Pular para o conteúdo principal

Filho esfaqueia pai por causa do game Fifa 2009

 Aconteceu na Itália.

No domingo, Mario, 16, estava jogando o Fifa 2009 do PlayStation que tinha ganho no dia anterior de seu pai como presente de aniversário.

PlayStation-fifa2009Fabrízio R., 46, o pai, enquanto Mario não se desgrudava do videogame, disse que táticas ele deveria usar para fazer gols.

O rapaz não gostou da interferência, e os dois começaram a discutir.
Então Mario foi à cozinha, pegou uma faca e feriu o pai seriamente no pescoço. O rapaz voltou para a cozinha, passou pela sua mãe, a dona-de-casa Mônica B., 46, lavou a faca ensanguentada e se trancou no seu quarta.

"Vi o Mario lavando a faca e ele parecia calmo", disse Monica, informou a Reuters. "Então, meu marido foi para o quarto com a mão no pescoço, pingando sangue".

Fabrízio foi mandado para o hospital, onde se encontra até hoje. E o rapaz não ofereceu resistência quando a polícia apareceu para prendê-lo.

Comentário da mãe: “Compramos o Fifa 2009 porque não queríamos que o Mario jogasse games violentos.”

> Games polêmicos.

Comentários

  1. É por isso que video-games tem uma imagem negativa pra algumas pessoas. Jogados da maneira correta por pessoas sãs, qualquer Game é bom. Entretanto, quando jogados por gente esquentada, idiota e violenta, resulta nisso.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o Israel,por causa desses casos é que aparece muita gente dizendo que a culpa é dos games,ou do RPG,que influência e blá blá blá...
    Eu jogo games violentos,de guerra,de luta,etc á anos e nem por isso me tornei uma pessoa desequilibrada e propensa a violência...
    È claro que tem muito jogo por aí,que incita estupro,prostituição,roubo,que acho péssimo uma criança jogar e de gosto dúvidoso para um adulto.
    Mas no geral...acredito que o problema não está no jogo em si,está nas pessoas

    ResponderExcluir
  3. Todos os jogos tem classificação pra idade, e acho que crianças violentas e desequilibradas dependem mais da ação dos pais do que dos videogames... aqui em casa sempre foi liberados games de todos os gêneros, claro que impondo limites, outra coisa que ajuda muito é o pai da criança tratar o jogo como realmente o é, e não ficar inventando mentiras e supertições pra fazer o menino se frustar futuramente... nesse ponto tive muita sorte, já que meu próprio pai gosta de jogos, talvez até mais do que eu... o véio é viciadão em call of duty hauehuaheuaheu....

    ResponderExcluir
  4. A informação está no site da Reuters.

    ResponderExcluir
  5. Pena que muitos veem os games como um instrumento para a violencia, jogo FIFA, PES, GTA, Driver, Doom, e sim em alguns desses jogos mato pessoas de jeitos violentos, mas nunca chego perto de imitar essas atitudes na vida real, o problema não são os jogos, mas sim quem joga.

    ResponderExcluir
  6. aff que garoto doido e imbecil isso! e apenas um jogo o pai estava dando força ro garoto fazer ainda ele quase mata o pai :( da um 0 pra ele

    ResponderExcluir
  7. FIFA, segundo a ESRB(entidade que denomina a idade para cada jogo) é tido como liberado para todas as idades por não conter violencia, então o cara foi muito idiota. aff tem cada louco...
    Meu pai adora GUitar Hero, e eu também gosto, jogo todo dia, jogo para apenas sentir a musica.
    Forza Motorsport é um jogo de corrida que dá alertas: Você é livre para acelerar tudo no jogo, mas na realidade, obedeça as leis de trânsito. Need for speed tem esse alerta: Seja um motorista responsável na realidade e não se esqueça do cinto de segurança.
    Acho legal isso por parte das produtoras.

    ResponderExcluir
  8. Por que jogar? O que tem de divertido no jogo? Controlar bonecos, ganhar competições, ver figuras coloridas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

No Brasil, mulher que não crê em Deus é submetida à opressão em dobro

Cobrado por aluguel de templo, Valdemiro diz não ter contrato social com a Igreja Mundial

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade