Pular para o conteúdo principal

Filha do padre Marcial Maciel pede herança milionária

image


por José Manuel Vidal
do Religión Digital em 15 de janeiro de 2009

“Ela passará à história como a filha do pecado do pai Marcial Maciel, o fundador dos Legionários de Cristo. Seu rosto e sua identidade se mantêm, no momento, no mais absoluto segredo. Estão em jogo enormes somas de dinheiro e a credibilidade de uma das mais poderosas organizações católicas. Quase da própria Igreja. O que se sabe é que a filha secreta do padre Maciel é uma madrilenha, com 30 a 32 anos, graduada pela Universidade Francisco de Vitoria.

Que o padre Maciel foi um “grande pecador” foi reconhecido pelo próprio Vaticano. No dia 19 de maio de 2006, Bento 16 lhe proibiu exercer publicamente o sacerdócio e o convidou a se retirar para uma vida “de oração e penitência”. E o Papa somente convida à penitência pública os grandes pecadores.

Desde então, apesar de que Roma não o tenha ratificado abertamente, se tornaram públicas as acusações de abusos sexuais e de pederastia contra Maciel confirmadas por seus próprios seminaristas. O que ninguém suspeitava é que o fundador da Legião, além de abusador, fosse um mulherengo que seduzia as ricas senhoras para ficar com seus bens.

Fruto de um desses devaneios, nasceu a filha secreta. Segundo se sabe, sua mãe é uma mulher espanhola, casada e muito rica. Maciel a seduziu quando já era sessentão. Cresceu sendo protegida pelos seguidores do seu pai e até estudou na famosa Universidade que os Legionários têm nos arredores de Madrid. Maciel não somente a educou gratuitamente nos centros da Legião. Passava suculentas somas de dinheiro para a sua mãe para mantê-la calada.

Casa-se a milionária filha do padre fundador da Legionários de Cristo.
junho de 2011

Patrício Cerda passou 25 anos na Legião (saiu há seis anos) e agora é assessor financeiro de uma importante companhia de seguros espanhola.

Segundo o ex-sacerdote legionário, “depois da morte de Maciel, no dia 30 de janeiro de 2008, mãe e filha tentaram continuar cobrando. A Legião se negou e então ameaçaram exigir parte da herança do seu pai.

Mas, como é praticamente impossível distinguir o que é de Maciel e o que é da Legião, no final lhes sairia caríssimo e os Legionários não aceitaram. Elas teriam ameaçado, então, contar sua história para a mídia. Parece que já venderam, com exclusividade, a história para um jornal espanhol. A história deverá sair publicada a qualquer momento, a não ser que cheguem a um acordo econômico ou os Legionários se declarem em falência para não pagar”.

Por que foram os próprios Legionários entregaram a notícia da filha do fundador ao The New York Times?

Cerda, presidente da Associação de Vítimas da Legião, tem a sua própria explicação: “Para ir desativando pouco a pouco o efeito dessa bomba e, além disso, porque o Vaticano obrigou que eles o reconhecessem publicamente, como passo prévio a uma refundação da congregação. E também porque o que pretendem é tirar a mancha maior da pederastia com a menor, que é a filha secreta”.

A existência de uma ou mais filhas de Maciel não estranha, absolutamente, aos ex-legionários. Suas façanhas sexuais eram conhecidas. Notre Père, como o chamam os seus discípulos, foi um autêntico devorador sexual. Isso está documentado num livro, O Ilusionista, de Alejandro Espinosa, um ex-legionário, que, apesar de ser sobrinho de Maciel, não escapou das suas garras.

E as mulheres, quem foram as suas vitimas femininas? Seduzidas e, segundo Espinosa, “exploradas economicamente”: Talita Reyes, Pepita Gandarillas, Pachita Pérez,Deme de Galas, Dolores Barroso, Guillermina Dikins, Josefita Pérez,Consuelo Fernández, viúva de um diplomata espanhol no México, ou Flora Barragán, entre outras. Todas damas devotas e benfeitoras, com as quais se relacionou entre os anos 1940 e 1970.

Talita Reyes foi a primeira. “Era feia e muito mais velha que Maciel e se queria casar com ele”. Com Pachita Pérez, “Maciel nunca se meteu sexualmente, mas lhe tirou dinheiro”. Com Dolores Barroso, dona de uma fazenda de gado, “passava semanas em sua casa de Cuernavaca”. Josefita Pérez, venezuelana de família petroleira, presenteou Maciel com uma luxuosa residência em Cannes. Mas todas foram deslocadas por Flora Barragán de Garza, a mais rica das mulheres de Maciel. Ela lhe abriu as portas de outras famílias ricas.

Espinosa conta que Maciel “a conheceu nos anos 50 e chegou a dispor de um quarto no seminário de Roma. Um quarto que, em certas ocasiões, compartilhava com ela”.

A relação terminou, lá pelos anos 1970, quando “tirou todo o seu dinheiro. Logo depois a despachou”. Sua própria filha, Flora Garza, o contou para a revista mexicana Proceso: “Era incrível como minha mãe lhe abria a carteira. Ela tinha uma confiança cega, talvez porque era muito bonito e com muito carisma. Depois de lhe ter dado 50 milhões de dólares, ele a abandonou... Ela morreu com 95 anos, pensando nele e pedindo que o saudasse. Ele não deu se dignou de fazê-lo”.

Segundo Espinosa, depois de Flora, teve mais mulheres, “algumas italianas e espanholas”. Entre as que, sem dúvida, estaria a mãe da filha secreta. Talvez agora tenha que se desvelar o mistério. Sobretudo se reclamam o que lhes corresponde. Porque os Legionários parecem dispostos a tudo, menos a partilhar a herança, pois isso poderia implicar no desaparecimento puro e simples da instituição. E isso que seus bens são “incalculáveis”. Segundo o ex-legionário Cerda, “seu poderio econômico pode ser comparado com a Repsol ou de uma multinacional de características parecidas”.

O seu capital humano está integrado, atualmente, por 4.250 membros, 800 sacerdotes, 2.500 seminaristas, 127 casas em 22 países de todo o mundo, uns 70.000 fiéis pertencentes quase todos às classes mais ricas.

Seu centro nevrálgico é o México (The Wall Street Journal relaciona a congregação com o magnata Carlos Slim ou com a mulher do ex-presidente Fox). Contam com diversos meios de comunicação. Na Espanha dispõem de 10 colégios, a Universidade Francisco de Vitoria, e três centros sacerdotais: um noviciado em Salamanca, um seminário menor em Ontameda e outro seminário em Moncada.

Se o capital humano é importante, fica a anos luz do seu potencial econômico. “Os legionários dispõem de fazendas, terras, contas na Suíça, colégios e Universidades. 70% de tudo que é arrecadado em seus centros vão diretamente para a sede central de Roma”, conta Cerda.

Um exemplo do seu poderio: “Seu mausoléu em Roma custou 50 milhões de euros”. Outro: “Maciel costumava tomar o Concorde para ir a Nova York para fazer uma limpeza bucal, e regressava no mesmo dia porque, como costumava dizer, “o tempo é reino de Deus”. Também dizia a seus seguidores: “Teu corpo é templo de Deus”. Enquanto ele convertia o seu num lodaçal de baixas paixões.

Revista divulga nome da filha do padre Marcial Maciel.
junho de 2009

Caso do padre Marcial Maciel, o devasso.

Comentários

  1. Parabéns pelo seu blog, Paulo.
    Atento a tudo, privilegiando os fatos realmente importantes.

    Maria B.

    ResponderExcluir
  2. @Pena..... de ti companheiro...

    ResponderExcluir
  3. Pena o anonimo ai deve ter do pe.Maciel... imagina as palavras do proprio Cristo: _É inevitavel que se tenha escandalos, mas ai daqueles porquem vierem os escandalos...Melhor lhe fosse atirado uma pedra no pescoço e lançado ao mar! Com certeza esse cara ta queimando no inferno, nao é digno nem de pena esse safado, assim como muitos outros que ainda "continuam" fazendo a mesma coisa e sendo encobertos pelos grandoes da hierarquia caotica...

    ResponderExcluir
  4. caiai na real na confissao somos perdoados porem perdao nao tira a pena do cometido...

    ResponderExcluir
  5. lamento muito ao acontecido, tive a graça de conhecer o padre marcial marciel, inclusive comunguei na mao dele quando veio ao brasil... sempre tive a visao de santo em sua personalidade.mas sei que Deus utiliza de instrumentos inperfeitos para sua obra!!!
    sou catolico praticante e rezarei muito para que esteja em um bom lugar. diante de Deus nao sabemos seu veredito... fica por conta do proprio Deus!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pela sua postagem, eu não tive a graça de comungar com ele, mas acredito que ele seja um santo. Meu nomé é Ir. Rafael de Siqueira, Apostólico legionário de Cristo.

      Excluir
  6. Só gostaria de fazer uma observação sobre a relação da foto com o texto. Me parece um pouco incoerente colocar essa foto com um balão dando a entender que o vaticano acobertou os atos do Pe. Maciel quando o próprio texto revela que o papa pediu a Maciel que levasse uma vida de recolimento, sem tomar parte como celebrante em nenhuma celebração eucarística. Ora, pra qualquer bom católico, a posição do vaticano sobre o pe. ficou muito clara: o que pode ser pior para um padre que ficar sem celebrar uma missa? Em nenhum momento o vaticano acobertou as ações do pe. Maciel. O que o papa fez foi afastá-lo da vida pública discretamente em respeito à sua idade avançada e aos Legionários de Cristo / Regnum Christi. Não confundam discrição com acobertamento.

    ResponderExcluir
  7. Ao longo de décadas Marcial Maciel foi devasso. Denunciado algumas vezes diretamente ao Vaticano, só foi lhe imposto recolhimento em maio de 2006, quando o padre já era idoso.

    Portanto, houve, sim, acobertamento por muito tempo.

    O que pode ser pior a um padre do que ficar sem celebrar missa?

    Ser condenado à prisão por ter abusado sexualmente de centenas de crianças e adolescentes e por ter dado o golpe do baú em viúvas ricas.

    Mas disso o padre ficou livre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que você vê apenas o defeito de nós LEGIONÁRIOS? Cita somente sobre o nosso fundador. Como você ele foi homem; foi homem pecador. Porém me transmitiu uma idéia de como ser santo, e ganhar o reino dos Ceus. Ir. Rafael de Siqueira, apostólico LEGIONÁRIO DE CRISTO.

      Excluir
  8. Parabéns, Paulo Roberto.
    É de cadeia que padres e leigos pedófilos precisam.
    A Igreja encoberta os crimes cometidos no interior da Instituição como se oração e recolhimento resolvessem qualquer coisa.
    Deveriam praticar oração e recolhimento atrás das grades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ir Rafael de Siqueira, LC8 de setembro de 2012 12:42

      Sim, oração e recolhimento resolve tudo. Na oração eu rogo a Deus, e no recolhimento eu fico mais próximo de Deus podendo conversar com ele.

      Excluir
  9. penso que ninguem tem moral pra dizer que o padre esteja no inferno, isso cabe a Deus o poder de julgar...aposto que muitos que aqui criticam o padre são a favor do aborto e de muitas outras coisas erradas... e no entanto nao se condena a si proprio...só Deus pode nos julgar, somos falhos, mas ainda assim Ele se utiliza de nós para sua obra!!!amo a igreja e sei que ela nao é perfeita, mas buscamos a justiça e a misericordia!

    ResponderExcluir
  10. Paulo nao te conheço e nem faço nenhuma questao de te conhecer, mas por suas palavras eu sinto que vc é Evangélico ou entao esta morrendo de inveja do Padre, talves pelo fato dele ter tido varias mulheres e ricas como vc disse ou pelo dinheiro, e quem é vc para julgar alguem, agora se ele errou e se arrependeu pode ter certeza que Deus o perdou, agora se for por inveja tenta fazer uma igreja e vamos ver se vc consegue assim como ele conseguiu, mesmo por atos como vc diz ilegais pela lei do homem. Vamos seja macho como vc é para escrever, agora se vc nao conseguir abrir uma igreja que seja católica ou evangelica.é que vc nao tem competencia nem para trabalhar em um jornal de circulaçao, ai tem que falar mal do outros em bloqs mesmo. que Deus tenha penha do Padre e de vc tambem.

    ResponderExcluir
  11. Que Deus tenha piedade de todos nós Santos e Pecadores,Deus perdoa,mas não passa a mão na cabeça, e diz,vai e continua pecando,o juizo final só pertence a Deus. O que me resta ainda é rezar pela alma do Pe. mesmo que tudo isso mecheu comigo não com a minha fé em Deus, mas pelo fato... e agora o que vou dizer lá em casa?

    ResponderExcluir
  12. Existem pessoas PECADORAS que fazem o bem, e pessoas PECADORAS que vivem sua vida fazendo mal e falando mal dos outros, não é Paulo? Porque você não aproveita o seu conhecimento e faz algo util? Tenho pena do que faz co ma sua vida, e vou rezar por você, mesmo sendo, como você diz, 'devasso' Pe. Macial, nos ensinava a perdoar e a fazer o bem, ninguém é perfeito. Realmente, sinto pena de você!

    ResponderExcluir
  13. «independentemente da pessoa do fundador, reconhece-se com gratidão o benemérito apostolado dos Legionários de Cristo e da associação “Regnum Christi”».

    ResponderExcluir
  14. é realmente lamentável esta vida ambígua que o padre Marcial levava, mas eu que já conheci de perto a congregação, mesmo não conhecendo esses fatos, posso confirmar que na Legião de Cristo e no Regnum Christi, pode encontrar-se muitos homens exemplares para a sociedade.

    ResponderExcluir
  15. Paulo Roberto, o fato de você publicar em seu blog esta notícia com o evidente viés antirreligioso do artigo de José Manuel Vidal mostra que você não percebe que há muitas pessoas no mundo sofrendo por causa do mal que Maciel fez, e que tampouco você se importa com elas. Bom, eu conheço uma delas, uma pessoa maravilhosa, e posso te garantir que ela está sofrendo muito. Seria legal você ter consciência de que somos responsáveis por "pensamentos, palavras, atos e omissões", que nos influenciamos uns aos outros. Você é responsável pelo balãozinho mentiroso atacando o Papa. Ah, e para todos que estão atirando pedras no pecador, não se preocupem... vosso julgamento também vai chegar.

    ResponderExcluir
  16. Anônimo da 01:10: sim, do ponto de vista cristão, sou um pecador. Mas quem não é? Portanto, você não deveria “jogar a primeira pedra”.

    Quanto ao padre devasso, ao menos estou tranquilo com a minha consciência: não sou omisso nem promovo o acobertamento de safadezas, do qual a Igreja Católica entende bem. Os padres pedófilos que o digam.

    É bisonha a acusação de que eu esteja alimentando os sofrimentos de uma das vítimas do padre. É como se aqueles que denunciam a devassidão do Maciel fossem também culpados.

    No mais, qual é o problema do meu “viés antirreligioso”? Não pode? É proibido?

    Devo me penitenciar diante da Santa Inquisição?

    ResponderExcluir
  17. Deus sabes em quais momentos isso aconteceu,e ele é homem como todos os outro te tambem suas provaçoes.NEM POR ISSO DEVE SER JULGADO DESSA FORMA,FOI NA MINHA OPINIÃO UM OTIMO PADRE!!!!

    EM CRISTO

    ResponderExcluir
  18. Paulo, acho que a única coisa que você quer é atacar a Igreja. Cuide mais da sua vida, olhe se você é um homem de exemplo, procure viver bem, porque todos seremos julgados pelos nossos atos.

    ResponderExcluir
  19. se o padre errou o não ele vai prestar contas com Deus , assim como vc com suas piadinhas com a Igreja que não é formada só de padre pedófilos como vc sujere mas há muitas pessoas pboas e muitos padres bons também

    ResponderExcluir
  20. QUEM SÃO TODOS VOCÊS QUE FICAM JULGANDO OS ERROS DOS OUTROS?? SERÁ QUE VOCês SAO PERFEITOS????
    O Pe. Marcial Maciel ERROU SIM, ERROU!!!
    Ele era fraco, assim como vários padres o são, são tentados pelo demônio!!!

    Veneraram tanto o Pe. Marcial Maciel que esqueceram de rezar por sua vocação!
    Nao importa mais...o que importa é uqe: O MOVIMENTO VEM DAS MÃOS DO SENHOR JESUS CRISTO, DESPERTA VOCAÇÕES, TRANSFORMA A VIDA DE PESSOAS E ATUA NO MUNDO A FAVOR DO BEM.

    CABE AOS MEMBROS DO MOVIMENTO DAR CONTINUIDADE A ELE...
    TODOS VEEM OS PODRES DA IGREJA, MAS NÃO VEEM AS COISAS BOAS NÉ!!!

    Só Deus poderá julgar

    ResponderExcluir
  21. Eu fui legionario! e em 99 conheci o Pe. Marcial Maciel...

    Parabens ao dono desta reportagem pela clareza...

    Vamos aos fatos... Os legionários e eu sei disso porque vivi mtos anos lá... São cheios de regras muitas delas idiotas e quase todas proveniente deste Padre acima...

    Todos tinham ele como um santo e o veneravam... em todas as ordenações tinha uma fraze dele... liam se cartas, contava, histórias fabulosas sobre sua generosidade... e deu no que deu...

    A carne é fraca e quando este pobre mexicano viu o que estava construindo e o lucro que isto tava dando resolveu soltar as frangas...

    Muitas as vezes se tocar no seminario é coisa de outro mundo, andar num carro acompanhado de uma mulher mesmo que seja sua tia é proibido... regras que estepecador inventou e ele mesmo burlou...

    Eu tenho pena porque na Legiao tem pessoas ótimas que realmente vão mudar o mundo... Mas sempre sempre sempre ficara esta lembrança deste Padre que fundou e afundou uma obra...

    A legião é ótima seu carisma é de Deus mas muitos que a adminitram só pnsam em riqueza e em ricos...

    Quem sou pra julgar???? Julgo mesmo já vi estorquirem ricos e esnobarem pobres tenho provas e testemunhas....

    Será que não falta fé desses padres???

    Já vi amigos querendo seguirem caminho para outras congregações e des serem chamados de burros!!!!!

    Marcial maciel julgo você sim porque acreditei em vc como muitos outros... Te comprimentei e abraçei pensando num santo, mas estava tudo errado...

    Julgo a Legiao sim!!!! porque me diziam que o pe Marcial maciel era generoso vestia terno e gravata e saia sozinho pra ajudar aos pobres... e comia a mulherada enquanto outros se matavam acreditando e sua santidade...

    Espero que ele pague!!!! e pague caro não so abusou de mulheres e crianças como abusou e estorquiu a fé de muitos........

    ResponderExcluir
  22. Mais uma vez, na história da Igreja e da humanidade, fica comprovado que ninguém é capaz, por si só, de chegar ao Céu. A Misericórdia de Deus é necessária para todos. Sem excepção. Efectivamente, se um pecador que tanto bem fez necessita de perdão, quanto mais os outros (nos quais me incluo).
    Um abraço para cristãos e não cristãos. E um sincero pedido de desculpa aos não cristãos pelas vezes em que nós, católicos, não correspondemos ao que Deus nos pede e ao que a dignidade de cada ser humano merece da nossa parte.
    Rodrigo

    ResponderExcluir
  23. SERÁ PUBLICADO NOTÍCIAS SOBRE OS RESULTADOS DAS VISITAS APOSTÓLICAS?

    ResponderExcluir
  24. Vai depender das informações que vazarem sobre os relatórios das visitas. Se depender só do Vaticano, pouca coisa se saberá. De qualquer forma, se a direção da ordem for substituída, o fato logo será noticiado.

    ResponderExcluir
  25. Obrigado aos cristãos que falaram, pois fica claro o número de padres que fazem o bem até hoje. O erro de um, não pode apagar o trabalho de milhões. E vc respeite o Papa com seu balãozinho satânico, não se preocupe pois um dia será julgado por Deus. Parabéns aos católicos pela posição neste vlog de Satanás. Padre Marciel só pode julgado por Deus...

    ResponderExcluir
  26. Helena godoydos sanyos25 de outubro de 2009 16:55

    Como Jesus mesmo disse quem nunca pecou que atire a primeira pedra. tenho quase que a metade de idade de muitos aqui e posso nao ser muito persuasiva pois sou considerada por muitos uma crianca mas padre Marcial trouce a muitas de nos meninas do reino christi,uma vontade a mais para conhecer Cristo!!!!
    Se padre Marcial pecou nao podemos jugar-lo pois o unico que pode julgar e Deus!
    pecar e se arrepender de seu erro,mas se arrepender mesmo de coracao,ja se traz um consolo para Deus!Pa.Marcial fundou um grupo Jovem tao maravilhoso com obras de Amor a Deus e de pura caridade as almas,ele pode ter sido o maior pecador da terra mas se Deus o perdoar e ele ter se arrependido eu o perdoo tambem.
    "quem nao receber o reino de Deus como uma criancinha,nele nao entrara".
    posso nao ser uma adulta mas sei muito bem que o unico que pode me julgar e Deus entao nao julgo ninguem por seus erros.

    ResponderExcluir
  27. Helena Godoy Dos Santos25 de outubro de 2009 18:32

    obrigada a queles que escultaram o que eu tinha para lhes falar

    ResponderExcluir
  28. Preocupem-se com suas vidas!

    ResponderExcluir
  29. Entendi: o anônimo acima quer que nos preocupemos com a nossa vida para deixarmos em paz os pedófilos. Creio que ele advoga em causa própria.

    ResponderExcluir
  30. A questão é que defende-se cegamente a instituição igreja católica e releva-se tudo o que ela faz de errado; um exemplo claro é este fiel que diz que Marcial foi um ÓTIMO padre; dá licença, isso é não querer ver. O fato de a igreja católica acobertar falhas é histórico; o que acontece nestes seminários mundo afora é abominável; não venham me dizer que o Papa não sabe de nada, ele sabe e acoberta, como sempre fez, não importa o título e o número dele.

    Gustavo, um cristão que, se dependesse da igreja católica, seria ateu.

    ResponderExcluir
  31. Anônimo das 01:09: duas coisas: 1ª) vou deletar o seu comentário por estar escrito só com letras maiúsculas -- o que, neste blog, não pode, e, 2ª) sim, em comparação com o padre devasso, sou um "santinho". Eu e, creio, 99,9% das pessoas. Porque o Marcial foi a encarnação do próprio Satanás.

    ResponderExcluir
  32. fui legionário,estudei lá 4 anos no centro vocacional de são paulo,em 99 conheci o pe.maciel,sempre foi tido como santo,até beijei sua mão e tenho foto com ele.em 2003 quando estava proximo de me tornar noviço ,recebi um carta dele dizendo que não tinha vocação pra ser sacerdote.aquilo me magoou muito e até abalou minha fé como catolico,porque eu queria seguir e fui embora.apenas essa semana fiquei sabendo dos casos,e fiquei mais magoado ainda com a legião de cristo.quem é ele pra dizer que num tinha vocação,a verdade é a seguinte,nos anos que fiquei lá,nossos pais tinham que dar um "colaboração"todo mes,minha mãe era sozinha e num tinha muita condição de ajudar,e num era bem vista por ser separada,jah familias que ajudavam todo mes eram bem recebidas e tinham bastante atenção as vezes penso que fui mandado embora por minha mãe não poder colaborar.claro era necessario alguma ajuda,porque recebiamos do bom e do melhor(estudos,comida,etc)mas não precisava jogar isso na cara,uma vez o padre reitor falou para nos que tinhas uns que os pais num ajudavam com nada,e só estavam aproveitando,eu ficava tão magoado que respondia ele nas minhas notas escolares,sempre fui dos primeiros da sala,em 2002 tirei a maior nota de todo colégio(seminário),vi que o padre num ficou muito contente....em falar que o melhor aluno de lá era eu ....kkkkkk.lembro como se fosse hoje!!!!minha única magoa com a legião é essa,ainda mais agora sabendo desses casos.

    ResponderExcluir
  33. Fui legionário por 11 anos, sai da LC em novembro, eu particularmente só tenho a agradecer aos padres que me formaram, e especialmente ao P. Marcial Maciel, que chamamos de Nuestro Padre. Foi ele quem me ensinou tudo o que sei hoje, não vou negar que ele errou, mais não cabe a nós julgar-lo.
    Eu quero dizer a todos esses ex legionarios, que são uns ingratos, o dinheiro não paga por tudo o que vocês receberam, vamos parar de criticar e ajudar na extensão do Reino... Esto vir

    ResponderExcluir
  34. É incrível como algumas pessoas fazem questão de manter em suas cabeças o véu da ignorância, quando se trata de discutir os erros e falhas da Igreja Católica!
    Com um mínimo de estudo e mente aberta, qualquer indivíduo chega rapidinho à conclusão de que a instituição eclesiástica sempre "meteu os pés pelas mãos" no intuito claro e gritante de acobertar seus padres pervertidos, sua história sangrenta(inquisição,cruzadas, cruzadas das crianças,) e toda sorte de sujeiras contra as quais se rebelaram figuras de indiscutível caráter como S.Francisco de Assis e Lutero.
    "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará"já dizia o Cristo.
    Procurem conhecer a verdadeira história do cristianismo cátolico e verão que as surpresas podem ser assustadoras!
    Meu intuito não é difamar essa ou aquela religião pois sou uma agnóstica que gosta de estudar e armazenar conhecimento para que eu não seja aquilo que nós conhecemos como "maria vai com os outros'!
    Parabéns Paulo, seu blog é de primeiríssima qualidade.

    ResponderExcluir
  35. Dona Elza Augusta, tá aí o resumo e o melhor post do blog. Tô contigo e não abro mão. Tem pessoas que acham que as obras valem mais do que os seus pecados. Ledo engano. A história da Igreja Católica Apostolica Perastiana, é vastas em histórias de guerras,genucidio,pederastias e de pedofilia. Hj ela só tem poder devido ao acumulo do dinheiro a custa de muito derramamento de sangue contra vidas inocentes. Há única diferença hoje em dia é que as igrejas não precisam mais de matar em nome de Deus.
    Tá aí o caso do padre Marcial, é exemplo daquilo que ocorrem hoje nas maiorias das relegião. Humano,Homossexual, com profunda obessessão ao sexo (quem não é?), stelionatário de carteirinha porque, galanteador (assediava homens e mulheres)mesmo contra a sua condição sexual (a maioria diz por aí "orientação sexual" ele mantia relações sexuais com mulheres simplesmente para extorquir o dinheiro de suas vítimas para ter poder, aumentar o seu reino e seu prestígio dentro da Santa Madre Igreja. Vale lembrar que toda esta fortuna deste padre, venho de doações de gente milionárias, que já fizeram muito mal aos outros e estão no fim de suas vidas e doam este dinheiro a estes criminosos, achando que vão pro céu.
    Quero deixar claro aqui, que acredito em Deus. E é por isso que estas coisas, antes escondidas nos corredores do Vaticano estão explodindo na imprensa mudial. Será que isso não é uns dos Segredos de Fátimas? Porque que isto vem ocorrendo justamente com estas relegiões (Catolica e Evangélicas) que querem ser a gardião da moral e dos bons custumes? Ou a Igreja, os Padres, Bispos e Papa condenam, são apenas vitimas de uma ação diabólica contra aquilo que eles condenam? O caso do Padre Lancelotti e agora do caso de Ararapiraca, com imagens fortes exibidas pelo SBT, são casos de extorsões e não tem nada de homossexualidade nesta história? Pois tudo que fazemos em vidas, recebemos em vida. E não em outro lugar. "Aqui se faz, aqui se paga", isto é a "Lei do Carma" ou a "Lei do Retorno".
    Para encerrar parabenizo a voce Paulo por divulgar estes fatos e dar a enfase e amplitude que a notícia merece. Mais quero fazer aqui alerta: Com a proibição da entrada de gays nos seminários e com as diversas nóticias de abusos sexuais com coroinhas a "Santa Ingeja" não está somente correndo risco, mas está pondo um fim numa bricadeira infantil secular:
    " O último que chegar, é a mulher do padre!"

    ResponderExcluir
  36. Esse Padre deveria ter aprendido servir à DEUS, e não ao dinheiro.

    ResponderExcluir
  37. Paulo, parabéns pelo artigo.
    Para quem estiver interessado, recomendo o livro “Votos de Silêncio” (Vows of Silence -The abuse of power in the papacy of John Paul II)- O abuso de poder no papado de João Paulo II, de Jason Berry e Gerald Renner(ISBN-0 7336 1688 7). Não sei se já existe tradução para o português. Neste, os autores contam a trajetória da ascensão dos “Legionários de Cristo” bem como a história dos abusos do padre Marcial Maciel Degolado, os encobrimentos do Cardeal Ratzinger (atual Papa Bento XVI) e a negligência do Papa João Paulo II em relação aos casos de pedofilia no clero.

    Paulo, ao contrário de alguns que lhe criticam, afirmo que você está fazendo algo muito útil sim, ao trazer este título e assunto de importância ao seu blog. E digo isso, como sobrevivente de abuso sexual na infância.

    Não há nada de errado em se enxergar as coisas que devem ser melhoradas no mundo. Está mais do que na hora das pessoas acordarem e admtirem que não podemos mais aceitar mentiras, seja através da religião, da política e de nossa próprias relações pessoais. Se queremos um mundo melhor, cabe a nós o exemplo de nos unirmos em torno de propósitos dignos para acabar com extorções, safadezas, abusos a crianças e com a impunidade.
    Para isso, temos que deixar a hipocrisia de lado e aprender a encarar a verdade de frente.

    Em relação a igreja católica, como diz Elza Augusta em sua postagem: “Procurem conhecer a verdadeira história do cristianismo cátolico e verão que as surpresas podem ser assustadoras!”

    Obrigada ao Andreson também, que deixa seu testemunho aqui, contando sobre as mentiras e falsidade do padre Maciel e tantos como ele que se valem de sua posição de confiança para doutrinar em nome do bem, usando de extorção e abusos aos vulneráveis.

    Não é de se admirar que tantos cristãos aprendam o significado da bondade e do amor de forma tão distorcida.
    Basta se ver alguns exemplos, nos depoimentos de alguns destes católicos fervorosos, em oposição a este artigo do Paulo, em que o fazem através de chantagens, ameaças de castigo, julgamento final e demonstrações de ira de quem não conseguem respeitar o fato de que não é este tipo de escolha que muitas pessoas buscam para sua espiritualidade.

    Alguns destes depoimentos intimidatórios, me trazem lembranças do mesmo tipo de argumentos de um ex-seminarista que tive como pai e que para minha infelicidade também descobri ser um pedofilico.

    É importante se criticar a pedofilia na Igreja sim, pois ela se estende para as vidas de muitas pessoas, mesmo fora de suas instituições ou templos.
    CONVIDO as pessoas a visitarem a minha website para verem como com as denúncias foram a única forma de colocar o “quase-padre” de minha familia na prisão.

    Em vez de ficarem justificando os comportamentos de padres pedofílicos e de deixarem tudo por conta de Deus, AJUDEM a criar consciência para o bem das crianças que não tem condições de se defender destes monstros. APOIEM o reconhecimento dos danos para as vítimas e ofereçam solidariedade a estas.
    Isso sim, é AMOR!
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  38. Castro Nunes disse:

    As pessoas que criticam o blog a pretexto de que somos todos pecadores e que por isso ninguém tem o direito de julgar ninguém estão confundindo as coisas. Se as práticas sexuais do padre Marcial ou de qualquer outra pessoa são passíveis de punição de acordo com o Código Penal, isso é uma coisa. Nem o padre Marcial nem ninguém - nem o Papa - estão acima da lei. O erro do acobertamento é exatamente esse: o de ocultar um crime cuja punição é de interesse da sociedade de um modo geral, incluindo religiosos e não religiosos. Outra coisa é o perdão de conteúdo espiritual que cada cristão é chamado a praticar em relação ao semelhante. Ocorre, porém, o seguinte: perdoa-se a quem queira se utilizar da graça desse perdão para não reincidir no erro(ou no pecado).Parece que este não foi o caso do padre Marcial( e de muitos outros).

    ResponderExcluir
  39. Perdôo ao Padre Maciel, perdôo aos padres pedófilos de modo geral, perdôo os religiosos em sua mente estreita, em seu fanatismo, em seu medo de perder a segurança de suas crenças, defendendo os agressores e não as vítimas...Perdôo os que fazem comentários carregados de vingança, de ódio, de ressentimento. Perdôo os que criticam estes comentários, sob o peso do fardo de idênticos ressentimentos, ódios e preconceitos. A maior hermenêutica que existe, não é interpretar os ditos dos outros, mas a forma como eles interpretam, causa dos seus próprios ditos e interditos. Não quero carregar ódio do Papa, ódio da autoridade, ressentimento contra o logos, contra o falo-poder, que são no fundo a mesma coisa: o pai seduzido, ou sedutor. A autoridade perversa, narcísica, tirânica, fonte do ódio comum a todos nós. O instigador dos nossos desejos de vingança, mesmo quando camuflados por "fome e sede de justiça", revanche, conquista da glória, sucesso, todas as ilusões de esmagar o perseguidor (ao qual inconscientemente se persegue, na projeção paranóica) de QUEM SE QUER TRIUNFAR. Não quero carregar cadáveres, sarcófagos, múmias no meu corpo para depois transformá-los em câncer. Perdôo ao Papa, perdôo ao meu pai. Não quero esse casamento incestuoso, morganático, com o meu antigo abusador. Sou livre para amar outras pessoas, não permanecer eternamente fixada na libido endogâmica, o que é somente uma concepção econômica , patrimonial. Perdôo e me liberto. A única pessoa livre é a que perdoa. Isso religião nenhuma, ou irreligião, poderá mudar.

    ResponderExcluir
  40. Eu concordo com este ex legionário que disse que o Pe Marcial Maciel disse que ele não tinha vocação, pois eu quis entrar para o Centro Estudantil ( que é o de meninas que querem se consagrar). Essa congregação é uma máfia. As consagradas vieram em casa, descobriram que meus pais eram separados, e viram que não posuia muitos bens, me enrolaram um pouco, e no final disse que eu não tinha vocação, sendo quando as conheci disse que só Deus que dava a vocação, e não elas. É uma hipocrisia do caramba. Não só nos Legionários mais também no movimento Regnum Christi, á a preferencia daqueles que possuem $ e aqueles que não tem opinião própria, que é fácil de fazer a cabeça. Digo que fiquei magoada com essa situação. Se eu não tivesse uma cabeça boa, uma MATURIDADE, hoje poderia estar com depressão, e ai sim eu queria ver essas desculpas que eles estão pedindo para as vitimas. Eu me senti uma vitima, vitima de ser enganada, de ser iludida por esta congregação.
    E eles já estam colhendo o que o " Nuestro Padre" plantou.
    Que a Justiça seja feita!

    ResponderExcluir
  41. Que não se deve julgar as pessoas em si, tudo bem, mas suas atitudes, essas sim devem ser julgadas. O perdão existe para ser dado e a lei para ser cumprida. Todo pecado pode ser perdoado e todo crime deve ter seu gastigo ou penitência.
    Tudo isso é muito triste, e por causa de um muitos sofrem. Mas a verdade deve ser dita e conhecida, até para que cada um reflita se está disposto ou não a seguir certos movimentos.

    ResponderExcluir
  42. Os legionários, melhor dizendo, os bilionários de cristo, como os focolarinos, os adeptos do neocatecumenato, e outras correntes sectárias, que proliferam no balaio de gatos e caranguejos que é a Igreja; são exemplos típicos de associações secretas, irmandades de confidentes, sigilo, quase esotéricas, permitidas pela santa sé; para melhor administrar a colcha de retalhos sociológica e teológica de que é composta, ela que se diz portadora da UNIDADE, tanto de fé, quanto de doutrina, e de governo. Unitarismo de fachada, porque o catolicismo é o maior DOS SINCRETISMOS que já houve, compondo o sagrado patchwork dos retalhos tibetanos, budistas, hinduístas e até muçulmanos, para não falar dos gregos e romanos, remontando aos sumérios e egípcios. Basicamente é o seguinte: assim como têm os pobres fanáticos, que jogam todas as suas culpas por serem pobres na fogueira santa de israel, e depois sentem-se desavergonhados para professar a fé na prosperidade e na riqueza...tal qual a exploração e o 171 da Igreja Universal...
    A Igreja Romana, obviamente por ser mais antiga, e a primeira, sendo portanto mestra e professora das outras todas, tanto nas feitiçarias, como nas manhas do estelionato sagrado, vulgo simonia; arrebanha do meio dos ricos fanáticos aqueles mais culposos, mais propensos à neurose sexual, por abusos domésticos ou familiares, tendências homossexuais incompatíveis com a moral pessoal-familiar muito rígida, ou quaisquer outras compulsões por castidade, pureza, etc., - prato cheio para pedófilos, pederastas, ou simples tarados oportunistas de ocasião-; e impingidas a fé no sobrenatural, na ascese, na mortificação da carne e dos desejos, na pureza, na supressão dos instintos, numa ilusão de estado angélico, assexuado; expropriam-nos dos bens, da casa, da herança, da profissão, do futuro e até da vida...Tornam-se bestificados, alienados, vivendo numa outra realidade que são só leituras, almoços, jantares, reuniões intermináveis, lenga-lengas; todos segregados por sexo, o que é um convite quanto uma permanente espada de dâmocles sobre os que possuem a homossexualidade; além de privados do contato natural sexual, afetivo, social, dos cidadãos comuns; destituídos assim da sociabilidade e da cidadania. Quem duvidar ou quiser melhor se esclarecer e até conferir, leia o livro do gordon urquhart, onde ele narra o testemunho de um ex-prisioneiro destes hodiernos campos abençoados de nazista concentração...

    ResponderExcluir
  43. Eu estive no centro de formação de leigas consagradas, conheci o P. Maciel, que sim era tratado como um santo e exemplo por todas; quando o conheci, ele me deu a impressão de uma pessoa arrogante e ainda o flagrei olhando para os seios de uma companheira, pensei que era coisa da minha cabeça, hoje vejo que não!No centro de formação, era comemorado com festa, as primeiríssimas, tudo que se referia ao padre...um dia eu disse a diretora geral que eu não sentia nada pelo p. macial, nem mamãe maurita, nem vaquinha mimosa, aí ela disse que eu não tinha vocação...hoje dou graças a Deus de não pertencer a esta congreção, que busca a captação de líderes, quase exclusivamente líderes econômicos, eu lembro o quanto elas paparicavam gente com grana e uma vez fui repreendida por tentar ajudar uma família simples, é lamentável como essas pessoas desvirtuam a palavrade Cristo, o Reino de Deus é para todos!Existem muitas pessoas boas, mas é triste ver como é feita lavagem cerebral, eles dizem q a vontade de deus é a vontade da diretora, e assim mantem-se o controlo e impede as pessoas de pensar! e pena eutenho dessas pessoas que relutam em enchergar a verdade, a verdade sempre liberta, são as próprias palavras de Cristo!

    ResponderExcluir
  44. Fui "legionario" em P. Alegre e Curitiba. Nunca vi nada de pedofilia e tals nem nunca desconfiei de nada... acabei saindo pois vi que ser padre nao era coisa pra mim.
    Em 2006 fui pesquisar na internet sobre os legionários, só pra ver como tava e tals, aí acabei vendo uma noticia de pedofilia do Nuestro Padre (como era chamado o Pe. Marcial Maciel Degollado).

    Eu aprendi respeitar ele e pra mim ele era um exemplo de vida, mesmo que eu nem o tenho visto nenhuma vez, mas pelo que eu ouvia.

    Aí quando vi essa merda, pra mim.... Religiao nao serve pra nada... a gente idolatra alguma coias aí descobre isso... Nao idolatro mais nada... Só meus pais pq ele eu CONHEÇO.

    RELIGIÃO É NEGÓCIO, acredito em Deus e só.

    ResponderExcluir
  45. Determinado dia, o Padre estava no confessionário quando lhe deu aquela dor de barriga. Desesperado, ele chama uma freira que estava passando próximo dali e diz:
    - Freira, já que você tem uma certa idéia das penitências que eu passo para os pecadores, fique aqui em meu lugar até eu voltar, que eu preciso ir ao banheiro urgentemente!
    A freira, diante de sua competência, sentou-se no lugar do Padre, quando, inesperadamente, chega uma bichinha pra se confessar e diz:
    - Padre, eu pequei.
    A freira, fazendo uma voz grave para se passar pelo Padre, pergunta:
    - O que foi que você fez, meu filho?
    A bichinha responde:
    - Ah, Padre. Eu dei o rabo! Qual é a minha penitência?
    A freira, como nunca havia visto um caso como esse, não sabia qual a penitência cabível. Sem saber o que fazer, ela chamou um coroinha da igreja que estava próximo dali e perguntou:
    - Meu filho, veha cá. Já que você passa mais tempo com o Padre deve saber me responder! O que é que ele dá pra quem dá o rabo?
    O coroinha, então, responde:
    - Ah, freirinha, pra mim ele dá um pastel e uma coca!

    ResponderExcluir
  46. É lamentável o ódio à Igreja do Cristo presente em algumas pessoas aqui. Interessante que é muito fácil detonar uma instituição.O pedófilo se tornou padre sim para poder acobertar seus crimes. Outra coisa, a Igreja acobertou, acho que sim. Não soube lidar com essa situação, não, não soube. O que a Igreja deve fazer, é o que já está sendo feito, afastar qualquer um envolvido nisso. Selecionar melhor os seus sacerdotes. A Igreja não pode negar seus erros, erros terríveis precisam ser reconhecidos. Daí fica muito claro que a Igreja é composta de santos e pecadores. Deus é santo, mas o homem é pecador. Isso a Igreja não pode negar. Querer jogar na cara da IGreja seus erros humanos é muito fácil, mas será que todos que acusam possuem um a vida regrada??? Quem muito acusa é também suspeito porque acusa a parte humana da Igreja. Na Igreja não existe padres pedófilos, mas antes pedófilos que se tornaram padres. Pessoas doentes que precisam, nesse caso, de tratamento e também de cadeia. Essa é a questão que importa. Alguém falou que o passado da Igreja é sujo, faço aqui uma ressalva, nâo, NÃO É O PASSADO, da Igreja que é sujo, são as pessoas que com suas misérias sujam a imagem da esposa do Cristo. Nâo adianta acusar a Igreja, não adianta olhar para os nossos pecados, mas a fé que anima a nossa vida, algo que vem de Deus. Contra Deus ninguém pode dizer nada. Talvez apenas que o desconsidera, ignora e não o reconhecer como um ser existente. Assim, seja o crime que for, o pecado, a mais vil de todas as coisas que exista e, de fato, existe mesmo, na Igreja. Eu não irei abandonar a minha fé por causa de erro de quem quer que seja. Seja quem estiver no altar, EU NÃO ESTOU ALÍ por causa de homens ou mulheres, mas antes em BUSCA DE DEUS. Sei que os crimes existem, e daí. Você que acusa a esposa do Cristo - a IGreja - é santo e reto em tudo o que você faz, você é justo, você é confiável 100%. Você garante a sua palavra acima de qualquer coisa e de qualquer um. Você que é pó e ao pó voltará PODE SUSTENTAR ALGUMA COISA PARA SEMPRE???? Se você conseguir responder isso, tiver resposta para isso, então te direi que és DEUS. MAS NINGUÉM aqui é capaz de justificar qualquer coisa ou qualquer um de nós. Vejo que a temática é sempre a mesma, acusam a IGreja por erros de seus filhos, mas vivem vidas sujas. Se deleitam na lama com todo tido de crime e querem estar acima dos outros, acima da outra carne que peca. Foda-se essa é a única resposta que você merece.

    ResponderExcluir
  47. eu estive num seminario , nos anos 60 ,,e mais não digo , também havia macies


    ResponderExcluir

Postar um comentário

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade