Português deu R$ 234 mil à Iurd sob a promessa de receber o triplo

por Miguel Ferreira, do Diário de Notícias, de Portugal

"Não tenho palavras para descrever o que fiz, mas posso dizer que não foi vingança, apenas senti que era a única saída para a miséria que tem sido a minha vida, por causa desta igreja."

Eleutério Cortes (foto) descreve assim o momento em que, aos comandos de uma empilhadora, entrou nas instalações de Faro da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), só parando quando a GNR [Guarda Nacional Republicana] lhe apontou uma arma à cabeça. O altar do pastor ficou intacto, mas ao longo da grande sala dezenas de cadeiras foram destruídas à passagem da máquina.

O empreiteiro da construção civil, de 42 anos, afirma que numa altura de desespero financeiro foi convencido a frequentar a IURD por uma "conhecida". Num instante terá ficado rendido às promessas de Deus que lhe chegavam através do pastor e outros daquele Centro de Ajuda Espiritual.

"Eles garantem que Deus retribui a triplicar todo o dinheiro que nós oferecermos à Igreja e comprovam isso com vídeos enganadores", desabafou ao DN.

Ele lembra a última oferta que fez e, por pouco, não concretizou: "Eu ia vender a casa onde moro com as minhas filhas e a minha mulher, ela é que não me deixou, mas ainda me desfiz de um camião no valor de 30 mil euros, uma Ford Transit de 14 mil euros, um cavalo de 30 mil euros, peças em ouro avaliadas em cinco mil euros, material de construção e algum dinheiro."

Feitas as contas, Eleutério diz ter "perdido" um total de 104 mil euros [R$ 234 mil], sente-se enganado, não consegue arranjar explicação para o que fez ao longo de praticamente seis anos, desde 2004, altura em que participou ativamente em "A Campanha de Israel".

Depois disso terá ficado sem nada. "Sem dinheiro até para comer, vivi quatro anos de caridade, sem conseguir fazer nada", recordou, explicando que mantém uma empresa, que trabalha com betão armado, para tentar pagar aos credores.

Na terça-feira, quando saiu do trabalho, farto das suas próprias lamentações, o empreiteiro terá jurado a si mesmo que "aquela igreja não ia enganar mais ninguém".

Em tom baixo e visivelmente amargurado, recordou o que lhe passou pela cabeça naquele fim de tarde: "Já chega de enganar tantas pessoas, é hoje que vou rebentar aquela porcaria." Duas horas antes da oração das 20h, resolveu pedir uma empilhadora emprestada e entrou porta adentro. "Não fui mais longe porque um militar da GNR me apontou uma pistola à cabeça."

Depois disso foi levado para as instalações da PSP de Faro e de lá só saiu à 1h, já na qualidade de arguido, para ir às urgências do Hospital de Faro. Ontem foi presente ao tribunal, tendo ficado a aguardar julgamento em liberdade.

A IURD garante que vai exigir responsabilidades "civis e criminais" ao homem por "ato de vandalismo" e garante não conhecer o alegado fiel revoltado.

Em Portugal, homem destrói com retroescavadeira templo da Iurd.
julho de 2010

> Exploração em nome de Jesus.        > Notícias de Portugal.

Comentários

rayssa gon disse…
"acho que não o conhece"

frase da IURD
Anônimo disse…
Piada de Português

Nos próximos cultos da IURD, esse militar bigodudo, com sotaque da novela das oito, será glorificado e adorado como um enviado de Deus que veio salvar o imaculado templo de oração da terrinha dos Joaquins e Manoéis.
Anônimo disse…
Templo de Salomão

Nem a Al-Qaeda, nos seus incandescentes delírios iconoclastas, conseguiria destruir o majestoso Templo de Salomão assentado em 80 mil metros quadrados de área construída pela IURD com uma altura de um prédio de 18 andares que é duas vezes a altura do Cristo Redentor.
O prédio, inspirado no Templo do Rei Salomão, será erguido no bairro do Brás em São Paulo.
O investimento de R$ 300 milhões irá proporcionar a ocupação para 13 mil pessoas sentadas.
O altar e a fachada serão feitos com pedras importadas de Israel
Será o maior templo da Igreja Universal do Reino de Deus no mundo.
“Será a mais bela das nossas igrejas no mundo inteiro”, garante o bispo Edir Macedo.

Imagens:
http://www.espacouniversal.com/2010/07/fotos-da-nova-catedral-da-iurd-replica-do-templo-de-salomao/
Lucio Ferro disse…
Um idiota que entrega tanto dinheiro assim aos larápios da IURD tem mais é que viver na merda mesmo. Acho que todos os crentes também deveriam entregar tudo que tem para os seus pastores, e quem sabe assim conseguem comprar um lugar no céu.
thiago_0495@hotmail.com disse…
Só mesmo um limitado mental que não percebeu que a IURD é um falso profeta.
Anônimo disse…
acho uma safadeza estas ygrejas vende o nome de jesus e não ajuda os fies so querem arramcar mais ainda quando a ygreja disse que que um demoniado entrou na ygreja revoltado com o pode de deus e destruiu e pediu mais dinheiro em todas as ygrejas pra reconstruir o que a quele rapaz entrou e estragou caranba aja anbição desse povo de deus supostos
Pólux disse…
Quem é o pior dessa história, a máfia que pegou o dinheiro, ou o safado ambicioso?
Ambos. A teologia da prosperidade só existe porque ela explora a ganância das pessoas menos favorecidas.
Anônimo disse…
Há algum verdadeiro?