase recorrente entre religiosos.Entretanto,eles atiram todas as pedras e até tijolos nos pecadores que não são da corja deles ou seja,dois pesos e duas medidas.
Anônimo disse…
16 aninhos .... tadinha dela tao inocente...
a faz favor né?? 16 anos ja sabe o que faz
Anônimo disse…
Também achei a prisão em excessivo, ela tem mais de 14. É padre, mas é homem por baixo da batina.
Mas se fosse menor de 14... sem perdão!
Lohan Filippo disse…
A questão não é pedofilia. Mesmo se a menina quiser, ele é PADRE e deveria ter um comportamento exemplar como líder religioso de uma instituição que diz que é santa.

Não importa se a menina quis ou não quis. Se ela não quis, seria simplesmente ESTUPRO, e não pedofilia ou qualquer outra coisa. Mesmo se ele fosse pra um motel com uma mulher de 40, 30, 50, 99 anos.. ainda sim deveria ser notícia, pq ele tá descumprindo as normas da parada lá que ele diz que segue.

Ps.: Sou ateu e não falo como um religioso que concorda com o celibato. Só fico indignado pela conduta de alguém que COM CERTEZA incentiva as pessoas a julgarem os outros por comportamentos ditos "pecaminosos"
Anônimo disse…
Lohan_DAOS,
lhe falta noções de privacidade e respeito da imagem pessoal. O padre tá errado em seu comportamento perante a Igreja, está. Mas ele é humano, e possui necessidades como qualquer outro.
E ainda, mostra que manter o celibato nesta era não tá com nada.
Rodrigo disse…
Sr. Paulo Lopes, sou advogado criminalista e tenho uma pergunta a fazer. Segundo o codigo penal em seu art. 217-A a tipificaçao de estupro de vulneravel é: Terconjunçao carnal ou praticar outro ato libidinoso com MENOR DE 14 ANOS
Pena - reclusão de 8 a 15 anos.

Como ele foi preo em flagrante por estupro de vulneravel se a menina tinha 16?
Paulo Lopes disse…
Você tem razão. Suprimi o equívoco do texto.
Rodrigo disse…
Mas ainda estou curioso pra saber a tipificaçao que colocaram no flagrante, pois a conduta dele após a reforma no CP de 2009 não constitui crime.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Padre associa a tragédia das enchentes ao ateísmo de gaúchos. Vingança de Deus?

Ateu manda recado a padre preconceituoso de Nova Andradina: ame o próximo

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Deputado estadual constrói capela em gabinete. Ele pode?

Tribunal do Ceará derruba lei que reduzia pena de condenados que lessem a Bíblia

No noticiário, casos de pastores pedófilos superam os de padres

Só metade dos americanos que dizem 'não acredito em Deus' seleciona 'ateu' em pesquisa

Santuário de Aparecida inaugura mosaicos de padre suspeito de abuso sexual