Prefeito Crivella afirma com hipocrisia que não é hipócrita


Evangélico não foi ao Carnaval
por achar que essa festa é do diabo
O prefeito Marcelo Crivella (foto), do Rio, gravou um vídeo para dizer que ninguém é obrigado a fazer o que não quer e que, por isso, não é hipócrita como outros políticos.

Ele foi hipócrita ao criticar a hipocrisia porque não falou sobre a verdadeira causa de não ter entregado a chave da cidade ao Rei Momo, que é uma tradição do Carnaval mais famoso do mundo.

Por temer perder votos, Crivella não disse a verdade, que se manteve distante da folia porque, por ser evangélico, acredita que o Carnaval é a festa do diabo, do satanás, do chifrudo.

Em um ato de coragem, ele até poderia ter prestigiado o Carnaval, deixando-se fotografar ao lado do rei da folia, por exemplo.

Mas. depois, como o pastor Crivella se explicaria ao seu tio, o dono da Igreja Universal, Edir Macedo?

Quem manda em Crivella é o Macedo, como se sabe.

É certo que ninguém é obrigado a fazer o que não gosta, mas mentir ou omitir a verdade é hipocrisia.

Durante a campanha eleitoral, Crivella disse que não permitiria que sua religião interferisse na administração da cidade.

Mentiu.

Mas democracia, para o bem e para o mal, é assim: o povo merece quem elege.

Com informação de vídeo do prefeito e foto de divulgação.

Envio de correção.


Edir Macedo é quem vai mandar no Rio, afirma Caio Fábio