Pular para o conteúdo principal

Ateus do Texas fazem campanha por imposto às mega-igrejas

Arrecadação das igrejas
resolveria falta de verba
para a educaçao
A entidade Ateus Americanos está promovendo no Estado do Texas (EUA) uma campanha para que o parlamento estadual crie um imposto sobre os ganhos das mega-igrejas como solução para a crise da educação.

Militantes ateus e educadores estarão todos os dias no parlamento em Austin, capital do Estado, para lembrar o tema da campanha: “Não se fecha uma única escolha. Impostos às igrejas”.

Na estimativa dos ateus, um imposto de apenas 1% a essas igrejas contribuiria para evitar que o Estado fechasse centenas de escolas e demitisse professores. O déficit da educação do Texas  é de US$ 27 bilhões.

Joe Zamecki, diretor da entidade, afirmou que, para a sociedade, a tributação dos ganhos das igrejas já não causa tanta estranheza como até há pouco tempo.

Para ele, as mega-igrejas e os tele-evangelistas do Texas “estão muito bem financeiramente” e, por isso, eles deveriam ajudar a recuperação da educação pública do Estado.

Com informação do American Athyeists.

Bastam R$ 418 para criar uma igreja isenta de imposto e colher dízimo
novembro de 2009

Comentários

Anônimo disse…
concordo plenamente, que tal começarmos a pressionar nossos parlamentares para fazermos o mesmo por aqui
Anônimo disse…
Esqueceu da retrógrada bancada evangélica? Isso dificilmente(pra não dizer impossível) será aprovado aqui.
Rafa disse…
Seria uma boa, hein?
Aqui, se colocassem essa grana na educação e saneamento, estariamos feitos.
Mas é bom nem sonhar...
Anônimo disse…
que tal se os deputados ganhassem menos de 27 MIL????
ah, não.... não dá.... certo deputado disse que o salário é por causa dos inúmeros convites para ser padrinho de bebês, gastam muito dinheiro coitados, enquanto o povo recebe 570 por mês.
mas a culpa é sempre dos cristãos né??? então vamos pegar o dinheiro das igrejas ao invés de exigir do ESTADO o que realmente nos é de direito!!!!!
POR QUE NÃO PROÍBEM AS IGREJAS DE UMA VEZ POR TODAS???
viva o uso das drogas, viva a pornografia, viva o adultério, viva crianças de 12 anos fazendo sexo(com camisinha), viva o tráfico, viva a violencia, viva tudo que as novelas e comerciais ensinam.
ABAIXO DEUS, ABAIXO OS CRISTÃOS, ABAIXO QUE ELES PREGUEM A FIDELIDADE CONJUGAL, A DISCIPLINA DOS FILHOS, A ABSTINÊNCIA DAS DROGAS.
VAMOS PERMITIR QUE O BRASIL SEJA AINDA MAIS ZONA DO QUE JÁ É....
FORA IGREJAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Anônimo disse…
Gostei da idéia, podíamos aplicar aqui.

Wan
der
Anônimo disse…
que tal os pajés dessas igrejolas começarem a abrir os seus livros fiscais???? e que tal começar com pagamento de impostos, já que elas são isentas de todos os tributos....
Anônimo disse…
Melhor seria se o Estado cumprisse com o seu papel na saúde, educação...
tadeu disse…
aqui o governo não aprova,ele tem que usar o mecanismo da religião para tornar o povo mais idiota.
o governo quer mais é que cresça o numero de igrejas.
Anônimo disse…
Interessante ver como os cristãos tem mania de perseguição. Meu caro, da onde você tirou que igreja = bons costumes? Caráter não depende de religião, aliás, se vale a nota, os queridos pastores/padres cristãos estão sendo o maior exemplo de falta de caráter que já se viu.
Thay LinO disse…
Quanto mais Igrejas, mais pessoas bitoladas. E é justamente disso que o Estado precisa. Por isso que há sempre uma política de boa vizinhança do Governo e da Igreja. Serio ótimo receber alguns tributos de Igrejas Multimilionárias, como a Ebenézer, Universal ou de certas Igrejas Católicas. A verdade é que há uma quantidade imensa de lavagem de dinheiro dentro do Governo e também nas Igrejas. Pra mim, são todos uns FDP!

Posts + acessados hoje

Desmascarador de curandeiros e paranormais, James Randi morre aos 92 anos

Pastor de Manaus é acusado de ejacular ‘esperma de Deus’ em obreiras

Líder religiosa pagava quem trabalhava em sua empresa com promessas de salvação divina