Pular para o conteúdo principal

SS terá de pagar R$ 1,4 milhão ao autor do ‘Silvio Santos vem aí’

Messina nunca foi
recebido pelo empresário
A Justiça condenou Silvo Santos a pagar R$ 1,4 milhão ao autor do “Silvio Santos Vem aí”, Archimedes Messina (foto), 78. O jingle foi composto em 1964 sob encomenda do apresentador, que nunca pagou os direitos autorais.

Pela sentença do juiz Sidney da Silva Braga, da 18ª Vara Cível do Fórum de São Paulo, o valor corresponde aos últimos 20 anos do uso da música pelo Silvio Santos em seus programas e pela gravação em um LP.

Com juros e correção monetária, a quantia sobe para R$ 3 milhões. Mesmo assim, Messina vai recorrer da sentença com o pedido de R$ 7 milhões, que é, segundo ele, a quantia justa. “Afinal, a minha ‘musiquinha’ ajudou a Silvio Santos a ser o que é hoje.”

Messina recorreu à Justiça porque o apresentador se recusou a uma conversa. “Mandei cartas, fui ao SBT e ele nunca me recebeu.”

Quando o jingle foi gravado em 1974 em um disco com músicas cantadas pelo apresentador, a autoria foi atribuída por erro da gravadora, a RCA Victor, a Heitor Carillo.

Silvio Santos aproveitou o equívoco para argumentar na Justiça que a música não era de Messina, mas Carillo, de próprio punho, documentou não ser o autor.

Messina tem outros jingles de sucesso, como o do Café Seleto (“Depois de um sono bom, a gente levantááá, toma aquele banhúúú, escova os dentiiinhos...”). Sem saber escrever escalas musicais, ele compôs cantarolando cerca de 400 ‘musiquinhas’.

A “Silvio Santos vem aí” ele compôs em poucos minutos, de uma só vez. “Não sei explicar. Minhas composições simplesmente vêm”, disse ao repórter Christian Carvalho Cruz.

A música é singela e foi por isso que pegou. Tem dois versos e o refrão “lá, lá, lá, lá”. Sua duração é de 1 minuto e 5 segundos.

A letra:

Lá, lá, lá, lá
Lá, lá, lá, lá
Lá, lá, lá, lá
Lá, lá, lá, lá, lá, lá

Agora é hora de alegria
Vamos sorrir e cantar
Da vida não se leva nada
Vamos sorrir e cantar

Lá, lá, lá, lá
Lá, lá, lá, lá
Lá, lá, lá, lá
Lá, lá, lá, lá, lá, lá

Silvio Santos vem aí
Laiá, laiá, laiá
Silvio Santos vem aí
Laiá, laiá, laiá
Silvio Santos vem aí
Oh, vamos cantar!

Messina está aposentado e vive bem com o dinheiro de seus direitos autorais.

Ele e Inajá, sua mulher há 45 anos, não deixam de ver os programas do Homem do Baú para fiscalizá-lo, porque o juiz determinou a multa de R$ 1.000 por execução da música.  Silvio Santos tem desobedecido a ordem judicial.

Recentemente, quando o apresentador mais uma vez tocou o jingle, Inajá comentou: “Que filho da puta”.

Com informação do jornal Estado de S.Paulo e do site do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Maitê recupera pensão de solteira apesar de união com empresário.
julho de 2010

Vida de celebridade.

Comentários

  1. me veio uma musiquinha agora na cabeça tb:

    vamos cantar, lá lá lá ia ia...
    que os milhões estão chegando na conta lá lá lá
    lá lá ia ia é só alegria

    ResponderExcluir
  2. Lá la la lá
    Chegou a hora, da merda viva
    Vamos dormir ou chorar,
    Domingo é uma merda aguada...
    Vamos assistir e aguentar...

    O maior químico do mundo
    Conseguiu transformar o domingo em bosta.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Relatório denuncia a Igreja Católica pelos 'cruéis e falsos ensinamentos' sobre a homossexualidade

Em encontro com Bolsonaro, padre canta que 'Deus pode realizar o impossível'