Mariana se desespera e chora, mas salva cão que dono jogou no rio

 O  vira-lata teve a sorte de a protetora estar por perto
Um homem com aparência de 70 anos não gostou de ser questionado pela Mariana Albano, 28, e, ameaçador, disse: “O cachorro é meu. E eu o mato na hora que quiser”. 

Mariana gosta de animais. É do tipo de pessoa que pega cachorros e gatos da rua, trata-os e doa. Alguns ficam com ela ou com a sua mãe, que mora em Mogi das Cruzes (SP).

Por isso, na quinta-feira (19), ela ficou indignada quando viu do seu carro alguém jogando um cachorro no poluído rio Tietê.

A administradora de empresa estava a caminho de seu trabalho, em Guarulhos, na Grande São Paulo, mas ela não conseguiu ir em frente depois de ter visto aquela crueldade. Parou o carro e perguntou para o homem por que tinha feito aquilo. A resposta foi que o cachorro tinha comido uns ovos. “Mas ele comeu porque estava com fome”, disse Mariana.

O homem acabou indo embora de bicicleta às pressas, e Mariana se concentrou em salvar o animal, que se debatia nas águas pesadas e escuras do rio e tentava chegar a uma das margens.

Não foi fácil: Mariana chorou, gritou, pediu socorro, e ninguém se propôs a ajudá-la.

Ela telefonou para a polícia, que informou ser um caso para o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). “Mas maltratar animal é um crime federal”, insistiu.

A polícia cedeu e mandou para lá uma equipe, que acionou o Corpo de Bombeiro.

O cachorro tinha conseguido atingir uma margem do rio, mas não dava para ele sair dali por causa do muro de uma empresa. E a qualquer momento ele poderia ser tragado de novo pela lenta e escura correnteza do Tietê.

A ideia de Mariana era entrar na empresa para se aproximar da margem do rio. “Mas a pessoa que me atendeu na portaria disse que eu não poderia entrar porque aquela era uma propriedade privada”, disse a ela o funcionário da empresa, de acordo com relato do repórter Marcelo Mora. Ela argumentou que o cachorro ia morrer, mas o porteiro não se sensibilizou.

Mariana só teve certeza de que ia conseguir salvar o cachorro quando chegaram os bombeiros. Um deles conseguiu amarrar o animal e o tirou da margem do rio.

Mariana cuidou do cachorro e espera alguém que queira adotá-lo.

O dócil vira-lata agora se chama Tobias, que é o nome do bombeiro que o tirou do Tietê.

Com informação do G1 e foto de Mariana Albano.

> Rapaz que arrastou cadela até a morte terá de pagar indenização.
agosto de 2010


Comentários

rayssa gon disse…
esse tipo de coisa me deixa com lagrimas nos olhos e um nó bem no meio do peito.
Pedro Lobo disse…
Eis dois flagrantes da condição humana: a extrema bondade e a extrema crueldade. A bondade venceu, mas quase sempre não é assim.
Marluza disse…
Os brasileiros devem ser informados que existe lei de proteção aos animais e que maltratá-los é crime. Esse senhor que jogou o cachorro é um criminoso e como tal deveria ser tratado.
Anônimo disse…
Lamentável e revoltante. Por estas e outras tenho vergonha de pertencer a esta "raça" que não traz benefício nenhum ao planeta... muito peo contrário!!
Quando teremos leis mais rigorosas para abusos como este???? E, além do marginal, assassino, canalha, que jogou o pobre bichinho no rio (bichinho este que, com certeza, entende muito mais de amor e perdão do que sequer possamos imaginar e muito menos "alcançar" algum dia...), o porteiro da tal empresa tb deveria ser punido SEVERAMENTE. Duvido que se fosse um bandido morrendo no lugar do cachorro se ele não iria permitir a entrada desse anjo chamado "Mariana".
Parabéns, moça!! Pessoas como vc são raras e especiais! Que Deus te abençoe sempre! E abençoe o Tobias também! Chega de sofrimento pra esse bichinho! Há males que vem pra bem...
Camila disse…
Arrepiei toda aqui lendo e com uma imensa vontade de chorar. Só consigo dizer OBRIGADA MARIANA por ainda existir gente como você! Obrigada!

Tobias nasceu de novo!
Anônimo disse…
Maria Parabens pela sua atitudade de uma cidadã comprincipiosobrigado mesmo por ter salva a vida de Tobias com certeza DEUS vai te proteger muito.
Anônimo disse…
Parabens Mariana ,você com certeza é uma pessoa de bem...Pessoas que amam animais,amam as crianças ,e a cada dia ficam mais indignadas com a falta de amor e de valores como o respeito,a generosidade,a honestidade a solidariedade a amizade,e muitos outros que deveriam ser inerentes à raça humana.Atualmente é mais facil perceber o amor,a lealdade e a amizade,no olhar ou num gesto de um cão.Certamente o sujeito faz parte da escória .Um esquecido que disputa comida com um animal faminto.Quando criança,lembro que os cães e os gatos reviravam o lixo...Hoje são os seres humanos que reviram o lixo à procura de restos de comida.Até mesmo lixo hospitalar,carne humana...Não tenho a menor intenção em defender essa crueldade.Só acho que o cão pode ser salvo,mas o dono,este realmente já está morto no espirito...
BLACK GOLD disse…
Eis a verdadeira "natureza humana"!
Quem de nós nunca disse "que raiva, se eu pudesse eu te matava!", seja com uma cadeira que atingiu seu dedo mindinho, a um animal que te feriu ou assustou, ou mesmo a um parceiro que te traiu??
Muitos de nós na pensamos ou falamos isso, mas como conseguimos dominar nossa "natureza", não o fizemos.
Esse sENHOR, pertencente à Casta do "Monty Burns", personagem dos Simpsons e quase sempre estão no topo social da sua comunidade, pobre ou bilionária.
Nesse momento importante do nosso País, seria bom refletirmos e associarmos tais atitudes aos nossos "Representantes", que serão eleitos daqui a menos de 40 dias.
Quantos "cachorrinhos" jogados ao rio, valem 20% de comissão numa ambulância, ou 80% na merenda escolar, ou negar míseros 20% de reajuste aos aposentados???
COMPAIXÃO disse…
PARABENS MARIANA !!!
Que Deus abençoe voçe , o Tobias , o Tobias bombeiro, e todas as pessoas que ajudaram a salvar este pobre cãozinho...
MUITO OBRIGADA !!!

Gostaria tambem de postar aqui a minha indignação com um certo "torneio" que se chama "VAQUEADA" e que maltrata severamente os animais que são obrigados pelos covardes homens a participar deste torneio maldito!
Dois cavalos comandados por seus malditos cavaleiros, com uma vaca entre eles correm ate expremer bem a vaca entre os cavalos, e depois
que atingem a velocidade um dos montros que esta montado no cavalo puxa repentinamente e com toda a força o rabo da vaca até esta cair e rolar no chao diversas vezes... muitas vezes elas se machucam tanto que nem conseguem mais se levantar.
As vezes quebram as pernas! Nunca vi tantsa violencia em "torneio" com animais.
Já denunciei diversas vezes mas os torneios continuam ! Espero que a SOCIEDADE PROTETORA DOS ANIMAIS PROIBA esse torneio COM URGENCIA !!!
Não aguento mais ver estes animais sofrendo tanto !!!
POR FAVOR DENUNCIEM TAMBEM !!!
MUITO OBRIGADA !!!
COMPAIXÃO disse…
OBS : O nome do torneio é " VAQUEJADA ou VAQUEADA " não me lembro bem... algo assim.
DR GILSON disse…
Sou Médico Veterinário e li hoje o comentário de uma pessoa postou na matéria de "MARIANA SALVA CAOZINHO ) Primeiramente FELICIDADES E PARABENS
MARIANA!

Agora o que é a tal "VAQUEJADA " É um torneio se é que assim se possa chamar ...

Uma das maiores crueldades ,praticada por mosntros covardes, que causa enorme sofrimento aos cavalos e principalmente as vacas !!!
já denunciei diversas vezes !!!
Denunciem também !!!
Angela disse…
Já li a matéria e o comentario tambem !!!
é realmente um absurdo !!!

temos que telefonar diversas vezes para a SOCIEDADE PROTETORA DOS ANIMAIS , para que tomem as devidas providencias.

Que pena dos animais, não tem como se defender !!!
Pulguento disse…
Mariana, Tobias (soldado do Corpo de Bombeiros), Tobias "filho" têm vaga garantida no céu.
Já o desqualificado que atirou o cachorro no rio merece ter todos os ossos do corpo quebrados às marteladas.
Anônimo disse…
Para o resultado da historia dou nota 9,0.
Só não dou 10 porque o filha da desgraça que fez isso saiu vivo.
tatyanna disse…
ai eu ate agora não consigo intender por que dessa crueldade o que o cachorrinho fez pra esse monstro que não deveria se chamado de ser humano por favor!!.não aguento ver isso sem chora
Anônimo disse…
pessoas como vcce faz o mundo valera a pena Deus te abençoe anjo.