Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

segunda-feira, 21 de março de 2016

Mito da Arca de Noé celebra genocídio e incesto, dizem ateus

Grupo faz campanha contra parque
temático de 150 milhões de dólares
Em contraposição à construção do parque temático Arca de Noé, em Williamstown, Kentucky (EUA), um grupo de ateus tem divulgado que se trata de um empreendimento que celebra o genocídio e o incesto.

Jim Helton, presidente dos Freethinkers Tri-State, ressaltou que, em Gênesis, Deus, infeliz com a humanidade, decidiu matar todos, exceto uma família e um macho e uma fêmea de cada animal.

“Não há outra forma de olhar para esse mito como uma exaltação à matança e a prática do incesto para povoar o mundo de novo”, disse.

Helton lembrou que a Arca de Noé é contada para as crianças como uma história divertida, repleta de animais, mas basta um olhar crítico para mostrar o quanto ela é imoral.

Os empreendedores do parque temático estão investindo cerca de U$ 150 milhões. São abertamente criacionistas.

Eles estão construindo uma cidade pré-diluviana murada para mostrar a “verdadeira” história da humanidade.

Com informação das agências.







Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...