Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

domingo, 27 de novembro de 2016

Evangélicos poloneses ostentam armas em defesa da fé e família

Cristão armado em nome de Deus 
Sob hashtag #soucristão, evangélicos da Polônia têm postado em redes sociais fotos nas quais aparecem ostentando armas de fogo, como revólveres e fuzis. As primeiras imagens foram publicadas em setembro de 2016.

Segundo eles, trata-se de uma demonstração de que “um cristão não pode ser pacifista” porque precisam estar sempre prontos para defender a sua fé, pátria e família.

Pastor afirma que
cristão não pode
 ser pacifista
A iniciativa partiu do pastor Pawel Chojecki (foto), da igreja da Nova Aliança da Província de Lublin, no leste da Polônia.

Ele aproveitou a hashtag criada em 2015 nos Estados Unidos, em reação ao massacre em uma universidade no Oregon. Antes de matar suas vítimas, o atirador teria perguntado se elas eram cristãs.

Chojecki tem sido muito criticado. Ele tem se defendido com o argumento de que os cristãos devem ter armas apenas para se defender.

"Um cristão não pode ser um pacifista, mas sim um cidadão responsável que, se necessário, seja capaz de defender os mais fracos, as vítimas, famílias e pátria".

Não está claro quem seriam os inimigos desses cristãos. Talvez sejam os migrantes muçulmanos os quais o governo resistem em aceitar, apesar de apelo do papa Francisco.

Chojecki recebeu o apoio da extrema direita.

Uma demonstração do amor cristão

Com informação das agências e fotos do Facebook.

Envio de correção.

Grupo de discussão no WhatsApp.


Exorcismo avança na Polônia e igreja segue rumo à Idade Média


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...